16 Comentários

  1. André

    Sempre quis saber como é ser uma água-viva. Não tem cérebro, uma delas tem olhos…como poder isso?

    Responder

    1. è pq o controle de “pensamento” dela é muito primitivo, tão primitivo, que ele pode ser descentralizado, espalhado ao redor do corpo. Curiosamente, isso é justamente o que parece ser a grande tendência do futuro para a computação: Distribuir e não superconcentrar. Visto desse ponto de vista a água-viva está com tudo!

      Responder
  2. Juliana Vetromille

    Philipe, muito maneiro o post!!! Tenho pavor de agua viva mas acho todas lindas! Morei em Cingapura por dois anos e lá tem um aquário muito maneiro de ser visitar e uma das principais atrações é Sea Angel, é uma criaturinha bem pequenina, mas linda, pois ele se parece MESMO com um pequeno anjo, e ele é transparente com “asas” nas lateral, que “batem” como anjo! Não acho que seja uma agua viva, mas por transparente como elas, me lembrei logo dele, e por ser bem gump e bem raro, resolvi comentar! Depois dá uma olhada, quem sabe vira um post, ou um adendo a esse post!!!
    Bjos
    Juju

    Responder

    1. Sea angel é um parente distante da água viva. Habita grades profundidades. Quase coloquei ele no post pq é lindinho. No mundo existem (pelo que se sabe até agora) mais de 30.000 espécies de aguas-vivas.

      Responder
      1. Hermínio

        Sea angels são moluscos. E aquela foto do ser com faixas iridescentes no post é um ctenóforo.

        Responder
  3. elias

    A natureza está mil anos luz a frente dos seres humanos kkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder
  4. Thiago chipset Andrey Ferreira

    Sem duvida um dos seres vivos mais incrível conhecido pelo homem, que habita esse planeta.

    Se eu não fosse humano eu gostaria de ser uma água-viva.

    Responder
  5. Diego Borges

    Dentro da água é lindo, mas fora esse bicho parece uma gelatina gosmenta.

    Responder
  6. BEZALEL

    Xá comigo!… Puta que o pariu, meu (desculpe). Se esse bicho já bonito em fotos “parado”, imagine em movimento!

    Responder
  7. júnior

    adorei seu poster Philipe
    um pedido vc pode fazer um poster sobre animais híbridos ( n sei se ja tem aqui) tem cada cruzamento de especies sinistro rsrs.
    gosto muito tanben das suas aventuras reais haha principalmente dos seus cagaços ( em um bom sentido 😀 ) muito engraçado as suas historias tem uma que eu n me esqueso de seu problema com o queijo qui vc joga uma bola de queijo nojenta com agua de privada derretida no bolço i papel higiênico hahaha i joga na janela i so esculta um voz “taka na mãi filho da puuta” kkkk nossa cara muito onda . se vc pudesse fazer umas novas ai rsrs di preferencia daquelas bem malucas.
    n acompanho a tanto tempo o blog mais gostei muito já vi vários poster seus de 2006 a 2014 de suas historias reais a de animais pois são aqu eu mais gosto

    Responder

    1. Ja fiz sim de animais híbridos, lá pelos anos de 2006, 2007, eu acho… Quando aos contos, fica ligado que eles entram a qualquer momento, sem aviso. São como diarréia!

      Responder

    1. Cara eu não sei te dizer com certeza absoluta se é montagem ou não. A última foto eu suponho que tenham dado uma “malandrada” numa foto real, que é de perspectiva forçada. Nessa foto, eu suponho que o mergulhador estava atrás da água viva, que é realmente um bichão enorme, chegando a 2 metros e meio – essa em especial é muito apreciada como comida lá no japão – e algum malandro resolveu escurecer um pouco o mergulhador e puxou aquela câmera dele para parecer na frente da água-viva, criando a ilusão de que ela é do tamanho de uma baleia. Mas águas vivas neste tamanho gigantesco nunca foram vistas, pelo menos que eu saiba.

      Responder
      1. Victor

        Eu ainda fico abismado com uma coisa: uma água viva que chegue a 2 metros, deve ter aqueles tentáculos fininhos com uma base de uns 20 metros.

        Esses mergulhadores/fotógrafos realmente têm coragem de chegar perto de um monstro desses.

        Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *