Choveu peixe na Austrália

Compartilhe

Parece estranho que possa um dia chover peixes do céu, mas é exatamente o que aconteceu na Austrália.

Não muito longe de Winton (uma pequena cidade na parte central do estado australiano de Queensland), uma misteriosa chuva trouxe consigo a surpresa: Estava chovendo peixe na fazenda da família Okhill.

Tanya Okhil  fez um vídeo em que seus filhos andam pela fazenda após a chuva, e os peixes estão pulando no chão molhado. Relata-se que antes da chuva, em 80% de Queensland havia uma estiagem que durou mais do que o normal. A chuva foi muito abundante e aquele foi qualificado como o dia mais chuvoso do mês pela maioria dos analistas desde novembro de 2000.

s23737896 Choveu peixe na Austrália

De acordo com Tanya, ela ficou chocada com essa descoberta, que foi feita pelo marido dela: “Ele me disse que havia peixe caindo do céu com chuva e eu tive que ir para fora e ver com meus próprios olhos para me certificar que ele não estava lelé da cuca.”
Depois disso, Tanya, seu marido e seus filhos correram pela fazenda tentando salvar os peixes, tirando-os do chão e colocando num recipiente com água.
29520593 Choveu peixe na Austrália
Surpreendentemente, é que os peixes estavam chovendo ainda vivos! Eles caiam no chão se debatendo feito lucos. Quando Tanya publicou o vídeo em sua página no Facebook, muitas pessoas começaram a discutir o fenômeno nos comentários e alguns duvidaram do caso, dizendo que era puro truque.

Choveu peixe mesmo?

Enquanto isso, Dr. Peter Unmak da Universidade de Canberra é certo que não há nada de fake ou mesmo anormal nisso. Estes peixes pertencem à espécie  leiopotherapon unicolor, que são o peixe mais comum dos lagos da Austrália.

“Onde quer que haja água, você vai encontrar esses peixes e eles são muito ativos, mesmo em pequenas poças e eles viajam longas distâncias nos córregos e rios australianos.”
Assim, o provável é que uma tromba dágua tivesse sugado esses peixes de dentro do lago e os lançado na alta atmosfera, onde caíram e meio a chuva. O mais surpreendente neste caso não é exatamente que os peixes chovam, mas sim que eles caiam ainda vivos, pois o esperado é que eles congelassem na grande altitude.
<iframe width=”560″ height=”315″ src=”https://www.youtube.com/embed/ZlG2l14W_bc” frameborder=”0″ allowfullscreen></iframe>

Segundo a Wikipedia, as chuvas de animais são sim uma ocorrência rara, e com grande base mítica, mas o provável é que os eventos incomuns reais tenham gerado as lendas, como a chuva de sapos narrada na Bíblia. Graças à imprensa escrita, na época moderna produziam-se muitos testemunhos, proferidos por um número cada vez maior de pessoas, o que lhes aumenta sua plausibilidade. De seguida indicam-se alguns exemplos:

  • Em 1578, grandes ratos amarelos caíram sobre a cidade norueguesa de Bergen.
  • Segundo um tal John Collinges, uma chuva de sapos fustigou a aldeia inglesa de Acle, em Norfolk. O taverneiro do lugar retirou-os às centenas.
  • Numa cidade do Essex, Inglaterra, aconteceu uma chuva de peixes como salmões, arenques e pescadas. Os peixes foram vendidos pelos comerciantes locais.
  • Em 11 de Julho de 1836, um professor de Cahors enviou uma carta à Academia de Ciências Francesa, que dizia: “Esta nuvem trovejou sobre o caminho, a umas sessenta toesas de onde estávamos. Dois cavalheiros que vinham de Toulouse, nosso destino, e que estiveram expostos à tormenta, viram-se obrigados a usar os seus abrigos; mas a tormenta os surpreendeu e os assustou, já que se viram vítimas de uma chuva de sapos! Aceleraram a sua marcha e apressaram-se; ao encontrar a diligência contaram-nos o que lhes acabava de acontecer. Vi então que a sacudir seus abrigos diante de nós, caíram pequenos sapos.”
  • — fragmento da carta de M. Pontus, professor de Cahors, dirigida a M. Arago: “A 16 de Fevereiro de 1861, a cidade de Singapura sofreu um sismo, seguido de três dias de abundantes chuvas. Após o final das chuvas, nos charcos havia milhares de peixes. Alguns afirmaram tê-los visto cair do céu, embora outros se mostrassem mais reservados ao dar o seu testemunho. Quando as águas se retiraram, se encontraram outros peixes nos charcos que tinham secado, notavelmente em lugares que não tinham sofrido inundações.”
  • A revista Scientific American registra um aguaceiro de serpentes que chegavam às 18 polegadas de comprimento (cerca de 45 cm) em Memphis, em 15 de Janeiro de 1877.
  • Nos Estados Unidos, se registraram mais de quinze eventos de chuvas de animais, apenas no século XIX.
  • Em Junho de 1880 abateu-se uma chuva de codornas sobre Valência.
  • Em 7 de Setembro de 1953, milhares de rãs caíram do céu sobre Leicester, em Massachusetts, Estados Unidos.
  • Em Birmingham ocorreu uma chuva de sapos em 1954.
  • Em 1968, os diários brasileiros registraram uma chuva de carne e sangue, numa área relativamente grande.
  • Canários mortos caíram na cidade de St. Mary’s City em Maryland, Estados Unidos,Janeiro de 1969. Segundo o diário Washington Post de 26 de Janeiro desse ano, o vôo dos canários interrompeu-se subitamente, como se tivesse acontecido uma explosão, que ninguém viu nem escutou.
  • Em 1978, choveram caranguejos na Nova Gales do Sul, na Austrália.
  • Em 2002, choveram peixes numa aldeia nas montanhas do interior da Grécia. O diário Le Monde escreveu:
  • Atenas não é sempre bela, e menos ainda o são as montanhas no norte de Grécia. Mas as tormentas têm às vezes o bom gosto de ajudar a sorrir e a sonhar. Na terça-feira choveram centenas de pequenos peixes na aldeia de Korona, nas altas montanhas — Georges, Pierre. Poissons volent. Le Monde, 13 de Dezembro de 2002
  • Em 2007, choveram pequenas rãs em El Rebolledo (província de Alicante, Espanha).
  • Em 2010, choveram pequenos peixes brancos, muitos deles ainda vivos, em Lajamanu, localidade de 669 habitantes, no norte da Austrália.
  • Na noite de passagem de ano de 2010 para 2011, mais de três mil aves da espécie tordo-sargento caíram mortas em Beebe, no Arkansas, possivelmente devido ao pânico que fogos-de-artifício teriam causado nos animais.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.