Chicken Little. Isso é real?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Night mode

O Jonas me mandou um link para um vídeo perguntando se isso era um boneco, se era 3d ou uma marionete.

(Aviso: Este vídeo pode chocar você, apesar de não ser nada de babaquice de susto)

Nosso leitor não podia acreditar que este tal “Chicken Little”, como ele se intitula, possa ser uma pessoa de verdade. pelo menos com aquela aparência.

Certamente, muitas pessoas ao se depararem com pessoas com tamanho grau de má formação congênita, podem pensar que se trata de um cruzamento humano-alienígena. Não recrimino quem chega a pensar assim, pois o menino é realmente muito estranho. E a voz? Meu Deus, a voz dele não sai mais da minha cabeça.

Mas a pergunta é: Isso é real? Seria uma marionete de silicone controlada por exímios animadores fora do enquadramento e dublada por uma criança depois?

Infelizmente não. Isso é real. O garoto nasceu assim e certamente ele sofre de uma doença congênita.

Inicialmente eu pensei que era a mesma doença daquele Latinho. (alguém lembra? ) ele foi exibido pelo Faustão como uma aberração, no meio da década de 90 e graças a isso a Globo foi condenada a pagar a ele 1 milhão de reais por danos morais.

Este cara aqui, Nelson De la Rosa sofre da mesma coisa que o tal Latininho. O mais estranho no caso de Nelson é que ele é menor que o próprio filho de dois anos. veja:

Provavelmente o Chicken Little sofre de Progéria. Uma doença rara que faz o portador nascer “velho”.
A Progéria é causada por um único minúsculo defeito no código genético da criança, mas tem efeitos devastadores para a vida dela. Uma criança nascida com esta doença geralmente não chega aos 13 anos de idade.
progeria-150x150

Desde a primeira idade seus corpos aceleram o processo normal de envelhecimento, eles sofrem terríveis sintomas, comumente incluindo calvície, doença cardíaca, osteoporose e artrite. A Progéria é extremamente rara afetando apenas um em cada 8 milhões de nascimentos.
hqdefault (10)

No entanto há o caso de uma família que tem cinco crianças com a doença. Aqui vemos outro video do Chicken Little mostrando que não é uma marionete. Aliás, ele até paga de gangster valentão.

Não tenho certeza absoluta que o Chicken Little sofre de progéria, mas parece ser o caso.

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

17 respostas

  1. O menino realmente é feio , mas o que me deixou mais impressionado foi perceber , no segundo vídeo , que ele possui o umbigo deslocado para à direita . Seria a causa ou o efeito dessa deformação ?

  2. Cara, que doença do caralho. Isso deveria ser banido do nosso genoma.

    Philipe, tem como mandar um mail um pouco mais pessoal pra vc?

    Queria discutir algumas ideias com vc.

    E nao se preocupe que nao sou spammer.

    Era só umas opinioes suas.

    Agradeço!

  3. Nossa! O mlk é feio p/ poha!
    No segundo video el não imita nenhum gangster mas sim lutadores de luta livre da WWE!

    Como Hulk Hogan e Trible H!
    faça a correção lah blz?!

  4. Eai Philipe blz?!?

    Eu acompanhava os videos do Chicken Little.

    Ele morreu 1 junho 2009 descanse em paz Chicken Little aonde quer que vc esteja!!!!

          1. Tem um video no profile dele, avisando a todos que ele morreu no dia 1 , mais eu acho q foi obra de algum hacker, podem ver no canal do mlk

  5. Esse “moço” tem a mesma doença do cara do filme O curioso caso de Benjamin Button, só que no filme o homem nasce velho e morre neném…

  6. O garoto sofre de doença de Little, que é causada por defeitos cere­brais congênitos bilaterais que envolvem, de forma especial, o sistema motor piramidal, ou a lesões adquiridas ao nascer. O inicio do andar é retardado, a marcha é espástica e a criança caminha apoiando-se somente nos dedos dos pés (pé eqüinovaro). Báscula da bacia, os joelhos esfregam-se um no outro e as pernas cruzam-se em progressão (andar de tesoura). Esta parali­sia espástica pode envolver também os mem­bros superiores. Estão freqüentemente presen­tes vários graus de perturbação mental, desde a hiperexcitabilidade e irritabilidade até o retar­damento grave. Podem ocorrer convulsões epi­lépticas típicas. Estrabismo, disartria, baba e movimentos involuntários e associados anor­mais podem ser observados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

LUMINÁRIA UFO 

compre a sua em www.obscura.art.br

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.