fbpx

bizarro

Mortes incomuns e bizarras do século XX e XXI

Quais são as maneiras mais bizarras pelas quais pessoas famosas morreram no século passado? Se não sabe, leia esta lista de todas...

Escrito por Philipe Kling David · 9 Minutos de leitura >

ALERTA DE GATILHO: ESTE POST CONTEM CASOS DE SUICÍDIO 

A verdade é que ninguém quer morrer, apesar de sabermos que esse é nosso inexorável fim. Talvez por medo desse desfecho final, muitas pessoas sequer cogitam em pensar na morte, mas alguns casos de morte são tão estranhos que chega a ser difícil não pensar sobre eles. O recente acidente com uma arma no set de filmagens em que o ator Alec Baldwin feriu mortalmente sua colega diretora de fotografia, me fez ter a ideia desse macabro post.

Foram muitas mortes estranhas que ocorreram durante o século 20, fazer a seleção não foi muito fácil, dado o manancial gigante de gente que morreu de jeitos mais bizarros.  A lista a seguir inclui algumas das maneiras  incomuns de “abotoar o paletó de madeira” que se possa imaginar. Existem muitas maneiras estranhas de morrer, mas essas podem ser bem GUMPS, como você verá.

Quais são as maneiras mais bizarras pelas quais pessoas famosas morreram no século passado? Se não sabe, leia esta lista e veja pessoas que morreram de maneiras gumps.

 

1-Alexander Bogdanov

Morreu pq se achava “o fodão”.

Alexander foi um médico russo, que  bateu as botas na sequência de uma de suas experiências, na qual o sangue de um estudante com malária e tuberculose foi injetado nele mesmo em uma transfusão. Ele pensava que era imune à tuberculose, ( porque sim, ele era o fodão, e considerou que seria só uma gripezinha, dado seu histórico de atleta) mas seu falecimento veio logo após a transfusão, provando que… ele estava errado.

  • Idade : dezembro em 54 (1873-1928)
  • Local de nascimento : Sokółka, Polônia
  • Profissão : Médico, Economista, Filósofo
  • Causa da morte : anafilaxia, reação hemolítica aguda à transfusão, doença transmitida pelo sangue

2- Boris Sagal

Foi um diretor de cinema e faleceu  durante as filmagens da minissérie para a TV “Terceira Guerra Mundial”. Sem prestar atenção, Sagal foi atingido pela pá do rotor de um helicóptero e foi decapitado.

  • Idade : dezembro em 57 (1923-1981)
  • Local de nascimento : Dnipro, Ucrânia
  • Nacionalidade : Estados Unidos da América
  • Profissão : Diretor de televisão, produtor de televisão, roteirista, diretor de cinema
  • Causa da morte : decapitação por helicóptero

3-Bruce Lee

Morreu de azar! Sério. Tá na autópsia dele! Há gente questionando essa morte estranha de Bruce até hoje, mas ao que parece o Bruce Lee morreu de uma severa reação alérgica a um analgésico, o Equagesic. Sua autópsia foi escrita como ” [perecendo] por infortúnio “. Apesar dessa estranha morte, Bruce é um dos únicos atores do mundo que trabalhou até mesmo morto, pois o evento de seu velório foi filmado e incorporado como cenas da morte de seu personagem num de seus filmes.

  • Idade : dezembro aos 32 (1940-1973)
  • Local de nascimento : Chinatown, Califórnia, Estados Unidos da América
  • Nacionalidade : Hong Kong, Estados Unidos da América
  • Profissão : Instrutor de artes marciais, produtor de cinema, roteirista, ator, artista marcial
  • Principal / Campo de estudo : Drama
  • Causa da morte : edema cerebral

4- R. Budd Dwyer

Suicídio espetaculoso.  – Dwyer, o Tesoureiro do Estado da Pensilvânia, suicidou-se durante uma entrevista coletiva transmitida pela televisão em Harrisburg, Pensilvânia. Enfrentando uma potencial sentença de 55 anos de prisão por suposto envolvimento em uma conspiração, Dwyer deu um tiro na boca com um revólver diante das câmeras e o pais inteiro viu o macabro espetáculo.

  • Idade : dezembro aos 47 (1939-1987)
  • Local de nascimento : St. Charles County, Estados Unidos da América, Saint Charles, Estados Unidos, com territórios
  • Nacionalidade : Estados Unidos da América
  • Profissão : Político, Professor
  • Causa da morte : tirou a própria vida

5- Carl McCunn

Morreu por pura falta de planejamento. McCunn pagou a um piloto para deixá-lo em um lago remoto perto do rio Coleen, no Alasca, durante o mês de março, para fotografar a vida selvagem, mas se esqueceu de confirmar os arranjos para o piloto buscá-lo novamente em agosto! Um pequeno deslize que custou caro. Desesperado e cada vez com menos comida, longe da civilização e sem poder se comunicar para pedir ajuda, em vez de morrer de fome, McCunn deu um tiro na cabeça. Seu corpo foi encontrado quase seis meses depois, em fevereiro de 1982.

  • Idade : 75
  • Local de nascimento : Alemanha Ocidental
  • Nacionalidade : Estados Unidos da América
  • Profissão : Fotógrafo
  • Causa da morte : tirou a própria vida

6-Christine Chubbuck

Chubbuck, uma repórter de notícias da televisão americana, tirou a própria vida durante uma transmissão ao vivo em 15 de julho . Após alguns minutos de seu talk show, na WXLT-TV em Sarasota, Flórida, ela sacou um revólver e deu um tiro na cabeça.

  • Idade : 29 de dezembro (1944-1974)
  • Local de nascimento : Hudson, Ohio
  • Nacionalidade : Estados Unidos da América
  • Profissão : Jornalista, Jornalista de TV
  • Causa da morte : tirou a própria vida

7-Christopher Johnson McCandless

Christopher McCandless  passou fome perto do Parque Nacional Denali depois de alguns meses tentando viver da terra no deserto do Alasca. Sua vida e morte foram pesquisadas por Jon Krakauer, que então escreveu o livro Into the Wild , que mais tarde se transformou em um filme.

  • Idade : 24 de dezembro (1968-1992)
  • Local de nascimento : El Segundo, Califórnia
  • Nacionalidade : Estados Unidos da América
  • Profissão : Hobo
  • Principal / Campo de estudo : Antropologia, História
  • Causa da morte : fome

8-Dan Andersson

Morreu de dormir num hotel. Andersson, um autor sueco,  morreu por envenenamento por cianeto enquanto se hospedava em um hotel em Estocolmo, porque os funcionários do hotel não conseguiram limpar o quarto direito após usar cianeto de hidrogênio contra percevejos.

  • Idade : dezembro em 32 (1888-1920)
  • Local de nascimento : Ludvika, Suécia
  • Nacionalidade : Suécia
  • Profissão : Poeta, Autor, Escritor
  • Causa da morte : envenenamento por cianeto

9- David Allen Kirwan

Ele morreu depois de tentar resgatar o cachorro de um amigo em Celestine Pool, uma fonte termal no Parque Nacional de Yellowstone em 20 de julho de 1981. Kirwan é o único caso conhecido de alguém que morreu após pular deliberadamente em uma das fontes termais do parque.

  • Causa da morte: cozido vivo

10- David Grundman

Foi assassinado por um cacto.
Grundman  morreu perto de Lake Pleasant, Arizona,  em 1982, enquanto atirava em cactos para se divertir com sua espingarda. Depois de disparar vários tiros contra um cacto Saguaro de 26 pés (8 m) de altura de muito perto, um grande galho do cacto que foi enfraquecido pelo tiroteio se desprendeu e caiu sobre ele, esmagando-o.

11- Deborah Gail Stone

Morreu pq foi na Disneylândia.

Stone tinha 18 anos, era funcionária da Disneyland em Anaheim, Califórnia, em 28 de junho de 1974. Ela estava em seu posto quando foi esmagada entre uma parede móvel e uma parede estacionária dentro da atração giratória “America Sings”.

  • Idade : 18 de dezembro (1956-1974)
  • Local de nascimento : Califórnia
  • Causa da morte : esmagamento, acidentes em parques de diversões

12- Eben Byers

Radiação: Em 31 de março de 1932, Byers morreu por envenenamento por radiação após ter consumido grandes quantidades de um medicamento popular que continha rádio . Ele achou que isso “melhorou sua saúde”.

  • Idade : dezembro aos 51 (1880-1932)
  • Local de nascimento : Pittsburgh, Pensilvânia
  • Nacionalidade : Estados Unidos da América
  • Profissão : magnata dos negócios, jogador de golfe, atleta
  • Causa da morte : síndrome de radiação aguda

13- Edward Juchniewicz

Caiu da maca.

Edward Juchniewicz morreu em 1991, depois que a maca da ambulância onde ele estava ficou desnivelada e virou. Os atendentes da ambulância estavam falando com a equipe médica e deixaram a maca sem supervisão. Juchniewicz sofreu um ferimento na cabeça e morreu logo após o acidente. Curiosamente, ele não estava doente: ele estava sendo transportado do asilo em que morava para uma consulta médica, apenas.

Causa mortis: Concussão

14- Eileen Lonergan

Morreu de “Ausente”.

Lonergan estava com seu marido mergulhando com um grupo de mergulhadores na Grande Barreira de Corais da Austrália em 25 de janeiro de 1998. O barco do grupo os abandonou acidentalmente devido a uma contagem incorreta feita pela tripulação do barco de mergulho. Seus cadáveres nunca foram recuperados. O incidente inspirou o filme Open Water .

  • Idade : 28 de dezembro
  • Nacionalidade : Estados Unidos da América
  • Profissão : Mergulhador
  • Causa da morte : especulativa

15- Gina Lalapola

Morreu num bolo surpresa

Gina Lalapola, de 23 anos, morreu sufocada após ficar mais de uma hora dentro de um bolo selado. As pessoas que tinham contratado o seu “serviço” estranharam que a garota não saiu de dentro do bolo na hora da surpresa, e encontraram Lalapola morta.

Causa mortis: Sufocamento.

16-Gary Ashbrook

Morreu sufocado por uma camisinha

Ele  estava procurando por novas emoções sexuais, mas acabou morto, asfixiado por uma camisinha. Gary foi encontrado morto nu, ao lado de três latas vazias de óxido nitroso — conhecido também como gás do riso — que ele utilizou para inflar a camisinha.

17- Vincent Smith II

Afogado no chocolate

 

Em uma cena que parece ter saído de uma versão de terror da “Fantástica fábrica de chocolates”, Vincent Smith II, empregado de uma empresa de chocolates em Nova Jersey que fabrica os Hersheys, nos Estados Unidos, teve um acidente fatal. Enquanto carregava o tanque para a preparação do chocolate, Smith caiu dentro do mesmo, que estava cheio de chocolate a 50 graus Celsius, e foi golpeado com uma das pás da máquina na cabeça. Ele ficou preso dentro do tanque durante 10 minutos, e foi declarado morto logo depois de ser retirado por uma equipe de resgate.

18- Gary Hoy

Gary Hoy, um advogado de 38 anos de Toronto, no Canadá, morreu em 1993, quando caiu do 24° andar do seu local de trabalho. Naquela noite, Hoy estava em uma festa de boas-vindas para um grupo de estagiários de verão que estavam entrando no curso de Direito, em uma sala de conferências no 24º andar de um prédio alto. Desejando impressionar os estagiários com a força das janelas do escritório, Hoy procurou demonstrar que eram inquebráveis ​​atirando-se contra uma parede de vidro.  De acordo com as pessoas que trabalhavam com o advogado, era comum que ele fizesse esta piada, sempre sem se machucar. Mas naquele dia a janela “inquebrável” falhou.

 

19- João Maria de Souza

Uma VACA caiu em sua cabeça!

Esse foi aqui no Brasil. João Maria de Souza e sua mulher, Leni, dormiam na cama quando a vaca de 1360 kg se espatifou no telhado. Acredita-se que a vaca tenha escapado de uma fazenda próxima, depois caminhou por um barranco até escorregar e descer rolando e cair no telhado da casa. Aí o teto desabou, no momento em que o bovino caiu de 2,5 metros de altura bem em cima de João.

20- Jack Daniel (o cara do Uísque!)

Vitmado pelo próprio cofre.

Jack Daniel ( cerca de 1849 – 1911) foi um destilador e empresário mais conhecido por fundar a destilaria de uísque Jack Daniel’s no Tennessee e criar a marca de uísque Jack Daniels, um bourbon ou uísque do Tennessee, que se tornou o uísque americano mais vendido em os EUA e o mundo – um ranking de topo que mantém até hoje.

Nascido em Lynchburg, Tennessee, Jack Daniel foi trabalhar quando criança em um pregador, dono da mercearia e destilador de bebidas alcoólicas. O menino não demonstrou muito entusiasmo por mercearia ou pelo evangelho, mas quando seu chefe lhe mostrou como operar seu uísque ainda, ou ordenou que um escravo o mostrasse, o jovem Daniel aceitou como um peixe na água, exibindo um talento precoce que o levou a obter sua própria licença de destilaria, supostamente quando ainda era um adolescente.

