Cientistas criam um novo tipo de matéria

Este é o novo estado da matéria

Em 1998, após faturar o prêmio Nobel de Física, Robert Laughlin da Universidades de Stanford na California foi questionado sobre sua descoberta acerca das partículas com carga fracionada, agora conhecidas como quasi-partículas, sobre como esta descoberta afetaria a vida das pessoas. Robert foi curto e grosso na resposta: “Praticamente não vão,” disse ele, “A menos que as pessoas estejam preocupadas ou interessadas em saber como o universo funciona.”

Bem, as pessoas estão. Xiao-Gang Wen, pesquisador do Massachusetts Institute of Technology – MIT e Michael Levin, da Universidade de Harvard, partiram das ideias inovadoras de Laughlin e acabaram desenhando uma possibilidade de um novo estado da matéria, e por tabela, abrindo espaço para a compreensão maior sobre a natureza do espaço-tempo. Levin apresentou o trabalho da dupla no Topological Quantum Computing conference na Universidade da California, em Los Angeles, no início deste mês.

Leia o restante aqui ( em inglês)

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertismentspot_img

Últimos artigos