Espetáculo macabro: A morte na arena foi do toureiro

As touradas são uma coisa que me intrigam muito. Como é possível que ainda hoje pessoas paguem entrada para se sentar e assistir a um “esporte” que se resume a vilipendiar um animal até que ele agonizando seja morto com uma estocada de espada? É um animal morrendo e as pessoas aplaudindo loucamente, exultantes pela “coragem” do toureiro.
Ocorre, que nem sempre as coisas saem conforme planejado.

A morte de Víctor Barrio

 Após o famoso matador Víctor Barrio ter sido morto em decorrência do ataque de um touro nas arenas de Teruel, diversas autoridades de direitos animais vem cobrando pelo fim dos jogos na Europa. Barrio que era um toureiro profissional, foi atacado pelo touro Lorenzo durante uma transmissão em rede nacional feita no festival Feria del Ángel — um dos mais tradicionais do “esporte”. Para piorar a situação, todo o evento foi assistido pela esposa, pai, irmã e até os avós do “esportista”.

A transmissão da morte de Víctor Barrio marca a primeira vez que uma pessoa foi morta nas arenas desde 1992, quando os bandarilheiros Manolo Montoliú e Ramón Soto Vargas perderam suas vidas em confronto com um dos touros participantes da edição do evento.

As cenas são chocantes e podem ser vistas aqui

Víctor Barrio se preparava para estocar sua espada no lombo do touro Lorenzo. Tudo parecia bem e ele estava confiante. Tão confiante…

 

…Que não percebeu o movimento inesperado do touro…

 

O animal enganchou sua perna no chifre e o suspendeu no ar, como que passando-lhe uma “banda”. Víctor Barrio Subiu no ar com a enorme força do animal…

 

Percebendo que finalmente havia acertado o toureiro, Lorenzo  não se fez de rogado, e iniciou rápido uma sucessão e chifradas de grande força…

 

O chifre penetrou logo abaixo da axila de Víctor Barrio…

 

Como que consciente que era sua chance de matar o toureiro, o animal girou sua cabeça para travar Víctor Barrio contra o solo e penetrar o máximo o chifre, até acertar o coração…

 

Os ajudantes correram para tentar distrair o touro Lorenzo, mas não foram rápidos o bastante e o touro demorou a largar Víctor Barrio que já agonizava no solo

 

Após o touro ser afastado pelos auxiliares, o câmera que transmitia ao vivo a tourada para todo o país, deu um macabro “zoom” e vemos o rosto de medo de Víctor Barrio, contemplando sua desgraça iminente.

É possível que os acontecimentos de 2016 produzam algum impacto na tradição das touradas,  pelas proporções midiáticas que tiveram, fazendo com que diversas pessoas no país passassem a observar a crueldade animal que gira em torno das tradicionais touradas.

As touradas são uma tradição espanhola herdada das culturas ibéricas, visigodas e mouras do norte. Aperfeiçoado pelo toureiro Francisco Romero em 1726, o estilo de luta matador ensina aos toureiros como enfrentar os animais ferozes apenas com a utilização de uma capa e uma espada.

O futuro das touradas

(Fonte: Pixabay)

 

 

Após matar Víctor Berrio nas arenas, a tradição espanhola exigia que o touro Lorenzo fosse assassinado após o incidente. As regras culturais também mandavam que a mãe do touro, Lorenza, também morresse, o que despertou uma enorme reação negativa por parte de ativistas nas redes sociais.

Através da hashtagh #SaveLorenza, o Twitter clamava para que o animal tivesse sua vida poupada pela crueldade da tradição espanhola. Mesmo que as touradas continuem sendo legalizadas em boa parte da Espanha, a crescente ação do Partido Animalista contra o Mau Trato Animal (PACMA) tem aumentado a conscientização sobre os maus tratos animais e feito o esporte perder popularidade significativa na região.

Na ampla maioria das vezes, o que ocorre é a morte do animal de maneira sádica

Uma pesquisa feita em 2021 indicou que 52% dos espanhóis acreditam que todos os torneios de touradas devem ser banidos do país ou pelo menos perder apoio financeiro governamental. Porém, essa é uma luta que ainda parece ter muitos desdobramentos para acontecer no futuro.

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

  1. Típico lixo cultural (assim como racismo e homofobia) que é perpetuado no tempo graças a desculpa de manter tradições do passado. Sempre torço pelo touro, o único racional nesse triste “espetáculo”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimos artigos

Gripado

O dia da minha quase-morte

Palavras têm poder?