25 Comentários

  1. Luciano Ska

    Obrigado pela proposta de parceria. Seu link já está em meu blog Philipe.

    Um abraço

    Luciano Ska

    Responder
  2. Ásbel

    uhauhah
    caraca, eu já tinha feito umas coisas do tipo, mas essa sua foi a mais doida de todas… uhahuahua

    e sobre a parceria, eu aceito sim, meu.. eu colocarei o seu link no meu blog o quanto antes, ok?
    valeu

    Responder
  3. Bruno K. O. Nunes

    e aí cara blz, eu sou o bruno nunes do 100leitores e claro que aceito fazer uma paceria, na próxima atualização do blog, seu banner vai pra lá, blz… e outra coisa, seu nome é phillipe king mesmo ? se for é muito maneiro, deu sorte rsrsrssr, abraços

    Responder
  4. Fernando.Sac

    Olá!!!Vc já está linkado no Diversificado!!!Pega o meu banner lá tbem!!!Abraços!!!

    Responder
  5. Nikita-El-Amar

    Caraca, Philipe, você é MUUUUUUUUUUITO engraçado! A história da tênia, então, foi de rolar de rir.

    Deus me livre de ter um bicho desses, já pensou? Aliás, pensou não. Você teve mesmo!

    Nossa!

    Muito bom! Parabéns!

    Responder
  6. Anti-Social

    iuahsdiuashdiuahsd

    caralho. você ta vivo ainda?
    ausidhiuashdiuashd
    si deu bem, podia ter morrido lah ;D

    muito bom o texto. eh veridico?

    Responder
  7. fernandokling

    Hahaah Philipe, o Klaucius me conto uma vez, so q eu nao acreditei, e ele nao conta com os mesmos detalhes minuciosos q vc…rsrs…ceis tinham q ter levado COMIDA na mochila rsrs

    Responder
  8. Anonymous

    Olá Philipe!
    Meu nome é Guilherme Bortoli, sou responsável pelo blog Grisè Comunicação (blog.grise.com.br) e recebi seu interese por parceria!
    Temos interesse em firmar parceria, mas por uma questão técnica, não posso disponibilizar um banner seu no blog. O que posso te oferecer é uma troca de links!
    Caso tenha interesse! Entre em contato novamente!
    Grande abraço!
    Guilherme Bortoli

    Responder
  9. Philipe

    Então, vamos por partes:
    Luciano – Valeu. Tô botando aqui tb.

    Azbel Boyz – A mais doida de todas eu ainda nem contei. Uma delas é a que eu roubei um cadáver num cemitério. Procure na seção aventura. Tá lá.

    Bruno K. – Meu nome é Philipe Kling David mesmo, de batismo e tudo. Um nome cheio de viadagem, eu sei. Valeu pelo link. Tb vou linkar aqui.

    Fernando – Galera esse aí é o Fernando, meu primo também. Ele conhece o Klaucius, viu? MAis um a comprovar a realidade das aventuras Gump. Com o blog comprovar é mais fácil, porque quando eu não tinha o blog era foda. Eu tive que levar minha mãe no meu trabalho umas três vezes para confirmar as minhas aventuras pro pesssoal.

    Nikita, valeu por vir. De fato ter uma minhocona com o dobro do meu tamanho na barriga comendo tudo que eu como não é algo muito gostoso. Mas a gente vai levando. Pelo menos eu era 10kg mais magro.

    Anti-social – Valeu cara. A história é absolutamente verídica. Sem nenhuma invençãozinha pra dar brilho. Nem um “passarinho” sequuer. È a pura aventura real tal como aconteceu. Na seção aventura tudo que está lá é absolutamente verdade.

    Guilherme – Tá beleza cara. BOta o link e eu boto um banner pra vc aqui. Sem galho.

    Valeu pessoal. Em breve mais uma aventura do Mundo Gump. Abraço pra vcs.

    Responder
  10. Magrão

    Valew pelo comentário.
    Gostei do Blog, o Link já está no Entretenha-Me!
    []’s

    Responder
  11. Irmão Fabiano

    Dentre as nostalgicas histórias véio-rosenses estão as várias aventuras de mountan bike (ou trilha, como chamamos) que já fizemos.
    Praticamente todo o final-de-semana era uma, ou seja, o caminho no meio da mata já estava mais do que decorado.
    Porém, se não me engano, na 2ª vez que “partímos rumo ao desconhecido”, também nos perdemos mas, por sorte, encontramos logo algumas centenas de caixas de abelha (sim, foi sorte, porque aonde tem caixas de abelhas tem gente para cuidá-las).
    No mais, noutra peregrinação, a fome foi tanta que comemos rúcula crua (devia ter o gosto de grama que você relatou) – daí descobrimos que no meio do trajeto tinha um latícinio que fazia doce de leite (meu Deus, vocês tem noçaõ do que é comer sozinho um pote de doce-de-leite???)
    Há ainda a história que o Ir. Éder caiu na corredeira do rio de bicicleta e quase foi levado; das guerras de lama; das invasões de propriedade (dignas de MST), dentre outros fatos.
    Mas nada, realmente nada, como o que aconteceu com vc, Philipe.

    Responder
  12. tiza

    nãaao tem como não passar aqui ao menos uma vez ao dia… não dáaaaaaa
    xD

    excelenteeeee

    Responder
  13. Marcus Vinicius

    Cara, também já passei por uma situação assim, eu tinha marcado uma trilha no dia seguinte e fui dormir era 02:00 da madrugada, acordei as 06:00 e fui para a trilha, me arrependo até hoje, rsrsrsrsrsrs, mas vale a pena, é isso que difere homens de verdade de menininhos nerds criados em apartamento, que gostam de RPG e GTA Vice City, rsrsrsrsrs, falow…

    Responder
  14. alex

    Ou doido d++ sua escrita, pega todo seu materia e leva pra uma editora! Se eles gostarem vc ganha uma grana!!!
    abraço!

    Responder
  15. ana maria

    vozes das pessoas como se viessem de dentro de armários. Esta
    frase é única!!! Só vc mesmo… 😀 . É nâo dá para passar uma noite sem dar um pulo no Mundo Gump. :]

    Responder
  16. Farfely

    Uma das melhores histórias que já li, retrata muitas situações parecidas que já vivi, sou seu fã =)

    Responder
  17. DANIEL

    Cara, suas aventuras são d+,
    Mas ir fazer mountain bike sem comer eh loucura mesmo

    Responder
  18. Thammara

    philipe todas essa historias são veridicas msm?
    kkkkkk me acabei com essa aquii to postando seu blog no meu twitter

    Responder
    1. Philipe3d

      As de seção aventuras são reais. As da seção contos são inventadas

      Responder

  19. cara, fantástico….sou psicologo tbm… e devo admitir… vc é muito bom… rssrs ( calma não é cantada..rsr).
    Parabéns pela criatividade de capacidade de escrita. abraços!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.