Um oceano de… Diamante? Isso mesmo!

Nós estamos acostumados a ver diamantes sendo usados por nobres e pessoas ricas, adornando lindos pescoços de celebridades nas festas de Hollywood e em exposição em museus.

%name Um oceano de... Diamante? Isso mesmo!

Os diamantes são pequenas pedras caríssimas e o fato de serem altamente cobiçados pode ampliar o impacto de descobrir que no planeta Netuno, existem MARES DE DIAMANTES LÍQUIDOS, onde “icebergs”  de diamantes sólidos flutuam livremente em meio a tempestades espetaculares.

Parece coisa da imaginação fértil de um loouco ou das mais mentirosas histórias de ficção científica dos anos 50, mas o fato de que Netuno possui mares de diamantes líquido está cada vez se tornando mais plausível cientificamente falando.

O Diamante é considerado o material mais duro da Terra, mas sabe-se há algum tempo, que usando temperatura e pressão suficientes, é possível derreter um diamante e torná-lo líquido.

É possível “derreter” um diamante baixando dramaticamente a temperatura e pressão, mas isso exige um equipamento de alta tecnologia.

Na primeira vez que esta estranha experiência foi realizada, os cientistas no laboratório Nacional de Sandia nos EUA, queriam derreter o diamante sem que ele se tornasse grafite. Os cientistas conheciam o fato de que em elevadas temperaturas, o diamante sofre alterações em sua estrutura e torna-se grafite outra vez. Eles então usaram uma pressão 40 milhões de vezes superior à pressão atmosférica na Terra ao nível do mar. Então o diamante se liquefez. Em seguida, usando poderosos feixes de lasers, eles elevaram a temperatura gradualmente.

Então, os cientistas mudaram a pressão para apenas 11 milhões de vezes a pressão da Terra ao nível do mar. Em seguida, reduziram gradualmente a temperatura em 50.000 graus. Pequenos blocos de diamante sólido se formaram.  Os cientistas continuaram a baixar a pressão e temperatura gradualmente para estudar o que acontecia no diamante. Foi quando algo estranho aconteceu: Um microscópico pedaço de “iceberg de diamante” flutuou livremente no diamante líquido.  O diamante superaquecido e sob alta pressão comportou-se como a água.

Esta descoberta foi interessante porque sabemos que a maior parte dos materiais terrestres se torna mais densa quando sólidas. A água é um dos raros materiais na Terra que é uma excessão a esta regra, pois o gelo é menos denso que a água líquida e por isso, flutua.

A teoria de um oceano de diamante líquido atende e explica uma questão intrigante sobre a razão que leva aos polos magnéticos e geográficos do planeta Urano e Netuno não serem correspondentes. Mais de 10% da massa total de Urano e Netuno são compostas de carbono. Segundo os cientistas, um oceano de diamante líquido no local certo poderia desviar o curso do campo magnético do planeta, produzindo resultados mensuráveis em sua rotação.

Embora seja um assunto intrigante, este tipo de pesquisa é bem difícil de ser conduzida. Tanto simular o ambiente desses planetas em laboratório aqui na Terra quanto enviar uma sonda ou aparelho para os planetas, é algo que envolverá muito tempo, dinheiro  e muita pesquisa para que seja feito.

Netuno é o planeta mais distante do nosso sistema solar (desde que plutão foi destituído, se ferrou e deixou de ser considerado planeta) o que o coloca numa temperatura de cerca de -218 graus centígrados. Além de fio, ele é grande. Netuno é o quarto maior planeta em massa e o terceiro em diâmetro. Ele tem 15 vezes a massa da Terra.

%name Um oceano de... Diamante? Isso mesmo!

fonte

fonte

Artigos relacionados

Comments

comments

8 comentários em “Um oceano de… Diamante? Isso mesmo!”

  1. “O Diamante é considerado o material mais duro da Terra”…

    Pô Philipe, você que é um cara ligado no mundão HQ, falando um negócio desses?

    E o Adamantium? Fica onde??? Só no Wolverine?

  2. Essa do diamante em estado líquido é nova para mim. Depois de ler o post, fiquei pensando que quanto mais aprendemos, mais descobrimos que não sabemos nada! (e isso é bom)

    Já que você mencionou Plutão, não me lembro de nenhum post aqui no MG sobre ele – em 2016 finalmente iremos ver o danado ao vivo! Acho que seria legal um post sobre os planetas menos populares. Existem muitas imagens da superfície de Vênus, vistas pelas câmeras das sondas Russas Venera.

    Tá aí as minhas sugestões! X)

    Um super abraço,

    tio .faso

  3. Tenso é dar um mergulho num oceano de diamante e tomar um caldo…

    Claro, se você for capaz de suportar a pressão atmosférica, o frio e for capaz de respirar hélio ou metano…

  4. Então quer dizer que pressão em Netuno é de quantos mihões maior que a da terra? E a temp.?
    Não entendi essa parte.(É possível “derreter” um diamante baixando dramaticamente a temperatura e pressão, mas isso exige um equipamento de alta tecnologia). É pra aumentar ou diminuir a pressâo e a temp.?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.