O celular de matar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

Eu tava no ônibus e percebi um cara pegando um celular minúsculo. Rapidamente outro cara, pra tirar uma onda sacou um outro menor ainda. E ficaram meio que se olhando.
Parecia um episódio do Brokebeck bus, quando pensei afinal, graças ao celular o homem parou de competir por quem tem o pau maior.
Desde a pré história o homem com o pau maior é visto com certa reverência por seus pares. Tal fato que nada tem a ver com a homossexualidade humana, já foi exaustivamente estudada pela Antropologia, Filosofia, Psicologia, Sociologia, e muitas “logias” mais.
O fato é que durante sua evolução a busca pelo pau maior migrou do simples órgão sexual (pensando bem enqanto a coisa estava restrita a condição genética era até mais fácil) e foi parar em quem tem a casa melhor, quem tem a mulher mais bonita, quem tem o carro melhor, maior e com mais opcionais. Durante o fim da década de 80, era quem tinha celular. Andar com aquuele troção pendurado nas calças era um sinal claro de que “sou importante”. Lembro como me senti oprimido ao ver um cara abrir um celular do olho azul no metrô e eu nem sequer tinha um tijorola.
HOje, a busca pelo pau maior está em ter o celular menor, numa situação aparentemente antagônica que só um cara num ônibus na ponte RIo-NIterói poderia conjecturar.
Eu fiquei com vontade de meter a mão na mochila e tirar também o meu celular. Ò ele aí.

Hehehe, na verdade isso é MESMO um celular CDMA que um cara muito doido adaptou num velho aparelho da década de 60. Ia ser muito maneiro arrancar um troço desse em pleno ônibus pra ligar pra casa.
MAs do jeito que tá essa violência, eu acho que modelo bom de celular é esse aqui ó:

Ele dá choque no bandido. O problema é você errar o botão na hora de atender e descobrir que tá falando com Jesus, hahaha.
Agora pra ser doente mesmo, no nível dodói de ser, olha esse celular-revólver aqui! VC mata o bandido e depois atende: Meu nome é Bond…

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.