Foto gump do dia: Bismuto (plus: Aprenda a fazer grátis)

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

Nossa foto Gump do dia de hoje é o incrível visual de um cristal de bismuto. Olha só que louco isso:

Chega a ser difícil de acreditar que essa coisa seja natural e não fabricada pelas mãos do Homem.

Segundo a Wikipedia, o bismuto (do alemão “Wismut”, “massa branca”) é um elemento químico de símbolo Bi, de número atômico 83 (83 prótons e 83 elétrons), de massa atómica igual a 208,9 u, encontrado no grupo 15 (anteriormente denominado VA) da classificação periódica dos elementos químicos.

À temperatura ambiente, o bismuto encontra-se no estado sólido.

Este elemento é pesado, frágil, trivalente, cristalino, de coloração rosácea que se assemelha quimicamente ao arsênio e ao antimônio. É o mais diamagnético de todos os metais, e com a condutividade térmica mais baixa entre todos os elementos, exceto do mercúrio. De todos os metais, é o que menos conduz corrente elétrica.

Ligas metálicas com bismuto são utilizados em soldas, fabricação de termopares e dispositivos para detectar fogo. Compostos de bismuto, livres de chumbo, são usados em cosméticos e em procedimentos médicos.

A existência deste metal foi demonstrado em 1753 pelo francês Claude Geoffroy Junine. O seu mineral mais importante é a bismutinita.

Entre os metais pesados, é o único que praticamente não é tóxico. Não existe outro metal mais diamagnético que o bismuto, o mercúrio vem logo depois. Este metal, quando na forma elementar nativa, tem uma alta resistência elétrica e, também tem o mais alto efeito Hall entre os metais, ou seja, ocorre um aumento considerável da resistência elétrica quando colocado num campo magnético. Quando aquecido em presença do ar queima com chama azul e seu óxido (óxido de bismuto) forma vapores amarelos.

Cristais de bismuto. A superfície iridescente é resultado de uma camada muito fina de oxidação.

O bismuto existe na crosta terrestre na forma nativa, não muito abundante, e na forma de minerais.Os mais importantes minerais do bismuto são a bismutinita e a bismita.

Canadá, Bolívia, Japão, México, e Peru, são os maiores produtores. O bismuto nos Estados Unidos é obtido como subproduto do processamento de minerais de cobre, ouro, prata, estanho e, principalmente, do chumbo.

Cristais de bismuto: O bismuto de grande pureza pode formar diferentes cristais coloridos. A maior parte destes cristais são produzidos em laboratório e vendidos aos aficionados. São muito procurados pela sua forma geométrica e variação tonal que lembra a superfície de um cd.

 

Como crescer cristais de Bismuto?

O bismuto é um dos cristais de metal mais fáceis e bonitos que você mesmo pode cultivar. Como eu disse, os cristais têm uma forma geométrica complexa e fascinante a e são da cor do arco-íris devido à camada de óxido que se forma rapidamente neles. Siga estas instruções passo a passo para cultivar seus próprios cristais de bismuto.

Imagina só você poder criar algo assim para presentear amigos?

Materiais de cristal de bismuto

  • Bismuto
  • 2 copos de medição de aço inoxidável ou latas de alumínio que você cortou ao meio para fazer tigelas rasas
  • Fogão, placa quente ou tocha de propano

Você tem algumas opções para obter o bismuto. Se estiver no exterior, você pode usar chumbada sem chumbo (por exemplo, Eagle Claw faz chumbada sem chumbo usando bismuto), você pode usar munição sem chumbo (o projetil dirá que é feito de bismuto no rótulo) ou você pode comprar bismuto em lingotes de metal. O bismuto está disponível em varejistas online, como a Amazon, aliexpress, alibaba e etc.

BISMUTO GRÁTIS

Eu encontrei bismuto barato no Wish, está saindo por 25 reais por cem gramas do metal com alto grau de pureza. E curiosamente, eu tenho um cupom de desconto de até 29 reais que é praticamente o mesmo valor usando meu código de afiliado. Ou seja estou praticamente TE DANDO BISMUTO GRÁTIS:

Tudo que você precisa fazer é se cadastrar no wish.com usando o meu codigo: hflpvtd

Esse código vai te dar um desconto de 29 reais na primeira compra no wish. Aí depois de se cadastrar e garantir essa bufunfa para poder gastar la, vc entra aqui e procura o bismuto. 

Se não quiser o bismuto vc pode comprar qualquer quinquilharia que te interesse até 29 merréis. Vale para quem nunca teve conta no wish ou pra quem tem mas não fez compra nos últimos 30 dias lá.

 

De volta ao bismuto feito por você…

Embora o bismuto seja muito menos tóxico do que outros metais pesados , não é pra comer hein maluco? Se você usar copos de medição de aço, seria melhor usá-los apenas para o projeto do bismuto e não para alimentos. Se você não tem latas de alumínio ou está preocupado com o revestimento de plástico freqüentemente encontrado nas latas, pode até fazer uma tigela com papel alumínio .

A qualidade dos cristais que você obtém depende em parte da pureza do metal, portanto, certifique-se de usar o bismuto e não uma liga. Uma maneira de ter certeza da pureza é fundir novamente um cristal de bismuto. Ele pode ser usado repetidamente. Caso contrário, você faria bem em ler as análises de produtos de um fornecedor para saber se o produto é puro o suficiente para cristalização. (Os do wish são)

Cristal de Bismuto

  • Materiais: Elemento de bismuto (metal) e um recipiente de metal resistente ao calor
  • Cristalização:  A partir de uma fusão; Estrutura de cristal da tremonha de metal
  • Tempo necessário: menos de uma hora
  • Nível: iniciante-retardado-Mr.bean-Forrest Gump

Como crescer os  cristais de Bismuto?

O bismuto tem um ponto de fusão baixo (271 ° C ou 520 ° F), por isso é fácil de derreter em aquecimento por cozimento alto. Você vai fazer crescer os cristais derretendo o bismuto em um “prato” de metal (que terá um ponto de fusão mais alto do que o bismuto), separar o bismuto puro de suas impurezas, permitir que o bismuto se cristalize e despeje o líquido restante bismuto dos cristais antes que congele em torno dos cristais. Nada disso é difícil, mas requer alguma prática para acertar o tempo de resfriamento. Não se preocupe – se o bismuto congelar, você pode fundi-lo novamente e tentar novamente.

Importante: Se você não é maior de idade, chame seu pai, seu irmão, seu tio, seu avô e faça COM ELE. Não mexa na porra do fogão, ou numa tocha de gás ou maçarico sem supervisão de um adulto, porque sabe como é, pode dar merda e você não quer virar o Freddy Kruegger! Não queira participar do Darwin Awards!

Dito isso, aqui estão as etapas em detalhes:

    • Coloque o bismuto em uma das travessas de metal e aqueça em fogo alto até que derreta. É uma boa ideia usar luvas, pois você está produzindo um metal fundido, que não vai lhe ajudar em nada se espirrar na pele. Você verá uma “nata” na superfície do bismuto, o que é normal. São as impurezas do metal.
    • Pré-aqueça o outro recipiente de metal. Despeje cuidadosamente o bismuto derretido no recipiente limpo e aquecido. Você Precisa inclinar para despejar o caldo do bismuto limpo – sem a pele de impurezas, que que afetariam negativamente seus cristais.
    • Coloque o bismuto limpo em seu novo recipiente em uma superfície isolada termicamente (por exemplo, coloque o recipiente de volta no queimador, mas desligue a energia). A taxa de resfriamento do bismuto afeta o tamanho e a estrutura dos cristais resultantes, esta é a graça do bagulho! Portanto, você pode brincar com esse fator e é ele que controla o seu resultado em estética no cristal. Geralmente, o resfriamento mais lento produz cristais maiores. Você não vai resfriar o bismuto até que esteja sólido!
    • Quando o bismuto começar a se solidificar, você deve derramar o bismuto líquido restante dos cristais sólidos. Isso acontece após cerca de 30 segundos de resfriamento. Você pode dizer que é a hora certa de derramar o líquido de seus cristais quando o bismuto começa a aparecer, para isso balance o recipiente e veja o comportamento. Se ele só balança um pouco quando o pote é balançado vc achou o ponto de transição. E é agora que vc derrama mais. Não há um determinado período de tempo que se deva esperar antes de derramar o excesso de bismuto, pois ele irá variar dependendo das condições do experimento. Pode-se testar o estado do bismuto batendo levemente no recipiente. Se ondulações forem vistas viajando pela superfície, a maior parte do Bismuto ainda é líquido. Quanto mais o bismuto congela, as ondulações terão menos espaço para viajar e as áreas onde os cristais estão se formando se tornarão visíveis. Tome cuidado para não perturbar muito o resfriamento do Bismuto, pois isso pode desencadear a formação de novos cristais; em vez de produzir apenas um (ou poucos) cristais grandes, muitos cristais muito menores podem se formar.
    • Há um truque interessante no qual você induz a cristalização e meio que “controla” o processo com uma “semente” de cristal. Pra isso você vai usar uma pequena “semente” de cristal de bismuto já gerada antes, suspenso no bismuto fundido para atuar como um ponto de nucleação durante o crescimento do cristal. Depois, pode-se simplesmente retirar o cristal do bismuto líquido, em vez de despejar o excesso de bismuto em um recipiente separado. Tome cuidado para não deixar o cristal da semente suspenso por muito tempo, pois o bismuto pode se solidificar ao seu redor e impossibilitar sua extração. Além disso, o cristal pode ficar tão grande que pode se fundir com outros cristais ao seu redor, prendendo-o dentro dele.
  • Depois que os cristais esfriarem, você pode retirá-los do recipiente de metal. Se você não estiver satisfeito com a aparência de seus cristais, derreta novamente e resfrie o metal até que esteja certo.

Se você tiver problemas para tirar o cristal de bismuto do recipiente, tente fundir novamente o metal e despejá-lo em um recipiente flexível de borracha de silicone, como os usados para forminhas de bolo/cupcakes. Esteja ciente de que o silicone só aguenta até 300 ° C, que é um pouco acima do ponto de fusão do bismuto. Você precisa derreter o metal em um recipiente e certificar-se de que esfriou o suficiente para começar a solidificar antes de transferi-lo para o silicone. Caso vc queira fazer isso mais profissionalmente, pode usar um termômetro infravermelho, (deve estar barato pq foi muito vendido na pandemia). Ou inscreva eu irmão no wish com meu código ali de cima e compre um extra.

Dá e sobra pra um desse

Por que o bismuto tem a cor do arco-íris?

Na forma pura, o bismuto é um metal rosa prateado. Quando é exposto ao oxigênio (como no ar), a camada de óxido resultante varia em cores do amarelo ao azul. Pequenas variações na espessura da camada de óxido fazem com que os comprimentos de onda da luz refletida interfiram uns com os outros, produzindo todo o arco-íris.

Legal, né?

Aqui está uma pequena galeria de cristalizações do Bismuto para você se animar. Poucos materiais no universo tem uma aparência mais alienígenas que o cristal de Bismuto:

 

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.