Menina com pernas de elefante quer ter uma vida normal

Wang Cheng aos 6 anos de idade começou a sofrer de uma doença que entupia suas veias das pernas de modo que elas começaram a inchar absurdamente.  A doença chama-se elefantíase, e é causada por um parasita transmitido por um mosquito. No Brasil ela é chamada de Filariose ou filaríase.

Menina com pernas de elefante quer ter uma vida normal

Weng que vive em Taiwan pasou a ter uma vida triste e reclusa desde que contraiu a doença. O peso e a dor impossibilitaram que Weng vivesse uma vida normal. Cada perna da menina chegou a pesar 50 kg e era 3 vezes maior que uma perna normal.

Menina com pernas de elefante quer ter uma vida normal

Após passar por uma cirurgia em cada uma das pernas, Weng Chang teve finalmente sua vida mudada. Após a cirurgia, a circunferência de suas pernas caiu de 66 centímetros para 51.

Menina com pernas de elefante quer ter uma vida normal

Ela agora poderá viver seu sonho de usar minissaia e poder correr.

Fonte

Related Post

21 comentários em “Menina com pernas de elefante quer ter uma vida normal”

  1. A filariose é causada pela filaria, que é um verme fininho que se aloja nos vasos linfáticos, e entope esses vasos, aí a linfa rompe os vasos e se espalha pra fora.
    Essa filariose só dá nos membros inferiores porque o verme ao entrar no corpo tende a descer para a perna, comportamento do verme. Quando incha o saco porque ele “pegou o caminho errado” até a perna, aí se aloja por lá mesmo e começa a inchar.

    Eu nem sabia que tinha cirurgia pra reverter esse quadro, sempre li/estudei que quando o verme obstrui o vaso linfático o edema é irreversível.

    Maneiro, vou até levar pra minha professora semana que vem 😀

  2. July 17th, 2008 at 7:11 pm Citar este comentário

    Será possivel o sujeito ter essa doença em alguma parte inoperavel do corpo? Tipo cabeça ou tronco… :raisebrow:

    Minha professora disse que nunca viu nenhum caso disso no mundo, e provavelmente mesmo que o bixinho entupisse um vaso linfático no tronco ou na cabeça por exemplo, a tendência do líquido que estravasa os vasos seria cair e descer pra perna ou pro saco, sei lá :X

  3. Quando eu estudava isso na escola, ainda moleque, e lia que essa doença era irreversível, ficava pensando que com todo o avanço da medicina, com todos os diagnósticos a raio-x, tomografia, laser, ressonância, ultrassom etc, e com todas as técnicas avançadas de cirurgia, como poderia ser tão difícil encontrar o tal verme e removê-lo via cirurgia.

    Isso era um paradoxo que não entrava na minha cabeça de jeito nenhum. Eu não conseguia aceitar.

    Hoje, Philipe, vc resolveu uma questão minha de infância!! Muito obrigado!!

  4. [quote comment="24544"]July 17th, 2008 at 7:11 pm Citar este comentário

    Será possivel o sujeito ter essa doença em alguma parte inoperavel do corpo? Tipo cabeça ou tronco… :raisebrow:

    Minha professora disse que nunca viu nenhum caso disso no mundo, e provavelmente mesmo que o bixinho entupisse um vaso linfático no tronco ou na cabeça por exemplo, a tendência do líquido que estravasa os vasos seria cair e descer pra perna ou pro saco, sei lá :X[/quote]

    Aí, Jordão. Mostra pra sua professora:
    http://img368.imageshack.us/my.php?image=elefantiaseon3.jpg
    🙁

  5. Conheço isso como elefantiase, e aprendi na escola tudo o que o Jordão disse acima… já ouvi falar de operações sim.. mas não curas… pelo que sei as operações diminuem o volume do membro por um tempo mas volta a crescer… pena, mas isso tem um tempinho já… não duvido que já haja uma maneira melhor de se tratar essa doença.

  6. [quote comment="24918"][quote comment="24890"]Nem para as pernas dela explodirem.[/quote]

    Cara eu vou criar uma campanha para você melhorar o nivel dos seus comentarios.[/quote]

    Eu apoio a campanha.. ;]

  7. poxa eu fiquei realmente muito feliz por essa mossa e qualquer um percebe a felicidade dela estampada em seu rosto, PARABENS LINDA!tudo de bom p/ vc agora ? se cuidar.bjs!

  8. estou com problema de cancer na familia adenocarcinoma do retroperitonio….as pernas ficam extremamentes inchadas..não chega ao ponto dessa menina mas quase…só por DEUS

  9. Não acredito que ainda haja pessoas que brincam com a saúde dos outros. Voçês sabem lá o que é ter uma pessoa da família seja adulto ou criança com um membro gigante devido a este problema, e ver que a pessoa sofre e ainda sofre de bullying ?Acham que alguém escolhe as suas doenças?Muitos sim, e a única que não tem cura é a ignorância.
    Parabéns Philipe por defender esta causa.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares