Presídio de contêiner: por que não?

Outro dia estava pensando em como poderíamos ajudar a rapidamente reduzir o problema de superpopulação carcerária no Brasil. No Brasil temos muitos presos ocupando celas pequenas. Isso resulta num problema grave de contaminação por tuberculose entre os presos, somado com o fato de que os presídios hoje se tornaram escolas do crime.
Eu não entendo por que razão as cadeias funcionam como grandes depósitos de detentos, misturando gente condenada por assassinato com gente condenada por agressão, vandalismo, pq não pagou pensão ao filho, e assim por diante. Na minha cabeça, não faz sentido algum prender um cara condenado por furto com um assassino ou um cara do trafico numa mesma cela.

Muitas pessoas comentam que gostam do fato das cadeias brasileiras serem um inferno, porque assim elas são uma forma extra de foder o preso. Mas essas pessoas esquecem que a cadeia não serve para foder o preso. Ela serve pra separar o preso da sociedade, e o que NÃO acontece hoje numa cadeia é isso. Nego lá de dentro fala no celular, manda matar polícia, barbariza…
Eu acho que deveria haver uma reforma do sistema penitenciário a começar pela digitalização do sistema de condenação e progressão de pena, para que o computador oriente essa progressão e não essa merda toda ser feita manualmente por millhões de advogados carregando pastinhas para o juiz. O sistema judiciário é precaríssimo apesar do seu custo absurdo aos cofres públicos.

A segunda etapa deveria ser separar os presos por graus de risco social. Um estelionatário misturado com assassino é desperdício de vaga num presídio de segurança.
Para presos de grande periculosidade, como esses lideres de facções, como comando vermelho, amigos dos amigos, PCC… Esses precisam de presídios clássicos nos moldes internacionais de segurança máxima. Mas quando você vai ver, há uma montanha infinita de presos que poderiam facilmente se enquadrar em baixo potencial de risco. Essa galera poderia ser separada em presídios menos caros. Uma ideia de presídio de baixo custo para presos com pouco ou nenhum risco de fuga, são os feitos com soluções mais simples que paredes duplas de concreto.

Pega-se um monte de contêineres navais, empilha essa merda e converte eles em celas. Será que daria certo? Vejamos. Um contêiner é uma caixa de aço reforçada capaz de se autoestruturar e se empilhar facilmente. Ele tem dimensões bem generosas quando comparado ao espaço dado aos presos hoje no Brasil.  Você solda eles em grupos e eles viram “prédios”. É rápido. E resolve. Basta cobrir eles com um telhado que eles não ficam muito quentes.

Um hotel de contêineres

Acredite ou não, lá no exterior alguém viu que contêineres eram um bom produto para se usar na construção civil. Logo, eles acabaram sendo usados como casas, escritórios e também hotéis.

%name Presídio de contêiner: por que não?

O Dock Inn Container Hostel está localizado na cidade resort de Warnemünde, na Alemanha, perto do porto e do estaleiro.

%name Presídio de contêiner: por que não?

Segundo os designers da Holzer Kobler Architekturen e da Kinzo Architekten , o charme da indústria tornou-se um local ideal para homenagear a vida passada dos conteineres no mar.

%name Presídio de contêiner: por que não?

O Dock Inn é composto por muitos contentores marítimos convertidos e oferece aos seus hóspedes 64 quartos com 188 camas

 

… cada um dos quais é caracterizado por um design interior claro que combina chique urbano com charme industrial. Imagem: Kinzo Architekten

 

Os quartos variam em tamanho de um a oito leitos. Imagem: Kinzo Architekten

Eles são todos compactos, mas com um interior elegante.%name Presídio de contêiner: por que não?

 

Em alguns quartos, as paredes vermelhas brilhantes contrastam com os lençóis brancos, em outros estofados feitos de materiais naturais em cores suaves criam uma atmosfera calma. Imagem: Kinzo Architekten

%name Presídio de contêiner: por que não?

Grandes janelas permitem a entrada de luz natural no interior. Imagem: Kinzo Architekten

 

A pousada também tem várias áreas sociais, incluindo uma grande sala de estar … Imagem: Kinzo Architekten

%name Presídio de contêiner: por que não?

… sala de computadores … Imagem: Kinzo Architekten

%name Presídio de contêiner: por que não?

… a cozinha … Imagem: Kinzo Architekten

%name Presídio de contêiner: por que não?

… um restaurante no local e até um spa na cobertura. Imagem: Kinzo Architekten

%name Presídio de contêiner: por que não?

E nas áreas comuns, os designers usavam paletes antigos que eram transformados em áreas de estar na sala de estar. Imagem: Kinzo Architekten

%name Presídio de contêiner: por que não?

Claro que um hotel não é a mesma coisa de um presídio, mas considerando que no Brasil nego chegou a colocar preso no porta malas da viatura por falta de cela… Poderia ser uma solução de baixo custo e rápida implantação para presos de pequeno risco.

Artigos relacionados

Comments

comments

4 comentários em “Presídio de contêiner: por que não?”

  1. Olá Philipe!
    A ideia é realmente boa. Aqui no Paraná temos a aplicação de containers em presídios como solução de espaço. Segue link. Abraços!
    https://www.google.com/url?sa=i&source=web&cd=&ved=2ahUKEwjP54208djfAhXCjpAKHUKOAI8QzPwBegQIARAC&url=https%3A%2F%2Fwww.gazetadopovo.com.br%2Fpolitica%2Fparana%2Fparana-vai-quase-quadruplicar-o-uso-de-celas-conteineres-em-presidios-20m7aebe7qiardokgnezvu2jo&psig=AOvVaw0xw92ORmYhkez2iBbnAx-w&ust=1546854824867898

  2. Essa matéria tem um bom gancho para uma incursão sobre a ética do sistema carcerário, e sobre a justiça penal como um todo. Quando você aborda a questão do depósito x afastamento, e igualmente com as questões latentes da ressocialização (e sua possibilidade/recomendabilidade) e do “presídio modelo inferno” para “foder” mais o preso (qual o resultado disso quando haverá reinserção futura do preso em sociedade?) são objetos acerca dos quais gostaria de ver você discorrer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.