A mulher que só enxerga de cabeça para baixo

Sharing is caring!

Bojana Danilovic sofre de uma doença bizarra que atraiu a atenção da comunidade médica.  Ela vê tudo de cabeça para baixo.

Ver o mundo de ponta-cabeça não impediu que a jovem Bojana, de 28 anos conseguisse fazer sua pós graduação em economia, mas todos se espantam quando ela faz a prova de cabeça para baixo e lê os livros com eles virados.

Especialistas da Universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, que examinaram o intrigante caso clínico de Bojana Danilovic dizem que ela sofre de uma rara condição cerebral chamado “fenômeno orientação espacial”.

Compreender o que acontece com ela nos obriga a entender como funciona o cérebro humano. O olho da gente é como uma espécie de câmera. O olho normal capta a imagem DE CABEÇA PARA BAIXO. Sim, amigão! Você está realmente Vendo este post de cabeça para baixo, só que o sinal visual é então enviado para seu cérebro, que desinverte a imagem. Todo mundo “normal” é assim, mas no caso dela as coisas são diferentes. Embora existam alguns casos semelhantes registrados na literatura médica ao longo da História, o caso Bojana é verdadeiramente único. Tudo na sua vida tem sido de cabeça para baixo, inclusive ela mesma! Ao nascer, a menina saiu de ponta-cabeça, saindo pelos pés e não pela cabeça como todas as crianças.
Seus pais se lembram que quando ela começou a engatinhar. Bojana sempre engatinhava para trás, e quando ela começou a andar, ela o fez em sentido inverso. Ela era tão incomum que sua mãe teve que tirar uma licença no seu trabalho, a fim de ensiná-la a andar como todas as outras crianças. Foi preciso muita prática, mas ela finalmente conseguiu andar para a frente.

Andar foi difícil, mas o bicho pegou mesmo foi quando ela começou a escrever. Ela tinha que virar a folha de cabeça para baixo, então começava a partir do canto inferior direito e terminava no canto superior esquerdo. Seus professores e colegas de turma tentaram ajudá-la a corrigir o seu estilo, mas foi tudo em vão. Aquela era a a única forma que ela conseguia fazer seus trabalhos e redações.
Mais tarde, ela conseguiu um emprego na administração municipal, em sua cidade natal de Uzice, onde seus colegas ficaram boquiabertos depois que ela virou o teclado e monitor de seu computador de cabeça para baixo, para que ela pudesse fazer seu trabalho. Em casa, ela tem que ligar a TV montada de cabeça para baixo, somente para ela, enquanto o resto de sua família usa outro aparelho. Bojana sempre mantém seu telefone celular e jornal de cabeça para baixo, e muitas vezes foi abordada na rua por pessoas que dizem que ela está lendo errado.

A rara condição de Bojana Danilovic primeiro atraiu a atenção de cientistas americanos, há alguns anos. Depois de submetê-la a vários testes, eles descobriram que ao contrario do que imaginavam, o cérebro dela era perfeitamente saudável. Estranhamente ela um campo visual diferente do que a maioria das pessoas. Embora não tenham ainda chegado a uma explicação para a a razão pelo qual Bojana tem um cérebro único, os cientistas se ofereceram para fazer o seu trabalho mais fácil com a criação de um software especial para que ela não tem que virar a tela de cabeça para baixo (grandes merdas, isso se resolve na configuração da placa de video).

“Pode parecer incrível para outras pessoas, mas para mim é completamente normal”, disse a jovem sérvia aos jornalistas locais. “Eu nasci assim. É apenas a maneira como vejo o mundo. ”

Seu maior arrependimento é que ela não pode tirar a carteira de motorista.
Fonte

Pessoalmente, acho que o caso dela é mesmo bizarro, mas eu não sei porque não pensaram em um simples óculos com lentes de inversão! As lentes de inversão são muito usadas em telescópios e lunetas. Troço simples! Se ela usar um óculos de lente de inversão ela passa a fazer tudo igual todo mundo e poderia até dirigir.

Comments

comments

Luminária Ufo

15 comentários em “A mulher que só enxerga de cabeça para baixo”

  1. “Se ela usar um óculos de lente de inversão ela passa a fazer tudo igual todo mundo e poderia até dirigir.”

    Realmente, e ela até podia usar um visor tri, ao estilo Ciclope (X-Men), mas… Será que, depois de uma vida inteira enxergando de um jeito diferente, ela se acostumaria?

    Responder
  2. Os cientistas ficam pensando demais quado a solução é simples Philipe! Manda agora um e-mail pra eles falando dessas lentes!

    Massa mesmo é se ela além de tudo isso tivesse nascido velha igual a Benjamin Button.

    Responder
  3. Na verdade voce até mencionou isso. Ela nasceu com deficiencia de lentes. Nosso cerebro recebe a imagem invertida e desinverte lá dentro do nosso sistema de processamento de dados, no caso dessa mulher, em particular, ela não tem essa capacidade, dessa forma, como as imagens são RECEBIDAS ELA SÃO PROCESSADAS.
    muito fácil, hoje em dia de resolver isso, né? Sò invertendo as imagems mecanicamente (computador, celular, televisão, ets é so inverter a placa ou usar alguma função especifica qua já vem com o aparelho) O problema mair, nesse caso aí ao meu ver é mias com relação à escrita e leitura de livros convensionais.
    BIZARRO!

    Responder
  4. Isso está me cheirando a Hoax dos brabos… é como o Philipe falou… basta fazer um óculos com lentes especiais e o problema dela estaria resolvido…
    Como o texto fala de cientistas americanos (imagino ESPECIALISTAS EM ÓPTICA) e não dá essa solução trivial para o problema dela (já que NÃO está no cérebro), acho que é apenas uma brincadeira internética…
    Outra coisa… eu vi um experimento de um cara que passa 1 semana com um óculos que fazia a visão dele ficar invertida. Depois desses 7 dias ele já vivia normalmente, inclusive andava de bicicleta.
    Se um camarada que viveu a vida toda com a visão normal, se adaptou a nossa realidade em UMA SEMANA vendo tudo invertido, essa mulher que nasceu assim tiraria de letra…
    Outra coisa… porque o fato dela ver de cabeça para baixo a faria engatinhar/andar PARA TRÁS?! Não faz o menor sentido…
    Eu voto em mito “DETONADO” 🙂

    Responder
  5. Cara, eu fico só pensandoo: como ela nasceu, cresceu, aprende e se aadaptou, talvez corrigir fará muito mais estragos do que ajudá-la. Afinal ela não mensura o enxergar normal. O mundo pra ela é perfeitamete normal da maneira que ela o vê. Até porque ela já é adulta, e dificilmente conseguira se adaptr. Imagine a gente, se tivesse que ver tudo de cabeça pra baixo! A dificuladade seria a mesma!

    Responder
  6. Uma amiga de minha irmã tem um filho com esse sintoma! Nunca mais ouvi falar dela nem do filho! Na época, acho que 2004 ou 2005, o menino estava com 5 anos de idade!

    Responder
  7. Não entendo, se ela enxerga o mundo 24 hs de ponta cabeça, qual a necessidade de ver tv no sentido normal? Acho que pra quem vive imerso em um mundo invertido, o normal é que seria o estranho. Não vejo sentido pra inversão dos monitores, livros etc. Se a ela foram ensinados os caracteres de ponta cabeça, porque ela precisaria escrever e ler na ordem normal, invertendo a folha? A escrita é um tipo de convenção. Eu consigo escrever de ponta cabeça e de espelhado desde criança e não sou nenhum genio. A mim não é incomodo algum.

    Não duvido da veracidade da história, porque não é o primeiro caso que eu vejo assim. Mas, esses detalhes sempre me deixaram perplexo.

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoie este projeto

Criar este website não é uma tarefa fácil. Mais de 5000 artigos, mais de 100.000 comentários e conteúdo próprio, demandam muito trabalho. Saiba como você pode ajudar a manter o Mundo Gump cada vez melhor e evitar que ESTE SITE ACABE
Ajuda aí?
MUNDO GUMP – © 2006 – 2020 – Todos os direitos reservados.