9 Comentários

  1. wagner a. r.

    caraca philipe o blog ta top mesmo, agora esse conto ta muito bom, adoro histórias pós-apocalípticas, invasão alienígena cara, muito bom pra da uma desbaratinada, só zumbi e mais zumbi tava ficando meio cliche, mas também adoro zumbi.
    caraca parabens

    Responder

  2. O conto tá ótimo, com certeza ganharia um oscar se fosse filme. É sacanagem que quando está na melhor parte (quando o leitor já está quase explodindo as calças) aparece esse “continua”. Literalmente uma broxada na leitura. kkk

    Responder

    1. Pois é, mas sem o continua muita gente acharia estranho, pois o conto pararia subitamente. Como eu começo a parada e não sei como vai acabar, um conto pode ficar numa pagina ou pode ficar em duas, vinte, ou duzentas (coo conto do zumbi). Sem o continua seria estranho manter a continuidade. Esses textos são criados on the fly, praticamente enquanto você lê. Assim, eu não faço tudo e vou publicando. Eu vou fazendo e soltando, é quase como um “se vira nos 30”. Por isso o continua é importante, porque como não é uma novela, eu posso ter algum compromisso profissional que me impede de continuar o texto no dia seguinte. O continua marca que vou dar continuidade à história, mas sem uma data definida. (tem post aqui que tem “continua” há mais de um ano!)

      Responder
  3. Julianavetro

    Uhuuuu! Muito bom!!!!! Adorei o site novo, adorei a parte nova do conto, adorei tudo!
    Parabéns! Estou aqui anciosa para a próxima parte!!!!!
    Bjos
    Juju

    Responder
  4. DanXP (Daniel Bart Pinheiro)

    Ué, mais um continua? Achei que você ia terminar na parte 4, mas tá muito bom, a cada capítulo o suspense aumenta

    Responder

    1. Eu ia, mas precisei sair e só me restou dar mais um continua… Tô com mais continua que jogador pereba de videogame!!!

      Responder

  5. Essa arma em forma de tubinho que o Hug achou e que tem 3 furinhos me lembra aquela arma do predador que também tinha 3 furinhos dispostos em forma de triângulo e que disparava um raio laser que era como um canhão.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.