Seu uísque ganhou popularidade e, em 1897, a marca ganhou sua aparência distinta quando Daniel começou a usar garrafas quadradas. A reputação da marca Jack Daniel’s foi muito melhorada depois que ganhou a medalha de ouro pelo melhor uísque na Feira Mundial de St. Louis de 1904, o que levou a uma onda de popularidade em todo o país, mesmo com a reputação de Daniel sofrendo localmente devido ao crescente movimento de temperança.

 

Ele foi morto por seu cofre de escritório . Ele sempre teve problemas para se lembrar de sua combinação e, portanto, normalmente confiava em um assistente de escritório de confiança para abri-lo para ele. Um dia, em outubro de 1911, ele foi trabalhar cedo, chegando ao escritório antes de seu assistente. Ele tentou abrir o cofre, mas não conseguiu lembrar da combinação e, frustrado, chutou “aquela porcaria velha” e machucou o dedo do pé ao fazê-lo.

O dedo do pé infeccionou, a infecção se espalhou e, em 10 de outubro de 1911, Jack Daniel morreu de septicemia. O cofre passou a ganhar um status lendário, com destaque em tours pelas instalações e até mesmo sendo enviado em tours públicos próprios como o “assassino” de Jack.

21 – (bônus) -Franz Reichelt

Franz Reichelt (1879 – 1912) foi um alfaiate francês nascido na Áustria e fascinado por voar desde a infância. Após a invenção do avião , ele procurou inventar um dispositivo que permitisse aos pilotos saltar de pára-quedas com segurança no solo caso tivessem problemas no alto. Seus esforços foram estimulados quando, em 1911, o Aero Club de France ofereceu um prêmio de 10.000 francos ao primeiro inventor de um pára-quedas de sucesso.

O desenho de Reichelt assumiu a forma de um terno com uma capa com um grande capuz de seda, que pesava cerca de 20 libras e tinha uma área de superfície de cerca de 340 pés quadrados. Ele testou o projeto várias vezes em manequins jogados para fora de seu apartamento no 5º andar, mas sem sucesso.

Apesar dos repetidos fracassos, ele pediu permissão à polícia de Paris para testar sua invenção em um manequim da Torre Eiffel e, conseguindo uma licença, começou a despertar o interesse de jornalistas e do público para testemunhar o teste às 8h do dia 4 de fevereiro , 1912. No dia marcado, Reichelt chegou vestindo seu traje de paraquedas e foi recebido por uma multidão de curiosos reunidos na Torre Eiffel, isolada a zona de lançamento.

Acompanhado por jornalistas, ele então subiu a torre, enquanto duas equipes de filmagem se posicionaram, uma no chão para pegar a queda da torre e outra na torre para filmar o boneco sendo lançado. As pessoas ficaram perplexas porque não conseguiam ver nenhum manequim, e aos poucos foi percebendo que Reichelt não havia trazido um, mas pretendia testar seu projeto pulando da torre pessoalmente.

Um guarda o deteve inicialmente, mas Reichelt o convenceu a deixá-lo prosseguir. Amigos e jornalistas também tentaram dissuadi-lo, mas sem sucesso. Subindo as escadas, ele fez uma pausa para dar à multidão um alegre “ Um bientot! “, Antes de seguir para o primeiro deck da torre. Lá, enquanto as câmeras rodavam e as pessoas gritavam para ele parar, ele subiu em um banquinho colocado em cima de uma mesa ao lado do guarda-corpo e pulou às 8h22.

O traje foi um fracasso, literal e figurativamente, e ele caiu cerca de 60 metros para a morte no solo congelado abaixo, com um impacto que deixou uma cratera de 6 polegadas e esmagou sua coluna e crânio. Sem que ele soubesse, apenas dois dias antes, um americano havia conseguido saltar de pára-quedas a 225 pés da Estátua da Liberdade, usando o que se tornaria o pára-quedas de mochila semiesférica padrão.
Reichelt entrou para a história como um caso de teimosia que o levou até as ultimas consequências.

 

 

Escrito por Philipe Kling David
Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais... Profile

Video bizarro: O que é a criatura atacando uma cabra?

em bizarro, polêmica
  ·   4 Minutos de leitura

O mistério dos caixões que mudavam de lugar

em bizarro, polêmica
  ·   50 segundos de leitura

3 respostas para “Mortes incomuns e bizarras do século XX e XXI”

  1. Mano essas listas q vc cria são muito boas! Já houve outros casos fatais de tentativas de voos com ferramentas
    e trajes esquisitos, não? Não dá pra fazer uma lista só com esses casos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.