3 Comentários

  1. BEZALEL

    Essa idéia é muito ótima. Mas não precisava esperar tanto tempo com uma vaca comendo o capim, né? era só retirar ou atear fogo!

    Responder

    1. A vaca é o famoso “passarinho” nessa história. Diz o Chico Buarque (o compositor) que toda boa história precisa ter um “passarinho”. É um elemento quase lírico, que nem precisava estar na história, mas dá todo um sabor a ela. O César maia rebatizou o passarinho de “factóide”.

      Responder

  2. Muito legal… me amarro nesse tipo de coisa… se eu tivesse grana, iria construir um condomínio assim… de casas alternativas, sustentáveis, bunkers e outras coisas legais…

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.