Japonês inventa maquina que pega o lixo plástico e faz virar gasolina. Será?

Olha só este video:

Neste video, vemos a história de um inventor japonês chamado Mr. Ito, que supostamente resolveu um grande problema: Fez uma maquina que pega o lixo plastico, processa ele, transforma em gás, resfria e converte em óleo 100% utilizável. O equipamento poderia inclusive gerar gasolina ou diesel com o resíduo da recomposição do plástico. Assim, você pega seu lixo e enche o tanque do seu carro com ele!

Incrível, não? Eu fiquei em duvida sobre a idoneidade deste video. Não pela possibilidade de fazer lixo virar gasolina, mas porque parece muito bom para ser verdade. No site indicado pelo video do invento, há mais dados.

A maioria dos ambientalistas pensa que a solução para o problema do plastico está na sua redução. De fato, a redução do gerador do problema, pode resultar na redução do tamanho do problema. Por outro lado, todos sabem que o modelo energético vigente desde o século XIX que é o petróleo tem data para acabar. As reservas estão se esgotando e os centos de pesquisa do planeta ja buscam alternativas para a solução da escassez de matéria-prima para a matriz energética mundial. E é na união dos dois problemas que a solução do Sr, Ito atua.

Há quem argumente que a maquina é perigosa, uma vez que poderia gerar poluição ou resíduos tóxicos decorrentes do processo de conversão do lixo em combustível. No entanto, o inventor sugere que, se os materiais adequados são corretamente inseridos na máquina (polietileno, poliestireno e polipropileno – os plásticos chamados PP, PE e PS ), não há nenhuma substância tóxica produzida como resíduo, como ocorre quando você queima o lixo (um grande percentual do lixo plastico tende a ser incinerado hoje em dia). Ele também explica que, enquanto os gases de metano, etano, propano e butano são libertados no processo, a máquina está equipada com um filtro de que remove o gás e o desintegra em água e carbono.

A empresa atualmente está focada na produção de maquinas grandes, de consumo e produção industrial.   O contato deles é este:  [email protected]

Masa pergunta permanece… Será verdade mesmo?
Japonês inventa maquina que pega o lixo plástico e faz virar gasolina. Será?

Hoje em dia, a coisa está ficando de um jeito que é difícil saber se algo sensacional é real ou só um gatilho safado para atrair visitas e gerar dinheiro. Pensando livremente, uma maquina dessa acoplada num carro, lembraria o sistema de combustível do Delorean de de Volta para o Futuro. Jogue seu lixo num lado e ele faz virar combustível. A diferença é que o processador do lixo no Delorean de Marty McFly só consumia lixo orgânico.

Será que isso é possível? Independente de o video do inventor japonês ser um hoax, seria possível uma maquina que faz plastico virar óleo?
Tecnicamente, a resposta é SIM!

De acordo com a revista New Scientist, uma maquina dessas é efetivamente possível. Neste caso descrito, com o uso de microondas.
Esta maquina não somente é possível, como já existe e foi desenvolvida pela Global Resource Corporation (GRC).
Isso me faz ter esperança que talvez o japa tenha realmente feito um invento que funciona.
Dei mais uma pesquisada e acabei batendo em algumas matérias que falam de coisas similares, como o site desta empresa, que já está fazendo isso (exatamente como na maquina do cara, pegando plástico do lixo e fazendo diesel e gasolina!) e há também esta matéria do TreeHugger falando da maquina. Para ver um video explicativo do funcionamento da maquina, sugiro este video da DigiInfoTv.
Eles já passaram da fase de protótipo funcional e estão produzindo!
De volta ao invento do senhor japonês, o video diz que com 1 kg de plastico, eles geram 1 litro de óleo. Me parece algo muito espetacular, um rendimento muito excepcional. Mas sei lá, não sou químico para dizer com certeza se tal rendimento fantástico é produto da genialidade do inventor ou indício de mais um hoax na rede. Há quem sustente que é possível, mas que a energia necessária para gerar este óleo do plástico do lixo seria superior ao custo energético do uso da maquina.
No entanto, ao que parece, segundo o site http://bioenergy.ornl.gov/papers/misc/energy_conv.html 1 Barril de petróleo = 1.700 kWh (kilowatt-hora) de energia. Convertendo isso em litros, sabendo que um barril equivale a 159 litros, e que 1 litro de diesel produz em torno de 11.000 Wh (watts-hora), a maquina não seria deficitária energeticamente, já que seu consumo é de 650 Wh de eletricidade. Na verdade, ao gerar o combustível com o lixo, sem nem contar do benefício ambiental de retirar o plastico do meio ambiente, ela daria um saldo energético positivo de mais de dez mil Watts-hora!

Seja como for, no meu ponto de vista, ainda que fosse desbalanceada energeticamente, esta solução de reciclagem química de plásticos poderia ser uma das melhores soluções para o problema do lixo plastico oceânico.
Japonês inventa maquina que pega o lixo plástico e faz virar gasolina. Será?

Nem todo mundo sabe que o lixo plastico é um grande problema quando depositado no meio ambiente, mas que a coisa piora muito quando, por força das chuvas ou irresponsabilidade, o lixo plastico vai parar no mar. Carregado pelos rios, que desaguam no mar, o plastico atinge longas distâncias e é levado pelas correntes marítimas.

A coisa fica bem grave quando paramos para ver a completa falta de cuidado com o lixo em alguns países pobres da ásia. Olha o rio dos caras:
Japonês inventa maquina que pega o lixo plástico e faz virar gasolina. Será?

Isso tudo vai parar no mar. Com o tempo, a lixarada começa a se fragmentar. Um volume incomensurável deste plastico acaba vagando perto da superfície, áreas onde os fragmentos são facilmente confundidos com peixes, águas vivas e etc pela fauna oceânica. Isso explica porque todos os anos grandes quantidades de detritos plásticos são encontrados nas barrigas de aves migratórias, tartarugas marinhas e outros animais.

Japonês inventa maquina que pega o lixo plástico e faz virar gasolina. Será?
O volume de lixo plastico produzido anualmente tende a crescer e isso já produziu uma das maiores aberrações ao ecossistema marinho de todos os tempos, o chamado “the great Pacific garbage patch” ou na minha livre versão:  “o mar de lixo do Pacífico”.

O mar de plástico é uma região enorme do oceano, que compreende milhares de milhas náuticas. Fica a leste do Havaí. Ocorre que as correntes marítimas levam o lixo que fica boiando perto da costa da Ásia, dos EUA, Japão, Canadá, Alasca, Austrália e etc e deposita num tipo de vórtice, que ocorre neste lugar.
Japonês inventa maquina que pega o lixo plástico e faz virar gasolina. Será?

É uma zona de convergência do lixo a 1600km da costa. Com o tempo, o lixo acumulado ali aumenta a niveis absurdos. Se a situação no nivel da superfície parece grave, debaixo dágua a coisa é muitas vezes pior. Amostras de água do local indicam mais plastico do que plâncton!!! É bizarro!
Japonês inventa maquina que pega o lixo plástico e faz virar gasolina. Será?
A área ocupada  pelo mar de plastico é tão imensa que equivale aos estados de SP, MG, RJ e GO juntos, e só vem crescendo com o tempo. E o pior não é isso. O pior é que são 6 desses mares de lixo no mundo!

Soluções como esta maquina do inventor japonês Mr. Ito, poderiam ser adaptadas para grandes navios filtradores, que com redes metálicas poderiam navegar pelo mar de plastico, recolhendo e convertendo o material em combustível para ser posteriormente levado para usinas e/ou convertido em combustível para o próprio navio filtrador. Como petróleo dá mais dinheiro que lixo, esta poderia ser também uma opção segura para milhares de miseráveis que atualmente sobrevivem de esmolas no mundo. Não é difícil imaginar as gigantes corporações do petróleo comprando toneladas e toneladas de plastico para fazer combustível e por tabela, e melhorando a vida dessas pessoas. Para fazer isso, bastaria boa vontade e interesse global, e é aí que mora o problema!  Se os EUA gastasse um décimo do que eles desperdiçam fazendo bombas com este tipo de equipamento, o benefício para o planeta como um todo seria sensacional.

Related Post

11 comentários em “Japonês inventa maquina que pega o lixo plástico e faz virar gasolina. Será?”

  1. Estranhei a citação de que 1kg de plástico queimado vira 3kg de CO2, não faz sentido. A matéria se transforma mas não pode aumentar a sua massa, seria o mesmo que dizer que para cada 1 unidade de plástico queimado são CRIADAS 2 unidades de CO2, de onde viria esta matéria extra?

    • Bem observado, Doug. Suponho que pode ser um erro de interpretação do que o cara disse pelo sujeito que fez a legenda. Pesquisei bastante sobre essas tabelas de conversão e não achei este valor. Mas achei uma citação que pode ajudar a entender o que talvez ele quis dizer:

      According to Time for Change, the carbon footprint of one kilogram of plastic bags is approximately six kilograms of carbon dioxide, which contributes to global warming.
      | eHow.co.uk http://www.ehow.co.uk/list_7285161_reasons-not-burn-plastic-bags.html#ixzz1sIzxYyMo

      Provavelmente ele se referia a “pegada de carbono” produzida na queima de plastico, e não ao exato volume de CO2 gerado pela queima de 1kg do plástico.

      • O material (polietileno bd) não possui em sua composição o oxigênio.
        A oxidação do polietileno usa oxigênio do ar.
        O oxigênio tem massa atômica 16g, maior que a do carbono (12g), e do hidrogênio, é claro.
        Após a oxidação, cada carbono da longa cadeia do polietileno recebe 2 átomos de oxigênio.

        ———————

        Sobre o DeLorean:
        O reator no DeLorean usa fusão nuclear, e por isso qquer coisa pode ser combustível (apesar da contradição ocorrida no terceiro filme da série).
        Note que a latinha de cerveja após ser esvaziada é jogada dentro do reator (final do filme 1), e que o reator tem o nome “Mr Fusion”.


  2. Com o tempo, o lixo acumulado ali aumenta de tal maneira, que você só vê plástico boiando a quilômetros de distância! É bizarro!”

    essa info está errada – a área onde os resíduos plásticos se concentram no pacífico é realmente gigantesca, mas praticamente invisível ao olho humano, pq é formada quase que totalmente por pedaços muito pequenos de plástico, que nem sempre estão na superfície.

    • Só é invisível pra quem não vai lá ver. Se fosse invisível, ela não seria descoberta. Procure por great pacific garbage vortex no google pra ver as fotos. Agora, é óbvio que se um volume descomunal de plastico esta boiando na superfície, um volume muito maior de fragmentos está espalhada no leito. Com o tempo e a ação dos raios UV o plastico se fragmenta, e pedaços grandes que estavam boiando tendem a ir para o fundo. A acumulação de material boiante é afetada pelos ventos. Se ocorre um período de calmaria, os plásticos se acumulam em clusters enormes e cobrem a superfície da água, como podemos ver na foto dos marinheiros no escaler que ilustra o post. Aquilo ali não é o que eu chamo de “invisível ao olho humano”. Talvez só seja mesmo invisível para os cegos.

      • essas fotos de barcos em meio a montes de lixo plástico são de rios na ásia, e não do vortex do pacífico. o vortex é realmente um absurdo, mas não é dessa maneira – um monte de plástico boiando junto, deixando a superfície do mar totalmente coberta (como na foto logo abaixo da frase que eu ressaltei, e na foto do barco). se vc está em um navio, vc não percebe o lixo, ainda que ele seja abundante – vc precisa estar em um barco, bem próximo da água, para olhar de perto e ver os pedacinhos. tanto é verdade que não é possível detectar o vortex em fotos de satélite – já que os pedaços, além de pequenos, estão espalhados até certa profundidade na coluna d´água. o material plástico de maiores dimensões se fragmenta, ou volta para as praias continentais. eventualmente fragmentos maiores se enroscam e formam pequenos montes flutuantes, mas não existe isso de cobir a superfície da água.

        não estou dizendo que o vortex é menos importante simplesmente pq não é compacto e aparente como os rios asiáticos, mas ele não é como nas fotos do post, simplesmente. não adianta usar fotos sensacionalistas pra sinalizar que o problema é grave – ele É, mas a informação errada só prejudica a divulgação do problema. 

        e são justamente fotos do google imagens com nomes errados que levam as pessoas a achar que o vortex é essa pilha de lixo acima d´água, qdo na realidade ele é uma pilha de lixo abaixo da superfície.

  3. Fiquei intrigado com essa possibilidade de transformar plástico em petróleo, porque o plástico geralmente(ps, pe, pp, etc…)  é um sub-produto do petróleo  que é extraído durante o refino (nafta). Ou seja não temos plástico porque uma empresa vai e pega uma “fração” de petróleo e fala: “Vamos produzir plástico”. 
    O plástico é produzido basicamente com “sobra” de petróleo, ou seja a empresa produz plástico porque não da pra produzir “gasolina” ou se é possível não é economicamente viável, pelo menos no momento. Ou não era viável até então. 
    Sabendo um pouco sobre isso, mais essa noticia que li no mundo gump, fui dar uma “xeretada” no google sobre isso e olha o que encontrei:
     http://www.odebrecht.com/sala-imprensa/noticias/noticia-detalhes-342

    Não fica claro se a produção de “petróleo sintético” foi desenvolvida por ela ou se é de terceiros (pode até mesmo ser do japonês ai de cima), mas é interessante saber que logo teremos esse tipo de processo aqui no Brasil.  

    Att. Francisco

  4. Philipe vc falou tudo, eu já tinha visto a matéria da máquina do Sr.Ito um amigo que está na França me mandou assim que saiu a tal matéria. E como eu estou pesquisando sobre como obter energia limpa e gratuita para diversos fins ( no meu caso para pessoas do nordeste deste nosso Brasilzão que ainda não tem energia (isso é uma pouca vergonha dos nossos políticos que roubam e roubam e não fazem nada pela população) mas deixando isso de lado e voltando ao assunto: eu estava pesquisando meios de energia gratuita ( o tal do motor eletromagnético ) e lembrei da matéria do Sr.Ito. E vendo a sua matéria achei mais descaso ainda sobre o que acontece no mundo. E deixando um pouco de lado os valores econômicos do EUA, porque nossos inventores (e nossos políticos) não fazem maquinas dessas para o Brasil? Os Prefeitos e governadores vivem dizendo que não tem mais lugares para aterros sanitários, se eles fizessem cada Estado 10 maquinas dessa mas maiores acabariam o problema pronto, esta aí a solução. Mas não os caras querem fazer mega estádios de Futebol (ex: o novo Corinthians, vejam a mega construção por ai na net ) , vejam o quanto de dinheiro é jogado fora para fazer um estadio pra fanáticos se matarem e quebrarem os patrimônios públicos nas ruas pelo futebol, absurdo isso. – O governo não faz as máquinas para reciclar o lixo porque não dá votos , vejam as matérias da Transposição do rio São Francisco (tá tudo abandonado, estruturas todas rachadas, mato cobrindo tudo) daí fico mais indignado quando vejo uma matéria no Jornal Nacional dizendo que no nordeste não chove a mais de 180 dias e vejo na internet uma matéria dizendo que o agricultor por desespero faz ligação clandestina em rede publica de água e é preso. Aí vejo as pessoas brigando por passagens de ônibus ( não que não seja de direito da população) mas vamos também as ruas brigar pelo nosso meio ambiente e pelos nossos outros cidadães do Brasil. Não é porque moramos no Sul ou Sudeste, que não devemos ajudar os nordestinos também. O Brasil tem que mudar as pessoas tem que fazer piquetes de frente as estações de televisão (só assim seremos ouvidos) e pararem de votar em tralhas que estão no Congresso Nacional sugando tudo que produzimos. Só cobram impostos e mais impostos e cada esse dinherama todo vai pra onde? Mas preferem derrubar a mata Amazônica e Atlântica do que fazerem algo de bom. Nos precisamos tomar vergonha na cara e olhar pros nossos fundos de quintais e cobrar dos políticos. Miséria no mundo tem bastante , não precisamos ir muito longe, no Brasil não falta!!!!! – Quanto ao Sr. Ito temos que dar os parabéns, pois homens como ele estão em extinção. São anjos em formas humanas que olham e se preocupam com os outros seres. – Phelipe vc também está de parabéns pela sua matéria, só assim postando coisas úteis que talvez mudaremos as coisas no Brasil e no mundo.

  5. boa tarde
    pessoal se caso alguem souber como faço para obter uma maquina dessa por favor me avisem para min seria otimo e sem contar q poderiamos esclarecer muita coisa aki citada
    abraços

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares