Malucos da semana

Dessa vez são dois. Um é este cara que é fanático por guerra nas estrelas a tal ponto que o levou a modificar o próprio carro para ficar igual a um X wing. Com direito a uma unidade R2!
Note os canhões de protons nas laterais!
Malucos da semana
Veja mais

O outro é pior. Apresento a vocês Alfie Carrington, o maluco que quer construir seu próprio disco voador. Malucos da semana
Mesmo não possuindo nenhuma experiência ou formação em engenharia aeroespacial, este cara já torrou nada menos que 60 mil dolares em seu projeto de ufo. Alfie faz isso porque acredita que descobriu um princípio novo no design aeroespacial que seria o ponto de mutação para a criação do tipo de avião que a nasaa e a força aerea americana já torraram milhões de dolares tentando fazer.
Carrington tem duas patentes no nome dele registrados para e uma companhia chamada Vertex Aeroespacial. O trabalho dele chamou a atenção da NASA que o convidou para fazer uma palestra em meados de 1990 e todos ficaram bolados quando descobriram que Alfie não sabe absolutamente nada sobre computadores. Carrington espera conseguir os 40 mil dolares restantes para finalizar sua doideira, digo, seu disco vador pessoal e lançá-lo em 8 meses.
Alfie não acredita em Ufos. A idéia dele é construir um veículo para substituir os carros. Algo como os veículos dos Jetsons.
A idéia do aparelho é mais ou menos como um motor que é ligado gerando energia para dois ímãs potentes que geram um grande campo magnético girando os dois discos da aeronave estes discos enviariam ar para lâminas propelentes ( hélices?)
Bem, seja como for, os repórteres do Detroit Free Press foram atrás de um cientista da universidade de Davis na California que falou que a parada não tem como funfar, porque vai estourar devido a monstruosa força centrífuga gerada no modelo do Alfie.
Este por sua vez não quer saber de cientistas e modelos teóricos. Ele prefere fazer para saber quem vai rir por último.
fonte

Related Post

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares