O próximo boneco – Viking Warrior?

Eu estou pensando sériamente em fazer uma peça 100% minha dessa vez. Um boneco que é idéia, conceito, escultura, pintura, 100% da minha caixola.
Hoje enquanto eu andava na rua, comecei a me lembrar da musica do Conan, e me veio a mente como seria foda ter um boneco que é basicamente um diorama, onde um guerreiro viking senta o machado nas costas de um puta ursão polar violento.
Ia ficar bem maneiro, e a estética vicking dá pra ABARROTAR de detalhes, do jeitinho que eu gosto. O bom seria poder simular a neve na peça, como se eles lutassem em algum lugar do ártico.

O próximo boneco - Viking Warrior?

Esta é a primeira idéia. Eu sei que o conceito tá bem meia boca, pq é um esboço beta ainda feito em um minuto. Pretendo estudar mais profundamente a questão de indumentária, as poses e etc.

Mas queria saber o que vocês acham. Tem futuro isso aí?

Alterado: Viva! Acabo de receber uma proposta de patrocínio da MSFX para este projeto. Que bom! Agora ele sai mesmo! O leo se empolgou com a idéia, hahaha. Espero não decepcionar nessa.

18 comentários em “O próximo boneco – Viking Warrior?”

  1. Fala Philipe, aqui estou eu novamente para dar os meus pitacos. O legal de fazer uma peça totalmente original é que você não fica preso a nada e no meio da modelagem acaba mudando a peça, conforme sente a necessidade

    Foi assim comigo quando modelei um personagem que tinha desenhado para um cliente. Veja no link:

    http://durvas.zip.net/arch2006-03-01_2006-03-31.html

    Como o personagem era meu mesmo, acabei mudando algumas coisas que achei que ficaria melhor tridimensionalmente.

    Quanto a esse Diorama do Vicking, acho que pode ficar muito legal. Eu sugiro que você o faça numa escala maior que a do Lobisomem, se pretende abarrotar de detalhes. Acho que fica bem interessante e é mais fácil de trabalhar, pelo menos para mim.

    E estude bem a posição dos personagens antes de começar a modelar. Acho que o “movimento” da cena é o que faz toda a diferença num diorama. Pense na possibilidade de colocar os personagens combatendo frente a frente também. Já vi coisas legais assim. Se decidir colocar o vicking nas costas do Urso, tome cuidado para não parecer um peão de rodeio, senão vai ficar estranho rs… Abraço.

    Responder
  2. Phillip, CENTA com C… põe pelo menos cedilha… pra dizer que é “sem querer”… rsss

    Mas ó, parabéns pelo patrocinio. O lobisomem ficou fantastico. Qdo estava sem os pelos eu fiquei meio desapontada… esperava mais… mas dai, veio os pelinhos, e putz, maravilhoso!

    Abraços,

    Responder
  3. Cara, BOTA PRA KEBRAR nesse boneco!
    tu é muito rochedo, já te disse isso, e teu talento pra os bonecos é inquestionável!!
    espero ansioso o Viking!!
    já assistisse o filme “Desbravadores”?? Rapaz… akeles vikings são assustadores… se n viu veja q vc vai adorar o visual (o filme em si é + ou -)
    fica com Deus!
    té +!

    Responder
  4. Verena: Foi mal, falha nossa, hehehe. Eu que curto tanto o esquadrão da II guerra “Senta a pua” não podia ter dado um mole desse naipe. Acho que foi a empolgação.

    Durva – Eu pretendo fazer um pouco maior, o problema todo é a questão do tamanho da peça para ser assada, pq meu forno não é muito grande. Isso limita o tamanho das peças. Mas talvez dê jeito de assar em partes. Vamo vê.

    Matheus – Cara não vi não, pq todo mundo falou mal. Mas vi umas imagens.

    Biel – LOTR já tem muita coisa, além de ser uma franquia. Mesmo seguindo apenas pelo livro e desprezando o excelente visual do filme, eu acho menos criativo do que uma idéia 100% minha.

    Responder
  5. Ótima idéia! Tô tentando me lembrar que raio de jogo tem uma abertura que tem tipo um cara (acho que era um anão) com um rifle e tem “um ursinho” como cão de guarda… lembro que era um rpg massivo…

    E agora com as técnicas de pelos vai dar para simular roubas de couro e a própria pelugem do urso!

    Sou partidário de ao invés de um cara normal (magrelinha e sem sal -poucos músculos) fazer tipo um Conan power… um misto de conan com hulk, tudo isso montado num puta ursão branco mitológico, segurando um machando de duzentos e vinte poucos quilos!

    Boa sorte e vamo que vamo te acompanhar!

    Um grande abraço,

    .faso

    Responder
  6. Eu acho que não vai ter muito jeito de escapar do lance mais fantasia mesmo, porque ursos polares são bastante bonitinhos, e não fica bem o cara matando um bichinho todo fofinho. Tem que ser uma criatura do capeta mesmo o tal urso, com no mínimo o dobro do tamanho do cara.
    O segredo desse tipo de peça no “Conan way of life” é que o impacto reside no contraste abissal entre a massividade do urso e o cara. Pela lógica, quanto menos cavalar for o herói, mais catastrófica parece a batalha. Mas esse não vai ser magrinho não. Vou fazer um viking no melhor estilo barbaro mesmo. Bem socadão. E mau… Muito mau!

    Eu gosto da idéia dessa peça porque ela representa a humanidade, o lado racional tentando dominar e subjugar o lado animalesco, o lado primal, a fúria que todos temos dentro de nós. A peça reflete um conflito permanente que permeia toda a nossa estrutura de pesonalidade.
    Não é apenas uma luta. É a síntese do ser humano.

    Responder
  7. Ah! Pensei que ele ia estar montado… se for p/ brigar, melhor que seja mais disproporcional a disputa (hehehe)

    Já vai ter mais uma experiência para fazer: efeito de sangue em pêlos! (briga de titans sem uma gota de sangue vira desenho da Warner! XP)

    Abraços,

    .faso

    Responder
  8. Muito excelente…

    Mas seria mais legal se os dois estivessem brincando em harmonia e paz, com coraçõezinhos e abraços. E fazer isso sem parecer que é um viado com um urso-viado.

    HEHEHEHEHEHEHEHE

    Como sei que não é muito possível, ele tacando o machado no pobre ursinho-indefeso-de-garras-afiadas-e-dentes-medonhos será excelente!

    Responder
  9. Ah, Phillipe:

    Não sei como é o lance da temperatura para assar o trocinho, mas você deve conhecer alguma padaria ou pizzaria com forno a lenha. Aqui em sampa pelo menos, é tradicional assarmos o pernil de natal nas padarias (já que nem todo mundo tem forno a lenha ou fogão realmnete grande em casa).

    E se você já conhece os produtos que os proteticos usam, você pode tentar achar um laboratorio que tenha um forno maiorzinho.

    Ou algum restaurante/bar/boteco/ casa da tia-avó que tenha um fogão 6 bocão, ou forno industrial…

    Bem, são só dicas. Mas queria saber também se você permite que eu copie alguns tutoriais, como o do heroi em 24h para mandar pro pessoal do curso de design da uniban. Nós temos no 1º ano um curso de modelagem com massa, e molde de silicone e resina (já “brincou” com isso? Eu achei demais rsss)… e o lance dos bonequinhos eu achei demais rsss…

    Abraços,

    Responder
  10. A idéia está legal, o personagem, o machado, mas acho que o Urso aí só vai dar trabalho. Será que não fica melhor só o personagem na pose e a pele do urso apenas cobrindo os ombros ou em forma de capa?
    Um personagem para ser cavalgado poderia ficar para um outro trabalho, que seria no caso uma louraça peladona, peituda, com uma tanga de couro e aqueles adereços de guerra, colares feitos das presas de um tigre, pulseira e tornozeleira de pedras brilhantes, cavalgando um bruta de um lagarto verde, tipo aqueles desenhos HQ da revista Kripta, ou aquelas batidas cidades perdidas do Tarzã – que dão um efeito espetacular no quadrinho…é só sujestão, blz?
    O Lobisomem Sinistro ficou 10.

    Responder
  11. Verena, fique a vontade para usar os tutos aqui do mundo gump. Mas coloca o link lá pra galera que quiser acompanhar os futuros tutos aqui aproveitar. Toda propaganda do Mundo Gump é ULTRA bem vinda.

    Sobre moldes de silicone e resina, sugiro voc~e dar uma olhada no meu tutorial do Yoda em http://www.portifolium.com.br/philipe na parte de artigos. Tem um outro que eu fiz aqui, é enorme, maior que o do lobisomem. È o personagem John Locke de lost, que eu criei uma matriz e dupliquei sete peças para dar e sortear entre os leitores, saca só:
    http://www.mundogump.com.br/2007/08/21/projeto-boneco-do-john-locke-lost-parte-11/

    Responder
  12. [quote post="1648"]A idéia está legal, o personagem, o machado, mas acho que o Urso aí só vai dar trabalho. Será que não fica melhor só o personagem na pose e a pele do urso apenas cobrindo os ombros ou em forma de capa?
    Um personagem para ser cavalgado poderia ficar para um outro trabalho, que seria no caso uma louraça peladona, peituda, com uma tanga de couro[/quote]

    Cara o urso não vai ser cavalgado. Ele vai lutar com o viking. Acho que isso ficará mais claro no próximo concept. (daqui a umas duas horas mais ou menos eu postarei) Concordo que isso aumenta muito o trabalho, mas aumenta também muito a diversão, a dificuldade e também o aprendizado.
    Você me pergunta: por que? Eu te pergunto: Por que não?
    O urso é importante, porque conforme eu falei pro Fabio Sousa:

    “Eu gosto da idéia dessa peça porque ela representa a humanidade, o lado racional tentando dominar e subjugar o lado animalesco, o lado primal, a fúria que todos temos dentro de nós. A peça reflete um conflito permanente que permeia toda a nossa estrutura de pesonalidade.
    Não é apenas uma luta. É a síntese do ser humano.”

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares