fbpx

Curiosidades

Fastfood da vergonha: Descubra os piores fastfoods dos Estados Unidos

Quais os piores fast foods dos Estados Unidos? Depois de ver muitas discussões e foruns, aqui está o veredito.

Escrito por Philipe Kling David · 16 Minutos de leitura >

Eu não sou do tipo xiita que pensa que todo fastfood é uma merda só porque é fastfood. Claro que eu não como isso todo dia, mas eu curto de vez em quando experimentar um sanduba de fastfood. Os Estados Unidos são cheios desses restaurantes, que se espalharam como uma comodidade nas grandes cidades, se tornaram uma opção viável nas periferias mais pobres e se converteram numa solução para viajantes pelas estradas que cortam os Estados Unidos.

Geralmente as grandes redes se fastfood zelam pela limpeza e padronização do seu alimento vendido, mas nem sempre é assim. Deveria ser, mas a verdade é que isso passa longe de ser uma regra, Primeiro porque o mercado de fastfood dos estados unidos é uma verdadeira aberração. Cada dia novas marcas aparecem, novas lojas são abertas enquanto outras quebram. O ritmo é selvagem e se estabelecer nesse mercado não é moleza não. Embora o básico do negocio de sanduíche refrigerante e batata frita seja o forte dos Estados Unidos, hoje em dia tem redes das mais variadas nacionalidades, como a de comida chinesa ou mexicana. Nessa lista você vai conferir algumas das piores redes de fast food dos Estados Unidos, com base em pesquisas que ex-clientes falam sobre o local. Você vai ver que há reclamações como “frango duro” ou “hambúrguer sem gosto”.

CINNABON

Cinnabon. Esse nome não parece estranho para muita gente. Porém, a rede de comidas rápidas de doces pré-assados tem uma péssima nota. Mas, de que nota estamos falando? Daquela que diz que os clientes voltam a comprar os produtos da mesma loja.

Isso porque uma pesquisa mostrou que apenas 40% deles procuram mais produtos da marca. O resultado você já deve imaginar: a empresa está lutando para sobreviver e não fechar as portas. Para isso, eles até acrescentaram alguns detalhes nos pratos e pedidos.

Mesmo assim, as críticas negativas continuam. Inclusive, são cada vez mais comuns. Entre elas, a gente ouve e lê coisas como “o reaquecimento dos alimentos” ao invés de “venderem sempre produtos novos”.

 

Del Taco

Uma das piores redes da lista é a Del Taco. Obviamente, o nome é sugestivo, já que tem tudo a ver com a comida mexicana. Mas, existe mesmo uma rede fast food de comida mexicana? Sim.

O problema é que apesar de ter essa “exclusividade”, a marca também não tem um bom resultado: apenas 40% das pessoas que passam por lá voltam a consumir nesse mesmo lugar. É praticamente o mesmo número da Cinnabon.

O motivo mais reclamado é que a comida é “pouco apetitosa”. E tem mais comentários, como “muito arroz nos burritos” ou “carne sem sabor”. Atualmente, eles tentaram melhorar com o Beyond Meat (marca de carnes famosa na América). Porém, isso ainda não surtiu efeito.

 

Einstein Bros Bagels

É uma rede pouco conhecida no Brasil, mas que faz muito sucesso por outros países. A ideia é vender bagels gourmets. Para quem não sabe, os “bagels” são tipos de uns pães, mas no formato de donuts. No caso dessa loja, eles vêm recheados.

Logo, teria tudo para ser um restaurante de sucesso. Porém, essa não é a realidade. A crítica começa pela reclamação na qualidade dos alimentos, com o atendimento ao cliente e até mesmo com o gosto ruim do café. Ao menos, é o que os ex-clientes dizem.

 

White Castle

Esta rede ficou conhecido por ter os “hambúrgueres pequenos”.

Portanto, se você quer conhecer mais desse lugar, saiba que vai ter que pedir mais de 1 produto, combinado? Ah, e pode ter certeza que se não falar, ao menos você vai pensar, algo como: “esses pães estão muito grandes para o tamanho do hambúrguer”.

Aliás, para piorar, muita gente diz que o lanche tem muito gosto de cebola.

 

D’Lites

Imagina só um fast food muito saudável? Será que isso é mesmo possível? Ao menos na prática, essa era a ideia da rede D’Lites. Mas, como você deve imaginar, a ideia não deu certo, já que a marca está nessa entre as piores redes de fast food da América.

