Sujeito resolve roubar um banco com o intuito de ser preso.

Às vezes a vida do cara está tão ruim que ele acha uma boa ideia ser preso e viver pendurado no Estado como um carrapato por um tempo. A maioria das pessoas normais, sobretudo no Brasil, dadas nossas condições carcerárias,  faria de tudo para evitar acabar atrás das grades, mas um homem de Utah realmente roubou um banco por apenas US $ 1 com o objetivo de ir preso e jogado em uma prisão federal e ter um teto, cama, comida e roupa lavada.

Podemos dizer que Donald Santacroce, de 65 anos, realizou um dos assaltos a banco mais bizarros da história. Ele teria entrado em um Wells Fargo Bank perto da 300 South Main Street em Salt Lake City na manhã de segunda-feira e entregou uma nota a um dos caixas. O pedaço de papel dizia:

“Por favor, perdoe-me por fazer isso, mas isso é um roubo. Por favor, me dê $ 1,00 Obrigado.”

O caixa deve ter pensado que era uma piada, porque acatou a exigência de Santacroce, mas também pediu que ele saísse com seu $ 1. O Ladrão então disse ao caixa que como ele acabara de roubar o banco era para chamarem a polícia. Ele então, se sentou no saguão do banco e ficou lá, todo pimpão, esperando para ser preso…

Como isso realmente estava no protocolo, o gerente teve MESMO que agir como se uma quadrilha tivesse invadido o banco. Mesmo sendo só 1 doleta o roubo.
Parece esquete do Porta dos Fundos.

“Donald fez uma declaração às vítimas de que elas tiveram sorte [ele] não tinha uma arma porque a polícia estava demorando muito para chegar lá”, disse o depoimento de prisão.

Depois de um tempo, a polícia chegou e prendeu o homem de 65 anos, sem saber que esse era seu plano o tempo todo. Ninguém sabe realmente o porquê, mas aparentemente ele queria acabar na prisão federal. Ele até disse aos policiais que, se fosse preso e depois solto, roubaria outro banco para obter mais dinheiro até acabar na prisão federal.

Cela de prisão federal de segurança máxima nos EUA

fonte

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

  1. Pra ser sincero, isso é uma coisa extremamente comum, inclusive no Brasil. Alguém bem próximo a mim é carcereiro e ele fala que na cadeia é cheio de morador de rua “ladrao de galinha”, que faz uma besteira só pra ser preso e ter comida e teto todo dia. Lá eles também desenvolvem círculos sociais, acabam se envolvendo em trabalho/manutencao…

    Por mais triste que isso seja, é compreensível.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertismentspot_img

Últimos artigos