Ele quase foi parar no Darwin Awards*

Olha só a história do cara: ele é um pescador norte americano que estava pescando no golfo do México, a aproximadamente 80km da cidade de Panamá City, na Flórida,  quando encontrou um MÍSSIL ar-ar Tomahawk.
O Míssil continha um buraco na sua estrutura, e devido a isso, o pescador pensou que estava seguro. O míssil ficou no barco, balançando de um lado para o outro por dez dias. E então Rodney Solomon achou que seria uma boa ideia levar o Míssil para casa e usar como objeto de decoração. No caminho até a casa, o míssil foi jogado de um lado para o outro, balançou de tudo quanto foi jeito e finalmente foi colocado na sala de estar, para enfeitar.
O Míssil ficou na casa do cara como souvenir por cerca de uma semana.

A sorte do maluco é que ele resolveu avisar ao corpo de bombeiros do achado, e os bombeiros comunicaram a Força aérea dos Estados Unidos. Tão logo soube que o míssil “estava vivo” e poderia explodir literalmente a qualquer momento, o pescador entrou em desespero.

Especialistas militares foram até a casa do pescador e desmontaram o artefato com cuidado. Posteriormente, Rodney foi informado que ele fazia pesca de arrasto numa área usada para testes militares.

Os militares também disseram que sempre que encontrar um míssil, é pra deixar no lugar e avisar a posição para eles. Mas Rodney disse que ele não tem medo: “Nós somos pescadores. Nada nos assusta.”

Fonte

*O Darwin Awards é um prêmio oferecido a todos aqueles que morrem em circunstâncias tão ridículas que envergonham a espécie humana. Ele é oferecido em honra dessas pessoas que, de modo corretamente evolutivo, não passam seus genes para a posteridade.

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

  1. Realmente não é um Tomahawk. O Tomahawk é um míssil usado para destruir alvos estratégicos baseados em terra. O artefato em questão, trata-se de um míssil ar-ar AIM-9L SIDEWINDER.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimos artigos