Dez olhos sensacionais do reino animal


O olho começou a se desenvolver há aproximadamente 540 milhões de anos. Inicialmente eram apenas células destinadas a reconhecer a luz, mas com o avanço dos anos, a visão tornou-se o principal sentido de muitos animais, principalmente do Homem.
Graças a sua infinita capacidade de nos surpreender, a natureza evoluiu os olhos dos animais em uma ampla e bizarra variedade de formatos. Neste post veremos alguns dos olhos mais curiosos da natureza.

1- O olho da cabra
goateye1 Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades
Os olhos da cabra são bastante estranhos. As pupilas não são redondas, mas sim cortes horizontais com um formato arredondado em suas pontas. Quando completamente dilatada, a pupila dos olhos de uma cabra parece um retângulo. Graças ao seu formato, a pupila da cabra permite que sua visão cubra 320 a 340 graus. Isso significa que a cabra consegue enxergar mais facilmente animais que por ventura venham atacá-las por trás. Foi uma solução evolutiva eficaz que fez com que as cabras sobrevivessem no ambiente hostil das pastagens primitivas, cheias de predadores à espreita.
Além disso, os olhos retangulares permitem ao animal enxergar melhor à noite. Sem falar que  em dias excessivamente claros, a pupila pode se contrair deixando uma minúscula fresta para a entrada de luz. No Brasil, comer o olho da cabra in natura é uma iguaria em alguns estados. As pessoas gostam especialmente de estourar o olho da cabra contra o céu da boca para liberar o caldinho cremoso que sai de dentro dele… Ummm dilíça!

2-Os olhos da libélula

amazingfunfeatured24956 Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

A libélula é um inseto voador muito ágil e veloz. Os seus olhos, quase esferas completas, são considerados por muitos estudiosos como sendo provavelmente os melhores olhos existentes entre os insetos. Os olhos da libélula são tão fundamentais para a existência dela que ocupam cerca de 80% de toda a cabeça do animal. Sua forma permite ao inseto uma visão absolutamente incrível, em 360 graus ao redor. É como se de uma só vez ela conseguisse enxergar em todos os ângulos possíveis, atrás, do lado, na frente,m em cima, em baixo…

Os olhos são compostos, ou seja, são formados de pequenos olhinhos. São nada menos que 30.000 olhinhos, chamados de ommatidia. Cada um desses 30.000 contém sua própria lente e células receptoras de luz. Sua capacidade de visão é fenomenal, permitindo distinguir cores que nós humanos não vemos. Além do movimento e luz polarizada.

Graças a esta capacidade sensacional, a libélula consegue detectar padrões de movimento e rapidamente reagir a eles, seja para obter uma presa, seja para escapar de um predador.

Se você acha que já acabou, espere só até descobrir que o bicho contém ainda três outros olhos menores, chamados Oceli, que pode detectar movimentos numa velocidade maior do que os enormes olhos compostos permitem. Os oceli mandam informações diretamente aos centros motores, e é isso que faz com que a libélula reaja numa fração de segundo e é graças a eles que a libélula consegue realizar manobras acrobáticas inacreditáveis. Comparando toscamente,  uma vez que os oceli reagem em um frequências assustadoramente altas, é como se a libélula tivesse o tempo todo uma “supercâmera” acoplada nela, mostrando as coisas acontecendo em câmera lenta.

As libélulas não são os únicos insetos que detém esta particularidade, Algumas vespas também possuem ocelli. Mas a libélula é o inseto que tem os melhores.

3- Os olhos do Tarsio

tarsier1 Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

O társio, ou como chamam no exterior, tarsier, é basicamente um pequeno primata, quase do tamanho de um esquilo, que pode ser encontrado nas florestas do sudeste da Ásia. Ele tem este nome em função de um osso do dedo que é mais comprido que o normal. Ao que parece, este animal, é o único primata de hábitos totalmente predatórios do mundo, alimentando-se de lagartos, lagartixas, insetos, e até mesmo passarinhos, que são agarrados em pleno vôo.

Sua mais marcante característica são os olhões de butuca que mais parecem enormes bolas de sinuca. O tarsier tem os maiores olhos  entre os mamíferos (na proporção com o resto do corpo).

Pra você ter uma ideia, se o ser humano tivesse o olho na proporção do olho do társio, nós teríamos olhos do tamanho de um mamão papaia.

Os olhões do tarsier são fixos, eles não giram no interior das órbitas como os nossos. Para solucionar isso, o tarsier tem um pescoço absolutamente flexível que consegue dar uma volta pra trás com a facilidade que só Linda Blair em “O Exorcista” já conseguiu. Este primata consegue agir como uma coruja.

Com os olhos pesando mais que o próprio cérebro, é possível compreender que este bicho tem uma das melhores visões noturnas que se conhece. E é justamente por conta desta capacidade especial que o tarsier caça à noite. Acredita-se que o tariser consiga enxergar a luz ultravioleta, mas em compensação, sua capacidade de distinção da cor ficou prejudicada. Ele praticamente só vê em preto e branco e tons pastéis (como o gato doméstico).

4- O olho da lagartixa-folha

geckoeye Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

A Lagartixa-folha é nativa das florestas de Madagascar. Este fenomenal animal possui olhos incríveis. Sua maior característica é conseguir se camuflar tão perfeitamente que ela passa despercebida até dos animais mais espertos.

Suas pupilas são verticais e possuem uma série de reentrâncias que durante a noite se abrem, permitindo que o animal obtenha mais entrada de luz. O olho da lagartixa também é mais sensível à luz do que o nosso, o que dá a este ser a inacreditável capacidade de distinguir a cor até quando está de noite.

Pra você ter uma ideia do quão sensacional é o olho da lagartixa, enquanto o olho do tubarão e do gato doméstico permitem aos animais enxergar de seis a dez vezes melhor que o ser humano no escuro, a lagartixa humilha geral com olhos que permitem ver mais de 350 vezes melhor que o ser humano em baixas condições de luz!

Além disso, os olhos são camuflados, em curiosos padrões:

stockphotogeckoeye52413 Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

O olho das lagartixas costumam ser protegidos por uma membrana transparente. Os lagartos e lagartixas conseguem limpar os olhos com a própria língua. Salgadinho!!!

coleonyxeyelicking Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

5- O olho da Lula Colossal

4c112dcc50836 Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

Embora algumas pessoas confundam a lula gigante com a lula colossal, esta última é a maior de todas. A lula colossal é um dos maiores animais que existem no planeta.Ela é tão gigantesca que se alimenta de baleias.

Como é gigante, a lula colossal tem o maior olho que se conhece na face da Terra.

bitelo Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

Cada globo ocular da lula ultrapassa facilmente os 30 cm de diâmetro, ou seja, é maior que um prato aí da sua casa. Esses olhões enormes, permitem à lula colossal enxergar na absoluta escuridão do oceano, onde ela vive e passa a maior parte do tempo. Sabe-se que a área de caça da lula colossal fica dois km abaixo da superfície do mar. Uma área em que a luz não chega na quantidade necessária parta o olho humano conseguir ver alguma coisa.

Uma curiosidade do olho da lula colossal, é que diferente da sua parente menor, a lula gigante, a colossal tem visão estereoscópica, o que permite a ela julgar melhor as distâncias. Mas a bizarrice não para por aí. Os olhos da lula colossal possuem células especiais, chamadas photophoros, que permitem emitir luz. Dessa forma, a lula colossal é um animal incrível – e que tem “faróis”!

Então, quando a lula colossal posiciona seus olhos para a frente, as células iluminam tudo, e na pouca luminosidade do abismo, ela consegue enxergar perfeitamente suas presas.

6- O peixe de quatro olhos

Se um animal com faróis nas fuças lhe parece estranho, imagina só um que possua lentes bifocais, como os óculos da sua avó!

Estamos falando de um peixe que adaptou seus olhos para ver ao mesmo tempo, fora e dentro da água. Este peixe é nativo dos rios da Venezuela e do Brasil: Anableps anableps.

Ele consegue mesmo enxergar fora e dentro da água. Para conseguir fazer isso, o peixe desenvolveu um par de olhos bastante esquisitos que funcionam como se fossem quatro.

fish001anablepsbkground Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

Os olhos acima da superfície são formados de maneira que a lente ocular compense a difração da luz, o que significa que ele vê no foco tanto acima quanto abaixo da água. Porém, ele tem a desvantagem de se precisar submergir inteiramente, os olhos de cima verão embaçado. Mas aí, ele só usa os de baixo que estarão no foco.

anablepsanableps3 Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

O peixe ficou assim porque ele se alimenta quase sempre de insetos e portanto, passa a maior parte de sua vida nadando rente a superfície. O peixe só mergulha totalmente de vez em quando, para reidratar os olhos que ficam do lado de fora, como se fossem o periscópio de um submarino. Bem estranho, né?

7- O peixe dos “zói” mais esquisitos do mundo

bmimg2620626206jellyfac Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

Falando em peixes, se tem um peixe com olho bizarro, sem duvida é o Spookfish. Este nome é dado a algumas espécies de quimeras marinhas, peixes de grande profundidade, que vivem onde a luz nunca chega.

Devido a falta de luz, esses peixes evoluíram usando um engenhoso mecanismo de aumento de ganho na percepção da luz. O olho deste tipo de peixe é uma das mais curiosas e bizarras estruturas oculares conhecidas no reino animal.

Cada olho tem uma protuberância lateral chamada diverticulum, que são separadas do olho principal por um septo. Enquanto o olho propriamente tem uma lente e funções similares a de qualquer outro animal, o diverticulum é  curvado e formado basicamente por camadas de um cristal de guanina. Assim, ele funciona como uma espécie de espelho parabólico, que concentra a luz toda na direção da lente. Basicamente, nós poderíamos dizer que o olho deste peixe funciona como os telescópios astronômicos. A vantagem do sistema é que ele também permite ao peixe ver  acima em baixo, ao mesmo tempo, o que amplia suas chances de encontrar o almoço.


8- O peixe dos olhos dentro da cabeça

Essa é tão, mas tão Gump que eu acho que tem uma grande chance de você não acreditar em mim quando eu disser que existe um peixe marinho que tem os olhos DENTRO da cabeça!

“Ah, mas todo mundo tem o olho na cabeça” – você pode pensar.

Mas não como este peixe aqui em baixo, meu amigo. Olha só:

peixezoio Dez olhos sensacionais do reino animal   CuriosidadesSe você acha que o olho do peixe são estes ali em cima da boca dele, o que lhe confere uma expressão de cansado, está redondamente enganado. Aquilo são as narinas. Eu vou mostrar onde que está o olho do peixe:

peixezoio2 Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

Viu? DENTRO da cabeça dele! Que por sinal é tão, mas tão bizarra, que é transparente. O peixe tem os olhos virados pra cima, algo muito doido, que lhe dá uma vantagem curiosa, de se aproximar da presa vindo do fundo. Engenhoso, né? Além do olho desse peixe  ser dentro da cabeça, eles ainda brilham no escuro, o que lhe confere um aspecto ainda mais estranho ao contexto do animal. Embora na foto eles estejam apontados para cima, os pesquisadores observaram que o Macroppina microstoma pode girar seus olhos para a frente.  Tudo foi registrado por câmeras no fundo do oceano e depois em indivíduos capturados vivos e mantidos em um aquário a bordo de um navio. fonte

9- O olho do camarão

mantis2 Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

Você poderia esperar que um animal que tem cocô na cabeça possua um dos melhores par de olhos de todo o reino animal? Eu também não.

O negócio é que este camarão consegue ter uma visão ESPETACULAR.  Isso se dá devido a uma peculiaridade dos olhos dele:

mantisshrimpeyedetail Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

De fato, chamar este bicho de “camarão” é sacanagem. Ele pertence a uma outra ordem, chamada Stomatopoda. Sabe-se que ao longo de nada menos que 400 milhões e anos, este bicho evoluiu para deter os melhores olhos de todo o planeta. Agressivos, com garras tão fortes capazes de partir o vidro de um aquário e cortar o dedo de uma pessoa no meio como se fosse de manteiga, o camarão mantis, como é chamado, possui olhos compostos como os das libélulas.

Cada olho possui apenas 10.000 ommatidias, (a libélula tem 30.000) porém, o camarão tem ommatidias específicas por função.  Algumas só registram cor, outras só registram luz. Isso faz com que o camarão funciona como se ele visse com “maior definição”. Só pra você ter uma ideia do que é a visão desse carinha aqui, ele tem DOZE receptores diferentes só de cor. Comparando, o ser humano só tem três.

Fora isso, ele enxerga em ultravioleta, infravermelho e luz polarizada. Nem o Predador chega perto da qualidade da placa de vídeo dele, hahaha. De todo o reino animal, este bicho é o único que tem uma visão em HDMI full HD 3D!

Sabe-se que ele consegue ver em mais de 70 graus, porque os olhos do camarão estão na ponta de pequenas projeções totalmente articuláveis, e além disso, – o que pode ser ainda mais estranho – todo o processamento de imagem é feito não pelo cérebro do animal, mas pelos próprios olhos! Sabe o que isso significa? 100% do processamento de video descentralizado, em SLI (são dois olhos) calculado direto na GPU!

Você não entendeu? Esquece, foi uma piada de nerd.

Como se já não fosse suficientemente estranho, o camarão mantis tem os olhos divididos em três regiões, Isso faz com que ele consiga ver um outro animal com três seções distintas do mesmo olho. Isso se chama “trinocular vision”, e dá uma definição tridimensional absolutamente precisa, e permite que – caso o camarão perca um olho, – ele mantenha sua habilidade de calculo tridimensional intacto com o remanescente. Os cientistas ainda estão estudando os olhos deste camarão para entender melhor os mistérios e as surpresas que natureza  oferece.

10 – O olho do trilobita

509pxasaphus Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

Os trilobitas ou as trilobites,  eram artrópodes característicos do Paleozóico, conhecidos apenas do registo fóssil. O grupo, classificado na classe Trilobita da sub-classe Trilobitomorpha, é exclusivo de ambientes marinhos.

Os trilobitas possuíam um exoesqueleto de natureza quitinosa que, na zona dorsal, era impregnado de carbonato de cálcio, o que lhes permitiu deixar abundantes fósseis. Seu nome (trilobita) é devido a presença de três lobos que podem ser visualizados (na maior parte dos casos) em sua região dorsal (um central e dois laterais). Seu esqueleto era dividido, longitudinalmente, em três partes, como podemos ver na foto:

Você pode imaginar que para um animal que viveu 300 milhões de anos antes de um dinossauro aparecer por aqui, este bicho devia ter um olho bastante rudimentar, né? Porém, comprando-se com outros animais do período, o seu sentido da visão era extremamente apurado e foram os primeiros animais a desenvolver olhos complexos.

Embora os fosseis tenham revelado algumas espécies sem olhos, a maioria delas tinha olhos compostos, semelhantes aos dos insetos.

Mas sempre tem uma bizarrice, né? Senão não estaria aqui. Dessa forma, a coisa estranha sobre os olhos dos trilobitas é que suas lentes eram feitas de cristais de calcita inorgânico, um mineral que também é o principal componente do calcário e do giz. Na sua forma mais pura, a calcita é translúcida, sendo um material adequado se pouco ortodoxa para uma lente do olho.

O físico nuclear Levi-Setti (Diretor do Fermilab da Universidade de Chicago), que é aficionado por trilobitas, afirma com franqueza imperturbável:

“E uma descoberta final – a de que a interface refratora entre os dois elementos das lentes do olho do trilobita foi projetada [ênfase adicionada] de acordo com as construções óticas elaboradas por Descartes e Huygens em meados do século dezessete – toca as raias da pura ficção científica.”

Os eixos dos omatídeos individuais foram construídos a partir de cristais únicos de calcita, sendo o eixo ótico do cristal coincidente com o eixo ótico do elemento do olho. Isso representa um problema extraordinário para o trilobita, já que uma simples lente esférica e grossa de calcita não poderia decompor a luz em uma imagem.

phacopseye Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

O elemento ótico do trilobita é uma lente composta, constituída por duas lentes com diferentes índices de refração, unidas em uma superfície de Huygens. Para que tal olho focalize a luz corretamente nos receptores, ele teria que ter exatamente esta forma de lente. Os princípios óticos requeridos foram elaborados pela primeira vez por Huygens no século dezessete, mas as lentes dos trilobitas funcionavam perfeitamente, usando estes princípios óticos, muito antes desse matemático holandês entender como. Os primeiros trilobitas não tinham estas lentes sofisticadas, mas os seus olhos eram, aparentemente, mais semelhantes aos dos insetos modernos. Porém, não se conhecem formas intermediárias no registro fóssil. Quando a lente de Huygens apareceu pela primeira vez, ela era completamente funcional.

(Eu criei uma explicação pra isso no Relato de um mib.)

Nunca neste planeta, animais tiveram olhos assim. Só os trilobitas. Devido à sua composição incomum, os olhos dos trilobitas foram completamente rígidos e não poderiam se mover para focar. Em vez disso, os animais corrigiam a sua precisão focal com um mecanismo interno do olho, que não só resolvia eventuais problemas causados pela lente mineral, mas também deu ao trilobita uma boa visão, que poderia manter simultaneamente em foco objetos próximos e distantes.

Como se isso não fosse bizarro o suficiente, alguns trilobitas tiveram olhos realmente estranhos do ponto de vista do design. Algumas espécies tinham os olhos no final de projeções laterais, enquanto outros tinham verdadeiras marquises para proteger os olhos da luz sular.

ttra59c Dez olhos sensacionais do reino animal   Curiosidades

Sendo feitos de calcita, os olhos dos trilobitas fossilizavam com grande  facilidade, e por isso, os cientistas hoje sabem mais sobre a visão dos trilobitas do que sobre qualquer outro animal pré histórico.

fonte fonte fonte fonte fonte



Escreva o que achou deste post. (Apreciaremos sua educação)
  1. Ygor disse:

    a natureza é incrivel,a mãe natureza derveria ser prfessora de design hehehe

    Responder
  2. Mollrimbaud disse:

    Muito interessante esse post!

    Eu sei que é a melhor explicação que temos até agora, mas não consigo entender, pelas leis da Teoria Darwiana, como chegamos a tamanha variedade e originalidade…

    Philipe, tempos atras eu fiquei curiosa sobre a relação simbolica entre gatos e serpentes (os dois foram endemonizados pela cultura cristã), dai pesquisei sobre porque os gatos são os unicos felinos com os olhos fendidos (como e porque se teria chegado a isso através da evolução), mas não encontrei nada. Tem alguma dica pra me dar sobre como e onde pesquisar? Valeu.

    Responder
  3. Mollrimbaud disse:

    Pensando bem, a cabra tambem foi endemonizada… Eu nunca tinha pensado no olho dela…

    Responder
  4. Renatux disse:

    Fantástico esses olhos do camarão !
    A piada nerd foi perfeita !

    A NVIDIA poderia estuda-los mais e aperfeiçoar sua tecnologia :D
    Imagina esse camarão fazendo encode/decode de vídeos, renderizando ou fazendo cálculos ?!?! hahaha
    Se somente um fosse colocado no projeto SETI@home, ele conseguiria calcular todos os dados pendentes :D E confirmaríamos vida ET !

    Abraço Philipe !

    Responder
  5. Carlos Pacheco disse:

    Olha, vocês podem me mandar a mer#$! Mas a cabra tem visão widescreen!!!

    Responder
  6. Gabriela Wailly disse:

    Tá, e qual é a graça de copiar uma lista de um site mega famoso?

    Responder
    • Carlos Ricci disse:

      Se vc notou direitinho Gabriela, ele pesquisou em vários sites e comentou (o que poucos blogueiros fazem com sua própria capacidade, tendo em vista a inércia cerebral de que são acometidos). Além disso, o que é muito bom, está tudin escrito em bom português-brasileiro, diferentemente de outros sites que simplesmente usam o Google Translator.

      Responder
    • Anônimo disse:

      Gabriela, conforme qualquer um pode notar, o post aqui não é uma cópia do post que você cita, ele é uma das fontes usadas para compor este post, mas o seu conceito de cópia é algo provavelmente diferente do meu conceito. Provavelmente você considerará que o site “mega-famoso” também copiou de um livro as informações.
      Seja como for, o listverse está citado nas fontes, o meu post é diferente do deles, e nem todos os animais que eles citam são iguais.

      Responder
  7. lIZ disse:

    Maravilhosa pesquisa, fantástica , ficamos impressionados com tais descoberta, torçemos para que você tenha mais sucesso com seus estudos.

    Responder
  8. cara aleatório disse:

    “Tarsier” é “társio”. Por favor, não vamos começar a chamar tatus de armadillos.

    Responder
  9. Miguel disse:

    Belo post Philipe!

    Responder
  10. Tarsila Sartori disse:

    cara fantástico, agora o q eu nao entendo é como depois de um post amazing desse o povo só tenha olhos pra dizer: plágio, erro de portugues, portuengrish…nego qndo da pra se xarope…hehheheheheh

    Responder
    • Anônimo disse:

      Tarsila eles estão certos. A minha obrigação é fazer o trabalho direito. Quando um leitor corrige algo escrito errado eu conserto na mesma hora. E agradeço.

      Responder
  11. Leandro disse:

    Muito bom esse post Philipe!
    Ao ver a altíssima complexidade irredutível apresentada nos seres vivos, principalmente no sistema ótico desses animais, faz-me crer ainda mais na existência de um Projetista.

    Responder
  12. Eu cai aqui procurando camarões para o meu aquario O_O mas fiquei impressionado! quero olhos de lagarticha folha agora! são lindos e poderosos! (#narutofeelings) camarão não porque tenho medo doque posso acabar vendo rs.

    Responder
  13. Rhayan Samuca! disse:

    Ou aquele olho da libelula ta osso e ela rindo e pior ainda kkkkk

    Responder
  14. claudia ortiz... disse:

    muito interessante a reportagem, tenho mais curiosidades…. abranger outros tipos de visão…pesquiso sobre a visão dos bichos brasileiros selva e silvestre………seu alcance e caracteristicas ligado a eficência e sobrevivência…..

    sou comerciante de óptica e me interesso pelo assunto .obrigada pela ajuda.

    Responder
  15. claudia ortiz... disse:

    muito interessante a reportagem, tenho mais curiosidades…. abranger outros tipos de visão…pesquiso sobre a visão dos bichos brasileiros selva e silvestre………seu alcance e caracteristicas ligado a eficência e sobrevivência…..

    sou comerciante de óptica e me interesso pelo assunto .obrigada pela ajuda. …..

    Responder

Responder.