fbpx

animais

Choco Flamboyant – A orquídea viva do oceano

Olha só pra este bicho: Trata-se do flamboyant cuttlefish, ou Choco Flamboyat. (Metasepia pfefferi).  Este incrível animal é nativo dos mares da...

Escrito por Philipe Kling David · 38 segundos de leitura >

Olha só pra este bicho:

Trata-se do flamboyant cuttlefish, ou Choco Flamboyat. (Metasepia pfefferi).  Este incrível animal é nativo dos mares da Indonésia.

Ele não é um bichinho muito grande, crescendo do tamanho de um grão de feijão ao tamanho um pouco maior que uma bola de golfe, mas curiosamente, esta é a única espécie de choco venenosa conhecida. Os chocossibas ou sépias são moluscos marinhos da classe Cephalopoda, ordem Sepiida. Eles têm uma concha interna, bolsa de tinta, oito braços e dois tentáculos. Possuem uma capacidade de camuflagem considerada superior à de um camaleão; suas gamas incríveis de cores são devidas às células especiais, os cromatóforos.

Ele é um animal tímido. Como todos os chocos, ele tem uma vida tanto diurna como noturna, alimentando-se de outros pequenos seres, tais como camarões peixes e tudo mais que der mole.

Depois que capturam suas presas, eles as matam com um mecanismo na sua boca, semelhante a uma faca, com que retalham suas vítimas.

fonte

Escrito por Philipe Kling David
Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais... Profile

Pombo bizarro choca o mundo com sua aparência extravagante

em animais, bizarro
  ·   2 Minutos de leitura

Foto Gump do dia: O ovo preto

em animais, bizarro, foto gump do dia
  ·   2 Minutos de leitura

2 respostas para “Choco Flamboyant – A orquídea viva do oceano”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.