A musica que Charles Aznavour nunca gravou

Brincando com o falecido

Essa semana estou trabalhando muito preso em diferentes projetos. Mas sigo também fazendo meus estudos em IA, e quem me segue lá no instagram já viu alguns deles.
Nesse teste, minha meta foi tentar fazer o falecido Aznavour de quem sou fã declarado, cantar uma musica minha. Eu previ que isso um dia seria possível num post aqui do blog de 2008, (estou com preguiça de procurar, mas meu amigo Carlos Motta que já leu o blog todo afirmou que foi nesse ano, então eu aceito) de alguém inventar uma musica e usando a tecnologia fazer um falecido cantar. Se não me falha a memória, quando eu escrevi, disse que isso viabilizaria até um Show do Raul Seixas e Elis Regina.

Bem, a meta era fazer o velhinho cantar. Eu precisei usar 6 Ias para esse video, mas conversando com meu amigo Robert concluí que daria para fazer melhor usando dez IAs diferentes.

Ainda não é perfeito, obvimente, estamos na pré-história do negócio. Mas quando comecei a tentar isso, com resultados tão sofríveis que nem consigo mostrar, o Charles só falava. Agora ele já canta. O resultado é curto, instável e granuloso ainda.
Talvez precisasse de uma pós produção, para arredondar o audio, aqui esta como sai, cru. Seria necessário alguma masterização, mas me falta o $. Nem placa de video direito eu tenho, então eu vou fazendo como dá.
Isso aqui já me espantaria lá em 2008. Pena eu não ter uma maquina do tempo.

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimos artigos

Gripado

O dia da minha quase-morte

Palavras têm poder?