Aquarela do inconformismo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

Brasil!
Meu Brasil Brasileiro
Explorado Primeiro
Vou lamentar-me com estes versos
Brasil, decepcionar
Robalheira, que faz corar
O Brasil do senador
Onde ladrão é doutor…

Abre a continha pro deputado
Tira o capeta do tarado
Bota pastor como candidato
Chama pra depor o assessor
A misericórdia que não é sua
Com o dinheiro do eleitor
Quero ver esse senador votando
Pelo planalto  arrastando
O seu imposto roubado…

Esse político que dá trôco
Ui! Onde penduro na parede
a foto de quem mais roubar
Por estes montes de mutantes
Que nas favelas da rede
desesperados a esmolar
Esse Brasil intrigueiro
É o meu Brasil bolsa-eleitoreiro
Terra de rico e mendigueiro…

Brasil!
Terra da hipocrisia escandalosa
Da desigualdade horrorosa
Do olhar indiferente
Brasil, tem que mudar
Para o mundo se admirar
O Brasil, este cocô
terceiro mundo de horror…

Mostra a continha do candidato
Tira o safado do mandato
Bota o canalha encarcerado
Chama de novo o investigador
A moratória é toda sua
Devolve o que você roubou
Huuum!
Essa coisa se alastrando
E com os figurões se ferrando
E os seus filhos retardados …

Esse país que paga pouco
Onde olho minhas paredes
Na casa onde quero morar
Por essas negociatas gigantes
Onde um honesto me precede
Com a coragem de se candidatar
Huuum!
Esse Brasil indo ligeiro
É o meu Brasil Brasileiro
Onde senado não é picadeiro…

Brasil!
Meu Brasil Brasileiro
Não será mais um atoleiro
Vou cantar-te nos meus versos
Brasil, vai melhorar
O povo vai trabalhar
O Brasil batalhador
Não é mais agricultor…

Abre a sacolinha do Estado
Tira a nota preta do roubado
Bota o imposto congelado
Chama de novo o investidor
A maracutáia não é mais turva
A corrupção já passou
Quero ver essa galera estudando
Pelos laboratórios pesquisando
O investimento retornando…

Esse meu povo que não é louco
Onde não há piche na parede
Dizendo em quem votar
Pra um povo que não é ruminante
Que não vota de cabresto
Em quem o pastor mandar
Esse Brasil será o primeiro
A condenar todo mensaleiro
Que não honrar nosso dinheiro…

Oi! Esses lampejos murmurantes
Onde eu exponho meu desejo
De ver este país melhorar
Esse Brasil utópico e delireiro
Da esperança do povo inteiro
Infelizmente é só terra de samba e pandeiro
Brasil!

Fim

Comments

comments

2 respostas

  1. A culpa não é do governo !!!A culpa é da família (especialmente das mães que não põe nada de bom na cabeça das crianças).
    Pra te acompanhar,fiz essa paródia da música “Aluga-se” do Raul . Aí vai:

    A solução pro nosso povo
    Eu vou dá
    Porque aqui
    a coisa tá muito feia
    Tá tudo pronto
    É só executá
    A solução é por a mãe na cadeia!…

    Porque a mãe é a culpada
    Porque a mãe é a culpada
    Não é só parir!
    E depois largar aí
    Vai ter que
    saber criar
    se não souber vai se ferrar
    Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!…

    O nosso povo
    Eu sei que eles vão gostar
    Vai ficar bom
    a vida vai melhorar
    Vai ter que dar informação e moral
    E não é só
    atochar circo e mingau
    …Uau!:ohhyeahh:

    Não precisa de mais nada
    Não precisa de mais nada…
    Ei!
    -Grande Soluça!

    Vamo embora!

  2. Como se a criação das crianças fosse pura e incondicional responsabilidade apenas das mães… Teria feito um comentário muito mais feliz parando na família…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Eu dei duro aqui

Com 15 anos de sangue suor e lágrimas, eu me esforcei para fazer um dos blogs mais antigos e legais do Brasil. Mis de 5000 artigos, mais de 100.000 comentários, mais de 20 livros, canal, programa de rádio, esculturas... Manter isso, você pode imaginar, não é barato. Talvez você considere me apoiar no Patreon e ajudar o Mundo Gump a não sair do ar.
Ajuda aí?

Conheça meus livros

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.