10 líquidos incrivelmente caros

Você sabia que esses produtos como o LSD, o veneno do escorpião e o sangue do caranguejo valem uma nota preta?

Eu já falei antes de varias substâncias que são absolutamente caras. Mas ainda não tinha elencado alguns dos líquidos mais caros existentes. A maioria das pessoas não pensa no fato de que coisas que lhes são bastante acessíveis e familiares, geralmente contêm ingredientes extremamente caros em sua composição.

Talvez o exemplo mais significativo a este respeito seja a situação do termómetro de mercúrio. Custa literalmente poucos reais. Você pode comprá-lo na farmácia mais próxima, sem receita médica! Ao mesmo tempo, nem todo mundo pensa no fato de que dentro de um termômetro comum está um dos líquidos mais caros no nosso planeta.

Mercúrio – R$ 2.745 reais por litro

Quando você segura um termômetro de mercúrio nas mãos, de alguma forma não pensa no fato de que dentro dele está um dos líquidos mais caros do planeta. Procurar e extrair mercúrio nas entranhas da terra não é fácil. É ainda mais difícil tratá-lo quimicamente adequadamente. Tudo isso faz do mercúrio um dos materiais mais caros. E ele não é usado apenas em termômetros. O metal líquido é usado em diversas indústrias, inclusive para obter ouro em garimpo. Aliás, o mercúrio é o único metal da tabela periódica que permanece líquido à temperatura ambiente.

Tinta de impressora – 9.000 reais o litro

Outro treco caríssimo é a tinta de impressora. O que poderia ser mais banal e trivial do que tinta preta para impressora?! No entanto, um litro deste líquido custa mais do que um litro de qualquer champanhe premium Don Perignon. Aliás, a venda de tintas e papéis fotográficos é a principal fonte de renda das empresas que vendem impressoras. A principal receita vem da venda de insumos e não do maquinário de imprimir.

Sangue – Estimado em R$ 1.255 o litro

Quem diria, mas a própria substância que as pessoas derramam da forma mais medíocre de século em século está incluída na lista dos líquidos mais caros do planeta, né?

Ao contrário de todos os outros líquidos da nossa lista, o alto custo do sangue não se deve à sua raridade, mas sim à dificuldade de sua coleta. O corpo humano contém em média 4,5 litros de sangue. Por vez, um doador não pode doar mais de 450 ml sem prejudicar a saúde. No entanto, você não pode tomá-lo mais do que uma vez a cada dois meses.

Óleo essencial de Patchuli – U$ 150 por litro

Um óleo essencial extremamente caro, obtido pelo processamento de flores e folhas secas de pogostemon. O óleo de patchouli é extremamente útil e procurado, pois possui propriedades antissépticas e anti-inflamatórias. Também ajuda a combater a febre, elimina o mau odor e até ajuda a eliminar pedras nos rins! Patchouli tem sido usado na medicina e na cosmética desde os tempos antigos. Óleos essenciais são sempre caríssimos, com destaque para o de cannabis, que chega no Brasil custando dois rins e um coração.

Insulina – R$ 7.644 o litro

O corpo das pessoas com diabetes não é capaz de produzir insulina suficiente por conta própria. É por isso que eles precisam das injeções disso. A insulina deve ser administrada regularmente. Este líquido é extremamente caro. Antigamente, a insulina só podia ser obtida no pâncreas de vacas e porcos. Desde 1963, as pessoas aprenderam a sintetizar eficazmente esta substância, mas continua caro, para a felicidade dos laboratórios.

Água do mar especial: 2.000 reais por ampola

Tu não vai acreditar, mas é isso aí mesmo. Tem doido que paga 2000 reais para comprar água do mar numa ampola. Trata-se da água oceânica dessalinizada obtida na costa do Havaí a uma profundidade de 278 metros.

Kona Negara não pode ser consumido em sua forma pura. O líquido deve ser diluído com água mineral antes do uso. Acredita-se que a água do mar incomum ajuda a perder peso, deixa a pele mais macia, melhora o humor… Em todo caso, tudo isso é prometido pelo “fabricante”.
É estranho que com tal conjunto de vantagens também não traga parentes mortos de volta à vida. Kona Negara é muito popular no Japão e enche o bolso do esperto.

Veneno de cobra – 200.000 reais o litro

Pensa num bagulho que dá uma boa grana! O veneno da cobra real é amplamente utilizado na medicina. Em primeiro lugar, é feito um antídoto para neutralizar a toxina da própria cobra. Além disso, o veneno do perigoso réptil é utilizado na produção de medicamentos para o tratamento de doenças cardíacas e epilepsia. Outra área de aplicação é a produção de cosméticos. Surpreendentemente, a substância do veneno de cobra ajuda a suavizar as rugas… Hoje, esse líquido perigoso e muito procurado é produzido tanto por meio de coleta particular por caçadores de cobras individuais quanto por coleta em cobras criadas em serpentários especiais.

Veneno do escorpião – 45 milhões de reais o litro

Custa uma nota preta po9rque tem que tirar gota a gota do rabo desses bichos.
Vários milhares de espécies de escorpiões vivem no planeta Terra. Além disso, de toda a diversidade desses artrópodes, somente 25 espécies produzem venenos perigosos para os humanos.
Os perigosos venenos de escorpiões são muito procurados, pois são amplamente utilizados como matéria-prima para a produção de medicamentos para inflamação intestinal, reumatismo, acidente vascular cerebral e até câncer cerebral.
O alto preço do veneno de escorpião é ditado pela dificuldade de obtê-lo. Os infelizes artrópodes precisam ser “ordenhados” naturalmente, à mão, usando uma pinça. A propósito, os escorpiões reprodutores hoje não são capturados na natureza, mas são criados em fazendas especiais. Nem vou te mostrar como é pra te poupar dos pesadelos. (parece a cena dos “biscoitos da sorte” do Indiana Jones)

LSD – 150.000 reais por cada grama

Dietilamida do ácido D-lisérgico é muito mais conhecida pelo público em geral sob a abreviatura LSD do nome alemão “Lysergsaureddietilamida”. Assim, a abreviatura LSD é um empréstimo.  A droga psicoativa foi sintetizada pela primeira vez pelo químico suíço Albert Hofmann em 1938. No entanto, as propriedades psicotrópicas do LSD foram descobertas apenas em 1943. Por algum tempo, os cientistas acreditaram que o LSD poderia ser usado na medicina, inclusive no combate à esquizofrenia. Em meados da década de 1960, ficou finalmente claro que o ácido lisérgico era extremamente perigoso para a saúde e a vida. A substância começou a ser proibida. Desde a década de 1970, o LSD foi oficialmente incluído na lista de substâncias narcóticas da ONU.

 

Sangue de caranguejo – 49.000 reais o litro

Os caranguejos-ferradura são artrópodes aquáticos que sobreviveram aos dinossauros, mas muito possivelmente não sobreviverão aos humanos… Hoje, o caranguejo-ferradura é um dos animais mais antigos do planeta. Eles apareceram há 450 milhões de anos! É verdade que agora, entre várias centenas, restam apenas 4 espécies de caranguejos-ferradura. Parentes de aranhas e caranguejos vivem no Extremo Oriente, em alguns lugares do Sudeste Asiático e também na América do Norte. O caranguejo-ferradura é extremamente importante para a medicina, pois é um doador forçado de  “sangue azul”.
Todos os anos, até 500 mil caranguejos-ferradura são capturados para obter o valioso líquido.

O valor do sangue incomum não está na sua cor, mas no coagulógeno que ele contém. Esta substância é amplamente utilizada na medicina moderna na produção de medicamentos antibacterianos. Até agora, os caranguejos-ferradura são o único fornecedor conhecido desta valiosa substância química.

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

  1. O sistema adesivo usado nas restaurações de resinas odontológicas está em média R$ 80.000 o Litro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertisment

Últimos artigos