bizarro, videos

Dynamo-Jack, o homem misterioso da Indonésia

Muito legal este documentário inglês sobre os poderes aparentemente paranormais de um homem que vive na Indonésia e que não permitiu que...

Written by Philipe Kling David · 1 Minutos de leitura >

Muito legal este documentário inglês sobre os poderes aparentemente paranormais de um homem que vive na Indonésia e que não permitiu que seu nome fosse revelado. Supostamente seu nome verdadeiro seria John Chang. Mas o nome é o de menos é o que ele pode fazer com um poder invisível que atrai os investigadores.

A parte em que ele usa o ki para colocar fogo num bolo de jornal é super legal. Lembro-me vagamente de já ter lido sobre um russo que também podia fazer isso. Ele foi até investigado pela KGB, que estava interessada em treinar seus agentes com a misteriosa técnica (creio que não conseguiram. Tem um video interessante aqui).

A manipulação do Ki, ou Qi, ou Chi, (uma forma de energia que permeia tudo, incluindo aí todos os seres humanos) é um tema bastante estudado e discutido há séculos. As concepções filosóficas do ki são encontradas desde o início da história registrada do pensamento chinês. Esta sabedoria teria sodo trazida para os humanos pelo imperador amarelo, uma figura que governou após os 3 imperadores semi-deuses (eu citei alguns deles no conto “A busca de Kuran”).

Apesar do conceito de ki ser muito importante em diversas filosofias orientais, sua descrição é variada e inclui aspectos conflitantes entre as diferentes versões:

  • Uma questão significativa é a de se o qi existe como uma força separada da matéria.
  • Se esta força surge a partir da matéria
  • Se é a matéria que surge do qi.

Alguns budistas e taoistas são a favor do terceiro conceito, onde a matéria é uma ilusão. (uma das premissas filosoficas que foram popularmente difundidas no filme Matrix)

Já os neoconfucionistas assumem outra posição: criticam a noção de que o qi exista separado da matéria. Eles acreditam que o qi emerge das propriedades da mesma. Com a ploriferação de produtos culturais da China/Japão no mundo, o conceito do qi vem se popularizando em desenhos animados, filmes, quadrinhos e também nos games. Muitos apontam as semelhanças entre o conceito de Qi e a “força” dos cavaleiros jedi da série de filmes Guerra nas estrelas (Star wars) e sugerem que o produtor George Lucas pode ter se apropriado do conceito a partir do filme Kakushi toride no san akunin, obra-prima de Akira Kurosawa realizada em 1958.

Há quem acredite que tudo não passa de invenção, truques baratos de mágica e sugestão hipnótica.

Este post me lembrou daquele clássico video do velhinho que usa o qi para afetar objetos físicos:


fonte

Written by Philipe Kling David
Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais... Profile

Rapper implanta dreads de ouro

em bizarro, Textos
  ·   2 Minutos de leitura

13 respostas para “Dynamo-Jack, o homem misterioso da Indonésia”

  1. A questão é: Porque esses caras não se apresentam no desafio do James Randi? Ninguém quer ganhar 1 milhão de dólares? Eles já são ricos? Ah tá…

    1. Bom, não sei. Mas me parece que este sujeito do tal video, só deu as caras antes do tal desafio. O video parece ser dos anos 80, talvez inicio dos 90.
      O tal desafio da fundação Randi é considerado por muita gente (não só os patifes e estelionatários, mas muitos pesquisadores dos fenômenos paranormais) uma grande jogada de marketing.
      Mas se eu tivesse poderes como os do velho, tentaria o prêmio, só pra poder dar uma zoada mundial no J. Randi.

    2. É que o Qi não é paranormal, é normal, nos cerca e está dentro de nós. Pessoas como o ¨John Chang¨ treinaram para poder entendê-lo e controlá-lo.

    1. Se bem que por aqui temos tb o Thomas Green Morton, que entortava metais e fazia um monte de outras papagaiadas.

  2. Realmente acredito no poder do Qi. Já fui para a China ,visitei um templo Shaolin, e testemunhei ao vivo  monges realizarem feitos impressionantes, como ¨plantar bananeira¨na ponta dos  dedos indicadores. Muito do que é mostrado aqui eu vi eles fazendo: http://www.youtube.com/watch?v=7qHL2PSpecI  Também pratico Kung Fu há dois anos, e já aprendi um pouco sobre o Qi Gong (a arte do controle do Qi e sua circulação pelo corpo). O meu mestre consegue realizar algumas dessas façanhas, como estourar uma garrafa de vidro com a mão, mas nada comparável ao que esses monges fazem!

    Fugindo do assunto, é a primeira vez que comento no blog, mas já acompanho ele há anos, sou um baita fã! Belo trabalho, Philipe!

    Abraço

  3. Adoro o mundo gump, só aqui pra ter essas materias super interessantes!!
    Já leio o blog desde 2007, mas não tenho paciência pra comentar =[
    PS: Quando vai sair o documentario do discovery que o seu pai participou?

  4. pratiquei chi kung durante 5 anos,pra voce ter exito tem desenvolver bondade ,carater moral,só fazendo os exercicios,abandonei pois era visto como uma pessoa estranha,e precisava trabalhar,assim fica dificil pois tem que mecher com publico e comer comida com concerva,mas posso garantir que funciona,voce ve os efeitos em 3 meses,
    http://www.falundafa-br.org/exercicios.html

  5. Tudo é energia, sendo assim, aos que possuem uma mente aberta e uma visão ampla, não veria dificuldade alguma em alcançar tais “poderes” atraimos o que pensamos. Sua energia quem molda e também modifica é você.

Deixe um comentário para Philipe3d Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *