fbpx

animais, Curiosidades

Filhotinho de dragão?

Escrito por Philipe Kling David · 20 segundos de leitura >

Não é um filhotinho de dragão, mas coloca uma asa ali que vira um.

 

Sensacional o visual deste pequeno lagarto nativo da Àfrica do Sul. Seu padrão de escamas funciona como uma carapaça de tatu para protegê-lo dos inimigos. Os lagartinhos dessa espécie vivem em colônicas de 8 a 10 indivíduos e os filhotes são replicas exatas dos adultos, só que em miniatura. O nome oficial do bichinho é Cordylus cataphractus. Eles mordem a cauda para virar uma bolinha e se proteger quando estão com medo.

Fonte

Escrito por Philipe Kling David
Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais... Profile

Hackers atacam a radio misteriosa UVB 76

em Curiosidades
  ·   33 segundos de leitura

O homem que levitava

em Curiosidades
  ·   8 Minutos de leitura

9 respostas para “Filhotinho de dragão?”

  1. Muito simpático esse lagarto, fico imaginando quantos não devem querer adotar um ao invés de um iguana… eu pelo menos acho bem mais diferente.

  2. Também achei esse lagartinho muito simpático! 😀
    Nunca fui com a cara de iguanas, mas um desses até deu vontade de criar! 😀

  3. O que eu vou dizer vai contra todos os padrões pré-estabelecidos pela nossa sociedade sobre beleza:
    -Que fofinho!!!

  4. Daqui a algum tempo vai virar febre mundial “ai” os desgraçados dos seres humanos vão capturá-lo em escala ajudando com a sua extinção.

  5. [quote comment=”24772″]Daqui a algum tempo vai virar febre mundial “ai” os desgraçados dos seres humanos vão capturá-lo em escala ajudando com a sua extinção.[/quote]

    Provavelmente. Uma pena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.