Laurenzana; A cidade italiana que vende casas por um euro

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

Mais e mais cidades italianas estão oferecendo casas dilapidadas por quase nada, então os compradores em potencial já estão com boas opções de escolha. Mas Laurenzana , uma cidade na região de Basilicata, no sul da Itália, conseguiu se destacar ao suavizar as regras para um esquema de compra de casa própria lançado recentemente.

Aqui está um bom negócio caso você seja membro de uma família grande e todo mundo tenha noções de construção. Um mutirão familiar e todo mundo morando na Itália por uns poucos cobres. Que tal?

Normalmente, essas regras diferem apenas ligeiramente de cidade para cidade, exigindo que os compradores forneçam um depósito de segurança de € 2.000 a € 5.000, que é devolvido a eles após a conclusão das obras de renovação. No entanto, quem comprar uma das casas abandonadas nesta atraente cidade italiana não precisará depositar nem um tostão!

“Queremos ajudar os recém-chegados a adquirir a casa dos seus sonhos sem dificultar o cumprimento de procedimentos tediosos e requisitos rigorosos”, disse a prefeita Michele Ungaro à CNN .

Um processo mais fácil

Imagem: Comune Laurenzana
Ungaro diz:

“Às vezes pode ser difícil cumprir as regras, especialmente se você for um estrangeiro. Queremos que essa aventura seja um prazer, não um fardo. Por isso não solicitamos nenhuma garantia de depósito para garantir a rápida execução da obra. Pode soar como uma espécie de ameaça. Contamos com a integridade e o comprometimento de nossos clientes, mas monitoraremos constantemente o trabalho em andamento e o status dos reparos.”

As autoridades de Laurenzana também decidiram reduzir os custos com papelada ao mínimo, enquanto os compradores podem se beneficiar de impostos locais relativamente baixos no sul da Itália.

No entanto, como acontece com a maioria dos esquemas de compra de casa por € 1, os compradores precisam concordar em concluir a reforma da propriedade dentro de um período de tempo especificado.

Laurenzana - cidade italiana que vende casas por 1 euro sem garantia
Muitas casas estão detonadas pela ação do tempo

Nesse caso, o trabalho deve ser iniciado no máximo 3 meses após a compra e concluído em 3 anos. Os compradores também precisam enviar um plano de reestilização detalhado antes que sua proposta seja considerada.

Aqueles. Ungaro incentiva os interessados ​​a começar a trabalhar em uma proposta antes de entrar em contato com sua equipe.

“Se recebermos uma enxurrada de e-mails em que as pessoas simplesmente dizem ‘quero comprar uma casa por um euro’ sem detalhes, não vamos conseguir nada”, explica.

“As metas são fundamentais. Seria muito útil acelerar o processo se os compradores interessados ​​fornecessem imediatamente um plano preliminar do que farão com sua nova propriedade e quanto dinheiro planejam investir no restyling. “

Custos reduzidos

Como resultado, os candidatos são solicitados a indicar o tamanho aproximado da casa que gostariam de comprar e a finalidade, seja uma casa de verão particular, uma pousada, uma loja ou uma instalação de serviço, para que o prefeito possa alocar propriedades que atendam às suas necessidades. A área das casas oferecidas varia de 40 a 150 metros quadrados.

Embora os compradores potenciais recebam fotos da casa, eles precisarão visitar a propriedade para concluir a compra. Mas devido a restrições de viagens devido à pandemia Covid-19, é improvável que qualquer transação seja processada nos próximos meses, o que significa que você tem um tempo aí para fazer os planos com cuidado.

No entanto, Ungaro se esforça para tornar o esquema o mais atraente possível, a fim de atrair novos residentes para a cidade assim que as fronteiras forem abertas.

“Também estamos felizes em reduzir o custo do checkout. Para tal formalidade legal, as pessoas não terão de pagar os habituais 2 mil euros a um notário, a secretaria da Câmara Municipal tratará disso por apenas 300 euros.”

Atualmente, existem cerca de 10 casas antigas localizadas no centro histórico para venda por 1 euro. O prefeito diz que embora os moradores que partiram os tenham abandonado há décadas, estruturalmente elas ainda estão em boas condições.

Ao mesmo tempo, existem mais 40 edifícios vazios que precisam de renovação na área.

Cidade vazia

De acordo com Ungaro, os compradores devem estar preparados para investir pelo menos € 20.000 para devolver o imóvel ao seu estado anterior. Além disso, várias casas baratas e já reformadas estão à venda na cidade e o prefeito diz que os proprietários estão felizes em negociar a venda.

Uma vez que o custo da habitação em Laurenzana ronda os 500 euros por metro quadrado, por 25 mil euros pode comprar uma habitação pré-fabricada com uma área de 50 metros quadrados.

A própria cidade é um labirinto de vielas estreitas de paralelepípedos conhecidas como “strettele”, que têm nichos votivos artísticos, com dezenas de passagens em arco conectando casas novas e velhas.

Em alguns lugares, o espaço é tão limitado que os transeuntes precisam se espremer para passar pelas casas e os vizinhos precisam se revezar para abrir as janelas.

Ao mesmo tempo, normalmente não há grandes multidões de turistas na região da Basilicata, e Laurenzana é um de seus cantos mais isolados. Mas a cidade ganha vida na primavera e no verão, quando muitas famílias voltam para suas casas para aproveitar o clima quente.

Em resumo, a pegadinha é que a moedinha de um euro é só o atrativo pra você reformar um imóvel abandonado numa cidade que tende a virar mais uma cidade fantasma, mas pensando do ponto de vista de quem está com grana pra gastar em coisas fúteis, eu acho que ter uma casa de campo na Itália não seria nada mal. O bom mesmo seria pra minha cunhada, que tem um monte de irmãos e a família toda tem noção de construção e pegam no pesado. Daria pra montar um mutirão familiar, e economizar a grana de pessoal. Ainda assim teriam que comprar todo o material de construção pagando em Euro… Ai meu bolso!

 

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.