Ela fica na Geórgia, só que tem mais de 100 unidades espalhadas. A ideia sempre foi a de oferecer alimentos com valor nutricional acima do que os concorrentes ofereciam. Assim, desde 1978, ela existe e com várias franquias, que nasceram em 1983.

A reclamação, mesmo após a abertura de mais de 100 lojas, é que ela não era tão nutritiva assim. O que acontece em seguida é que, a partir de 1986, ela parou de franquear. E a partir disso começou a ser vendida para outra rede, a Hardee’s.

 

Subway

Ah, a Subway é a mais conhecida dessa lista entre os brasileiros. Quase em toda cidade há uma unidade dela, não é mesmo? Uma curiosidade para começar: saiba que antes ela era chamada de Pete’s Super Submarines.

Porém, você pode estar se perguntando: como uma das marcas que mais cresce está nessa lista de piores redes de fast food? Saiba que mesmo alcançando mais de 42 mil locais em mais de 100 países, muita gente diz que só vai até lá por “conveniência”.

Assim, pouco mais de 42% dos clientes retornam ao local. Entre as principais reclamações estão o “pão ruim” e vai até “funcionários rudes” ou “tempo de espera muito alto”.

 

Panda Express

Com uma rede de mais de 2 mil lojas em solo americano, a Panda Express figura na lista por alguns problemas apesar de ser uma das maiores redes de alimentos asiáticos nos Estados Unidos. Como ela faz tanto sucesso? Oferecendo ao cliente a chance de fazer a própria refeição. O resultado não foi nada agradável e a colocou no ranking das piores redes de fast food da América.

 

Church’s Chicken

A ideia era ser uma rede de fast food de frangos fritos. Para disputar a fatia do Popeyes e KFC. Porém, ao sair de lá dá para se pensar em “frangos duros como rocha”. Ao menos, é o que comentam muitos consumidores.

A crítica é pesada. Mas, real. Tanto é que a Church’s começou a pensar em melhorias. Porém, nada de concreto aconteceu até aqui.

 

While Wendy’s

Apesar de eu já ter comido lá varias vezes e ser onde já comi um dos melhores sanduíches da minha vida, a Wendy´s aparece na lista das piores redes de fast food da América do norte. Ela oferece uma infinidade de guloseimas que aparentam ser muito atraentes. Porém, segundo os consumidores é só aparência mesmo. O nome da rede, inclusive, vai ser lembrado por muita gente de forma negativa.

Como assim? Em 2018, um cliente encontrou um rato vivo em um saco de pão de hambúrgueres. E sem falar da crise do “dedo no chili”, que aconteceu em 2005. Sabe? Muita gente diz ser armação. Porém, isso afastou muitos clientes de lá.

 

Little Caesars

Já comi lá e achei uma delicia a pizza. Mas está na cara que vender uma pizza grande de queijo ou de pepperoni por apenas R$ 5 poderia dar merda. Mas esse era o foco da rede Caesars. E ainda tinha mais: o anúncio falava em produtos frescos e de qualidade.

Porém, não era isso que os clientes encontravam lá. Dos recheios usados aos molhos, o que eles falavam é algo como “pizza com o gosto estranho”. Inclusive, há quem diga que a “pizza tem gosto de papelão”. E isso a qualificou para a lista das piores redes de fast food da América do norte.

 

Checkers

Essa é uma marca que se especializou na venda de cachorros-quentes, batatas fritas, milk-shakes e também de lanches (os famosos hambúrgueres”. Sendo assim, ela tinha uma visão: a de que as “damas” eram o público-alvo.

O problema é que elas começaram a reclamar muito da demora no atendimento em todas as unidades. E o pior de tudo é que isso acontecia mesmo quando tinha pouca gente para ser atendida.

Outra reclamação era que os hambúrgueres não tinham sabor. Ou que a alface vinha grande demais. Apesar das reclamações, os milk-shakes de banana eram elogiados.

 

Sonic

A Sonic é uma rede bem diferente do ponto de vista que é atende em formato de Drive-In. Logo, há sim uma boa indicação de sobremesas. Porém, as reclamações superam tal vantagem que se tem nas unidades. Por isso, essa é mais uma das piores redes de fast food da América. As reclamações eram que os cachorros-quentes, os lanches em geral e até mesmo as bebidas não tinham  gosto de nada. “Além de não serem frescos”. Aliás, tem gente falando que o lanche é de alface, já que esse é o único ingrediente que ganha espaço no recheio.

Carls Jr.

Os restaurantes de fast food há muito tempo hesitam em fazer grandes mudanças e, se não tivessem feito algumas melhorias drásticas, o Carl’s Jr. e o Hardee’s teriam uma classificação muito mais alta nesta lista. Depois de anos usando comerciais hipersexuais (veja aqui)  e insípidos para promover seu menu, essas redes o reduziram para melhor.

Olha a propaganda do sanduíche kkkk

Os comerciais não são a única coisa que mudou. A comida no Carl’s Jr. e no Hardee’s ainda tem seus problemas, mas a comida das redes de hoje é muito melhor do que a do passado. Com isso dito, a melhoria na qualidade ao longo dos anos não corresponde ao aumento maciço nos preços dos itens do menu.

Quiznos

Preço e valor são temas comuns nesta lista, e a Quiznos não é exceção. A rede de fast food teve grandes problemas financeiros ao longo dos anos, fechando milhares de restaurantes nos últimos anos. O maior problema? Preços. Os clientes não veem valor em gastar uma tonelada de dinheiro por um sanduíche “medíocre”.

Domino´s

 

Antes das mudanças recentes, o Domino’s era facilmente um dos piores restaurantes de fast food do mundo. A rede de fast food tinha a reputação de servir pizza com gosto de papelão, e os clientes não ficaram satisfeitos. Dizia-se que o molho de tomate tinha gosto de ketchup, as coberturas não eram frescas e a experiência do cliente era ruim.

Felizmente, a Domino’s mudou de curso e agora está na direção certa. A rede de fast food fez todos os tipos de melhorias, desde melhorar os ingredientes e a qualidade até encontrar maneiras de tornar a experiência do restaurante o mais acessível possível. O Domino’s ainda não escapou dessa lista, mas o restaurante finalmente está indo na direção certa.

Dunkin ´Donuts

 

Na minha cabeça nunca entrou como que essa rede conseguia se manter de pé. Só pode ser explicado pelo “milagre da America”. Porém, como acontece com muitas outras cadeias de fast food nesta lista, Dunkin ‘Donuts aumentou seus preços ao longo dos anos, fazendo poucas melhorias positivas na qualidade de seus itens de menu. Uma rede nacional de fast food que serve principalmente donuts é um conceito de nicho e, com tantas lojas de donuts locais, o Dunkin ‘raramente se destaca da concorrência.

Nos últimos anos, o restaurante de fast food tentou mudar a marca para “Dunkin ‘”, em oposição ao título “Dunkin’ Donuts”, amplamente conhecido nos Estados Unidos. Não está claro se a mudança no nome e ênfase no café da manhã em vez de apenas donuts será positiva. A partir de agora, o restaurante continua sendo uma opção medíocre… e cara.

Diary Queen

Se o Dairy Queen não tivesse uma reputação por suas deliciosas opções de sobremesas, o restaurante provavelmente não estaria nesta lista – porque provavelmente não existiria hoje. Nevascas e sorvetes são ótimos, mas os itens que não são sobremesas na rede de fast food são péssimos.

Os hóspedes frequentemente reclamam dos cachorros-quentes e hambúrgueres do Dairy Queen. Parece que os cozinheiros do restaurante não conseguiram encontrar consistência na maneira como preparam hambúrgueres e cachorros-quentes, pois há reclamações de que os alimentos estão cozidos demais ou mal cozidos. As sobremesas do Dairy Queen são ótimas, mas o resto do cardápio deixa muito a desejar.

A&W

Conhecida por sua cerveja de raiz mundialmente famosa, A&W é um produto básico do fast food americano. O restaurante existe desde 1919, servindo chope, hambúrgueres e carros alegóricos de root beer. Os root beer da A&W são incríveis, mas, infelizmente, o resto do menu não corresponde às expectativas.

Os clientes reclamaram que as batatas fritas do restaurante eram muito gordurosas, alegaram que a maioria dos restaurantes era sujo e anti-higiênico e também mencionaram que os horários de atendimento são inferiores aos de uma rede comum de fast food. A&W parece estar caminhando em uma direção negativa e parece estar destinada a subir no ranking desta lista até que algo mude.

Jack in the box

Famoso por seu mascote icônico e hilariantes comerciais de televisão, Jack in the Box cresceu e se tornou um dos maiores restaurantes de fast food dos Estados Unidos. Superficialmente, parece que a corrente está indo muito bem. O menu tem uma grande variedade e os preços são bastante razoáveis. Mas, abaixo da superfície, há uma história diferente.
Talvez ter variedade no menu seja um ponto forte. Mas o Jack in the Box ainda não descobriu uma opção de menu como o Big Mac do McDonald’s, o Whopper do Burger King ou o Double-Double do In-N-Out. E embora alguns clientes tenham gostado da experimentação do menu, outros reclamaram da qualidade inferior dos novos itens do menu.

El Pollo loco

Um dos restaurantes de fast food de estilo mexicano mais populares da América, El Pollo Loco não é muito considerado pelos clientes. O restaurante atinge a trifeta quando se trata de comida sem graça, preços ridículos e ambiente ruim. A comida do El Pollo Loco é boa o suficiente para não ser terrível, o que o impede de estar no topo da lista. Os clientes reclamaram de funcionários rudes, comida seca, preços muito altos e muito mais. Já houve ocasiões em que um restaurante chamado “frango maluco” ficou sem FRANGO.  Talvez a falta de locais do restaurante nos Estados Unidos o tenha salvado de estar no topo da lista. Se mais pessoas estivessem falando sobre El Pollo Loco, mais pessoas notariam como a comida é ruim.

Raising Canes

Não é com frequência que você se depara com um restaurante de fast food que vende exclusivamente tiras de frango. A Raising Cane’s se tornou uma das redes de crescimento mais rápido, graças ao incrível frango do restaurante. No entanto, alguns problemas graves com a comida e o serviço do restaurante incomodaram os clientes frequentes. Para a maior parte, a comida no Raising Cane’s é muito boa. Mas um grande problema com o frango é que vários restaurantes não conseguiram encontrar uma maneira consistente de prepará-lo. Os clientes costumam reclamar que o frango está empapado ou cozido demais. Ainda assim, o Raising Cane’s parece estar indo na direção certa.

Pizza Hut

Uma das maiores pizzarias de fast food da América, a Pizza Hut se tornou uma referência no negócio de venda de pizza de baixa qualidade a um preço razoável. A marca mundial possui milhares de restaurantes apenas nos Estados Unidos e está no mercado desde 1958. Mas, depois de décadas como a principal marca de pizza fast food da América, parece que as coisas estão mudando. Como muitas outras cadeias de fast food desta lista, a Pizza Hut aumentou os preços ao longo dos anos. E quando a qualidade dos alimentos não aumenta com os preços, os clientes tendem a ficar insatisfeitos. Se as coisas continuarem como estão, a Pizza Hut pode ter problemas mais cedo ou mais tarde.

Papa Jonh´s

Eu achei que esse fastfood fosse ficcional no filme do Ben Stiller “Mitty”, mas é real. Embora muitos restaurantes desta lista possam ostentar algumas qualidades redentoras, como uma entrada estelar ou um preço razoável, o Papa John’s não pode. A comida não é apenas medíocre em qualidade, mas também é muito cara para uma rede de pizzarias de fast food. Essa é uma receita para o desastre no negócio de fast food! Papa John’s é uma das pizzas de fast food mais caras e não é muito melhor do que qualquer um de seus concorrentes. Talvez a razão pela qual a empresa gaste tanto dinheiro em anúncios de esportes seja porque ela sabe que os fãs de esportes têm preguiça de procurar qual pizza é mais barata quando estão fazendo um pedido!

Popeyes

Conhecida pelo frango, a Popeyes é uma rara rede de fast food que concentra seus esforços em ser o principal destino do frango frito. Mas com o surgimento do Chick-fil-A, o Popeyes tem lutado para fazer os clientes voltarem. Em 2019, o restaurante decidiu fazer uma loucura para competir, ao oferecer um item de cardápio que fosse novidade no cardápio.

 O novo item do menu? Um sanduíche de frango, o principal item do cardápio do Chick-fil-A. O lançamento se tornou viral, com milhões de clientes ansiosos para experimentá-lo. Mas havia dois problemas principais: os sanduíches de frango não eram tão bons quanto o Chick-fil-A’s, e os sanduíches de frango acabaram!

Wienerschnitzel

Temos que tirar o nosso chapéu para uma loja que abre nos estados Unidos com este nome. É uma PUTA coragem e ousadia. Existem muitas opções de fast food comestíveis que não são Wienerschnitzel. Claro, a comida pode ser barata lá, mas é barata por um motivo. Os clientes frequentemente reclamam da carne do restaurante – seja do sabor ou do fato de que a comida está carbonizada a ponto de não ser comestível. Os problemas também não param por aí. Uma das maiores reclamações dos clientes é a proporção de pão para carne. Simplificando, não há cachorro-quente suficiente em comparação com pão em cada pedido. Depois, há as batatas fritas, que têm sido alvo de muito ridículo. Eles são emborrachados ou pastosos? Os clientes podem debater de uma forma ou de outra, mas de qualquer forma, elas são uma merda.

Jimmy John´s

Uma das redes de fastfood com a estética de marca que mais me agrada(dos itens, embalagens ao ponto de venda) aparentemente estão também sempre no centro da controvérsia de preço e qualidade.  Jimmy John’s simplesmente não é um restaurante de fast food tão bom quanto a gerência parece pensar que é. Em 2016, os funcionários foram forçados a assinar uma notória cláusula de não competição, proibindo-os de trabalhar em outras delicatessens até dois anos após seu emprego na Jimmy John’s. Não sei se isso é praxe, eu sei que em sociedades corporativas de alto faturamento é… Mas travar o peão de não poder empreender é sacanagem.  A provação levou vários estados a levarem o Jimmy John’s ao tribunal, e o restaurante acabou removendo a cláusula dos contratos. Como se isso não bastasse, o restaurante viu pelo menos cinco surtos de E. Coli na última década. O verdadeiro crime é o fato de Jimmy John’s não ter sido processado por sua comida ruim! Como dizem, “beleza não põe mesa”.

Auntie Anne

O fato de a maioria das lojas de Auntie Anne estar localizada dentro de shoppings é a bandeira vermelha número um. As lojas de pretzels não têm muito sucesso devido ao fato de que os pretzels são uma novidade. E na Auntie Anne, eles são caros e nada impressionantes. Essa é uma receita para o desastre. Os clientes têm feito muitas reclamações sobre comida e mau atendimento ao cliente, sendo a maior delas que os pretzels ocasionalmente podem ficar estragados ou mesmo queimados. Essas reclamações, somadas ao fato de que shoppings nos Estados Unidos estão fechando, pintam um quadro sombrio de como o futuro pode parecer para a casa da titia Anne.

KFC

Eu sou um fã do KFC ao ponto de já ter feito até mesmo a Biografia do Coronel Sanders aqui no mundo gump, mas a verdade é que eu também já comi num KFC numa viagem lá no interior de Maryland, que puta que pariu, parece que era defunto frito em banha de zumbi. Quando é bom, é otimo, mas quando é ruim, puta merda! Sai de baixp que o piriri é garantido.

Os últimos anos não foram muito gentis com o KFC. O que antes era um dos restaurantes de fast food favoritos da América lentamente se transformou em uma rede medíocre e comum que as pessoas ignoram em grande parte. Isso se deve principalmente à especialidade do KFC: o frango. Depois de executivos espertos terem dado um golpe no coronel (leia em detalhes no meu post)  a qualidade caiu, é logico. O frango KFC tem estado no centro de alguns rumores malucos. Um desses rumores alega que o restaurante injeta esteróides em suas galinhas para torná-las maiores. Embora a KFC negue essas alegações, muitos clientes neuróticos dos EUA já não confiam mais no restaurante. O preparo do frango também tem sido um problema, pois o frango sai empapado, seco ou queimado com muita frequência.

Arby´s

 

O sanduíche de rosbife é o item mais popular na Arby’s e, bem, está longe de ser ótimo. Alguns clientes se referem a isso como “lixo caro”. Sério, a comida no Arby’s é ridiculamente cara, dados os ingredientes e a preparação envolvidos. E como se isso não fosse ruim o suficiente, fica muito pior. Inúmeros rumores circularam sobre a rede de fast food, mas os rumores podem nem ser tão ruins quanto a realidade. Em 2012, um cliente recebeu um dedo humano em seu pedido. Você leu certo, de alguma forma a rede de fast food ainda está em atividade, apesar de servir a um dedo humano!

Boston Market

O conceito original do Boston Market simplesmente não funciona hoje. A rede de fast food teve como foco principal tornar o frango assado mais conveniente para os clientes. Na década de 1980, isso pode ter sido o que os consumidores queriam, mas nos dias de hoje, isso simplesmente não é uma necessidade dos clientes de fast food. A comida no Boston Market não é ótima, e não é terrível. Mas o maior problema é que quando as pessoas optam por comer fast food, elas não querem comer comida caseira. Se quiserem comida caseira, podem cozinhar em casa. Parece bastante contra-intuitivo, mas o conceito é algo contra o qual o Boston Market ainda luta hoje.

Long Jonh Silver´s

 

Quando se trata de itens do menu que os clientes podem não confiar sendo preparados por um chef de fast food de salário mínimo, o peixe parece estar no topo da lista. Portanto, é um grande choque que uma rede de fast food como a Long John Silver esteja no mercado há tanto tempo. Mas, embora seja impressionante, Long John Silver’s conseguiu se manter no mercado, o elogio termina aí. Ninguém quer comer peixe frito em fast food. Existem muitos fatores de risco: pode ser estragado, muito seco, muito salgado, muito gorduroso ou muito carregado de bateria – e geralmente, é pelo menos uma dessas coisas.

Sbarro

Se você acha o nome estranho, é porque ainda não comeu a pizza, hahahaha. Quando as pessoas pensam em pizza nova-iorquina, pensam em muitas coisas. Resumindo, eles pensam em uma boa pizza. Sbarro não é isso. Sbarro serve pizza de baixa qualidade e não parece fresca. Freqüentemente localizado nas praças de alimentação de shoppings que parecem prestes a fechar, Sbarro não tem muitas qualidades redentoras. Pra piorar estão num segmento com muita concorrência até no reino das pizzas fast food. E Sbarro simplesmente não atende às expectativas. E essas expectativas já eram baixas para começar. Não tem um preço razoável, os ingredientes não são conhecidos por serem super frescos e, no final das contas, a experiência é ruim ou esquecível.

Burger King

Entre muitos fóruns que discutem o fastfood, o título de “Pior Hambúrguer de Fast Food da América” pertence a ninguém menos que o Burger King. É surpreendente que a rede de fast food tenha até mesmo uma entrada respeitável como o Whopper, considerando que quase ninguém parece ir lá e praticamente ninguém é um fã ávido do restaurante. Embora o Burger King seja considerada facilmente a pior rede de hambúrgueres de fast food dos Estados Unidos, há esperança (pelo menos para a administração de restaurantes). Isso porque a rede está caminhando em uma nova direção, lançando hambúrgueres e tacos veganos. O Burger King merece a vergonha de ser horrível, mas pelo menos pode haver notícias encorajadoras no horizonte. Pessoalmente eu acho bom, mas comi uns bem fracos nos EUA e no Brasil eu já consegui o milagre de receber um Whoper sem o pão. Nem a atendente acreditou quando reclamei: Como que faz um sanduíche que começa com o pão, sem a porra do pão?

Taco Bell

Com o Taco Bell, a questão não é o quão ruim é, mas por onde começar. As porções são pequenas, os ingredientes são ruins e os problemas digestivos são iminentes. Na verdade, Taco Bell é conhecido por causar dores de estômago e diarréia, mas isso não impede que os fãs leais do restaurante comprem comida. O que é engraçado é que esses mesmos fãs observaram que a comida nem enche muito! O Taco Bell pode ter alguns fãs leais, mas isso não deve salvar a rede de fast food de ser classificada como o pior restaurante de fast food da América. Quando a maioria dos corpos dos consumidores rejeita a comida por essencialmente não ser comestível, não há escolha a não ser apontar que o Taco Bell não é tão bom.

Mc Donald´s

A comida pode não ser ótima, mas há uma razão pela qual o McDonald’s ser o restaurante de fast food mais popular do mundo. Hambúrgueres e outros itens do menu mal atendem aos requisitos mínimos de saúde e segurança, mas os preços dos alimentos são adequados. Pelo menos quando o seu hambúrguer está ruim, você tem a satisfação de saber que gastou apenas um dólar nele!

Isso não quer dizer que o McDonald’s não tenha seus problemas. O restaurante manteve seus preços baixos por anos, mas eles finalmente parecem estar voltando para o resto do grupo. Se assim for, o McDonald’s voltará a subir na lista.

Los Pollos Hermanos


Uma rede pequena, voltada para servir frango e receitas mexicanas no Novo México, o Los Pollos Hermanos destaca-se pela a atenção e cortesia de Gus Fring, seu fundador, mas deixa a desejar pela clientela. Pessoas estranhas e mal encaradas podem entrar no restaurante a qualquer momento. Brigas e bate bocas são comuns na área, sem falar no numero de viciados que aumenta a cada dia, deixando as vizinhanças do restaurante bem inseguras.

 fonte fonte
fonte

Escrito por Philipe Kling David
Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais... Profile

Foto Gump do dia: A Cauda da baleia

em Curiosidades, foto gump do dia, incrível
  ·   16 segundos de leitura

Novas reações nucleares estão ocorrendo em Chernobyl

em Curiosidades
  ·   2 Minutos de leitura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.