Chegaram os prints das minhas fotografias

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

O brasileiro não tem muito o costume, mas é uma tendência forte no exterior a compra de photography prints.

Hoje eu me associei lá no Fine Art America. Agora quem quiser, pode comprar fotos minhas em diversos tamanhos e substratos diferentes. Tem de poster a quadros de tudo que é tamanho, cartão, até capa de celular. É bacana o negocinho, mas é meio chato cadastrar as imagens, de modo que caso alguém queira ter uma foto minha na parede e ela não esteja lá no Fine Art America, basta me dizer qual quer que eu ponho lá.

Dá pra comprar só a foto, escolher tamanho (claro que quanto maior, mais caro) tipo de impressão, moldura, tipo de papel (tem um monte a escolher) vidro, impressão em metal, acrílico… É louco o bagulho.

Para ver minhas fotos disponíveis para compra aqui está o link.

philipequadro2 framed art

 

 

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

24 respostas

  1. Cara, vc é muito mercenário… Puta que pariu… Só pensa em ganhar dinheiro fácil… Tirou o post do Google pq ficou com cagaço? Vende boneco, livro, foto, post patrocinado… Ridículo… Tem tanto meio de ganhar $ com sites sem que ninguém “perceba”… Só decaindo….

    1. Roberval, comece ensinando aí como ganhar dinheiro facil ou vou achar que você é só mais um zé ruela que arrota, arrota e não faz nada.

      Com relação a sua indignação, você tem alguma coisa contra alguém ganhar dinheiro cara? Você vive sem dinheiro? Se vive, parabéns, deve ser uma ótima habilidade. Se eu realmente quisesse dinheiro fácil, eu tentaria entra para a política. Ter blog só é dinheiro fácil chupando o trabalho alheio, fora isso é relação. Eu não tenho interesse em ganhar dinheiro com sites “sem que ninguém perceba”. As pessoas que entram aqui sabem que eu me esforço para fazer posts legais, e as propagandas que estão aqui visam cobrir os custos (e não cobrem) diretos desse trabalho.
      A questão é: Você é só um troll infantil ou realmente tem problemas mentais, cara?

      1. A melhor maneira de tratar gente como esse cara ai de cima é ignorar, eles ficam em frente o computador esperando resposta e nada capaz até de se matar, eles só querem atenção.

        1. O cara estacionou o cérebro lá nos anos sessenta. Acha que artista tem que viver de vento. Não sabe o trabalho que dá, acha que acontece igual na fábula do sapateiro e dos duendes, você vai dormir e acorda no dia seguinte com tudo pronto.

      2. Aonde chegamos!!! Agora é crime ganhar dinheiro com trabalho próprio.

        Parabéns pelos teus trabalhos Philipe, e embora esses loucos sempre apareçam em todos os lugares para encher o saco de quem prefere trabalhar a coçar, é graças a gente batalhadora como você que esse Brasil ainda não é uma Venezuela.

        Parabéns a todos que geram renda, trabalho original e emprego. O resto pode ir enfiar alguma coisa onde o sol não bate.

        Desculpe pelo linguajar fulo. Os imbecis não merecem nada melhor, além do mais, não entenderiam mesmo. Talvez quando desenrolarem o rabo do galho, e descerem da árvore, andando eretos e comportando-se como humanos, consigamos fazer um debate de alto nível sobre o assunto.

  2. Bom, pelo menos você aceitou meu comentário… Eu não tenho que te ensinar nada. Um banner ao lado, um pop up, um link patrocinado discreto… Tudo isso você já tem e ganha $ “fácil” – não precisa se “vender”. Não tenho nada contra ninguém ganhar $, mas eu venho aqui pra me “divertir” e não pra comprar. Para um blog ter sucesso, tem que ter periodicidade (coisa que aqui não tem mais), divulgação, interação com outras redes, etc… Você ficou parado na década passada.
    Você tá viajando cara, o site tá super poluído com “porto maravilha”, “ganhe dinheiro assim, assado”, tinha um lance do “Ades” que ficou ridiculo também… Não tá bom? Você está deturpando a diversão em prol do capital. Nada contra, o problema é seu. Alerto que vai virar um “acidezmental” daqui a um tempo e vai perder acesso – aliás, você sabe que já está perdendo – desde 2008 tem caído o número de acessos e a tendência é cair mais. Não tenho problemas mentais, não sou infantil ou nada parecido. Só acho que quando surgiu esse blog, ele não visava lucro e nem ser forma de sustento. Aos poucos você está perdendo o grande atrativo que tinha e transformou isso numa muleta do seu orçamento. Se o site não se paga, você é burro. Use plataformas free, servidores mais baratos, etc.
    Esses seus puxa-sacos ficam babando seu ovo a troco sei lá de que e não tem coragem de mandar a real. Não sei porque não aceitou a integração com algum grande portal tipo uol, ig, etc. Pelo menos ia ser menos decadente. Ou contrate uma consultoria.
    Tá ai a real, se não quiser “liberar” o comentário, eu não me importo. Mas leia.

    1. É sempre assim, chega cagando regra e na hora do “vamos ver”, vem com essa de “não tenho que te ensinar nada”.
      EU só não entendo como que um cara que diz que vem aqui para “se divertir” e acha que o blog está decadente continua vindo. Não parece algo meio esquizofrênico?
      Mas você está certo em algumas coisas e miseravelmente errado em outras.
      No que você está certo é que essa porra do ades foi chata pra cacete. Foi mesmo, eu até levei um susto quando eu entrei e o site tava verde. Pensei que tinha sido invadido. Depois descobri que era uma configuração errada do Boobox, que afetou o fundo do site. Eu custei a conseguir desabilitar essa propaganda, pq o site do boobox é meio precário. Mas agora ela já era. O lance do porto maravilha provém do hotwords, e é uma forma de eu ganhar mais dinheiro. Sim, eu preciso ganhar mais dinheiro. Sim, Ás vezes carrega um video quando o visitante entra. É chato? É. Vou mudar isso? Não.

      Por que? Porque o cara que vem aqui sabe que isso ajuda a manter o site. É fácil ser um babaca e querer conteúdo grátis “pra me divertir” sem dar nada em troca, nem que seja ver uma porra de UMA propaganda. Hoje você vai no cinema e antes de ver o filme, QUE VOCÊ PAGOU CARO PRA CARALHO tem propaganda. Você liga a Tv a cabo, QUE VOCÊ PAGOU CARO PRA CARALHO e tem mais propaganda que a Tv aberta. Você COMPRA uma revista e TEM PROPAGANDA PRA CARALHO no lugar de artigos… Por que diabos você pensa que só o otário aqui tem que te divertir de graça, ô Zé Ruela?

      Não existe almoço grátis. Se eu sacrifico horas do meu dia de trabalho pesquisando para fazer posts enormes e cheios de informação, alguém vai pagar por este tempo. EU NÃO COBRO NADA de ninguém. A propaganda está ali, se aparece algo que a pessoa acha interessante, EU NÃO OBRIGO ELA A CLICAR. Mas eu dou a chance de aparecer algo que a interesse ali na sidebar. O cara clica se quiser.

      Não sei se você reparou que NÃO EXISTE PROPAGANDA NO MEIO DO POST neste site. A razão disso é que eu sacrifico este ganho potencial (muito grande por sinal) em função de não poluir a área de conteúdo. Se eu fosse um Acidez mental eu estava enfiando banner até no meio dos comentários.

      Quanto a questão da periodicidade, ela é flutuante. Quem visita este site a muito tempo, sabe disso. Eu tenho uma vida, eu trabalho, eu não pago cincão por post de 500 palavras para neguinho escrever pra mim como geral anda fazendo. Tem dia que eu coloco seis posts. Tem dia que eu não mexo no blog. Geralmente, esses dias são assim porque estou viajando a trabalho, estou entregando projetos e visitando os meus clientes. A média de posts costuma sempre fechar o mês com cerca de dois artigos por dia e a minha meta é chegar a três, não sei se vou conseguir, pois demanda muito tempo. Aliás, um bom tempo eu gasto neste blog nos bastidores, lendo, aprovando e escrevendo respostas como esta pra você. Ao contrário do que você imagina, o Mundo Gump tem interação e divulgação em redes sociais. Temos uma fanpage bem movimentada lá no Facebook.

      Você anda meio viajando na maionese quando diz que este blog está perdendo acessos. Por acaso, no fim do ano passado batemos o recorde histórico de um milhão de acessos únicos NO MÊS. Aliás, se eu tivesse pouco acesso, era só hospedar o site em qualquer zé baratinho.
      Aliás, suas sugestões me fizeram rir. Plataformas free (do tipo que pode deletar seu conteúdo se ela quiser), servidores mais baratos (do tipo que usa programa pirata e cai toda hora, não dá suporte decente e vive sob ataque DDOS?) Mermão, eu acho que você realmente não entende muito do assunto para ficar dando esse tipo de sugestão. Mas tudo bem, você não tem obrigação de saber.

      Mas, agradeço por me dar “a real”, mesmo sendo apenas um monte de opiniões tortas.

      1. Philipe, otário e invejoso tem em todo lugar, alguns disfarçam outros dão bandeira mesmo. No mínimo ele está se roendo de inveja de você, do sucesso do site e da sua família. Atitude típica de invejoso, o site bombando, games surgindo com força total, livro maravilhoso, posts inteligentes e interessantes, você ganhando dinheiro honestamente; isso desperta muita inveja, fique esperto Philipe, se proteja conforme sua fé e fique tranquilo pois nós, os leitores ASSÍDUOS, gostamos do blog como era antes, como é agora e com toda a certeza te digo que continuaremos gostando dele futuramente. Problemas temos em qualquer lugar, o seu blog não poderia ficar fora disso, porém você resolve da melhor maneira possível e sempre com agilidade e educação.
        Quanto ao site das fotos, visitei sim, gostei sim da fotos, sei que elas retornarão dinheiro para você, daí eu pergunto, o que nesse mundo é totalmente de graça? Você tem talento para as fotos e eu não tenho, você encontrou um site que pode oferecer as fotos e eu tenho interesse em comprar, qual o problema? Ou será que o colega “comentador” faz algo de graça para alguém? Quem sabe a baixaria que ele disse no fim do outro comentário né? Enfim, não se apoquente com esse tipo de comentário tosco, siga com os seus projetos como tem feito e continue nos brindando com as matérias maravilhosos e inteligentes como você sempre fez muito bem. Muito SUCESSO para você, quer dizer MAIS sucesso ainda para você. E se proteja contra a inveja dos outros.

        1. Valeu mesmo, Letícia. Eu fico muito intrigado com caras assim, porque o cara fala com uma convicção que o site vem perdendo visita que se eu não tivesse estatísticas em tempo real tava arriscado eu acreditar, hahaha.
          O pior é o cara me acusar de ser mercenário e querer ganhar dinheiro fácil com minhas fotos, logo, com meu trabalho. Porra, na foto que tem os três caras pulando, eu larguei minha mulher em casa com o Davi recém nascido, me meti num rochedo sem luz, e quando vi, os caras estavam vindo e achei que eles iam me assaltar! Eu já contei este caso aqui, quase perdi dez mil reais de equipamento naquele dia. Mas consegui converter o assalto iminente numa das minhas mais belas fotos de todas. A outra, com aquela libélula de frente, eu não estava com tele macro. Eu fiquei HORAS andando devagar para chegar perto da libélula e fazer a foto que eu queria, mas ela sempre voava. Eu fiquei molhado de suor como se tivesse nadado de roupa. Fodi a coluna, repeti as tentativas até a exaustão… Aí o cara fala que é dinheiro fácil. Eu preciso é fazer terapia, para descobrir por que eu não faço NADA fácil na vida.
          Enquanto todo mundo normal faz posts de 400, 500 palavras, eu quando faço sai coisas como aquele do passo dyátlov, que é quase um livro. É metade de um dia pesquisando e a outra metade escrevendo.
          No post que eu falava do ferro que levei do google, uma leitora mesmo SUGERIU que eu vendesse minhas fotografias que ela teria interesse de comprar. A mesma coisa foi com o Livro do Mundo Gump, que eu fiz por sugestão dos leitores… Eu não consigo me ver como um mercenário do jeito que ele me enxerga. Mas ele está certo em algumas coisas, como a reclamação com aquela propaganda que ferrou o layout do site, e a inconsistência de periodicidade. EU aceito essas criticas dele e tenho que me esforçar para postar mais sem perder qualidade e melhorar a regularidade. A tal propaganda eu já resolvi…

    2. Rsrsrsrs… Nem bem terminei uma resposta, apareceu um outro post.
      A parte que me toca, é ser chamado de “baba ovo”.
      Então agora não tenho direito a opinião. O ditadorzinho decide o que é ganhar dinheiro honestamente, o que é bom e o que não é, e o que pode ser elogiado ou não.
      E ele faz isso num lugar que não liga se no lugar do cérebro dele existe um intestino, e no lugar de idéias temos, bem, vocês sabem.
      Então ele tem o direito a exprimir sua opinião, mesmo sendo absurda e contrária ao dono do espaço, mas não respeita o direito dos outros elogiarem um trabalho, porque aí é coisa de “baba ovo”.
      Já vi dezenas de posts que achei muito bons, que me fizeram dar risada ou me abriram os olhos para coisas que não conhecia, li também alguns que me instigaram a dar minha opinião, às vezes discordando do blogueiro, e sempre fui respeitado. Isso não é ser “baba ovo”, isso é testemunho da VERDADE.
      Só se manifestar para críticas negativas é um problema sério de personalidade. É coisa para chatos profissionais.
      De início foi um trocinho, depois deu uma desandada na coisa. Temo que a diarreia ainda esteja por vir. Vá vomitar no banheiro.

  3. Cara, se você acha que alguém tem que te “ensinar” qualquer coisa, a coisa é pior do que eu pensava…
    Continuo vindo sim, peneiro alguma coisa que eu acho que vale a pena ler. Mas em 2007-2008 eu lia 9 em 10 posts, hoje me interesso por 6 em 10 no máximo. A qualidade caiu.
    Você confirmou que o propósito é $. Olhe seu site quando começou… Era “clean”, tinha propaganda sim, mas nada escabroso… Era uma propaganda -como disse e você não entende – discreta, que não atrapalhava a navegação e não enchia o saco.
    O Adsense paga por visualização também, você sabe. Vindo aqui me divertir (e é isso que eu e 99% das pessoas vem fazer aqui) eu te dou $. Todo mundo dá. Eu ainda sempre clico em algum ad porque sei que ajuda. Se você se fodeu na mão do Google, faz parte.
    Não falei que você é um babaca por fazer propaganda. Faça-as, não somos comunistas. O problema é quando a propaganda e a monetização viram o objetivo principal.
    Eu não disse que é um “acidezmental”, eu só mencionei que está “no caminho”.
    Sobre a periodicidade, você ficou uma vez alguns MESES sem atualizar, eu fiquei sei lá, um ano sem acessar porque cansei de vir aqui e não ter nada novo, quando voltei tinha um monte de coisa nova. Vi tudo, em um acesso só, automaticamente você poderia ter ganhado com 20 acessos meus, mas ganhou com 1. Isso mostra a ingerência e amadorismo.
    Faz as contas dos acessos de 2007~2008 e os de hoje em proporção aos brasileiros com internet e ao tempo do seu site. Perdeu. Você teve muito acesso graças ao post (muito bom, aliás) da UVB-76 e ao Google. Mas quando você estava fora do radar do Google, com o Tom Hanks a tira colo era muito melhor. Sabe porque? Porque você não tinha como objetivo principal ganhar $.
    Você não lembra que seu site deu certo usando o “basicão” disponível? Deveria recordar-se… Tem um monte de servidor bom e barato, eu mesmo uso 2 offshore que ficam 99% do tempo on-line a mais de 10 anos. Você tem um cérebro e sabe inglês, então você acha….
    Não sei que tanto gasto é esse que você insinua. Tá igual a Maria Bethânia que queria 1 milhão e pouco pra ter um blog….
    Só postei porque gosto de ler aqui, vim a primeira vez graças a indicação de outro blog que era mais conhecido logo no inicio dos tempos, nem seus “brothers” dos outros blogs que te ajudaram no começo você bota uma menção. Não sou um desses caras que ficam aqui nos comentários lambendo o seu cu pra você gozar. Falo o que eu acho. E estou de fora, é muito mais fácil pra mim perceber isso do que você.

    1. “Mistérios, curiosidades, aliens, ARTE, coisas incríveis, videos e muito mais…”
      Isso está lá no topo do site, deixei Arte em caixa alta pra enfatizar: O que o Philipe vende são artes variadas que ele mesmo faz e até ensina fazer algumas coisas (o que pra mim, já engloba também “curiosidades”, pois muita coisa eu não conhecia o processo de produção).
      Eu acompanho o site há muito tempo, desde que era na plataforma de blog mesmo, e não me sinto nem um pouco incomodado com as propagandas que são do fruto do trabalho do Philipe, mesmo porque são ótimos trabalhos. Agora, a real tu mesmo disse, é só peneirar o conteúdo, tu perde menos 5 segundos rolando a página pra pular um post que não queira abrir. Querer controlar o trabalho do cara não vai adiantar de nada, se ele acha que a fórmula atual está dando certo, não vai ser por causa de alguém com tanta prepotência que ele vai mudar. 🙂

    2. Cara são muitas coisas que vc disse, e não está errado em todas, de modo que vamos ver uma coisa de cada vez.

      Cara, se você acha que alguém tem que te “ensinar” qualquer coisa, a coisa é pior do que eu pensava…

      Se não me falha a memória, você entrou aqui dizendo que existiam maneiras melhores de ganhar dinheiro. Apenas pedi para que me ensinasse. Mas se você não quer ensinar o pulo do gato que deu a entender que sabia, das duas uma: Ou não sabia nada, ou não quer compartilhar o segredo por egoísmo.

      Continuo vindo sim, peneiro alguma coisa que eu acho que vale a pena ler. Mas em 2007-2008 eu lia 9 em 10 posts, hoje me interesso por 6 em 10 no máximo. A qualidade caiu.

      Pode ter caído? Pode. Sem dúvida. Dou à mão a palmatória com relação a isso. Mas será esta a única verdade? Será que você apenas não está saindo do target deste blog? Você sabe, a cada dia, milhares de blogs novos surgem disputando uma mesma audiência, embora também crescente. Com o excesso de oferta de produção de conteúdo, é de se esperar que você seja bombardeado com mais coisas legais numa escala crescente. A comparação entre o meu blog e um volume crescente e maciço de outros veículos pode levar a impressão de que o Mundo Gump está com cada vez menos conteúdo que te interessa. Mas isso pode ser somente uma distorção perceptiva. Ou, é claro, você pode estar certo e eu estar com menos ideias e inspiração para posts interessantes. Tenho efetivamente cada vez menos tempo na minha vida para este blog, e como você mesmo já disse, propagandas demais enchem o saco, o que me obriga a trabalhar mais, e trabalhando mais, tenho menos tempo de blogar.

      Você confirmou que o propósito é $. Olhe seu site quando começou… Era “clean”, tinha propaganda sim, mas nada escabroso… Era uma propaganda -como disse e você não entende – discreta, que não atrapalhava a navegação e não enchia o saco.

      Na verdade, quando o blog começou lá no blogger, não tinha propaganda nenhuma. Ficou assim acho que por uns dois anos ou mais. Simplesmente porque eu nem sabia que dava para colocar propaganda em blog. Como eu não lia blogs (e ainda não leio) eu simplesmente nem sabia o que dava pra fazer. Mas foi bom, porque qualquer site no inicio, não tem visita que justifique qualquer monetização. A menos que seja site pega-paraquedista. Aí sim.
      Com o tempo, acabei descobrindo o adsense, coloquei e comecei lentamente a ganhar dinheiro com ele. Ainda hoje, o que ele paga, é uma piada. Financeiramente falando, não justifica nem um pouco meu tempo dedicado a este espaço. Mas também não vou tirar, uma vez que “é melhor um passarinho na mão que dois voando”.

      O Adsense paga por visualização também, você sabe.

      Nem fodendo. Vc está redondamente enganado. O Adsense é “Pay per click” (PPC). Ele só me paga quando alguém clica. Meu SONHO seria o adsense virar CPM.

      Vindo aqui me divertir (e é isso que eu e 99% das pessoas vem fazer aqui) eu te dou $. Todo mundo dá. Eu ainda sempre clico em algum ad porque sei que ajuda. Se você se fodeu na mão do Google, faz parte.

      Felizmente o Google voltou atrás. Devem ter visto que foi engano do robô, já que não tem putaria aqui. Efetivamente, só ganho grana em PPC quando alguém clica, como CPM é raríssimo aqui, a coisa não é bem assim como você imaginava.

      Não falei que você é um babaca por fazer propaganda. Faça-as, não somos comunistas. O problema é quando a propaganda e a monetização viram o objetivo principal.

      Então, estou fazendo. Mas discordo de você. Não vejo a monetização como objetivo principal. Vc poderia dizer isso se os posts se tornassem caça-paraquedista, com títulos atrativos e matérias sobre os BBBs e as capas da Playboy.

      Eu não disse que é um “acidezmental”, eu só mencionei que está “no caminho”.

      Pode até ser que eu esteja no caminho, mas devo estar ainda bem no início. Basta entrar lá e ver.

      Sobre a periodicidade, você ficou uma vez alguns MESES sem atualizar,

      Quando? Não me lembro de ter ficado um mês sem atualizar, mas não nego que é algo que pode acontecer, sobretudo se eu viajar para o exterior e ficar impedido de postar. Já fiquei 15 dias, quando eu mesmo hackeei o blog para o relato de um MIB. Prova cabal que eu não viso só o dinheiro, se visasse eu JAMÉ que faria isso.

      eu fiquei sei lá, um ano sem acessar porque cansei de vir aqui e não ter nada novo, quando voltei tinha um monte de coisa nova. Vi tudo, em um acesso só, automaticamente você poderia ter ganhado com 20 acessos meus, mas ganhou com 1.

      Acho que não compreendi bem esta lógica. Vc resolveu ficar um ano sem entrar aqui. Ok. Aí, sei lá porque, você entrou, leu tudo de uma vez. A culpa é minha? É isso mesmo que você quis dizer? Esquece que VOCÊ conta apenas como 1 usuário único? Você pode ter entrado aqui uma vez só, mas milhões de outros entraram também. Você está estimando o comportamento de milhões de pessoas com base no seu?

      Isso mostra a ingerência e amadorismo.

      Dentro desse mundo de imaginação que você criou, onde extrapola para todo o resto do mundo suas ações, talvez sim.

      Faz as contas dos acessos de 2007~2008 e os de hoje em proporção aos brasileiros com internet e ao tempo do seu site. Perdeu. Você teve muito acesso graças ao post (muito bom, aliás) da UVB-76 e ao Google.

      Na verdade, seria de 2006 até hoje. Vamos ver… Considerando que só comecei a medir estatisticamente os acessos no dia 26 de setembro de 2007, vou começar deste dia. Foi quando o Google Analytics me disse que eu tive 1570 visitas únicas. Posso estimar que daí para trás, o numero de visitas neste blog era decrescente, até chegar em provavelmente menos de uma dezena no dia 23 de janeiro de 2006. Segundo dados da PC world, ( http://pcworld.com.br/reportagens/2008/01/17/numero-de-internautas-brasileiros-crescem-48-4-em-2007-afirma-ibope-netratings/) em 2007, na faixa de métrica do publico alvo do Mundo Gump (16 anos ou +) tínhamos 39 milhões de internautas
      Isso perfaz uma media de acessos compatível com 0.004025641025641026% dos internautas brasileiros no período.
      Pegando agora a data atual. Segundo dados do IBOPE, o numero de internautas bateu na casa dos 102,3 milhões. (essa fatia incorpora a audiência que não é meu target, mas não tenho dados segmentados) e a audiência do mundo gump ontem foi de 13.124 acessos únicos (prejudicado por ser fim de semana).
      Isso perfaz uma media de acessos que é 0.10936666666666667%

      De modo está matematicamente provado que você está errado. E isso considerando um dia só, o que é um cálculo tosco, uma vez que não se mede sucesso nem fracasso de um website com base em um dia.

      Mas quando você estava fora do radar do Google, com o Tom Hanks a tira colo era muito melhor. Sabe porque? Porque você não tinha como objetivo principal ganhar $.

      “Muito melhor” é um conceito relativo. O que era muito melhor pra você naquele tempo poderia não ser hoje. E como eu ja disse antes, não posso medir qualidade com base na amostragem subjetiva de 1 indivíduo.

      Você não lembra que seu site deu certo usando o “basicão” disponível? Deveria recordar-se… Tem um monte de servidor bom e barato, eu mesmo uso 2 offshore que ficam 99% do tempo on-line a mais de 10 anos. Você tem um cérebro e sabe inglês, então você acha….

      Novamente você parte da premissa errada. Quer encaixar a realidade de 2006 no mundo de 2014. Observe os numeros ali em cima e entenda como aumentou o volume de usuarios na rede somente no Brasil. Depois, observe que o blog saltou de quinhentas e pouco para mais de 4000 postagens. Some a isso que a internet se tornou mais selvagem, com grupos hacker disputando quem faz mais defacements e ataques DDOS, o que impacta diretamente nos custos de segurança. O que funcionava no passado, não funciona atualmente, simplesmente porque um blog é algo que cresce rapidamente em volume de dados, isso sem mencionar aspectos como a long tail. Existem sim, bons serviços por preços baratos, mas a verdade é que sempre me estrepei com eles. O pior dos ferros foi um servidor de jogo que usei para hospedar o Mundo Gump na Digital one. Lá até o disco do sistema operacional tinha serial pirata…

      Não sei que tanto gasto é esse que você insinua. Tá igual a Maria Bethânia que queria 1 milhão e pouco pra ter um blog….

      Maria Bethânia pediu um milhão e caralhada do MINISTÉRIO DA CULTURA para ler poesia num site. Eu NÃO PEDI DINHEIRO NENHUM, que dirá um milhão… De modo que esta comparação revela que seus argumentos estão bem murchos. Os custos técnicos são altos, mas eles não são nada se eu contabilizar o meu custo home/hora neste site. Eu cobro R$ 80,00 por hora de trabalho. Tem post que consome 9 horas de trampo aqui. Faz as contas. São 4000 posts e 90.000 comentários, com uma media de 50.000 respostas.

      Só postei porque gosto de ler aqui, vim a primeira vez graças a indicação de outro blog que era mais conhecido logo no inicio dos tempos, nem seus “brothers” dos outros blogs que te ajudaram no começo você bota uma menção.

      Ainda sou amigo de um monte de blogueiros. Ocorre que em meados de 2008 ou 2009, o google modificou um elemento importante de seus algorítimos. Ele começou a penalizar brutalmente o link farming. Assim, o google começou a ver que eu linkava para o Papo de Homem e o Papo de Homem linkava pra mim… O google dava um ferro nos dois. Paralelamente a isso, muitos sites perceberam que milhares de coisas piscantes na lateral prejudicavam a estética e afetavam gravemente o carregamento da pagina. Havia ainda ou outro fator de influência, que era a injustiça. Seria justo dar espaço para sites que apenas linkam o seu site enquanto outros que fazem matérias completas sobre o seu trabalho teriam apenas o mesmo destaque? Note que isso gerava TANTO problema, que o mais justo é não dar espaço para ninguém. Quando eu vejo algo num site parceiro que eu acho legal, eu faço o post e coloco o link direto para ele. É o mais justo. Mas reconheço que não sei se é o melhor, mas só de não ter uma “penteadeira de puta” piscante na sidebar, já justifica. Evidentemente que eu JAMAIS exigi um link ou banner em retribuição. Acho que isso tem que vir do coração do cara. Se ele quer dar, beleza. Quando um site cresce muito, o volume de gente querendo a tal “parceria” é incomensurável, não existe sidebar que caiba tanta gente. A maioria desses caras desiste, e depois de um tempo só sobra porcaria piscante retornado 404. Verificar quem ainda existe é um tormento, que consome tempo que deveria ser usado para fazer conteúdo.

      Não sou um desses caras que ficam aqui nos comentários lambendo o seu cu pra você gozar. Falo o que eu acho. E estou de fora, é muito mais fácil pra mim perceber isso do que você.

      Não obrigo ninguém a gostar do meu trabalho, reconhecer o meu esforço e apoiar as minhas iniciativas, cara. Não menospreze a inteligência alheia, por favor. Você tem o direito de achar o que bem entender, desde que fique dentro das regras de uso do espaço. Realmente, você está certo quando diz que por estar “fora”, você tem uma visão diferente. A questão aqui é o quanto “fora” você está, e qual a sua perspectiva de tudo isso.

  4. Philipe, eu gostei muito dessa foto dos 3 moleques pulando da pedra, principalmente pela história que tem por trás. Não foi aquele lance de você inventar que era fotógrafo de revista? Eu gosto de quadros que tem uma história bacana por trás.

  5. Já exauri o limite de comentários de todos os anos que nunca postei nada. Mas vi suas fotos. Espero de coração que ao (se) vendê-las, adocique um pouco a vida dos “modelos”. Beneficie-os com uma parte que achar justa. Não digo apenas dinheiro, roupa, brinquedo … Você é tão talentoso esculpindo, que poderia oferecer-lhes um workshop. Ah, esqueci, é trabalho “voluntário”, não existe almoço grátis, então não dá 🙂
    E continue com os “modelos” mais baixos na escala do trabalho, porque se é alguém com um pouco de informação rola um processinho de direito de imagem.

  6. Hipocrisia é complicado. No mundo em que vivemos são poucos os que tem condições de uma vida sem dificuldades e sonha em “ter uma casinha na praia e viver de peixe”. Quem não queria a oportunidade de receber 1 milhão de acessos e ser pago para estampar um banner de uma empresa grande? Qual o mal nisso?

    Não consigo entender, sério mesmo.

    O cara ao invés de ficar feliz com o sucesso de uma pessoa que trabalhou tão duro (e ele como “leitor antigo” acompanhou e, consequentemente tem a noção da dedicação que foi preciso), vêm com as sete pedras na mão porque sua opinião é contrária ao do dono do espaço.
    Se isso que ele diz ter realmente é respeito, espero que tenha aprendido que se quer ajudar a melhorar, não é gritando o “erro”(entre aspas, porque como é um ponto de vista e não um fato) que o faz.
    E sinceramente, ri muito alto quando vi que querer aprender é errado. A famosa cultura brasileira de ser o “machão” e o “melhor” se destacou aqui.
    Se realmente sabe alguma coisa que o outro não sabe, mostre. Ficar usando isso pra arrebitar o nariz e tacar pedras é uma coisa bem ridícula.

  7. Seu trabalho é maravilhoso, quem não gostar do que presta não compre! Continuem no fútil e básico! E mais, tem que ser mercenário mesmo, ou temos que viver de fotossíntese?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.