Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Recebi esta dica da minha tia Malu. Ela disse que ouviu esta dica de um amigo dela  e resolveu testar. Ela descobriu que tinha direito mesmo a uma restituição, então, como minha tia garantiu que funciona, estou indicando pra vocês:

Pessoal, pra quem é de SP talvez isso não seja novidade, mas para mim (e outros da comunidade) acredito que seja:

O governo de São Paulo (estado), para incentivar os consumidores a exigirem nota fiscal, devolve 30% do ICMS das mercadorias para o consumidor.
Muita gente nem sabe disso (eu descobri hoje) mas é ridiculamente fácil.
Na verdade não precisa fazer nada, é só entrar no site da receita estadual de SP (no primeiro acesso rola um cadastro) e pronto, já tem o saldo acumulado lá das compras de 2009 pra baixo e aí vc pode solicitar o depósito na sua conta, transferir o saldo pra alguém.

O grande lance pra quem não mora em São Paulo são as compras feitas pela internet, pq essas empresas tipo Submarino, Americanas e etc tem sede lá, então as compras pela internet geram esse crédito.

Eu entrei hoje e tinham 32,45 reais de crédito pra mim.
É uma merreca, mas para quem compra muito deve ser bem interessante.
Pra quem compra muito pela internet, fica a dica.”

http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/

Como ganhar grana: Dica pra quem compra muito pela Internet

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

26 ideias sobre “Como ganhar grana: Dica pra quem compra muito pela Internet

  • 21 de setembro de 2011 em 10:39
    Permalink

    Isso sem falar nos sorteios semanais de vários valores. Eu mesma já fui sorteada duas vezes com valores de dez reais e já saquei uma graninha boa, uns 90 reais. Vale a pena, pois 90 pila dá para ir nas Americanas e comprar uma penela de arroz por exemplo e pegar 30% de volta. Ah, só um detalhe: rolou uma trollada a respeito das NFP ter algum problema co o fisco, mas não tem nada a ver. Voce não fica retido na fonte por causa disso não, até poruque o cadastro só funciona no estado e não tem nada a ver com a Receita Ferderal.

    Resposta
  • 21 de setembro de 2011 em 14:58
    Permalink

    uhuuuu!!! obrigada! eu tinha 100 paus lá!

    Resposta
  • 21 de setembro de 2011 em 16:20
    Permalink

    ohhh mlk….

    vlw heim 120 prata, ja da pra pagar minha multinha de transito

    Resposta
    • 21 de setembro de 2011 em 18:27
      Permalink

      Hehehe valeu. (não esquece a minha comissão!)

      Resposta
      • 10 de outubro de 2011 em 10:12
        Permalink

        CARA, nota dez…!!!! sou do rio e já peguei também uma grana agora a pouco deste lance do governo de são paulo! e eu sou do rio!!! transferi para minha conta poupança e será creditado até o dia 19…! Ah, Philipe, vou comprar seu livro hein, te vi no Jô Soares a um tempinho, achei bacanérrimo porque já lia o mundo gump antes do Jô. Daqui pro final do ano quero comprar seu livro autografado hein…!!!! seus textos são ótimos!!! notei ontem uma pessoa te criticando e vc dando uma resposta bem bacana, cara, é isso: nem esquente muito; não dá para agradar todo mundo, sempre tem uns e outros que são do contra, mas é um reflexo do mundo mesmo, pluralidade mesmo, as vezes até ajuda uma opinião contrária, como vc mesmo respondeu. Lembrei agora que li um post de um visitante seu dizendo que um dia vc acabaria aparecendo no Jô, e não é que aconteceu…
        continue assim, vc é um cara muito inteligente mesmo, muito sagaz, sabe prender bem os leitores com seus textos; não os mude, ou se mudar, que nos prenda mais ainda à sua leitura (risos)…!
        quem vos fala é um “rapaz” de 44 anos, carioca da tijuca, radicado hoje no engenho novo, desempregado, sonhando um dia passar em um concurso público para largar mão de empregos de telemarketing (risos). Que Deus me dê forças para estudar bastante para isso. Tenho 3 irmãs que conseguiram – mas que tinham faculdade – eu só tenho segundo grau. vamos ver
        li o lance do fred krueger, que tua mãe se fantasiou, me emocionei como seu professor, juro. que história bacana, toda ela, não só sua bela intenção, mas também sua mãe, sua perseverança, tudo…
        um abração cara, fica com Deus!!!!

        Resposta
        • 10 de outubro de 2011 em 10:30
          Permalink

          Brigadão, Guilherme. Mensagens assim me empolgam a continuar a trabalhar duro por aqui, inventar e caçar coisas novas e curiosas. Quanto aos caras que me criticam, tirando os trolls, quase sempre eles estão certos, eu erro muito, em alguns casos eu sou completamente idiota, e como estou sempre exposto aqui esses erros acabam incomodando muita gente. Mas eu lido relax com isso, porque todo mundo erra, só que os meus são pra todo mundo ver, hahahaha.
          Quanto ao lance de diploma e tal, eu tenho a impressão que já vai longe o tempo em que o canudo fazia a diferença entre fracasso e sucesso. Alguns empresários de muita fama e prestígio não são formados pela academia tradicional, mas sim pela vida. Esse sim, é o diploma que faz uma puta diferença, e vem desaparecendo, porque a cada dia as pessoas ficam mais virtuais, andam menos, vivem situações diferentes. Não estou aqui pra dizer se piorou ou não, mas hoje tem muito campo, tem muita área em que um diploma não muda porra nenhuma na vida do cara. Mas sei lá. Pensando por outro lado, eu penso que uma graduação é algo muito importante, porque abre a cabeça do cara em vários níveis. Eu nunca concordei com a visão mercantilista do estudo, em que o cara estuda numa escola “forte” para passar bem num vestibular para federal, para seguir carreira, de preferência que pague muito e só então, tentar ser feliz.
          No meu ponto de vista, isso é burrice. Eu penso que a vida é curta demais para protelar em quase trinta anos a felicidade. Eu penso que é idiotice a pessoa estudar para um vestibular. Isso é uma distorção. Escola não devia ser uma obrigação compulsória onde o cara vai para partir para uma segunda obrigação compulsória. Isso gera idiotização. Eu acho que as pessoas deviam estudar para saber, e buscar saber o máximo possível. E deviam fazer uma graduação para continuar a saber e aprofundar mais e mais na área que desperta o maior interesse.
          Quando eu estava na faculdade eu via alguns amigos e professores se espantando de saber que eu não queria trabalhar em consultório nem nada do tipo. Causava espanto nas pessoas saber que eu estava estudando aquilo tudo só porque eu gostava do assunto e queria entender mais.
          O mundo chegou num ponto de doutrinação das pessoas, que são tratadas como gado numa cadeia produtiva onde são incapazes de se libertar. Eu tive a sorte de crescer numa família que me propiciou estudar para saber e não para passar nas provas.

          Resposta
  • 21 de setembro de 2011 em 19:12
    Permalink

    Eita!!! Valeu Philipe!!! Tinha 40 reais lá parado, eu moro em Minas, nem imaginava que também poderia ter algum valor !!!! Valeu mesmo!!!

    Resposta
  • 21 de setembro de 2011 em 21:50
    Permalink

    Legal a dica da restituição, o brasileiro tem que dia a dia aprender a ser indenizado pela “robalheira governamental”. Pena que quando uma dica contra o governo aparece de repente e faz sucesso, eles usam das tramoias “básicas”… 
    “O site esta em manutenção e vc nao pode consultar seu saldo” …  =/

    Resposta
    • 21 de setembro de 2011 em 22:27
      Permalink

      Acho que ja voltou. A minha esposa acabou de conferir o dela.

      Resposta
  • 22 de setembro de 2011 em 8:13
    Permalink

    É isso mesmo galera… todo ano eu consigo abater metade do IPVA com esses créditos. Fora os sorteios. Mas é preciso prestar atenção, pq os créditos recebidos pelas compras são Rendimentos isentos e não tributáveis e o crédito vindo pelos sorteios são Rendimentos sujeitos a tributação exclusiva, conforme de Demonstrativo de Rendimento do próprio sistema do Nota Fiscal Paulista.

    Resposta
  • 22 de setembro de 2011 em 8:32
    Permalink

    Acho que eu nunca fiquei tão feliz de ter o hábito de ler este blog… valeu demais, Philipe!!!

    Resposta
    • 22 de setembro de 2011 em 9:19
      Permalink

      Fico feliz que ele tenha sido útil pra você, Daniela.

      Resposta
  • 22 de setembro de 2011 em 11:46
    Permalink

    Nussa.. Achei que era normal ter a nfp… Já resgatei mais de 1000,00 entre sorteios e restituiçoes. Basta declarar o cpf em qualquer compra dentro do estado de sao paulo. Voce pode optar por resgatar ou abater do IPVA. Tem quase 12 milhoes de pessoas já  cadastradas…

    Resposta
  • 22 de setembro de 2011 em 11:53
    Permalink

    BELEZA PESSOAL,………………..MAS SÓ UMA DICA!!!!
    Muito cuidado ao pedir a nota paulista, alem de um primo e uma tia, mais dois amigos foram chamados pela Receita Federal para explicar por sonegação………explico!!!! Quando pede a nota paulista, o estabalecimento passa a nota na integra para a Receita, inclusive com a descrição de cada item, marca e preço (podem conferir nos detalhes da nota), isso permite fazer uma estimativa do perfil e renda individual, e se a conta não bater, voce é chamado para se explicar e consequentemente pagar pelos impostos sonegados. O programa da Nota Paulista não tem nada de “bonzinho”, é apenas um mecanismo para forçar estabelecimentos a não sonegarem (pois cria essa ação do consumidor), e monitora possiveis sonegadores (pessoa fisica) que apresentam declarações que não correspondem com a realidade.
    Então cuidado!!!!

    Resposta
    • 22 de setembro de 2011 em 12:35
      Permalink

      Se bem que com o cruzamento de diversos bancos de dados, (Detrans, cartões de credito, bancos, financeiras e tal) o cara que resolver sonegar tem muita chance de se ferrar, nem precisa exigir nota paulista pra isso. Agora, para a galera que compra muita coisa pela internet, tipo no submarino, americanas e similares, vale muito a pena, porque fica um resíduo de ICMS bom la.
      Creio que esse lance de ser chamado na receita ocorre quando é muito discrepante a relação de rendimentos com a compra. Por exemplo, um cara que trabalha numa loja de compra e venda de carros. Se ele comprar os carros no nome dele, como pessoa física para revender, e não declarar esses carros como bens, ele vai se lascar bonito e terá que ir explicar como que um cara que ganha X gasta 45X comprando carros.

      Resposta
  • 22 de setembro de 2011 em 21:26
    Permalink

    Muito bom.

    Meu irmão conseguiu restituição de 146 reais.

    Valeu Nem!!!

    Resposta
  • 22 de setembro de 2011 em 21:35
    Permalink

    Valeu pela dica.
    Mas não vamos achar que o governo é bonzinho por causa disso. Ele tá ficando com o bife, e deixando a gente roer o osso.

    Resposta
    • 22 de setembro de 2011 em 22:34
      Permalink

      Estranho que eu compro bastante no Submarino , Americanas e outras lojas online mas fui consultar e só tem 10 centavos, o que será q tem d errado???

      Resposta
  • 24 de setembro de 2011 em 15:48
    Permalink

    Alguém sabe explicar o por quê de ninguém que eu conheço e que comprou no Submarino ter qualquer crédito na NFP?

    Qual a explicação para isso? Eu mesmo, lá no site consta duas compras pela B2W, mas não tenho um centavo furado de saldo.

    Resposta
  • 2 de outubro de 2011 em 20:27
    Permalink

    R$ 9,00….tá ruim não rsrsrs

    Resposta
  • 6 de abril de 2012 em 20:59
    Permalink

    boa noite, pessoal o valor é referente ao numero de compras ou do valor das compras

    tenho 13 reias de credito

    só que no ultimo anos só no ponto frio comprei quase 8 mil reais..
    comprei uma tv para mim, uma para meu sogro, e uma para uma colega de serviço , compro também nas americanas , netshoes, nessa ultima ja comprei mais de mil reias

    será que ta certo esse valor???

    quem poder ajudar

    didionew@hotmail.com

    Resposta
    • 9 de abril de 2012 em 10:39
      Permalink

      Só vai computar se a empresa on line no qual vc comprou tiver sede no estado de SP.

      Resposta
  • 23 de maio de 2013 em 20:08
    Permalink

    boa noite gostaria de saber se tem algum problema pq as vezes meus vizinhos pedem pra mim comprar no meu nome na internet as vezes comprou uns 2 notebook por mes tem algum problema com o fisico.

    Resposta
    • 24 de maio de 2013 em 9:56
      Permalink

      Não, não existe lei que te impeça de comprar. Comprar é um direito seu, mesmo que seja para os outros. O lado bom é que a devolução de imposto vem toda pra você!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido !!