Sem ideias de novo

Depois de um tempão sem escrever aqui no blog, encontro-me sem ideias novamente. Estou passando por uma pequena crise, na verdade e isso tem me tirado a vontade de escrever aqui. Sei que parece meio frescuragem, mas dias atrás, depois que num exame de rotina um médico disse que eu poderia estar com câncer no baço, dei uma desanimada.
Na real meus exames de rotina mostram que estou quase a letra da musica dos titãs “o Pulso”…
Baço aumentado, plaquetopenia, pólipo na vesícula, pedras uma em cada rim, nódulos no fígado… Num mesmo mês tenho que ir em urologista, hematologista e hepatologista, fora os exames que cada um desses vai mandar fazer.

 

ATUALIZADO:

Eu não tinha merda nenhuma do Baço. Fiz uma tomografia computadorizada que é bem mais preciso que uma ultrassonografia e o exame mostrou o baço normalzinho lá. Meu polipo na vesícula realmente existe e as pedras no rim são bem menores do que a ultra sugeriu. Tipo MUITO menores.

Pra piorar peguei um resfriado ou uma dessas viroses vagabundas e estou catarro puro.
Não acho que esteja com câncer, mas fiquei desanimado de escrever, pq sempre que penso nisso, me parece uma coisa que estou me forçando a fazer por obrigação, e meu desejo é todo concentrado em fazer outra coisa, como modelar em 3d e imprimir coisa na minha impressora nova, que por sinal vem sendo uma relação de amor e ódio ultimamente, uma vez que estou tentando usar nela uma resina turca que eu comprei no mesmo dia que comprei a impressora e que tenho quase certeza que o gringo do ebay se confundiu e me mandou a resina errada. Com um insumo que custa mil e oitocentos paus, não é algo que você joga no lixo e compra outra. Nem tenho como devolver pq comprei no ebay espanhol, de um vendedor grego, a resina é turca e eu mandei entregar na Alemanha. É um típico case de globalização. Se funcionasse, a merda turca seria lindo.

ATUALIZADO

Eu consegui fazer a merda turca funcionar e pelos resultados preliminares ela vai sair da pior resina que já usei para a melhor.

Com relação às modelagens, sigo firme e forte atendendo a encomendas e criando umas peças que estou fazendo em parcerias comerciais, como um Ultraman que pretendo lançar em conjunto com meu amigo Fred em breve.
Eu acho que vou bater meu recorde de parceiros comerciais em projetos diversos esse ano.
Eu também andei dando umas modeladas em 3d como diversão, pq tb sou filho de Deus. Essa peça abaixo começou de um modo engraçado que na falta de coisa melhor pra falar, vou contar aqui: Eu fiquei um dia desses sem internet, e liguei pra empresa pra saber “que merda é essa”, já que tô pagando caro, quando fui recebido pela solícita mocinha da gravação eletrônica, que prontamente me mandou sair digitando números no teclado afim de ir determinando o meu problema. Finalmente caí na lista de espera do atendimento técnico, que sem zoeira, começou a demorar tanto, mas tanto, que botei o telefone no viva-voz e abri o Zbrush e comecei a modelar enquanto esperava.
Saiu o Sr. Myiagi, do Karatê Kid.

%name Sem ideias de novo
E o pior: Não fui atendido. A ligação caiu.

Depois que a internet voltou sem desculpas nem explicações, acabei dando uns ajustes no Pat Morita, e ele vai virar um mini-busto em breve pra ficar ao lado do meu bonsai. Pelo menos serviu pra isso.

Com relação às novidades não tem muito além disso, uma vez que entre os projetos secretos dos quais eu não posso falar por sigilo e as coisas que nunca foram novidade, como meu desejo permanente de me mudar para a Europa tá tudo na mesma. A coisa aqui no RJ ta preta. Ontem mesmo teve tiroteio de metralhadora com vários mortos aqui em Niterói. Dei uma sorte ferrada, porquê eu IA SAIR pra ir comprar uns insumos e estaria bem ali no lugar que o tiro comeu solto entre bandidos que queriam roubar um carro forte e seguranças armados na hora do trelelê. Felizmente eu estava com essa virose que me faz querer ver netflix imóvel como uma sucuri que comeu a capivara.

Talvez essa virose maldita tenha salvado minha vida, vai saber, né?

A sensação geral é que a violência chegou a um ponto insustentável num estado em que a palavra “falir” acho que já nem mais se aplica. O RJ morreu. Falência dá uma certa sensação de esperança, de que pode haver uma solução, um interventor, um empréstimo mágico… Mas morte é morte, e do jeito que tá, acho que é morte cerebral. Uma ou outra batida do coração pode ocorrer, mas o quadro geral do estado do Rio é de abotoar o paletó de madeira e dar a extrema unção.

Tenho feito também umas réplicas do sabonete do clube da luta. Eles eram só para a compra do poster, mas a galera gostou e resolvi lançar uma caixinha com dois. São artesanais, de fragrância de lavanda, mas não é feito com gordura humana.
%name Sem ideias de novo

Ah, é. Tem uma parada que eu não sei se postei aqui. Tô gagá. Seja como for aqui está ela, que fiz outro dia, por diversão também, que é um bustinho daquela Mona Lisa Ebe, daquele caso (fraudulento) da Apolo 20, lembra? Esse caso é a história de um astronauta chamado William Rutledge, que diz ter participado de uma das últimas missões Apolo *(acho que a última) que se tratou de ir explorar uma nave extra-solar que esta caída há milhares de anos em solo lunar. A mona lisa seria um dos dois seres que foram resgatados congelados de dentro da tal nave (monstruosamente grande) pelos astronautas da Apolo 20.
%name Sem ideias de novo

 

Artigos relacionados

Comments

comments

5 comentários em “Sem ideias de novo”

  1. Philipe!

    Boa noite, faz um tempão que não escrevo, também ando cabrero com um monte de coisa. Mas bicho, vaza desse Rio de Janeiro! De boa, ainda tem lugar legal aqui no BR mesmo, se nao conseguir dar o pinote e ir para a Europa. Florianópolis é bacana, o interior do PR também… Há as Serras Gauchas que também valem a pena. Tem Campos do Jordão em SP que fica bem localizado no SE… Mas caia fora desse lixo que é o RJ.

  2. Cara não sei nem o que falar depois do texto do sem idéias mas gostaria muito se você fizesse um texto sobre o cara que acordou sem olhos na beira da estrada acho que foi década de 90. Inclusive num vídeo de ufologia, que acho que você citou no blog, senão me engano aparece como mutilação humana tipo o cara na regressão só se lembra de ter parado algo que ele achou ser um carro e desceu dois caras de capacete. Fala mais sobre por favor.
    Abraços

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.