Os 20 melhores filmes de ficção científica

Eu sempre fui um fã de filmes de ficção científica. Lembro claramente que foi assistindo um que eu me vi pensando seriamente em trabalhar com aquilo um dia.

Do mesmo jeito que a outra lista, dos filmes de terror, esta lista é baseada na minha opinião pessoal. Certamente vou esquecer algum muito bom e etc. Mas vamos a minha lista dos vinte melhores filmes no gênero sci-fi. A lista não está ordenada qualitativamente, ok?

1- 2001 uma odisséia no espaço –

Este filme foi um marco. Eu não tinha idade para ter visto ele no cinema, e por isso acabei vendo só na Tv. Mas foi a primeira vez que vi a ausência de gravidade numa produção de Sci-Fi. O filme começa com aqueles macacos, uma experiência espetacular. Confesso que foimais um delírio visual, pois eu não tinha capacidade de interpretar aquela coisa do monolito criada pela mente do Arthur Clark. Custei a conseguir ver este filme inteiro. Acho que só na quarta ou quinta vez, eu consegui. Sempre dormia por causa das cenas longas e silenciosas.

2-Star Wars –

Esta série de filmes nem deveria ser considerada ficção científica, afinal de ciência não tem nada. Mas convenhamos que ver um cara num planeta congelado correndo sobre uma coisa que era uma mistura de canguru com camelo, naves e espadas de luz que cortam aço como se fosse manteiga é um troço irresistível para um menino. E o que dizer da profusão de aliens, monstros, principes e princesas disparando lasers. E os robôs? Star Wars não é científico, mas é a maior diversão. Foi vendo o Imperio contra-ataca no cinema que eu resolvi ser maluco. Passei mais da metade da minha vida sonhando em ir trabalhar na ILM por causa do filme.

3- Alien o 8 passageiro –

Obra prima. A única coisa que eu não gosto no Alien é que eu não trabalhei nele. Eu adoro tudo, os conceitos, o enquadramento, o estilo, a musica, a narrativa e principalmente o monstro, do Geiger. A cena em que o alien hospedeiro sai do peito do cara é um classico do cinema. Pra mim, o grande merito de Alien é conseguir fazer Sci Fi e terror num filme só.

4- GATTACA –

Eu só vi este depois de burro velho. E é muito bom. A idéia é ótima, o visual interessante. Não tem lasers, naves explodindo nem robôs. Mas a história de suspense te prende do inicio ao fim.

5- De volta para o futuro –

Este é muito bom mesmo. Filme de maquina do tempo, cientista maluco e adolescente skatista que faz o pai se apaixonar pela propria mãe. Certamente o primeiro é o melhor de todos.

6- Inteligência Artificial  (AI)-

Este foi umdos filmes de ficção científica que mais me tocou. Um dos mais tristes e mais bonitos jamais feitos. Eu confesso que nunca pensei que lacrimejaria vendo um robô ser abandonado pelo dono. Eu considero este um dos melhores filmes Sci-fi de todos os tempos.

7- O exterminador do Futuro 2-

Nossa, este humilhou. Eu tinha nove anos quando iso surgiu no cinema. Durante um bom tempo eu fiquei com a imagem do robô caveira na cabeça. Mas de um certo modo eu penso que o Terminator 2 foi melhor que o 1 porque o 1 foi feito num tempo em que os efeitos eram apenas físicos e de fato, não havia como fazer o 2 naquela época. Quando foi lançado, nos anos 90, os efeitos digitais estavam iniciando sua escalada fotorrealista e foi absolutamente impressionante ver o robô derreter, passar através de grades e assumir formas diferentes. Além da história, que é genial, e o Arnold, que nasceu para fazer papel de robô. Não vi nenhum além do 2 porque tenho medo do que podem ter feito com o filme.

8- Robocop 1 –

Eu me lembro claramente quando acabou o filme no cinema. O cine Rex acendeu as luzes. Eu e outros meninos da minha odade levantamo-nos mecanicamente das poltronas e caminhamos duros, movendo o pescoço de modo eletrônico. Éramos pequenos robocops. Eu fui andando como o robocop até a casa da minha vó. Certamente quem me viu na rua deve ter pensado que eu tinha algum tipo de paralisia mental.  O Melhor de Robocop 1 na minha opinião, não é o robocop em si, mas o ED 209. Aquilo parecia real, movia-se de modo real e era mau. Porra, eu amei este filme do inicio ao fim.

9-  Eu-Robô –

Este filme é legal, baseado numa obra absolutamente fodástica do Asimov. Os efeitos salvam um pouco o filme, que é meio hollywood demais em alguns casos.

10- Matrix –

Matrix é uma obra sensacional. Eu gosto muto deste filme, apesar dos muios erros e vacilos que possui. A idéia é fantástica, os efeitos bons e inovadores, e realmente ele te prende. Infelizmente, os demais filmes da franquia não tiveram a mesma qualidade do primeiro. Não é efeito especial que salva um filme do gênero, e sim a história.

11- Blade Runner –

Tá aí um exemplo de filme bom, feito com qualidade e cuidado. Blade Runner é um cult no melhor sentido da palavra.

12- Os 12 macacos –

Os 12 macacos é um filme que me fez gostar ainda mais do Bruce Willis. O roteiro dá um certo nós nos miolos, mas é muito bom. Este é um do tipo que só dá pra ver sóbrio.

13- Planeta dos macacos –

Não me refiro ao remake. O remake só vale opela qualidade das próteses faciais do Rick Baker, que são absurdamente incríveis. Mas história, impacto, sensação de fragilidade da espécie humana como o antigo dos anos 60 não há nem nunca vai ter igual. Eu tirei o chapéu para a idéia. Os caras que fizeram o remake deviam ter tido a humildade de fazer EXATAMENTE igual ao antigo, mas com a tecnologia moderna. Só isso salvaria aquela marmota que ficou o remake.

14- Minority Report –

Uma história interessante, com uma série de situações que voc}ê olha e pensa: “Caramba, como eles fizeram isso?” Mas tem umas coisas que recaem o hollywoodismo, como o Tom CRuse pulando de carro em carro a 400km/h. Mas o roteiro felizmente salvou a produção.

15- Mad Max –

Mad max é show. Eu me amarro. O Mel Gibson era apenas um ator australiano de segunda linha quando se inscreveu para os testes de Mad Max. Ele estava indo para o teste e cortou caminho por um beco. No beco, uns caras punks tentaram assaltar ele e o Mel Gibson saiu na porrada. Óbvio que ele acabou espancado, mas foi fazer o teste assim mesmo. Quando chegou todo ferido para o teste, o diretor oulho e disse: É ele!
Mad Max é nostálgico, mas é muito legal. Uma produção tão barata que chega a parecer ridículo ára um longa metragem. George Miller fez o filme com apenas 400 mil dolares. E o filme faturou U$ 100.000 milhões de dólares.

16- Vingador do Futuro (total recall) –

No início eu não levei fé no Arnold, mas no decorrer do filme entrei na história e ao final vi que o filme era bem legal.

17- O Show de Truman –

Este filme é um dos meus filmes preferidos porque mexe com a coisa da desconstrução da realidade. Nele um sujeito é exibido num reality show sem saber, durante toda sua vida. Obra prima.

18- O 5 elemento

Muito legal este filme. Dos taxis que voam aos alienígenas bárbaros. Grandes efeitos e uma história interessante.

19- Laranja mecânica –

Um filme quase tão bom qanto o livro. O visual é bem estranho, mas eu gosto da parte da violência com música classica.

20-

(este espaço está reservado para um filme nacional. Mas não achei nenhum e me recuso a botar aquela merda com Sandy e Juinor aqui)

Há uma idéia ignorante que me parece arraigada na cabeça dos cineastas brasileiros de que filme de ficção científica não pode ser feito no Brasil. Quando é feito é na base da chacota ou produções caça-níqueis oportunistas. Será que é caro? Será que é impossível? Será que não tem mercado? Será comodismo? Será que não temos bons roteiristas para criar histórias originais no gênero?

São questões para se pensar.

Artigos relacionados

143 Comentários

Compartilhe suas ideias