Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Eu fico impressionado com a capacidade de ganhar dinheiro de algumas pessoas. Sobretudo artistas modernos. Olha só que obra prima da arte:

Onement-VI-by-Barnett-Newman-44-million_1

Se você só vê dois retângulos azuis meio borrados, você deve ter o mesmo problema que eu, já que não entendo como que uma coisa assim pode chegar na cifra astronômica de 44 milhões de verdinhas. A obra se chama OnementIV. O quadro, do pintor expressionista abstrato Barnett Newman foi vendido em um leilão da Sotheby por 43.800.000 dólares.

Onement-VI-by-Barnett-Newman-44-million_2

 

O quadro, pintado em 1953 é apenas uma tela azul com uma linha branca central. Outras telas de Barnett, igualmente simples, também atingiram estes valores estratosféricos.

Onement-VI-by-Barnett-Newman-44-million_4

Pintou dois retângulos azuis e vendeu: 44 milhões de dólares!

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

36 ideias sobre “Pintou dois retângulos azuis e vendeu: 44 milhões de dólares!

  • 4 de junho de 2013 em 11:15
    Permalink

    Vendo isso me lembro de uma sacanagem que fizeram com criticos de arte, colocaram um monte de telas pintadas por chimpanzés e deixaram os caras falarem sem saber…
    Só dava nego “Nãoooo que o artista quis dizer isso e aquilo, isso vale tanto…” e por ai vai.

    Resposta
        • 22 de abril de 2014 em 13:05
          Permalink

          Uma vez apareceu uma reportagem deste tipo. Exibiram quadros e pediram a avaliação dos críticos e apreciadores de uma galeria. Só se ouvia elogios!

          Um inclusive disse que o pintor era o próximo Michelangelo. No fim, a matéria era sobre o elefante que pintava quadros (o autor daquelas obras)

          Esta matéria passou no Fantástico, deve até ter o video no Youtube.

          Resposta
  • 4 de junho de 2013 em 11:30
    Permalink

    cara se não fosse o titulo eu juraria que uma postagem sobre asiáticos ninjas que jogam pingue-pongue em mesas construídas sobre florestas de bambus na base dos cinco picos antigos, e o técnico é o mestre ancião (Dohko de Libra)

    Resposta
  • 4 de junho de 2013 em 19:58
    Permalink

    Talvez seja simplesmente um golpe pra lavar dinheiro.

    Resposta
  • 4 de junho de 2013 em 21:58
    Permalink

    Mas a interpretação de uma obra de arte está na cabeça de quem vê e não na intenção de quem faz.

    Resposta
  • 4 de junho de 2013 em 22:39
    Permalink

    Quando eu era criança,epoca de windows 98,eu abria o paint e fazia umas artes mais legais que essa ae!
    O que eu ganhei com isso?Nadadenada!
    Mundo injusto cara!Mundo injusto!

    Resposta
    • 7 de junho de 2013 em 17:31
      Permalink

      Muita gente fala: “Isso aí até eu faço”.
      A diferença é que o cara fez e você não.

      Resposta
  • 5 de junho de 2013 em 19:58
    Permalink

    Mas isso é normal no mundo de hoje. Como pode o Neymar ser rico? Qual o benefício que ele traz a sociedade? Porque ele merece o dinheiro que tem? Porque os políticos tem um salário tão alto? Porque “atores” da rede esgoto de televisão(grobô) são ricos se não são importantes para a sociedade. Porque um estádio de futebol lota em dias de jogo? Qual a lógica? Enfim, ganhar muito dinheiro nesse mundo quase nunca está ligado a méritos ou a lógica racional.

    Resposta
    • 6 de junho de 2013 em 9:32
      Permalink

      Nem todos os atores da Tv são ricos. Aliás, a maioria ganha mal.

      Resposta
      • 6 de junho de 2013 em 15:12
        Permalink

        Podem ganhar mal na Globo, mas estando nessa vitrine eles enchem os bolsos aos montes ao terem um cachê elevadíssimo para aparecer em eventos por poucas horas.
        Já na Record é o contrário, o salário é mais alto mas não é uma boa vitrine e os cachês em eventos são bem mais baixos..
        Ah, e namorar o Neymar também alavanca o cachê, vide Bruna Marquezine que de 20 foi pra 80 mil por aparições em eventos…kkk

        Resposta
    • 11 de junho de 2013 em 3:38
      Permalink

      “Porque um estádio de futebol lota em dias de jogo?” “Como pode o Neymar ser rico?”
      Pronto, está respondido a sua pergunta de como o Neymar pode ser rico. Neymar joga bem futebol, atrai publico, patrocinadores, com isso o clube arrecada milhões e se o clube arrecada milhões quem além do principal causador desse ganho deveria ganhar bem?
      O futebol é um esporte de multidões, cada um gasta 40 reais e boom temos alguns milhões e se os jogadores são as principais peças nesse jogo é lógico que eles ganhem boa parte dos lucros.

      Resposta
  • 5 de junho de 2013 em 21:52
    Permalink

    Cara esse tipo de coisa eu acho o fim. Não consigo ver “arte” num quadro desses.
    Aqui em Porto Alegre tem a Bienal do Mercosul, onde você pode encontrar muita dessas obras que alguém acha que é arte. Numa das edições,tinha uma mesa de cimento sendo exposta, vidros quebrados, e por aí vai. E a gente que fica treinando pra burro querendo fazer um desenho que presta muitas vezes não é reconhecido.
    E o que eu acho engraçado é que pessoas são contratadas para explicar ao público o significado da tal obra, ou seria melhor dizer para dar uma desculpa do porque certas coisas são consideradas dignas de uma mostra de arte.

    Resposta
    • 6 de junho de 2013 em 9:24
      Permalink

      É um quadro de 53. Ele está inserido em um momento histórico especifico. Malevich fez um quadro totalmente preto, e uma tela branca sobre uma parede branca.
      Na época havia uma busca pelo minimalismo e pela essencia da arte. A arte estava tentando se consolidar de alguma forma já que a fotografia tomou-lhe a função da representatividade. Hoje temos soluções simples de design de produto, design pra web e até de arquitetura graças a pesquisas de caras como esses.

      Nos dias atuais acho completamente sem propósito a criação de um quadro minimalista para exposição, já que tudo que havia de ser extraído deste experimento já deu os frutos que tinha que dá, e a maioria dos minimalistas contemporaneos são ingenuos, só escolheram o estilo pela facilidade e pela imitação. Mas, como estamos falando em peças históricas fica mais fácil entender o valor astronomico das mesmas.

      Pontas de lança pre-históricas são apenas pedras lascadas que poderiam ser feitas até por chimpanzés. Mas, elas alcançam valores igualmente astronomicos.

      Qualquer bom desenhista atual pinta melhor que Boticelli, ou que qualquer artista Bizantino.

      É preciso contextualizar antes de julgar. A curadoria e as bulas nas galerias existem justamente pra dar um norte pra o cidadão comum, justamente porque não se deve esperar que todo mundo seja especialista em história ou em arte.

      Resposta
      • 6 de junho de 2013 em 16:56
        Permalink

        Concordo com vc cara. Realmente é necessário um contexto.

        Que eu não acho muito justo dar milhões por essa obra de arte, eu de fato não acho, mas que nem por isso ela deixa de ter um valor histório.

        Acredito que sim, algumas coisas na arte fizeram muito sentido em sua época e que hoje já não prestam de mais nada. Uma das minha favoritas é o cubismo, que surgiu numa época em que a fotografia estava tomando conta, e as pessoas já começavam a se questionar ‘pra que pintar se podemos tirar foto?’ e alguns movimentos artísticos como o surrealismo, surgiram para mostrar a que fotografia tinha limites, mas a pintura não.

        Resposta
    • 7 de junho de 2013 em 17:39
      Permalink

      Cara, arte não é pra ser entendida.
      Um artista de verdade geralmente não está preocupado com o que os outros vão pensar, nem tão pouco com o significado da obra.
      Eu entendo que as pessoas fiquem indignadas com isso, mas na boa, o cara que pintou isso aí não tá nem ligando pra nossa indignação.
      É arte. Teoricamente não é feita para você gostar ou aprovar, ou considerar ou não arte.
      Esse negócio de explicar o significado da obra é só chá-lá-lá. Papo furado. Você entende a arte como quiser e se quiser. Acha bonito ou feio, tanto faz.
      Tipo, eu não pagaria 44 milhões nesse quadro aí, mas eu acharia lindo numa sala de jantar decorada num estilo contemporâneo. Mas tanto faz, isso é minha opinião pessoal, e who cares?

      Resposta
      • 8 de junho de 2013 em 18:09
        Permalink

        èÉ vedade, pq o cara que pintou isso ta morto faz uns anos.

        Resposta
  • 6 de junho de 2013 em 13:05
    Permalink

    Acho que se trata do velho caso de estar comprando algo apenas pelo nome do artista, simplesmente. Se o Picasso aspirasse tinta azul e espirrasse numa tela pode ter certeza que a obra seria vendida por milhões, apenas por se tratar do Picasso… é triste hehehe

    Resposta
  • 6 de junho de 2013 em 17:12
    Permalink

    Sei que não tem nada haver com o assunto, mais tem como criar uma nova discussão sobre o LAGARTO que descobriram em Marte ?

    Resposta
  • 7 de junho de 2013 em 9:43
    Permalink

    Pelo menos você ta melhor que eu. Dois retângulos azuis onde eu só tinha enxergado uma faixa clara.

    Resposta
  • 7 de junho de 2013 em 13:36
    Permalink

    impressionante o baixo nível cultural em relação a arte por aqui, uma tristeza. o barnett newman é um dos maiores artistas que existiu, esse valor não é nada perto do significado desta obra.

    Resposta
  • 7 de junho de 2013 em 15:52
    Permalink

    Não foi P.T.Barnum quem disse que : ” Nasce um otário a cada minuto”?
    Só porque o cara tem dinheiro, não quer dizer que tenha que ser esperto.
    Mau gosto não se discute…Se lamenta!

    Resposta
    • 8 de junho de 2013 em 18:13
      Permalink

      Na verdade, o que acontece é especulação financeira com a arte. O cara que comprou não é burro. Ele fez um investimento confiando que em um X de anos o valor irá aumentar muito além das outras aplicações disponíveis no mercado. é praticamente isso que esta por tras de TODOS os quadros supervaliosos no mundo. Acho que no fundo, é mais “esperteza” que burrice.

      Resposta
  • 11 de junho de 2013 em 14:31
    Permalink

    Acho, também que é uma questão de época! Veja por exemplo: de que época são os quadros mais famosos e que foram vendidos pela maior soma de dinheiro?
    Nessa época não existia os meios de facilitar a pintura e expressividade como hoje que contamos com o computador que faz muito, muito melhor que qualquer pintura, seja no próprio programa de desenho ou fazendo uma montagem.
    E aí quando tiramos uma uma, cem , mil cópias a obra em si e a criatividade acabam não valendo porcaria menhuma.
    Já uma obra feita de próprio punho e que não dispounha desses recursos e que podia demorar até, muitas vezes, meses para ser concluida (o que não é , claro . o caso desta porcaria aí de azul) naturalmente deveria valer muito dinheiro. Mas a questão principal aí no caso em questão é o prestígio do artista. Quanto mais habilidoso…e ligeiro…!

    Resposta
  • 18 de junho de 2013 em 2:23
    Permalink

    Não pagaria isso tudo, mas também não vejo dois quadrados azuis.
    Parecem duas montanhas com o céu azul visto por uma fenda. O monte a direita vejo a silhueta de um homem, e a esquerda um homem de costas.
    Cada pintura pode ser interpretada de diversas maneiras, adorei o quadro.

    Resposta
    • 18 de junho de 2013 em 8:43
      Permalink

      è com base nessa característica humana de reconhecimento de padrões que foram criados alguns testes projetivos de Psicologia, como o Roschach

      Resposta
  • 21 de junho de 2013 em 15:02
    Permalink

    Sei lá… Não querendo fazer nenhum pré-julgamento, por que enfim, eu li os comentários acima, mas quadros como esse eu com certeza não entendo XD Deve ter uma explicação e talzs, espero que tenha, mas sei lá, as vezes sinto que esses pintores querem ser tão diferentes que acabam por fazer quadros desse tipo, uma risca, ou só tinta jogada, para que quem não entenda não seja considerado o tipo de pessoa que não é ‘inteligente’ o bastante para ‘entender a obra’.

    Resposta
  • 30 de março de 2014 em 4:56
    Permalink

    Eu não ficaria surpreso se daqui 1 mês aparecesse um post sobre um segundo artista que ficou milionário por desenhar 2 círculos azuis….. o.o

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido !!