Formigueiros de alumínio

Na primeira vez que bati o olho, pensei que era uma luminária modernosa.

Olhando para esta peça ao lado do sujeito, você poderia pensar que isso se trata de uma escultura moderna, né?

Ao chegarmos mais perto, podemos ver que cada pedaço é bastante irregular e orgânico.

 

Então, a verdade é que estas esculturas são feitas derramando alumínio derretido em antigos formigueiros abandonados. Depois que o alumínio esfia e se solidifica, basta cavar a terra ao redor e veremos a peça. Ela reflete as cavidades e túneis que as formigas fazem. É  incrível a quantidade de câmaras, e andares que elas podem fazer. Espécies diferentes de formigas fazem tuneis e câmaras de aspecto diferente.

 

Outra coisa que impressiona é como os formigueiros podem ser profundos. No grande livro da Natureza, as formigas são tão interessantes que devem ter alguns capítulos inteiramente dedicados à elas. Se pensarmos que existem formigas tão pequenas que só conseguimos ver com microscópio, e outras tão grandes que passam dos cinco centímetros, podemos perceber como esses animais variam no nosso mundo.

Aliás, uma única formiga não é pesada, mas em países equatoriais, onde elas existem em maior abundância, o peso total desses insetos representa um quarto da “biomassa” total – ou seja, 25% da soma do peso de todos os seres vivos do local.

Isso significa que o volume de formigas neste terceiro planeta do Sistema solar é grande o suficiente para nos darmos conta de que somos nós que estamos invadindo o planeta delas!

As formigas se comunicam tão bem com suas colegas de colônia que cada formigueiro é considerado pelos especialistas um ‘”superorganismo”, com uma única consciência. E elas estão por toda parte, sendo aproximadamente 10000 as espécies encontradas em todo o mundo, exceto nos polos; e cerca de 2500 somente no Brasil.

Se você acha que 7 bilhões de humanos é um número muito grande, espere para saber que existem aproximadamente 1.000.000.000.000.000 de formigas na Terra (pode ser bem mais).

fonte: Embery, Joan with Ed Lucaire. Collection of Amazing Animal Facts. 1983.

O numero gira na casa entre um e dez quadrilhões, o que coloca as formigas no Trono do planeta, pois a biomassa de todas as formigas juntas ultrapassa a de todos os animais macroscópicos (inclusive você e eu) existentes somados.  Acredita-se que o surgimento das formigas na Terra deu-se durante o período Cretáceo (há mais de 100 milhões de anos) e pensa-se que elas evoluíram a partir de vespas que tinham aparecido durante o período Jurássico. Uma formiga vive em média entre 6 e 10 semanas, mas existem algumas que conseguem viver até TRINTA ANOS!

 fonte, fonte, fonte

 

6 Comentários

  1. verena 22 de fevereiro de 2013
    • Philipe 22 de fevereiro de 2013
  2. BEZALEL 22 de fevereiro de 2013
  3. Rogério Calsavara 22 de fevereiro de 2013
  4. Henrique 23 de fevereiro de 2013
  5. Celio Peres 23 de fevereiro de 2013


Deixe seu comnetário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *