Viking Warrior Parte 6 – FINAL

Viking Warrior Parte 6 – FINAL

Olá pessoal. Estamos de volta com a sexta e última parte do Viking Warrior.
Na parte anterior nós vimos os detalhes da criação, pintura e acabamento da montanha.
Agora o que nós vamos ver é justamente a decoração final da peça.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Eu começo colocando um saco plástico fino, desses que locadora de vídeo dá quando você aluga seu dvd ao redor da escultura. A finalidade deste plástico e proteger e evitar que qualquer respingo acidental suje a neve.

Então após isso, eu começo a aplicar tinta preta em toda a peça.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Eu sei que soa repetitivo para as pessoas que acompanharam outros passo-a-passo de bonecos aqui mas não custa a repetir para quem está vendo pela primeira vez. Eu sempre dou uma base de tinta preta nos meus bonecos antes de começar a pintá-los. Faço isso porque a tinta preta funcionará como uma base para as camadas posteriores e a escolha do preto é porque se inadvertidamente alguma parte ficar sem pintura, o preto é uma cor que disfarça bem por simular sombra. Isso é especialmente útil em bonecos muito detalhados e com reentrâncias acentuadas.
A cor preta também me permite visualizar facilmente se cobri toda a peça ou se ficou faltando alguma parte. %name Viking Warrior Parte 6   FINAL
Então aqui podemos ver o monstro com a cor preta.


%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Agora o viking sendo pintado.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

A peça completamente preta. Note os detalhes. O preto uniformiza a escultura deixando-a mais integrada.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

O passo seguinte é usar um secador de cabelos -ou soprador térmico para os mais abastados – para acelerar o processo de secagem. É imprescindível que a base preta esteja absolutamente seca para a continuidade da pintura. A tinta que usei aqui foi customizada, isso é, não saiu da lata para a peça. Eu misturei respectivamente três partes de tinta de nanquim preta importada (as nacionais são uma merda) com tinta acrílica fosca e um pouco de tinta acrílica de tela brilhante. Essa mistura resultou numa tinta preta encorpada, que cobriu muito bem, que não era fosca nem excessivamente brilhante.

O tom é acetinado, como se fosse ébano com polimento. Isso ajuda a ver os detalhes e dá uma fluidez à tinta que não tapa os detalhes menores. Esta é inclusive uma característica importante ao aplicar tinta numa peça, porque podemos colocar uma camada muito espêssa e isso pode ocultar detalhes finos da mesma. Porém, uma tinta fuida demais pode dar problemas para cobrir partes excessivamente manuseadas por causa da gordura manual que se deposita sobre a peça. Não pode ser nem aguada nem cremosa.

Aqui podemos ver detalhes das peças pintadas de preto.

O passo seguinte é destruir partes dos bonecos. Parece estranho dizer isso, mas se tratando de bonecos, destruir é tão comum quanto reconstruir. Para visualização dentes e olhos de massa funcionaram bem. Mas para a peça final, é necessário um pouco mais de realismo. Portanto, chegou a hora de meter a furadeira no monstro.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Dá um certo cagaço fazer isso, mas não tem outro jeito. O lado bom de ser um cirurgião plastico de monstro é não ter a obrigação de deixar ele mais bonito, 🙂 .

Aqui está a VALA que eu abri no lugar que antes era o olho do infeliz.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Usei uma broca diamantada media de dentista para fazer a cavidade ocular da criatura.
Uma vez que eu abri os buracos, deixo o monstro de lado e volto-me para um pedacinho de plyclay que eu divido em duas partes de mesmo tamanho. Modelo elas em formas de bolinhas. Com um palito de dente eu espeto cada bolinha.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Com o secador, eu endureço as bolinhas (peças pequenas de polyclay podem ser endurecidas com secador de cabelos bem quente durante alguns minutos. Isso economiza o seu gás) e depois que elas estão duras, eu lixo a parte de cima, deixando retinho. Com um paquímetro eu verifico que o diâmetro da parte plana de cada olho é 3,5mm. Então eu vou no bom e velho Photoshop e pinto lá um olho bem estranhão. Jogo a resolução para 4000dpi e imprimo este olho em tamanho real, com 3,5mm.

Com uma tesoura de unhas eu corto cuidadosamente as bolinhas impressas e colo elas na parte plana de cada olhinho de massa.
Em seguida eu pinto de branco a parte posterior.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

O passo seguinte é misturar resina. Dessa vez usei resina cristal de poliéster, diferentemente da resina de PU que usei no olho do lobisomem sinistro. O esquema de resina de poliéster é muito superior ao de resina PU. A resina de poliuretano é bem transparente e emborrachada depois que seca, mas demora mais de 72 horas para secar, enquanto a de poliéster seca em menos de 4 minutos, ficando cristalina e dura como vidro.
O segredo aqui está em misturar muito lentamente duas gotas dessa resina para meia gota de catalisador. A proporção certa é 10 partes de resina para uma de catalisador mas obter isso em gotas é difícil. Além do mais, essa proporção exagerada de duas gotas de resina para meia gota de catalizador faz a resina endurecer bem rápido. Rapidaço mesmo. Por isso, eu uso um instrumental de dentista para misturar a resina. Coloco um steaway to heaven para tocar e fico misturando. Antes da musica chegar ao final, a resina está gosmenta. Então, com o instrumental eu pego uma pequena porção da resina e pingo ela em cima do olhinho.
Isso forma a lente do olho, o chamado cristalino.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Quando steaway to heaven acaba de tocar, eu sei que o olho está prontinho. Já está duro e não fica pegajoso. Mas por via das duvidas, eu dou um jato de ar quente sobre ele para acelerar a secagem. %name Viking Warrior Parte 6   FINAL
Depois eu testo colocando o dedo na lateral. Se não der pega, tá pronto. Aí é só tirar o palitinho do jacaré e tirar o olhinho do palito. Com um instrumental de escultura eu posiciono o olho na orbita e uma gota de super bonder na lateral fixa ele na posição que eu quero dentro da orbita.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Em seguida, com apoxie cinza eu esculpo os detalhes ao redor do olho. Depois que o monstro ganhou belos olhos vermelhos com íris bizarra, chega a vez dos dentes. A parte boa de ser dentista de monstro é que não precisamos nos preocupar em anestesiá-los.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

E então eu arranco cada um dos dentes do bicho. Esses dentes darão origem a dentes novinhos em folha feitos em resina jet. Resina jet é o nome da resina que se usa para fazer dentaduras. É um dos materiais mais difíceis de trabalhar com que eu lidei, porque ela não foi criada para trabalhar como eu trabalho. Eu modelo a resina jet na mão. O certo é fazer uma fôrma de silicone e derramar a resina ali dentro. Mas eu acho que este procedimento só vale a pena quando há necessidade de alta precisão, como quando você faz dentes de vampiro para efeitos especiais ou uma prótese nova para sua vó. No meu caso, eu só quero pedacinhos que serão esculpidos e polidos. Usar silicone para isso seria desperdício.
Então misturando resina em pó jet com o fedorento catalizador dela, temos um tipo de creme que endurece em menos de um minuto. (literalmente) Acho que ele sai do ponto líquido e fica duro em vinte e cinco segundos. É por isso que para fazer este processo exige uma certa rapidez. Eu modelo formas como esta abaixo para obter duas áreas de dente.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Pingando gotinhas de catalizador dá para retardar um pouco o processo de endurecimento do jet. Outra dica é fazer isso num lugar frio. Quanto mais frio, mais lenta a polimerização.

Eu corto os dentes de massa do monstro com um alicate de corte e uso uma broca fina diamantada para perfurar a área deles.
Em seguida, modelo os dentinhos de jet, um a um e uso a broca diamantada e discos de lixa e abrasão diversos para obter a forma necessária. Em seguida eu colo eles no local com uma gota de superbonder. O processo é repetido para cada dente. (assim, quanto mais dentes, mais sofrido fica. Por isso eu dou graças a Deus por não ser o viking lutando com um tubarão branco)

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

O passo final é modelar uma gengivinha com o mesmo material, jet rosa usado para fazer gengivas de prótese. Essa gengivinha é aplicada sobre os dentes na parte de baixo. Isso ajuda a firmar e permite construir o palato da criatura, que é tipo de cachorro.
Eu modelo uma nova língua, mais proeminente e detalhada com apoxie. Aqui dá pra ver todas as alterações no extreme monster makeover.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

O passo seguinte é fazer uma técnica de pincel seco com cor branca em todo o monstro.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Faço isso para ressaltar os detalhes e porque em geral eu posso usar pinturas em camadas levemente transparentes e o pincel seco abaixo delas dá um aspecto legal de espalhamento da luz. Mas a finalidade principal é ressaltar detalhes mesmo.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Faço a mesma coisa no Viking.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Note como os detalhes saltam aos olhos com este procedimento.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Então com uma cor customizada novamente feita com 3 partes de tinta PVA de artesanato + tinta acrílica de tela brilhante+ tinta branca acrílica fosca e um pouco de marrom em guache eu obtenho alguns tons variados de cor, indo de tons mais para o rosa e outros mais escuros, como o chocolate. O esquema é ir pintando o monstro lentamente, da cor mais clara para a mais escura. Por isso eu dei uma base nele todo bem clara.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Em seguida, vou escurecendo mais os tons e usando o pincel cada vez menos carregado com tinta. Isso faz uma espécie de técnica do pincel seco multinível.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

A foto atrapalha um pouco a ver este detalhe porque não havia condições de iluminação adequada para registrar isso no meio da madruga.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Com tinta preta brilhante eu começo a fazer o segundo tom de cor. A pele do monstro não é uniforme. Ele tem um tipo de vitiligo.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Se você pegar um vira-lata qualquer da rua (que não seja um cão preto) e olhar ele sob o pêlo, notará que ele também é assim. Muitos cães de cruzamentos inter-raciais, os populares vira-lata possuem esta característica de manchas rosa e preto se confundindo na derme.Até cães de raça, como o cão de penacho:

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

O pelo vem por cima, podendo mudar de cor ou não dependendo da área. Eu queria que isso se refletisse na criatura.
Outra coisa que o tom preto ajuda é ressaltar a brancura do pêlo a posteriori.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Com um tom de pele mais escuro eu vou fazendo as regiões de mancha. Eu não quero um tom degradê. É um manchado explícito mesmo. Por isso não suo aerógrafo nesta peça. (e também porque meu discreto compressor paasche ia acordar o bairro todo) Como trabalho quase sempre de noite, evito usar aerógrafo em função do barulho.
Com o tom de pele mais para o chocolate eu cubro as áreas das costas do monstro, das laterais dos braços e nas coxas. Eu deixo o abdome, frente do pescoço e áreas que pegam menos luz em tons bem mais claros.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Em geral, os animais mamíferos tem um tipo de pigmentação maior no dôrso. Observe um cão pastor alemão e você notará que os pelos da área sobre a coluna vertebral costumam ser mais escuros que os do abdômen.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Então o bicho tem este tipo de mancha. A mancha dele vai do marrom bem claro até o preto. Sempre num padrão orgânico-irregular de manchas.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Feito isso, eu deixo o monstro descansar e pinto o viking.
Começo sempre pelo que está em baixo primeiro. Isso é uma regra importante. Portanto, começamos pela pele de Varmod. Para a pele dele eu usei tinta acrílica cor de pele misturada com branco fosco também acrílica.



%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Fiz a base e ainda com a tinta fresca eu fiz uma técnica chamada pincel fresco, misturando outro tom de cor levemente mais escura na tinta fresca cor de pele. Isso dá um degradê que seria fácil obter com o aerógrafo, mas trabalhoso de conseguir via pincel. %name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

A finalidade disso é dar luz e sombra na peça, acentuando os músculos e tirando a uniformidade. A uniformidade é o que costuma estragar a peça de pintores iniciantes, pois o boneco fica parecendo um brinquedo. Cores uniformes são boas para coisas de metal, carros, etc. Para criaturas e tudo que envolva monstro e sujeitos medievais de fantasia em montanhas, temos que usar muita variação tonal e envelhecimento da paleta. Aqui vemos mais detalhes da pintura.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Os detalhes dos olhos, feitos com acrílico, e a boca. Os olhos do viking depois ganharam microscópicas gotinhas de resina cristal para fazer as lentes. Mas o efeito não fica tão bom como usando esferas embutidas nas órbitas. Mas o problema aqui é que quando modelei a cabeça estava sem resina e então deixei rolar. O certo seria fazer buracos nele como no monstro, mas eu fiquei com medo de perder a expressão de ódio do viking e estragar tudo.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Os detalhes dos cortes no braço foram feitos com tinta vermelha misturada com azul. Este é o sacrossanto segredo de maquiagem de terror. Sempre que for fazer o interior de feridas não use vermelho vivo. Use vermelho misturado com azul. O vermelho misturado com um pouco de preto é usado para fazer o sangue. E um pincel seco leve de vermelho com tom de pele faz o tom de inflamado ao redor da ferida. O detalhe final é aplicar uma gotinha de verniz hi-gloss no interior dos cortes para deixar mais gore.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

O couro da calça foi feito com uns 6 tons diferentes de marrom, e envolveu um pouco de pincel fresco, aguadas e pincel seco para simular o desgaste.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Aqui vemos a boa e velha fita crepe sendo usada como mascara para não sujar a pele do viking monstro.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

O tecido grosso de lã que recobre a calça num tipo maluco de saia, foi feito com acrílico branco fosco e tons de azul. Eu deixei as digitais bem marcadas ali de propósito a minha idéia era simular a trama do tecido cruzando as linhas digitais sobre o saiote.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Tentei evidenciar isso com pincel seco. Verniz cristal foi usado na boca do monstro para simular a baba.
Tinta esmalte cromada foi usada para fazer os machados. Posteriormente usei betume da judéia bem diluído para envelhecer o tom de cromo ali. E depois uma aguada de tinta preta para se depositar nas ranhuras e detalhes das lâminas.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

COLOCANDO PELAGEM NO BICHO

Nesta etapa eu vou mostrar como coloquei pelos na criatura. Antes de começar, uma pequena explicação para a galera que –eu me incluo entre eles – ama animais e abomina o uso de pelos de animais em roupas e outros usos fúteis.
Eu levei um tempão para fazer este boneco por causa deste pequeno dilema moral. Desde o lobisomem que eu estava querendo usar pelos reais. Mas no lobisomem, usei pelos sintéticos. De uma forma geral, pelos sintéticos até funcionam bem. O problema deste tipo de pelo é que ele brilha de uma forma bastante fajuta na luz, já que é plástico.

Veja o brilho deste pelo artificial.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Em comparação, o pelo animal tem características microscópicas diferenciadas. Isso previne o brilho vagabundo que o pelo sintético dá. Veja o visual bem mais style de um pelo real:

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Então eu comecei uma busca trabalhosa para encontrar um pelo animal que eu pudesse usar. Preferencialmente um pelo reciclado de animal já falecido.
Por sorte consegui que minha sogra pedisse para uma amiga que cria coelhos e vende a carne deles para açougues e etc, se ela tinha lá um pedaço de couro usado de coelho. E ela tinha. Tendo a consciência tranquila de que eu não matei nenhum bichinho fofinho para fazer esta escultura, resolvi usar o pelo do coelhinho falecido. %name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Com uma tesoura bem afiada eu vou pegando tufinhos de pelo e cortando. Eu passo cola PVA cascorez rótulo azul em partes do monstro e com a ajuda de um instrumental, pressiono os pelinhos cortados ali.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

O instrumental me ajuda a modelar o sentido dos pelos, deixando-os meio que “penteados” numa mesma direção (embora isso seja meio difícil de obter com todos graças a natureza do próprio pelo). %name Viking Warrior Parte 6   FINAL
É um processo lento de trabalhos de ir cortado pacientemente pedacinhos e ir colando eles na peça.



%name Viking Warrior Parte 6   FINAL %name Viking Warrior Parte 6   FINAL
%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Eu uso alturas diferentes de pelo para obter áreas específicas do monstro. Atrás da cabeça usei uns pelos bem compridos tirados do rabo do coelho.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Aqui vemos a perna sendo lentamente recoberta de pelos. O esquema é igual no lobisomem sinistro. Começando pela parte inferior e subindo lentamente em direção à cabeça. Assim cada tufo novo de pelo entra em cima da base colada do tufo anterior, ocultando a cola.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Note o interessante efeito da transparência sob o pelo onde ainda podemos ver as manchas de pele da criatura.
Em áreas como ombro e antebraço eu uso pelos compridões. Em áreas como a parte interna dos braços e barriga, eu uso pelinhos bem pequenos. Nos dedos e mãos eu uso só o subpelo cortado bem curtinho.
Quando terminada a adição dos pelos o monstro parece inteiramente diferente. Eu tinha medo que ele ficasse como um tipo de chewbacca mas acho que ficou bem legal.

Horas de ralação depois, finalmente a peça pronta. Aqui vão algumas fotos.

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL %name Viking Warrior Parte 6   FINAL
%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL %name Viking Warrior Parte 6   FINAL
%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

%name Viking Warrior Parte 6   FINAL

Foi um dos bonecos mais trabalhosos que eu já fiz. E pensar que tudo começou com um roteiro de longa metragem que eu postei aqui… Quem diria.

Espero que tenham gostado.

Agradecimentos
Agradeço imensamente aos amigos e leitores do blog Mundo Gump pelas idéias sugestões e críticas. Agradeço também ao Leo da MSFX que acreditou nesta empreitada desde o início oferecendo gratuitamente seus materiais de qualidade internacional para a confecção do Viking Warrior. Agradeço também aos amigos e parceiros do forum de escultores da MSFX pelo apoio e paciência em esperar o fim deste projeto. A todos vocês, muito obrigado.

Artigos relacionados

Comments

comments

70 comentários em “Viking Warrior Parte 6 – FINAL”

  1. Fantástico Philipe, parabéns…cara a trabalheira compensa pelo resultado final. Esse monstrão branco parece até uma grande homenagem ao monstrão que aparece lutando com o Luke Skywalker, na neve, em Guerra nas Estrelas. Mais um grande trabalho teu ….

  2. Genial! muito bom!
    é o melhor boneco até agora, sem duvida. E só pra constar, cinco amigos já foram aconselhados a ver esse post inteiro e os outros bonecos (alem do relato do MIB)

    Aye! MuitoBom!

  3. Realmente muito detalhado, mas eu faria um estrago no monstro provocado pela lamina do viking, nessa cena deu a impressão que o monstro só ta brincando com ele, ele já ta todo ferrado, enquanto o monstro apesar de estar numa ribanceira danada tá ileso, branquinho parecendo um coelhinho, o unico liquido que sai dele é baba (tipo não vê a hora de comer o viking) mas fora isso, (que é opinião de quem não tem a mínima visão artistica profissional)gostei muito da confecção dos olhos foi trabalhoso mas valeram a pena…Parabéns :]

  4. É de ficar sem palavras mesmo… Fantástico. Com certeza um dos melhores projetos até agora. Todas as suas esculturas são incríveis, sem exceção- e ainda poder acompanhar o passo-a-passo aqui é sensacional. Mas se me perguntarem qual o meu favorito, eu ainda vou dizer que é o boneco do John Locke (talvez pq eu sou doente por Lost mesmo). Aliás não rolaram mais paintings do personagens e nem tem se falado de Lost no MG faz um tempão. Pois é Philipe, ainda sonho o dia em que vc vai anunciar outro boneco da série…
    Parabéns, vc se superou de novo!
    Inté.

  5. Bom, não sei nem por onde começar… Eu preciso confessar aqui que reclamei MUUUITO da produção dessa escultura, principalmente quando chegou na parte do pêlo do coelho (aliás, eu reclamei antes, quando levei um susto danado por colocar a mão na pele quando estava no congelador). Eu tenho uma rinite alérgica crônica e foi dureza aguentar os pelinhos voando, entrando pelas narinas, me fazendo espirrar 347.542 vezes em alguns minutos (rs), mas valeu a pena!! Ficou muito bom, como fica tudo que o meu marido faz!!! Parabéns, amor!! Mais uma vez você deu show de criatividade e habilidade. O seu potencial artístico (entre outros) é fenomenal (deixa eu parar de fazer propaganda aqui…) Só posso registrar o seguinte: S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L!!! BEIJO!

  6. Trabalho muito legal, super cuidadoso e muito bem executado… nunca imaginei que daria tanto trabalho fazer um boneco desses. Não é a toa que são vendidos por preços bem altos por aí…

    adorei! (mesmo ficando com dó do coelhinho falecido…)

  7. Philipe,
    admiro o seu blog, cara! E os seus trabalhos, então…. nem se fala…
    Merece aplausos de pé, porque é raro alguém investir tanto no blog ao ponto de produzir material offline – os bonecos – para virar assunto no mundo online…
    Sucesso.

  8. Impressionante. Como perfeccionista nato, admiro MUITO todo tipo de trabalho que exige minúcia, dedicação, concentração.

    O resultado de todo esse seu trabalho é simplesmente FE-NO-ME-NAL.

    Este boneco é coisa de colecionador. É uma obra de arte, do mesmo naipe de grandes pinturas e esculturas, sem puxa-saquismo ou exagero.

    Se quiser faturar uma grana com ele, considere oferecê-lo no exterior via eBay, pois lá fora valorizam muito mais este tipo de ARTE.

    Enfim, parabéns MESMO.

  9. Lindo, lindo, acho que só comento em posts sobre as esculturas, simplesmente perfeito, eu fiquei meio “coisado” quando o Viking foi colorido, parece que ele ficava melhor sem cor xD mas fiquei realmente impressionado com os pelos do monstro, simplesmente lindo, só fiquei triste de os pelos terem feito desaparecer o detalhe da musculatura do bicho, que eram muito bem feitas, sem mais, Philipe tu és o cara 😀

  10. Philipe, sou leitor assíduo do MG e infelizmente só postei uma vez..
    Porém, nem todos os posts do mundo são capazes de exprimir as sensações que suas obras causam nos leitores/fãs.

    Cara, você é gênio!
    Parabéns!!

  11. Filhão, não pude comentar muito sobre o processo, mas como sempre o resultado final ficou ultra-mega-boga-fodástico!!!!!

    Digno de ganhar um filme próprio (e em stopmotion, é claro!!!).

    E vamos clicar lá nos seus ad-senses para dar um tapinhas nas suas costas e apoiar o seu trabalho!

    Abraços,

    .faso

  12. “Aqui vemos a boa e velha fita crepe sendo usada como mascara para não sujar a pele do viking.”

    Pelo que vi na foto a pele é do Monstro, e não do Vinking como escreveu.

    Fora isso,…

    Fico muito bom esta escultura. :love:

    O Monstro fico sinistro. :ohhyeahh:

  13. Perfeito! que máquina vc usou para tirar as fotos? Não entendi a piada do Marilyn Manson hehehe! Ainda estou aguardando vc criar corageme abrir um curso de como fazer esses bonecos!

  14. Nossa quantos comentários!
    Vamos lá.

    Parussini, eu sinto a mesma coisa com relação ao monstro desde que comecei o projeto. Aquele que o luke cortou o braço né? Aquele bicho era apenas um pouco menorq ue o Grub Skarr (o monstro do viking) mas acho que tem uma certa inspiração aí mesmo.

    Quinha, dependendo de quanto vc tá afim de pagar, posso vender sim, hehehe.

    Amducia, dá um enorme trabalho e eu concordo que isso não pode ser visto como um produto, afinal este é o unico boneco do viking warrior com essas características em todo o universo. Não existem dois. Só tem este. Isso aumenta o valor de mercado da obra. Mas há um valor, claro. Eu não sei qual é, mas que há, isso há!

    Sabino – Valeu cara.

    Carlos – Caraca! Ele comentou aqui! MILAGRE!!!!!

    Cheetara – valeu mesmo. Fiquei feliz agora,. Não vejo a hora de ver seus amigos (o lion, panthro, wilikit e willicat além do snarf e se bobear até o Mum rá) por aqui. hehehe. Foi mal a piada. Não aguentei.

    Hunteriunn – eu pensei nisso. Lembro que alguém (você?) sugeriu isso na parte dois ou três. Eu ia fazer mas aí pensei se realmente valeria a pena. Acho que os pelos tampariam. Mas era uma boa idéia sem dúvida. Aí fiquei pensando onde colocar a ferida no monstro e isso foi um dilema, porque eu não sabia um lugar que fosse suficientemente inovador sem ser fatal. Tipo, uma machadada no pescoço e o monstro morreria. Na cabeça idem, no peito, dependendo de onde, idem. Nos braços, ia ficar batido porque a ferida no viking é no braço. Na perna? Na perna não é um ferido digno de um monstrão.Então optei por representar a cena antes da machadada fatal. E assim o local dela fica por conta da imaginação do observador.

    Irmão Fabiano – Sorteio desse boneco não, hehehe. Mas eu acho que entraremos numa fase com mais sorteios em 2008. Obrigado por suas palavras gentis, posts ainda mais gentis e pela sua empolgação contagiante.

    Gustavo, pensei em fazer um novo boneco da série, mas aí fico pensando se não seria mais jogo fazer um de Heroes. Não sei, fico na duvida com relação a isso. O chato de boneco de série é que bem ou mal, a peça acaba ficando meio datada, né?

    Nivea (meu amor) valeu mesmo. Eu não vou comentar muito o que voc~e disse porque te falei hoje no telefone. De qualquer forma fica aí o registro do perrengue que eu submeto a primeira dama para fazer essas maluquices. Em parte eu acho que você já merece o crédito por não me matar.

    Gabi – infelizmente o coelhinho morreu, mas acho que pensando por outro lado, embora ele tenha morrido uma parte dele deu origem a algo novo, a algo a ser observado e contemplado. Pensando friamente, é um destino bem honrado para a pele animal. Melhor que ir para debaixo da terra. É triste que ele tenha morrido, as isso é inevitavel, né?Vai acontecer com todos nós. (menos comigo porque meu nome real não é Philipe e sim Connor Mcleod!)

    Xandra – Valeu
    Manoel Netto – Nossa, hehehe. Valeu.
    Norberto – Fico feliz em ler isso cara. Não é todo mundo que reconhece essa ralação. Mas não sei, preciso ser honesto e dizer que eu acho que faria bonecos mesmo não tendo um blog. Vários tutoriais e artigos que já fiz de bonecos foram antes de eu criar o MG. A maioria deles eu nem mesmo coloquei aqui. Eu acho que faria como ainda faço, por esporte. Sem ganhar nada com isso. Faço por diversão, porque eu gosto de ajudar a galera que quer começar a fazer. O blog é legal, é uma porta de divulgação e interlocução excelente, o adsense paga uns caraminguás, mas o lance dos bonecos não é em função do blog e nem vice-versa. É por prazer. Sou movido pelo prazer.

    Rafael, o Mib vai rolar. (eu espero) talvez seja uma questão de tempo. O lance do mib gerou umas coisas interessantes. Situações realmente loucas. Eu gostaria de poder contar aqui. Mas não dá.

    Sandro, eu criei esta pensando em vendê-la no e-bay. Mas api, a base ficou com 6kg! Imagina a nota preta que seria mandar algo assim de avião para outro lugar do globo… Eu não tenho as manhas no e-bay. Preciso de um coach para me ajudar com isso. Ando pensando em fazer uma série de lobisomens. Uns 4 e fazer um dindim lá para pagar uma intermediária do meu apê que está se aproximando velozmente (bem mais velozmente do que o adsense consegue me ajudar, hehehe).

    Romariz – Valeu.

    Sergio – tem gente que curte mais sem cor mesmo. Tipo escultura clássica, né?

    Julio- Suas palavras são super gentis cara. Vou tentar fazer você comentar mais, hehehe.

    Patola – Eu sabia que vc ia curtir cara.

    hari- Eu não acredito em dom. Eu acredito em HSBC (não o banco mas sim Horas Sentado com a Bunda na Cadeira) Tudo é unica e somente ralação. Qualquer um esculpe algo assim (aliás, algo bem melhor que isso)

    Leandro – Valeu cara.

    Spoks, o que dizer? Tipo tem caras que tem casa em Angra. Outros tem lancha, jet ski. Motos potentes. Tem caras que tem o carro do james bond. Tem caras que comem no Fasano todo dia. Eu tenho o viking warrior. Mas você deve ter um monte de coisa que eu tb não tenho. Se vc tem tevê a cabo, já está aí uma coisa em que eu te invejo.
    Dijin – Valeu mesmo.

    Fabio – [quote post="1976"]E vamos clicar lá nos seus ad-senses para dar um tapinhas nas suas costas e apoiar o seu trabalho![/quote]
    Isso é musica para os meus ouvidos! Até pq esses bonecos gastam uma graninha em material. A primeira dama sempre reclama disso. 😀

    Carina, confesso que fiquei pensando o que você seria do Fabio. Mas amiga tá beleza, hehehe. Muito obrigado Tomara que você vire leitora também. Afinal, minha vó sempre dizia que que o vicio começa através das amizades, hehehe.

    Ed – arrumei lá. Valeu. Nem tinha notado.

    Diego, passei metade da minha vida desejando isso diáriamente. Um dia aconteceu. Não eu não trabalhei na ILM, mas recebi um convite de uma empresa para trabalhar num filme no exterior. Só que eles não podiam falar que filme era até eu assinar o contrato. Não davam nem uma única pista. Só diziam que tinha a ver com meu trabalho de bonequinhos e monstros de RPG. A mensagem me chamava para trabalhar na Nova Zelândia. Como eu não sabia o que era Weta, nem conhecia nenhum filme sendo feito na Nova Zelândia, não era bom de inglês e o contrato seria para 4 anos, amarelei. Pensei que era um email para me transformar em escravo sexual e nem respondi. Resultado: Aquele email era para trabalhar em SENHOR DOS ANÉIS e nos 3 filmes! Foi uma das grandes cagadas da minha vida. (e isso é a pura verdade)

    kbbin – Valeu mesmo.

  15. caralho, philipe, conta direito essa história do convite pra trabalhar em senhor dos anéis num post! meu deus, eu acho que morreria se tivesse feito uma cagada dessas, na moral. deve ser a mesma frustração de acertar a quina numa mega sena acumulada, tipo, só UM numerozinho entre você e os milhões hehe

    o boneco tá foda, tenho nem o que dizer. parabéns. 🙂

  16. [quote post="1976"]Mas uma dúvida: Você imprime os olhos em papel comum mesmo?[/quote]

    Sim em papel comum mesmo. Mas fazendo em glossy ou papel fotografico fica mais bonito, porque ele tem um plastico que espalha a tinta.
    Mas esse aí e o lobisomem são feitos no sulfite mais chulé mesmo.

  17. PUTA MERDA ! Philipe, seus bonecos são ótimos … quando vai me dar um de presente? hehehe

    parabens pelo trabalho muito bem feito!

    Eu te desafio a fazer o silvio santos :B

  18. Pow Philipe, parabéns… Eu não tenho talvez paciencia nem pra modelar macinha de criança, mas eu fico mto feliz de ver vc fazendo essas coisas da hora… é como se eu participasse =D só de ver e achar da hora, e mostrar pros outros como vc é foda, e como vc manja de escultura!!!

    Porem depois dever o gran finale me deu um estalo! Tipo… eu vi uma imagem classica (colada no meu caderno do 2grau) de um dragão montado cuspindo fogo nas costas de um outro dragão em fuga voando no meio a um desfiladeiro… e fiquei pensando… como será que o Philipe iria fazer o fogo numa situação dessas… e como fiquei impressionado com o cenario que vc fez pra essa escult ninguém melhor que vc pra dar idéia de como esculpir fogo! Tipo que uma vez eu vi um boneco do Motoqueiro Fantasma com uns fogo muito tosco deplastico hahaha… E se o Monstrão ai de cima fosse de fogo? E se ele estivesse num vulcão ao invez de um pico gelado? E se ele cuspisse fogo? Da uma luz ai.. fiquei curioso =D

  19. Meus parabéns, ficou sensacional o trabalho.
    Espero que um dia você venha a fazer uma exposição com esses bonecos ( eu vou ter presença garantida, já que sou de Niterói também ).
    Abraço

  20. [quote post="1976"]Pow Philipe, parabéns… Eu não tenho talvez paciencia nem pra modelar macinha de criança, mas eu fico mto feliz de ver vc fazendo essas coisas da hora… é como se eu participasse =D só de ver e achar da hora, e mostrar pros outros como vc é foda, e como vc manja de escultura!!!

    Porem depois dever o gran finale me deu um estalo! Tipo… eu vi uma imagem classica (colada no meu caderno do 2grau) de um dragão montado cuspindo fogo nas costas de um outro dragão em fuga voando no meio a um desfiladeiro… e fiquei pensando… como será que o Philipe iria fazer o fogo numa situação dessas… e como fiquei impressionado com o cenario que vc fez pra essa escult ninguém melhor que vc pra dar idéia de como esculpir fogo! Tipo que uma vez eu vi um boneco do Motoqueiro Fantasma com uns fogo muito tosco deplastico hahaha… E se o Monstrão ai de cima fosse de fogo? E se ele estivesse num vulcão ao invez de um pico gelado? E se ele cuspisse fogo? Da uma luz ai.. fiquei curioso =D[/quote]

    Fogo é complicadão… Tipo, como é um estado plasmático a representação dele numa estrutura estática fica bem difícil. Existem maneiras diferentes de simular o fogo de acordo com a necessidade da peça. Tipo o mais fácil e com bonito efeito é usar resina cristal e iluminar ele por dentro com leds coloridos de alta potência nas cores amarelo e vermelho. Se for um fogo realmente “fogão” mesmo, um dos jeitos que dá um resultado legal é usar um pequeno compressor de ar como o de aquário. Este compressor liga numa mangueirinha de aquário que sobe por dentro do dragão, saindo na altura da garganta dele. Ali você vai cortar e colar umas tiras finas de seda (tecido)Dentro da boca do bicho ficará também um led laranja de alta potência. A finalidade do jatinho de ar é balançar as tirinhas de seda. E o led serve para iluminar elas. Quato mais forte o led, melhor o efeito.
    Se fotografar com alta exposição então, ninguém diz que o boneco não está soltando fogo.
    Então tipo, ou fica legal ou fica ridículo. Hehehe. Fogo é bem difícil. Talvez a coisa mais difícil de todas para bonecos.
    Já fumaça dá pra fazer legalzinho com acrylon ou lã super-fina e cola branca. Talvez seja possível obter um efeito legal de fogo usando lã super fina combinada com leds coloridos. Mas eu nunca fiz.
    Para fazer o monstro sendo de fogo, um efeito que dá certo e fica sensacional é usar o metodo que eu usei no tutorial do Yoda
    http://www.portifolium.com.br/philipe
    de fazer o boneco em resina cristal e iluminar ele por dentro com leds. Aí você isola varias partes dele com tinta preta, deixando vazar a luz colorida por algumas partes que ficam sem pintar. Pareceria ser feito de lava. Um efeito bem legal mesmo.

  21. HIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII que vergonha, meu primeiro post aqui e eu ja acabo de errar e coloar de outra pesoa, mil desculpas, e philip, vc esta de PARABÉNS meu velho, comecei a entrar apouco no sit, e fiquei BESTA cm as esculturas ( tanto que to fazen… quero diser, tentando fazer uma e logo um indy jones!! bom deixa pra la ) continue este seu excelente trabalho e nos ajudando com as dicas. Ha quando vai ter historinhas das suas INCRIVEIS esperiencias, um grande abraço dos seu Fãs aqui de Recife, fica cm Deus cara

  22. [quote comment=""]HIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII que vergonha, meu primeiro post aqui e eu ja acabo de errar e coloar de outra pesoa, mil desculpas, e philip, vc esta de PARABÉNS meu velho, comecei a entrar apouco no sit, e fiquei BESTA cm as esculturas ( tanto que to fazen… quero diser, tentando fazer uma e logo um indy jones!! bom deixa pra la ) continue este seu excelente trabalho e nos ajudando com as dicas. Ha quando vai ter historinhas das suas INCRIVEIS

    esperiencias, um grande abraço dos seu Fãs aqui de Recife, fica cm Deus cara[/quote]

    Guga consertei a mensagem de erro.
    Mas aventuras virão, com certeza. Quando terminar, mostra seu indiana jones aí pra nós.
    Abração

  23. Cara, genial teu trabalho, as expressoes, os detalhes, tudo!
    Faz uma lista ai com todo o material que voce gastou pra quem quiser começar nessa onda de esculpir dioramas ter um parametro pra comecar!

    Inclusive as ferramentas, pinceis, tintas e catalisadores!

    Gostei muito do trabalho no Viking Warrior, mas achei uma pena tua decisão de colar os pelos pelo corpo do monstro todo! Perdeu muito de todo o trabalho de esculpir musculos e detalhes menores, tal como a textura da pele e etc. Achei que o monstro perdeu muito da sua expressao e dramaticidade por conta dos fofinhos e esvoaçantes pelos de coelho.

    No mais, parabens pela ideia, pelo conceito, pelo teu trabalho, e pelo tutorial passo a passo, super bem ilustrado e didático! Transparece realmente sua paixao por esse tipo de arte! Meus parabens!

  24. Valeu cara mas postar aqui uma listade todo o material é bem difícil, porque eu tenho muito material mesmo. Se eu tivesse que comprar tudo para fazer esta peça do zero, este custo inviabilizaria geral.
    Além do mais, falar em preços é algo datadao, né? Isso vale hoje e daqui a dois anos não vale mais, os valores já são outros. Então o que eu faço é colocar cada material que eu uso, falar sobre ele, e mostrar o que ele acrescenta a peça. Isso vem no texto. Aí a galera que ta pensando em fazer um boneco pode olhar e planejar o seu baseado nos materiais que eu usei e fazer seus próprios orçamentos, pq nem todos os bonecos vão usar as mesmas coisas. E preço de mat. de arte tem enorme variação de lugar pra lugar no Brasil e no exterior.
    Eu acho que uma idéia de kit basico para começar nessa parada é 1 caixa de polyclay de 450g, um jogo de instrumental que pode ser até aqueles de plastico usados para biscuit, arame, base de madeira. Com iso uma pessoa já esculpe o boneco. Aí o resto são tintas sortidas de acrilico e pincéis. Um grande um médio e um minúsculo.
    Com isso já pra fazer uma peça basica.

  25. Muito bom..ficou perfeito..fasso trabalhos parecidos..mas tenho dificuldades para fazer humanos por causa dos dedos…tenho vario bonecos feitos..mas sem mãos rsrsr
    vo tentar fazaer como voce..usandu uma pequena estrutura de arame..

  26. OI! Adorei o projeto, muito foda, fiquei muito impressionado :omg:
    Queria aprender a fazer esse tipo de trabalho também.
    Quanto você acha que custou de material para fazer o monstro e o viking?
    Que massa você usou para fazer a cabeça do monstro?
    Você recomenda a cerâmica plástica da Poliart, ou preferiu a da MSFX Poliesculp?
    Obrigado desde já. 😀

  27. [quote comment="22821"]OI! Adorei o projeto, muito foda, fiquei muito impressionado :omg:
    Queria aprender a fazer esse tipo de trabalho também.
    Quanto você acha que custou de material para fazer o monstro e o viking?
    Que massa você usou para fazer a cabeça do monstro?
    Você recomenda a cerâmica plástica da Poliart, ou preferiu a da MSFX Poliesculp?
    Obrigado desde já. :D[/quote]

    Cara o material é bem barato. Com duas caixas de poliesculp você faz um bonecão enorme.
    A poliart é boa. Eu gostei do resultado do mix dela com a poliesculp e um pouco de super sculpey que eu tinha. Mas se for pra ir nela pura, eu indico a poliesculp macia. Muito boa mesmo. E bem resistente depois de assada. Com 1 caixa e a tecnica do papel aluminio você já faz um boneco inteiro de mais ou menos 18cm.

  28. Oi philip! Eu de novo, nem sei se vc ainda vai responder, mas eu comprei a cerâmica plástica da poliart e preparei todo o material… mas como vc sabe eh preciso botar no forno a 130 ºC, mas o meu forno tem um medidor que a menor opção eh de 150 ºC. Tem problema fazer a 150 ºC?
    obg.

  29. CARACAS MANO ADOREI QUERIA APRENDER ISSO PENA QUE NAO SEI MAS FICOU MUITO LOUCO MANO….. O MONSTRO TAVA CHAPADO E O VIKING ENTAO NEM SE FALA MUITO SHOW PARABENS : 😎 😎

  30. CARACAS MANO ADOREI QUERIA APRENDER ISSO PENA QUE NAO SEI MAS FICOU MUITO LOUCO MANO….. O MONSTRO TAVA CHAPADO E O VIKING ENTAO NEM SE FALA MUITO SHOW PARABENS FELIPE TAVA MUITO LEGAL 😎

  31. CARA, sempre gostei de desenho escultura e afins, vendo uma reportagem sobre animação grafica e seus processos, despertei e resolvi voltar a desenhare esculpir( ja havia tentado comporcelana fria mas os resultados eram muito mais dificeis) reuni o material p, pesquisei varias obras, sites, técnicas, fóruns, mas principalmente me insperei em suas obras, são ótimas.Nota dez. Ia me esquecendo, vc ja escreveu algun artigo somente de pintura, estou tendo dificuldades para um acabamento fino com tinta acrilica. Valeu cara trabalho nota dez.

  32. fala mestre desde que conheci seus trabalhos me apaixonei por essa arte ,e agora estou me atrevendo tambem à fazer algumas peças é claro que nem de perto chega das suas mais queria a sua opinião,isso se vc puder,ela vai ser de grande valor pra min !e o pessoal que curte seu trampo tambem se queser dar opiniões construtivas é só entrar no http://alegalera.blogspot.com/ e me dar uma força,vale disser que ainda não usei essa massa clay em meus trampos ,valeu e muitas vezes parabens pelo sei trabalho e dedicação!! :ohhyeahh:

  33. Philipe, é com imenso prazer que escrevo para você. Acompanho seu trabalho há tempos (mais precisamente, o conheci pelo tutorial do Yoda) e o admiro demais, não somente pelo talento no que se refere às esculturas (minha paixão), mas também pela sua abrangência em vários segmentos culturais (Leonardo da Vinci moderno ????).
    Como disse, sou louco por esculturas e, honestamente, tenho “queda” para a coisa (não sou eu apenas que o digo), porém, como tudo na vida, o que vale não é somente a “inspiração”, mas, principalmente, a “transpiração” (o que me falta).
    Enfim, antes que esse texto se transforme em uma auto-biografia, vou focar no que interessa. Durante o passo-a-passo do seu Viking Warrior, visualizava as imagens, porém, não o consigo atualmente, tão pouco baixar os arquivos. Estou pretendendo modelar um urso polar, utilizando os seus tutoriais.
    Poderia me ajudar ? Grande abraço e sucesso sempre.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.