Cotidiano Carioca

.

Eu vi o menino correndo

Eu ouvi o tiro

O PM tentando matar aquele menino

Eu era parte do populacho

E assim eu testemunhei

A morte de mais um pivete e eu nem lamentei

Lembrei do candidato falando

Da violência

O tiro ecoou para eu olhar para aquela chacina

O risco está em toda parte

Bala perdida que chove do céu

A bala que atravessa o barraco e não me acertou

Por isso uma força me leva a pensar

Se todo esse papo aranha

Pra nele votar

Por isso é que eu penso

Se vai acabar

Por isso essa enorme campanha

Eu vi muitos votos em branco

Votos oportunistas

Discurso inflamado pro povo e depois nada acontece

Aquele que conhece o jogo

Do voto do papo e da eleição

É comício, bandeira, panfleto é o dinheiro na mão

Eu vi muitos homens tentando

Construir seus mitos

Um jeito profundo de dar uma de esperto

E a coisa mais certa de todas as coisas

Não vale o voto de um cidadão

O título o voto a urna a foto e o botão

Por isso uma força, me leva a pensar

Se toda esta campanha

vai adiantar

Por isso o meu pranto

de testemunhar

Os candidatos e suas artimanhas

Por isso eu penso

Que não vale votar

Nessa cambada de safado

Pra nos roubar…

Não sei se vc percebeu mas esta musica é uma versão de improviso da musica “força estranha” do Roberto Carlos. Tá quentinha, Acabei de fazer. Agora vou vazar pra comer fondue na casa da Anne! Weeeeee! Fui.

Related Post

4 comentários em “Cotidiano Carioca”

  1. MUITO BOA meeeeeeeesmo!
    Adorei a paródia que retrata perfeitamente esse caos que se vive atualmente em um número cada vez maior de cidades brasileiras. Além do mais, impossível não vincular o assunto ao voto e ao pleito que vem aí em 3 de outubro.
    Muito bem posto… 😎

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares