Mensagens extraterrestres e os documentos da NSA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Antes de falar sobre mensagens e homenzinhos verdes do espaço, vamos falar um pouco sobre a NSA.

A Agência de Segurança Nacional (em inglês: National Security AgencyNSA) é a agência de segurança dos Estados Unidos, criada em 4 de novembro de 1952 e responsável pela SIGINT, isto é, inteligência obtida a partir de sinais, incluindo interceptação e criptoanálise. Também é o principal órgão estadunidense dedicado a proteger informações sujeitas a SIGINT, sendo dessa forma o maior núcleo de conhecimento em criptologia mundial, apesar de raramente divulgar alguma informação sobre as suas pesquisas. A NSA é o órgão do governo dos EUA que mais emprega matemáticos de alto nível. Nenhuma outra instituição, incluindo as privadas do Vale do Silício, conseguiu se equiparar com a quantidade e qualidades dos cérebros da NSA.

A NSA é parte do Departamento de Defesa Americano e tradicionalmente comandado por um general de três estrelas ligado a área de segurança. Sabe-se que ela é provavelmente a maior agência de segurança do Estados Unidos da América e também do mundo. É responsável por interceptar e analisar ligações externas para garantir a segurança do país e dos seus aliados. A sede da agência está localizada no Fort George G. Meade, em Maryland. Pra se ter uma ideia, um dos projetos da NSA se chamava “Carnivore” e consistia num sofisticado computador que escutava ligações de pessoas suspeitas, tentando “entender” e “filtrar” atividades potencialmente perigosas. Ao que parece, o Carnivore serviu de base para outro projeto, que não sei dizer se saiu do papel mesmo ou não, chamado Echelon, que seria um super carnívore, criando dados de todo mundo, não só gravando ligações mas também interceptando informações digitais na web.  Mas o projeto Echelon pode ter sido apenas um dos muitos trabalhos realizados na agência americana, que foram oficialmente negados. Nada a se estranhar, na medida em que  que durante muito tempo a própria instituição nem existia oficialmente.

A NSA durante algum tempo após sua criação era tão secreta que o governo americano negava sua existência. Por isso, recebeu alguns “apelidos”: No Such Agency (algo como não há tal agência), Never Say Anything (nunca diga nada, ou nunca diga alguma coisa) ou em português “Ninguém Sabe dessa Agência“.

Uma vez que você já sabe que a Agência Nacional de Segurança é o órgão que mais contrata matemáticos nos EUA, a pergunta que nos vem à mente é: O que eles fazem com estes caras?

Quando o meu amigo e leitor Tio Kael me deu a dica de um link, as coisas começaram a ficar mais claras na minha cabeça. Recentemente alguns Órgãos do governo dos EUA começaram a desclassificar material, liberando-os em arquivos para acesso público. Eis que no site da NSA, um desses documentos liberado no dia 8 desse mês, é  taxativo sobre o conteúdo, que se trata da decodificação de 29 mensagens de origem desconhecida, recebidas por equipamentos de radio vindas do espaço exterior. O documento que eu linquei aqui demonstra inclusive o mecanismo usado de decodificação.

Ao observar o documento mais atentamente, podemos ver que se trata de uma tentativa de decodificação de um conjunto de informações matemáticas que viajam através do espaço. Poderia se tratar de um erro de interpretação da Instituição?  Talvez. Mas o próprio documento parece refutar isso quando diz que é muito remota a possibilidade dos dados matemáticos apresentarem ambiguidade em duas soluções consistentes.

Veja o que está escrito no Apêndice do documento:

Apêndice

Recentemente, uma série de mensagens de radio foram recebidas vindas do espaço exterior. Essas transmissões não eram contínuas, mas cortadas em pausas e pedaços que puderam ser agrupadas em unidades, de modo que eram repetidas e repetidas continuamente. As pausas mostradas aqui são pontuações. As várias combinações foram representadas por letras do alfabeto, então as mensagens puderam ser transcritas. Cada mensagem, exceto a primeira, foram apresentadas aqui uma única vez. O numero de série de cada uma das mensagens foi inserido no documento para referência.

Curioso, né? Aqui tem mais documentos liberados pela NSA e aqui estão os documentos liberados pelo FBI sobre extraterrestres.

Nos documentos do FBI um dos destaques é este abaixo, que cita o caso Roswell bem como os cadáveres dos tripulantes e oferece ainda uma hipótese para o acidente da nave, um defeito provocado por um poderoso radar terrestre. Veja o documento em http://vault.fbi.gov/UFO/UFO%20Part%208%20of%2016/view (página 34).

Enquanto o documento do FBI corrobora a teoria conspiratória de naves caindo e soldados escondendo destroços em hangares, o documento da NSA levanta uma serie de questões que não planejo abordar agora, mas farei isso em outro momento. Uma das perguntas na minha cabeça é: Seria o projeto SETI uma cortina de fumaça?

Mensagens extraterrestres e os documentos da NSA

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

LUMINÁRIA UFO 

compre a sua em www.obscura.art.br

error: Alerta: Conteúdo protegido !!