A carne é Fraca – Download do Filme

Aqui está um documentário que parece ser excelente e que foi indicado pelo nosso leitor e parceiro Parabellum, do blog Tubarão sem dente.

A carne é Fraca - Download do Filme
O documentário tenta traçar um panorama geral do consumo da carne animal nas refeições e suas implicações diretas e indiretas para o meio ambiente.
Para isso, eles vão aos pastos, matadouros, frigoríficos, mercados e restaurantes, tentando acompanhar o bife do momento em que ele nasce até a hora em que ele é engolido por um satisfeito esfomeado.
O objetivo do video não é transformar as pessoas em vegetarianos, mas sim apresentar uma faceta da realidade que a grande massa desconhece sobre a maneira como tratamos os animais com crueldade.
Eu sou totalmente contra a crueldade com animais, apesar de comer carne. Por isso indico o video.

Download Torrent Opção 1

Download torrent opção 2

Para assistir ao documentário aqui mesmo no Mundo Gump, clique aqui

Related Post

33 comentários em “A carne é Fraca – Download do Filme”

  1. Até onde sei a maior fonte de ferro é a carne animal vermelha. Também não gosto de crueldade com animais,mas temos que comer carne vermelha. No caso dos vegetarianos existe uma dieta composta de vários vegetais que são ricos em ferro absorvível, mas que ainda sim não são suficientes, porém nosso fígado tem uma grande reserva de ferro e as hemácias degradadas no Baco têm o ferro da hemoglobina reutilizado, mas nem tudo dura para sempre e em um determinado momento os vegetarianos terão um tipo de anemia. Espero ter ajudado. Philipe de uma olhada no meu blog qunado vc puder. Valeu.

  2. BEm, não sei. Eu acho que justificar a alimentação baseada na carne pelo seu teor de ferro é um argumento bem frágil. Existem milhares de tipos de alimentos ricos em ferro.
    Eu adoro comer carne porque é gostoso. Seja com ferro ou sem ferro. Não há verdura que consiga imitar o sabor da carne.
    MAs com relação a questão da dieta e o ferro, eu achei o seguinte trecho na net:

    “O ferro pode ser encontrado em diversas folhas verde-escuro (como agrião, dente-de-leão, folhas de beterraba, de batata-doce, de mandioca, espinafre, agrião, salsa), grãos integrais (especialmente o trigo), amêndoas, nozes, castanha de caju, frutas secas (como damascos, passas, ameixas), brócolis, ervilhas, feijões, certas sementes (como gergelim e girassol), melaço, algas marinhas, figo, tofu, ananás, alcachofra, aveia, banana, beterraba, cenoura, aipo, couve, limão, tâmara, morango, cereja, uvas, amora, vagens, avelã, kiwi, lentilha, levedura, pêssego, pinhão, pêra, pólen, maçã, ameixa, rabanete, etc.
    Embora os alimentos ricos em ferro sejam abundantes, uma pessoa que se alimente quase unicamente de produtos refinados pode vir a apresentar deficiência de ferro.
    É preciso ter em atenção que existem alguns factores nutricionais que aumentam ou diminuem absorção do ferro. Por exemplo, evita beber chá durante a refeição, bem como outras bebidas ricas em taninos e farelo de trigo cru, juntamente com alimentos que contêm ferro.
    Alimentos ricos em vitamina C, quando consumidos juntamente com alimentos vegetais ricos em ferro aumentam a absorção desse mineral. A maioria dos legumes e muitas frutas são excelentes fontes de vitamina C. As principais fontes são os brócolos, couve de bruxelas, couve- flor e couves de uma forma geral, pimento, tomate, ervilhas, citrinos (laranja, limão, tangerina, toranja), goiaba, kiwi, morango, mamão, etc.

    Dose diária recomendada de Ferro é:
    Crianças (1-10 anos): 10 mg
    Homens: 10 mg
    Mulheres em fase pós-menopausa: 10 mg
    Mulheres em fase pré-menopausa: 13 mg
    Grávidas: 30 mg
    Lactantes: 15 mg”

  3. Bem, quanto a capacidade nutricional da carne ser insubstituível é um mito que já caiu faz tempo, se vc ver o doc. vai ver que isso não existe, pois eles dão uma atenção a cada aspecto do tema abordando este assunto também, embasados em depoimentos de profissionais, professores, pesquisadores, jornalistas e etc.

  4. Philipe,
    Pelo que sei há um pequeno equívoco no seu texto. Como eu disse acima – e o meu erro foi não me justificar – o ferro encontrado em alimentos como o feijão, por exemplo, não estão sob a forma absorvível pelo ser humano, o que restringe a uma pequena e correta mistura de vegetais que deve ser feita para que uma quantidade mínima e insuficiente de ferro absorvível possa ser consumida. O ferro encontrado na carne vermelha, na verdade está no sangue, como disse anteriormente. Essa é a forma mais fácil e eficaz de se conseguir o ferro que irá compor a hemoglobina, além disso, existem aminoácidos que só serão encontrados em animais, pelo menos foi isso que meus professores de Bioquímica falavam quando eu estava no primeiro ano, hj estou no quinto e muita coisa pode ter mudado vou dar uma pesquisada e te respondo. O importante é que tenha ficado claro que não é a quantidade de ferro que existe em um alimento que é o fator determinante para utilizá-lo como fonte de obtenção do mesmo e sim a forma como esse ferro se encontra nesse alimento e a possibilidade dele ser absorvido pelo organismo humano. Mas devo adiantar que só irei pesquisar em livros e artigos médicos. Por questões profissionais não posso me basear em outros tipos de publicações. Peço que tome cuidado com publicações de sites na internet por mais confiáveis que pareçam, espero que não me ache arrogante por dizer isso, afinal vc é formado em psicologia e eu sou um mero estudante. Mais uma coisa parabéns pelo blog provavelmente o melhor que conheço e que me incentivou a fazer o meu. Para finalizar não quero de forma alguma dizer que a dieta vegetariana é certa ou errada cada pessoa tem o direito de comer o que quiser, eu como qualquer tipo de carne até picanha se me derem! Talvez o fator que possa entrar em discussão seja o fato de que a carne oferecida a nós esteja tão envenenada que pode não valer a pena come-la. Hj o uso de agrotóxicos tanto em pastos quantos nas plantações de legumes é tão grande que quem tiver dinheiro que compre aqueles vegetais cultivados em “agricultura orgânica”.

  5. Philipe,
    Pronto estou com a resposta correta para a discussão.
    “Existem duas formas de ferro proveniente da dieta: (1) forma HEME, proveniente de alimentos de origem animal, (2) NÃO-HEME, derivada de alimentos de origem vegetal. O HEME é desligado de sua proteína no estômago pela ação da pepsina, sendo em seguida absorvido no duodeno. A forma HEME é mais bem absorvida que do que a forma NÃO-HEME, além de não ser sofrer nenhuma influencia de outras substâncias alimentares. De uma forma geral cerca de 30% do Heme é absorvido contra apenas 10% da forma não-heme. Por isso, as fontes animais (carne vermelha, frango, frutos do mar, miúdos) são as mais importantes em termos de reposição diária de ferro.”
    Este texto foi extraído do livro de Hematologia do Medcurso 2007, para quem não sabe o curso em questão é o curso preparatório para estudantes de medicina e médicos para prestarem provas de residência médica e terem seus títulos de especialistas.
    Vale à pena lembrar que o ferro absorvido no duodeno fica por lá mesmo e não vai para a corrente sanguínea a não ser que seja necessário, porque como eu disse, nós reaproveitamos o ferro que temos no nosso sangue, músculo e reserva do fígado. Quanto aos dados que o Philipe falou sobre elementos que facilitam ou dificultam a absorção do ferro os mesmos estão corretos.

  6. Muito boa sua contribuição Silva.
    È como se diz, “Contra fatos não há argumentos”. Fico feliz de saber que você começou um blog por influência do Mundo Gump. Isso é muito legal.
    Como eu já tinha falado antes, repito. Eu não sou contra o consumo de carne. Eu acho que o ser humano é onívoro desde sempre e por ser onívoro come qualquer coisa, desde raízes (mandioca) a escorpiões, passando pelo Big Mac e pela pizza, claro.
    Eu acho que a época pior dos agrotóxicos ocorreu nas décadas de 70 e 80, quando por falta de pesquisas profundas neste campo, usava-se o diclorodifeniltricloroetano (ddt)indiscriminadamente.
    A medida em que a ciência avança, novas formas de plantio que não agridem o ambiente vão surgindo. Acho que a agricultura orgânica é só um reflexo de uma transformação maior da sociedade moderna.
    Bom seria se a gente pudesse plantar nossa própria comida em casa mesmo.

  7. Não vale a pena querer vim com essa conversa que carne faz bem e precisamos dela pra viver, então porque o boi a vaca o porco o elefante e tantos outros animais, eles por acaso comem carne pra sobreviver, veja como são animais grandes e fortes.Se vc for me dizer que come carne porque é gostoso ficou feliz de ouvir isso porque vc mesmo sabe que é verdade.
    Mas não venha me dizer que ela faz bem e precisa dela pra sobreviver.Sou vegetariano há 3 anos, tenho 21 anos e meu maior motivo pra para de comer cadáveres foi à questão da saúde, pois uns anos atrás eu fazia exercícios e sempre buscava uma forma mais saudável, corria 96 klm toda final de semana.

    Mas bem, hoje eu sei que por ser vegetariano não é só a questão da saúde que vale, e sim pelos animais e pelo nosso planeta.Sinto-me perdoado, pois até os 15 anos eu morava no interior e tínhamos criação de porcos e eu ajudava os meus pais na criação e sei como eles sofrem, alias eu chegava a os torturar nos chiqueiros, pois era necessário os separar quando dava briga, pois havia muitos porcos juntos, por falta de espaço.Assim pegava pedaços de paus e os batia até cair no chão e não levantar mais.
    Mas hoje sou vegetariano há 3 anos e tenho orgulho disso.E jamais voltaria a fazer aquilo, pelo contrario, sou um grande defensor.

    Meu perfil no orkut:
    http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=8263796722097067126

  8. Marcelo, você tem todo direito de não comer carne cara. Mas só um adendo ao seu comentário:

    Os animais são grandes e fortes porque mais da metade do seu volume corporal é dedicado a um complicado sistema de processamento alimentar, já que o retorno energético do vegetal é ínfimo. É isso que explica o fato de que os bois, cavalos e etc ficam o dia todo comendo.
    O homem evoluiu quando começou a comer carne. Isso é um fato científico paleontologicamente reconhecido. A mudança da dieta vegetal para a dieta onívora provocou profundas mudanças fisiológicas nos hominídeos que permitiram aos macaquinhos ficar mais tempo livre, sem pensar em comer folhas o tempo todo. Com o tempo livre aumentou o grau de socialização, as estruturas micro e macro sociais se estreitaram, as caçadas em grupo e as ferramentas começaram a surgir.
    A carne animal na dieta teve seu peso na nossa história evolutiva.

  9. philipe caro amigo ja resolvi, precisei juntat parte por parte estava fazendo tudo de uma so vez,alem de ter colocado dentro de uma pasta,mas ja resolvi, obrigado pelo interesse em me ajudar!! valeu mano!!

  10. É verdade que pra quem já é acostumado a comer carne é realmente bem difícil de parar de uma só vez, mas a cueldade mostrada aqui é absurda e chocante. Creio que nós estamos evoluindo, chegará um dia em que olharemos pra trás e nos veremos bárbaros, matando animais para nos alimentar, há muito que isso já não é necessário. Vamos pensar um pouco.
    Parabéns por postar aqui esse ótimo documentário.

  11. Nossa Silva, como você está totalmente equivocado. O Philipe disse tudo: se a carne é tão necessária, porque o boi não precisa come-la para ficar forte daquele jeito?
    Como o Eder Jofre, boxeador, não morreu ainda de anemia? Pelo contrário, é bicampeão mundial de boxe. Muito bom para um vegetariano anêmico sem ferro no corpo né?
    A carne é puro luxo, mas eu já chamaria de lixo. Depois que vi o documentário percebi como eu sou burro de ter comido carne a vida toda. Era burro né. Não sou mais. Pelo menos não nesse assunto.
    Se quer ferro, toma biotônico fontoura!

  12. Desculpem, só ratificando, o Marcelo que tem razão, não o Philipe. Já aproveitando a oportunidade, Philipe: Não somos mais macaquinhos, não comemos mais folhas, você já pode parar de comer carne se a sua preocupação era de não se desenvolver 🙂
    Um abraço ANIMAL pra vocês!

  13. Eu espero que eu consiga baixar essa bosta e que o arquivo não esteja corrompido denovo.

    Sr. Adm. do Blog….

    Fazer o cara baixar 6 partes de um filme pro mesmo não funcionar depois é uma falta de respeito conosco e com você mesmo. Pois seu nome é corritado no BLog.

    Pesso que tente ver isso. coloque links novos.. Sei lá!

  14. Nossa o Philipe aki abordou um assunto que pode gerar discuções por uns 1000 anos por ser de cunho social, político, ambiental, orgânico e econômico. O fato de comer carne já é implícito no comportamento humano. Não quero dizer que um é certo e o outro é errado. Agora o fato de alegarem que a Amazônia esta sendo destruida e etc, alto la, 80% ou mais das queimadas são legais e quando se divulga os números totais de focos não se contabiliza isso (estamos portanto em uma questão econômica e ambiental). Dá dó mesmo ver animais inocentes dando a vida por nós, de forma tão fria. Mas dentro do modelo econômico no qual estamos inseridos, o que um produtor rural morando la no interior do MT pode fazer??? Vender sua fazenda de 1000Ha, e ir cultivar alfaces em uma área de 10Ha… O cara ta no conforto e prosperidade (mesmo q insustentáveis a longo prazo)e num vai se preocupar com o futuro do mundo mesmo… e outra coisa, esse lugares inóspitos (por sou do interior do MT, ali num tem estrada, num tem apoio do governo nem nada, só tem governo pra cobrar impostos) não tornam possivel o cultivo de culturas sustentáveis por essas não gerarem renda sufuciente que justifiquem a adoção das mesmas. Todos ou a maioria absoluta dos seres humanos querem ter uma carro legal, um computador, um celular legal, etc, isso também é insustentável… mas o que eu posso fazer?? eu naum sei…. ahh faço agronomia e na faculdade aki (Atualmente estudo na UFGD em Dourados-MS) cuido de um aviário!!!

  15. Não comem a carne de animais, mas diariamente os seres humanos acabam “consumindo” uns aos outros. Não há como escapar. A natureza humana é comer carne. Seja literalmente ou não.
    E se há um ser superior em um mundo espiritual, ele com certeza deve rir muito de discussões como esta.

  16. Quero fazer campanha contra a matança de animáis, então eu preciso do filme “a carna é fraca”. mas, onde aquiri-lo. Se me enviasse uma informação a respeito disso ficaria muito contente.

  17. .

    Olá. Acho super interessante a preocupação com o sofrimento dos animais. Agora, infelizmente, não há agricultura orgânica para todos. Não se é se é clara a relação entre vegetarianismo e preservação ambiental.

    Minha dúvida é: alguém tem dados exatos, científicos, se a substituição de alimentos de origem animal por outros de origem vegetal diminui o dano ao ambiente? Qual a produtividade de alimentos por metro quadrado em termos de produtos animais versus vegetais? Por exemplo, quantos milhares de ectares são dedicados ao cultivo da soja, enaltecida para substituir a carne?

    Uma coisa que me chama atenção é como a indústria cresceu explorando a soja. Hoje tem sucos, lasanhas, biscoitos e uma infinidade de produtos industrializados à base de soja.

    Eu comprei o filme. Tem partes interessantíssimas. Por outro lado, tem coisas muito sensacionalistas. Meu avô criava animais e matava para consumo. Isso era algo natural, eles eram abatidos para isso – cultivo de subsistência. No filme, depois daquele bloco que fala da avicultura, uma mulher fala que o povo do campo se afeiçoa aos animais e normalmente não os consome. Que consuma comprar da fazenda ao lado. Isso eu acho pura conversa para boi dormir.

    Acho que o importante é combater a cultura de consumo em que vivemos e lutar por um planeta sustentável. Isso passa por uma mudança radical de cultura, incluindo redução na produção de lixo, reuso de materiais, construções ecológicas e compra consciente.

    Vale registrar que o filme custa 10 reais no site do Instituto Nina Rosa. Se vocês acham a iniciativa tão legal, seria ético apoiar a instituição que o produziu e adquirir a versão legal.

    Um abraço

    .

  18. (AGORA SEM ACENTOS, PARA FICA MAIS LEG?VEL).

    Ola. Acho super interessante a preocupacao com o sofrimento dos animais. Agora, infelizmente, nao ha agricultura org?nica para todos. Nao se eh clara a relacao entre vegetarianismo e preservacao ambiental.

    Minha d?vida eh: alguem tem dados exatos, cient?ficos, se a substituicao de alimentos de origem animal por outros de origem vegetal diminui o dano ao ambiente? Qual a produtividade de alimentos por metro quadrado em termos de produtos animais versus vegetais? Por exemplo, quantos milhares de ectares sao dedicados ao cultivo da soja, enaltecida para substituir a carne?

    Uma coisa que me chama atencao eh como a ind?stria cresceu explorando a soja. Hoje tem sucos, lasanhas, biscoitos e uma infinidade de produtos industrializados ? base de soja.

    Eu comprei o filme. Tem partes interessant?ssimas. Por outro lado, tem coisas muito sensacionalistas. Meu av? criava animais e matava para consumo. Isso era algo natural, eles eram abatidos para isso – cultivo de subsist?ncia. No filme, depois daquele bloco que fala da avicultura, uma mulher fala que o povo do campo se afeicoa aos animais e normalmente nao os consome. Que consuma comprar da fazenda ao lado. Isso eu acho pura conversa para boi dormir.

    Acho que o importante eh combater a cultura de consumo em que vivemos e lutar por um planeta sustentavel. Isso passa por uma mudanca radical de cultura, incluindo reducao na producao de lixo, reuso de materiais, construcoes ecol?gicas e compra consciente.

    Vale registrar que o filme custa 10 reais no site do Instituto Nina Rosa. Se voc?s acham a iniciativa tao legal, seria etico apoiar a instituicao que o produziu e adquirir a versao legal.

    Um abraco

    .

  19. [quote comment="30368"]Olá, Gostaria que quem pudesse divulgasse ou postasse esse documentário no Megaupload!!! :love:[/quote]

    Lorena, baixe via torrent que é mais jogo:
    http://extratorrent.com/torrent/1127673/A+carne+e+fraca+(+documentario+brasileiro+sobre+o+consumo+da+carne+e+suas+consequencias+).html

  20. Por se sentirem apenados dos animais, e não por um motivo realmente científico, é que se fazem filmes como esses e pessoas se reúnem em ongs pró-animais.

    Vamos ser francos, ainda que não houvesse evidência nenhuma contra o consumo de alimentos de origem animal, filmes como esse seriam feitos e ongs continuariam “defendendo” os bichos.

    Não se trata nem um pouco de ciência, principalmente porque para cada “prova” de que a alimentação convencional faz mal há centenas de teses que também provam o contrário.

    Mais duas coisas me deixam curioso: onde estariam os animais se não fossem parte de nossa dieta? Veja bem, inúmeros animais foram extintos por terem se tornado competidores do ser humano. Mas alguém consegue imaginar a vaca extinta? Impossível, simplesmente porque nós as mantemos. Como mantemos uma quantidade enorme de outros seres em condições adequadas para que eles sobrevivam. Gostaria que o pessoal que tem tanta dó dos animais se lembrasse que corças, gnus e búfalos são devorados por outras espécies, além de lutarem entre si até a morte, ou de morrerem de fome e sede em secas e incêndios muitas vezes naturais.

    Outra coisa é: o ser humano é um ser de outro planeta? Percebam: nós fazemos parte da cadeia alimentar (num confortável primeiro lugar!) e também agimos no controle de populações de outros seres. Isso é ecologia básica, beeem básica. Achar que não podemos nos alimentar de outros seres é se esquecer que nossa alimentação controla a população de outros carnívoros, o que permite que populações herbívoras sobrevivam (isso se chama ciclo ou relação predador-presa).

    PS: Estudei um caso ocorrido na Itália: protestos de naturalistas contra a pesca já tradicional numa determinada região. Pesca de rede, cruel, blábláblá. Proibiram a pesca por lei. E os peixes desapareceram da região. Os pescadores mantinham a população carnívoros controlada, quando o controle sumiu, os carnívoros aumentaram muito, consumiram os outros peixes e sua redução provocou canibalismo e redução drástica dos tubarões. Resultado? Tiveram de repovoar a região e… permitir a pesca!!

    Então, pessoal, não deem muita bola pra essas coisas. Mas assitam, anotem e pesquisem. Um filme torna tudo isso emocional demais e as pessoas seguem alguém que fala bem, mas não fala a verdade.

  21. Só uma coisa a carne veremlha não tem gosto de nada,
    tentem pegar um pedaço de carne e jogar na frigideira sem oléo, nem verduras ou temperos.
    Vcs verão que ela não tem gosto de nada, deixem um pedaço de carne e uma maçã lado a lado numa bandeija por 4 dias e observem o resultado…

    Essa desculpa do ferro é conversa de pecuarista pra ganhar mais dinheiro.

  22. Pessoal,não há documentário melhor sobre o vegetarianismo do que
    filme “TERRÁQUEOS”(em inglês,”earthlings”)!!
    Voces podem ver o filme inteiro no youtube,dividio em 10 partes:
    http://www.youtube.com/watch?v=tZ8oxD9WLNo

    Seguem abaixo OUTROS ótimos LINKS:

    http://video.google.com/videoplay?docid=6149317978842675089&ei=KxcjSt_rJIrcrgKr1Khe&q=vegan+a+life+connected

    {vídeo geral sobre vegetarianismo}

    http://vista-se.com.br/site/devemos-parar-de-comer-carne-matera-da-revista-super-interessante

    {reportagem de 2008 da revista Super Interessante-vale a pena ler inteira pra nao perder o fio da meada!OBS:mt interessante o tópico “somos vegetarianos por natureza?” Abaixo a conclusão:
    “(…)Quer dizer que precisamos comer carne para raciocinar? Não. Há 2,5 milhões de anos era assim porque não sabíamos plantar e nossa dieta quase não incluía plantas protéicas. Os únicos vegetais que comíamos eram frutas, folhas e raízes. Hoje, é possível ter uma dieta rica em proteínas sem carne.”}

    http://www.vegvida.com.br/modules/news/article.php?storyid=24
    (reportagem de 2008,em q um cientista da ONU diz para as pessoas comerem menos carne!)

    http://vista-se.com.br/site/daniele-suzuki-deixa-de-comer-carne
    {interessante e curta notícia em que a atriz fala pq virou vegetariana}
    PS:
    ####o site ‘vista-se’ tem outras reportagens mt boas tb!e em outros sites vegetarianos por aí,vc descobre que há mts atletas,artistas vegetarianos e grandes filósofos e gênios que foram vegetarianos!!Para se ter uma idéia,LEONARDO DA VINCI e ALBERT EINSTEIN foram!!!
    ######Vegetarianos podem ter problemas de saúde SIM,MAS SÓ SE NÃO SOUBEREM oq estão fazendo!!se vc se informar,vai ver q os motivos para ser vegetariano vai além de saúde e ética:envolve também o meio ambiente e a fome no mundo!!

    CONCLUSÃO:existe uma sócio-cultura que nos cega em relação aos nossos hábitos,portanto não vire a cara,não diga “não quero saber!”,só pq vc adora carne pingando sangue!
    eu tb adorava um salaminho,uma picanha!!!de verdade!!!
    acha o vegetarianismo apenas uma ideologia radical,e considera a carne essencial ao ser humano???então,####INFORME-SE####

    @@@@” Os animais do mundo existem para seus próprios propósitos. Não foram feitos para os seres humanos, do mesmo modo que os negros não foram feitos para os brancos, nem as mulheres para os homens”. Alice [email protected]@@@@

    [agradeço se alguem me disser oq pensa depois de ver os links!:)]

    Até logo!

  23. Só alguns comentários a mais:

    ###Marcelo says:
    January 13, 2009 at 10:33 am
    Por se sentirem apenados dos animais, e não por um motivo realmente científico]###
    -a questão nao é só pena,Marcelo!

    “(…)o ato de comer carne está diretamente ligado com a poluição e a devastação do meio ambiente.(…)os animais criados para alimentação emitem mais gases perigosos ao meio ambiente do que o transporte,além de degradar o solo e a água.A expansão das pastagens é também um dos principais responsáveis pelo desmatamento de florestas,pois ocupa 70% das áreas desmatadas da Amazônia e,em boa parte do restante,é cultivada soja para produção de ração animal.Outros danos causados pela pecuária citados pela FAO são a erosão e compactação do solo e a perda de biodiversidade nativa.É ainda um dos principais poluentes das águas,criando zonas mortas em áreas costeiras,degradação dos recifes de coral(…)”[reportagem completa: http://vista-se.com.br/site/vegetarianismo-por-que-eu-devo-engolir-essa ]
    “(…)se todos fossem vegetarianos,é provável que não houvesse tanta fome no mundo.(…)os rebanhos consomem boa parte dos recursos da Terra.Uma vaca,(…)Num dia, consome até 100 litros. Para produzir 1 quilo de carne,gastam-se 43 000 litros de água. Um quilo de tomates custa ao planeta menos de 200 litros de água.
    (…)damos grande parte dos vegetais que produzimos aos animais. Um terço dos grãos do mundo viram comida de vaca. No Brasil, o gado quase não come grãos-graças ao clima é criado solto e se alimenta de grama.Mas boa parte da nossa produção de soja,(…) é exportada para ser dada ao gado.(…)a pecuária bovina estimula a monocultura de grãos.Num mundo vegetariano haveria lavouras mais diversificadas e teríamos muito mais recursos para combater a fome(…)”[reportagem completa: http://vista-se.com.br/site/devemos-parar-de-comer-carne-matera-da-revista-super-interessante ]

    ###Marcelo says:
    January 13, 2009 at 10:33 am
    Mas alguém consegue imaginar a vaca extinta? Impossível, simplesmente porque nós as mantemos.###o ser humano é um ser de outro planeta? Percebam: nós fazemos parte da cadeia alimentar (num confortável primeiro lugar!) ###
    -mantemos????como se fizessemos um favor às vacas!!!Vai falar que isso é natural:”Há no mundo 1,35 bilhão de bois e vacas.Criamos 930 milhões de porcos, 1,7 bilhão de ovelhas e cabras, 1,4 bilhão de patos, gansos e perus, 170 milhões de búfalos.Some todos eles e temos uma população de animais quase equivalente à humana dedicando sua vida a nos alimentar-involuntariamente, é claro. E isso porque ainda não incluímos na conta a população de frangos e galinhas abastecendo a Terra de ovos e carne branca: 14,85 bilhões”[http://vista-se.com.br/site/devemos-parar-de-comer-carne-matera-da-revista-super-interessante ]
    -“confortável primeiro lugar”…que beleza,hein,mas,então,se´isso faz parte da cadeia alimentar,pega uma faca e mata o o boi,o porco,pra comer seu espetinho,seu presunto…Porque voce paga pros outros fazerem isso?Duvido que voce acharia isso “ecologia beeem básica” se tivesse que matar o seu próprio alimento!Matar é “beeem” mais fácil do que plantar,não é mesmo,gente???Fala sério…

    “Pesquisem”[Marcelo says:
    January 13, 2009 at 10:33 am],foi o que você disse,e disse certo(finalmente),mas você próprio não pesquisou;PESQUISE.Há muito mais do que eu disse aqui!
    MUITO mais.

  24. Obrigada!=)

    Fez uma ótima escolha!
    **Apenas digo que nao se torne um vegetariano extremista,como muitos que existem por aí!Extremista no sentido de chegar num lugar,num restaurante,e sair dizendo em voz alta que nao come animais,ficar criticando os que comem…Porquê?já tive discussoes com uns parentes,e sei que nao é nada legal!Só critico quando alguem critica minha escolha,aí eu falo mesmo!!Senão,nem comento que sou vegetariana!Divulgue o vegetarianismo sim,mas de forma discreta,por exemplo,por meio de links…haha
    Ou,entao,inicie o assunto de forma tranquila,sem grandes pretensoes.E entenda que,para certas pessoas,nao importa o que voce diga,elas continuarao achando que estao certas!Nesse caso,pare o assunto;tem gente que nao convive com os próprios erros…
    **Tambem,nao se iluda se encontrar vegetarianos com aparencia de doente,achando que vai ficar igual!é só se cuidar,nao comer porcariada,nem viver à base de soja!Pois ela contem antinutrientes que dificultam a absorção de nutrientes essenciais!(qualquer exagero faz mal!Um dos grandes males da sociedade de hoje em dia é comer demais! http://g1.globo.com/globoreporter/0,,MUL1403937-16619,00-COMER+POUCO+E+MASTIGAR+MUITO+PROLONGA+A+VIDA.html Opte pelos fermentados da soja,como o missô,o shoyu…)Há coisa muito mais interessante na verdadeira gastronomia vegetariana!
    http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG74447-5990-421-8,00-BELEZA+VEGETARIANA.html

    Pode parecer chato dizer,mas coma bastante legumes,verduras,frutas,nozes,castanhas,tudo variado!E procure substituir os alimentos de farinha branca pelos integrais:arroz/pão/massa integrais.
    **Um ótimo alimento é a Quinua,nao sei se voce ja ouviu falar.È bem carinha,mas o dinheiro que voce gastava com carne,vai gastar com outras coisas!
    http://www.quinuareal.com.br/home.asp
    Tem em loja de produtos naturais.
    **E nunca,NUNCA desista de sua escolha,por mais que haja pessoas que acham que vão te convencer a voltar a comer carne!Conforme-se:para muitas pessoas,os vegetarianos são chatos,frescos,que entraram na “moda” radical do vegetarianismo.É uma pena que muita gente pense assim…Ignore-as!
    **Enfim,entre em comunidades vegetarianas,converse com várias pessoas!
    **Mais um link pra fechar,com um slide muito bom: http://www.slideboom.com/presentations/75735/ANIMAIS-MUITO-MAIS-HUMANOS

    Qualquer coisa,tambem,é só perguntar aqui!!
    Boa sorte!!!!

  25. VIVA OS VEGETARIANOS!!! NINGUEM PRECISA DE CARNE PRA VIVER!!! PRECISAMOS DE PAZ, AMOR, AFETO, CARINHO HUMANO!!! SANGUE TEM GOSTO DE SANGUE!!! CARNE SEM SAL E LIMÃO TEM GOSTO DE SANGUE!!! E UM SER HUMANO, EM SUA SÃ CONSCIENCIA DEVERIA ENTENDER, SEM DISCUTIR, SEM QUESTIONAR… QUE DEUS NAO PEDIU PARA COMERMOS OU BEBERMOS SANGUE!!! FIQUEM ATENTOS… UMA FRUTA NAO PRECISA DE TEMPERO! E ESTÁ REPLETA DE PROTEINAS E VITAMINAS… NAO ADIANTA NADA DIZER SORE FERRO FERRO FERRO… É ISSO QUE TODOS QUE COMEM AKELA CARNE DE CHURRASCO SANGRENTA DIZEM… CONCORDO COM O COMENTARIO ACIMA!!! QUER FERRO??? TOMA BIOTONICO .. OU CHUPA UM PREGO! PELO AMOR DE DEUS! QUANTA IGNORANCIA… DEUS É MARAVILHOSO E PERFEITO E COLOCOU NA TERRA TUDO QUE PRECISAMOS PARA VIVER BEM, SEM DOR, SOFRIMENTO, OU SANGUE ESCORRENDO POR AI… PARA SATISFAZER A VONTADE DE “UNS”… CONTINUEM COMENDO… CCADA UM FAZ O QUE BEM QUER, VEGETARIANOS NAO INDUZEM NINGUEM A PARAR D COMER NADA, SIMPLISMENTE NAO COMEMOS! FAZEMOS ESCOLHAS! ENFIM.. LEIAM MAIS A BIBLIA, LEIAM O LIVRO DE LEVÍTICO! NÃO SE PRENDAM A PRINCIPIOS BABILONICOS!!! QUEIMA BABILOBIA!!! FYAAA!!!
    A MAIOR RELIGIÃO É A VERDADE! E A VERDADE ESTÁ DENTRO DE CADA UM DE NÓS!!! ABRAÇO A TODOS !!! E UMA DIETA COLORIDA… UM PRATO BELISSIMO… PARA A VIDA TODA… É O QUE EU DESEJO…

    • E onde que fica o livre arbítrio? O cara que quer comer carne, coma. O que quer comer fruta, planta, galho, raiz, coma. Cada um faz o que quer com sua vida.
      E usar a Biblia, (um conjunto de material histórico+lendas+literatura muito mal ordenado, mal traduzido, deturpado, feito por um monte de gente diferente com interesses mais diversos, num passado tão antigo que quase é pré-histórico) para servir de justificativa para suas atitudes no dia a dia, é -na minha opinião – insanidade.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares