Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Meu, olha só que nojeira… Um sujeito vai ao dentista. Lá, no consultório, o profissional examina e não pode acreditar no que está vendo. Tem uma PLANTA crescendo no dente do cara!

A bizarrice suprema aconteceu em Taiwan.

 

Sentindo muitas dores no último molar superior, o homem de 36 anos procurou um dentista para a retirada do dente dolorido. A higiene bucal do paciente tão tosca que quase todos os dentes dele tinham cáries.

O dente em que nasceu a planta, tinha uma cárie bem profunda formando uma cavidade grande o bastante para acumular restos de alimentos. Aí vem a parte gump da parada: Um dia, ele comeu goiaba e uma sementinha entrou no buraco…  Ali estava formada a condição perfeita para a germinação. Pra ficar ainda mais bizarro o lance, o cara não tinha o molar de oposição, o que deixava aquele espaço com um buraco, que permitiu a planta “habitar”.  Isso permitiu que além de germinar, a semente desse origem a um broto de goiabeira dentro da boca do homem.

Para que uma germinação aconteça é necessária a absorção de água pelos tecidos da semente o que promove várias transformações metabólicas, para então incidir no surgimento da radícula através das estruturas envoltórias da semente, que marca o fim da germinação e o inicio do crescimento da planta. Para que a germinação ocorra, é necessário que as condições do meio sejam adequadas, em termos de composição atmosférica, água e temperatura adequada, etc. Assim, a germinação é influenciada pelo meio, em um ambiente adverso (como a boca, por exemplo), dificilmente a germinação ocorre, mas isso não é impossível.

 

Neste caso, provavelmente a  acidez da saliva pode ter favorecido o rompimento dos tecidos da semente ajudando o surgimento da radícula que parece ter enraizado nos restos de alimento acumulados na cavidade da cárie. A radícula dará origem a raiz, e é responsável pela sustentação e absorção de água e nutrientes pela planta. Daí para a formação do broto, foi apenas necessário que o homem não fizesse higiene bucal, que evitasse mastigar daquele lado! Sem o dente para esmagá-la, a plantinha foi em frente.

O caso é tão louco, que tem até simulação 3d:


fonte, fonte

O cara tinha uma planta nascendo na boca!

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

24 ideias sobre “O cara tinha uma planta nascendo na boca!

  • 25 de fevereiro de 2013 em 16:01
    Permalink

    fake heim

    a planta precisa de luz p desenvolver. ainda mais para produzir a clorofila e ficar verde

    Resposta
    • 27 de fevereiro de 2013 em 16:59
      Permalink

      Na verdade ela usa clorofila e luz para produzir energia e não luz para produzir clorofila. No video diz que a planta devia ter cerca de 10 dias. Só os restos de comida e salive devem ter sido suficientes até ali!

      Resposta
      • 6 de março de 2013 em 14:06
        Permalink

        Certíssimo! Enquanto a semente está germinando e é ainda uma plântula, ela não precisa de luz não!

        Tanto que no laboratório que eu trabalho a gente germina as sementes enroladas em papel específico para isso, e elas ficam sem qualquer contato com a luz, tendo apenas a única coisa que precisam, água para ativar seu metabolismo.

        Fantástico inclusive, até a acidez da boca do cara serviu par quebrar a dormência da semente.

        Resposta
  • 25 de fevereiro de 2013 em 16:37
    Permalink

    Quando eu era pequeno minha mãe falava para limpar bem os ouvidos para não nascer um pé de feijão. Ela devia ter falado de escovar os dentes para não nascer um pé de goiaba. Kk

    Resposta
  • 25 de fevereiro de 2013 em 21:30
    Permalink

    Que coisa doida O.o o cara é aquele mendingo de 3 dentes?? Isso e muito gump! E ontem ou antes de onte foi nivrr de Forrest Gump sua inspiracao para o site como ele sentado com a mala no banco

    Resposta
    • 26 de fevereiro de 2013 em 21:56
      Permalink

      mas ai agora seriam 2 … XD

      Resposta
  • 25 de fevereiro de 2013 em 23:36
    Permalink

    Na boa, que imundície. Será porque o cara não escova os dentes? Confesso que já fui dormir algumas vezes sem escovar dentes, mas chegar ao ponto de nascer planta em meio a podridão de um dente é sacanagem né…

    Resposta
  • 25 de fevereiro de 2013 em 23:39
    Permalink

    Muito nojento…o cara não deve saber o que é uma escova de dentes, só pode…

    Mas mudando de assunto…semana passada descobri um negócio chamado Tulpa, que é uma forma pensamento. Basicamente a pessoa faz exercícios de meditação e visualização, e no processo cria um amigo imaginário. Se for feito certo, se torna um pensamento tão forte que é possível alucinar conscientemente com o “amigo”. Não rola um artigo?

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2013 em 1:32
    Permalink

    Cara! Isso é incrivel. Mas me parece que a dita acidez salivar, e temperatura bocal não favorecida esse tipo de ocorrência.
    Bem que minha mãe falava, se engolir semente vai nascer um pé de ameixa (nesse caso, goiaba) dentro da sua barriga. Rsrsrs!
    Mas para ilustrar, conheci um caso de uma pessoa, senhora de idade, que quando foi no médico para uma cirurgia, aí entuba-la para a anestesia o anestesista percebeu que ela tinha uma prótese (dentadura), que precisaria ter que ser retirada, cimo em todo procedimento cirúrgico. Bem, a prótese estava tão grudada, que sangrou ao ser retirada e estava “azul” de mofo e sujeira, sem contar o “fedor”, que inundou a sala de cirurgia toda. Parece que ela nunca tinha retirado a prótese para fazer a higiene, desde o dia em que a colocou, TRÁGICO!

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2013 em 10:35
    Permalink

    Nem fale, vou agora mesmo para a cozinha preparar um lanchinho!

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2013 em 10:52
    Permalink

    É mesmo, NASCENAIN!. Lembro que minha mãe falava que ia nascer um pé-de-couve (no ouvido) kkk!
    Uma vez fui passear na casa de uns parentes e tive que passar a noite para ir embora no outro dia. Durante a noite chegou outras pessoas que iam viajar com o meu primo (para outra cidade , para uma consulta médica periodica que eles faziam) e colocaram um rapaz para dormir na cama em que eu estava. Eu dormia e não vi nada disso. Mas durante o meu sono eu sonhava com coisas podres, animais mortos, fedores etc. Então uma hora acordei e vi que estava praticamente com o nariz na boca do sujeito. Arg, o fedor de esgoto E CARNIÇA que vinha daquela boca era traumatizante. Levantei e tentei “dormir para os pés”, mas o fedor era tanto quanto ou pior. Joguei uma coberta no chão e me acomodei por ali até amanhecer. FOI HORRIVEL!

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2013 em 16:35
    Permalink

    engraçado a simulação… o boneco nervoso…kkk

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2013 em 17:04
    Permalink

    Cara, goiaba é a planta mais sem vergonha que existe, aquilo nasce em qualquer lugar, desde barrancos de pedra passando por lixões, até a boca do china ai!!

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2013 em 21:58
    Permalink

    É verdadeiro sim. Algumas pessoas cometem o equívoco de pensar que sementes precisam de luz para brotar. Bem, elas precisam basicamente de água, calor e escuro no início. A melhor técnica é colocar uma semente enrolada em papel e molhar, guardar num copinho num lugar quentinho. E é lógico que numa segunda etapa precisa sim de luzsolar, é óbvio. Agora tem outro lance destes tb: o caso da árvore que tava crescendo no pulmão de um russo! Agora fico imaginando um pé de canabis nascendo dentro de um jamaicano! kkkkkkkkkkkkkkk
    http://g1.globo.com/Noticias/PlanetaBizarro/0,,MUL1083364-6091,00-MEDICOS+DESCOBREM+ARVORE+CRESCENDO+EM+PULMAO+DE+PACIENTE.html

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2013 em 10:41
    Permalink

    Às vezes eu fico pensando “creme dental e escova de dentes são artigos muito caros?”. Depende, né? Por que para mim, são artigos baratos e básicos, mas para uma pessoa que tenha que escolher entre comprar os utensílios para a sua higiene bucal e comprar pão, o creme dental e a escova de dentes passam a ser artigos de luxo. Eu penso nisso, pois eu vejo tanta, mas tanta gente com os dentes ruins. E eu não estou falando sobre ter condições de ir a um dentista, por que dependendo do que você for fazer, a ida ao dentista pode ser cara pra cacete mesmo. Eu estou falando sobre cuidados básicos que evitam que a pessoa tenha que gastar aos tubos no dentista. Outro dia eu estava na praia esperando que o moço do quiosque entregasse o meu lanche, quando eu olhei para o lado e vi, uma mãe com uma criança que deveria ter no máximo uns 4 anos. A criança de repente começou a conversar com a mãe. Na boa, eu preferia não ter olhado. A pobre da criança tinha todos, eu disse TODOS, os dentes cariados. Eram todos marrons!!! Como?! Explique como uma mãe permite que seu filho fique com a boca assim?! Tudo bem que existe a tal da cárie de mamadeira, mas mesmo assim nada justifica que a criança chegue àquele ponto. E esclareço, a mãe com seu filho não parecia se encaixa naquela minha teoria de que a pessoa precisa escolher entre ter o que comer e ter condições de cuidar dos dentes. Para mim, o caso da criança com cáries era desleixo da mãe. Cuidar dos dentes não dói! E acho que muita gente não o faz por relaxamento.

    Resposta
    • 27 de fevereiro de 2013 em 18:23
      Permalink

      Parece que (não sei se é lenda urbana, os dentistas que são leitores aqui podem confirmar ou não) alguns antibióticos antigos causavam problemas de mineralização nos dentes das crianças. Some isso com a falta de higiene, a ignorância da mãe por achar que “são dentes de leite, vão cair mesmo…” dá nessa merda aí.

      Resposta
  • 27 de fevereiro de 2013 em 19:15
    Permalink

    PARA Mme. Danica; você viu meu comentei mais acima?
    Mas eu ia justamente falar sobre isso que o PHILLIPE comentou. Eu conheci um garotinho, filho de gente esclarecida nestas condições (dentes amarelos, marrons por antibióticos), parecia cárie, mesmo. E muitas mães, ainda acreditam que por ser dentes de leite e que vão mesmo cair, não precisa cuidar. Só que se esquecem que o habito vem da prática. E é “de pequeno que se torce o pepino” não é?
    Abraço!

    Resposta
    • 1 de março de 2013 em 13:44
      Permalink

      Pois é, Bezalel. Eu fiquei com pena do garotinho. Sejam os dentes marrons por antibióticos ou por cáries, acho que a mãe da criança poderia ter mais cuidado com os dentes do filho. Na hora eu só pensei “putz, essa porra deve doer muuuuito”. Coitado do menino.

      Resposta
  • 28 de fevereiro de 2013 em 23:44
    Permalink

    que posso fazer nada a não ser dar risadas kkkkkkkk. mais absurdo não seria possível kkkkkkkkkkkk

    Resposta
  • 4 de março de 2013 em 19:01
    Permalink

    se uma goiaba faz esse estrago, imagina se o cara tivesse comido jaca … XD

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido !!