UVB-76 – A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

Você já ouviu falar na UVB-76?

Se você nunca ouviu falar na UVB-76, vai descobrir neste post que esta rádio de ondas curtas é um dos grandes mistérios do mundo.

O que é a UVB-76

Segundo a Wikipedia, A UVB-76 (também conhecida como MDZhB) é uma estação de rádio de ondas curtas, que transmite na frequência 4.625 kHz. Ela ficou conhecida entre os ouvintes de rádio como The Buzzer. Isso porque ela possui um pequeno e monótono sinal, repetindo-se a uma taxa aproximada de 25 tons por minuto, durante 24 horas por dia.

A estação tem sido observada desde 1982, e em raras ocasiões, o sinal de alarme é interrompido e uma transmissão de voz em russo ocorre .  No entanto, o que se diz é algo que deixa tudo mais absurdamente misterioso.

Ninguém sabe o que as mensagens em russo querem dizer, nem porque ela emite apitos e números há tantos anos, desde o tempo da União Soviética. Claro que com o tempo, mais e mais pessoas se viram obcecados em desvendar o mistério dessa radio russa de onda curtas. Existe muita especulação sobre a natureza e razão de existir da rádio, mas, no entanto, o verdadeiro objetivo desta estação ainda é desconhecido.

A estação UVB-76 transmite um som vibrante, que dura 0,8 segundo, pausando por 1-1,3 segundos, e repetindo-se 21-34 vezes por minuto. Um minuto antes de cada hora, o tom de repetição é substituído por um tom contínuo, que continua por um minuto até que o tom de repetição volte a tocar. Sabe-se que entre as 07:00 e 07:50 GMT, a estação transmite com baixo consumo de energia. Provavelmente  é quando a manutenção do transmissor ocorre. O som gerado pela estação, lembra um chiado igual ao de rádio acompanhado de um rápido barulho de um navio.

ESCUTE A UVB-76 AQUI:

Alguns leitores não estão conseguindo ouvir a radio UVB76 em tempo real. Aqui está o link onde você poderá ouvir. Ao entrar, escolha html5 e quando o painel de opções abrir, coloque no dial 4625 kHz e escolha no modo de banda USB

A UVB-76 é transmitida pelo menos desde 1982 com seu repetitivo “pip” de dois segundos, mudando para uma campainha no início de 1990. Ela foi alterada brevemente para um tom mais alto e de maior duração (cerca de 20 tons por minuto) em 16 de janeiro de 2003, embora o este som tenha sido revertido para o padrão de tom anterior.

Hoje, milhares de pessoas escutam a UVB-76. Sim, parece bizarro que pessoas de todo o mundo, das mais diversas profissões e idades fiquem madrugada adentro com o fone no ouvido escutando essa estação lá no caixaprego apitar, mas é isso mesmo que acontece. Enquanto escrevo este post, talvez milhares de pessoas estejam ouvindo atentamente essa misteriosa radio russa.

Ah, Philipe! Se é tão misteriosa, por que ninguém vai lá e vê o que tem?

Pois é, meu amigo. Teve gente que foi!

A busca pela UVB-76 dá um filme. Muita gente já vasculhou a Russia em busca do lugar de onde se origina o sinal.

Após o período de duas décadas onde os ouvintes de ondas curtas apenas acompanhavam a radio, começaram a aparecer os fanzines, os primeiros grupos de trocas de informações sobre a radio. Quando a internet surgiu com força total e sua característica aglutinante de pessoas do mundo todo em torno de temas comuns, a UVB-76 ganhou destaque. Surgiram vários grupos dedicados a estudar o intrigante mistério.

Após um longo tempo de pesquisa, alguns grupos de investigação amadora da UVB-76 descobriram que o sinal estavam emanando de  um gorodok voyenni (pequena cidade militar) perto da aldeia de Povarovo (fala-se povarôvo) e, muito raramente, talvez uma vez a cada poucas semanas, a monotonia era quebrada por uma voz masculina recitando breves sequências de números e palavras, muitas vezes sequências de nomes russos: “Anna, Nikolai, Ivan, Tatyana, Roman…”

Obviamente isso é um código. Mas o que ele diz, até agora ninguém sabe.

Durante um longo tempo a transmissão pareceu homogênea, mas então, um dia, a amplitude e a afinação do zumbido mudou, e os intervalos entre os tons que oscilam. A cada hora,  a estação apitava duas vezes, rapidamente.

Parte do misterio da estação UVB-76 é que ela ainda existe. Nenhuma das grandes mudanças que marcaram a Rússia na última década,  desde a Guerra Fria,  as duas primeiras décadas do pós-guerra fria, a era  Gorbachev, a Perestroika , o fim da guerra no Afeganistão, a implosão soviética, o período Boris Yeltsin, o bombardeio do parlamento, a primeira guerra da Chechênia, os oligarcas, a crise financeira, a segunda guerra da Chechênia, a ascensão do Puttinismo… Tudo isso passou, o país sofreu profundas transforações em diversos níveis, mas  a  UVB-76 permaneceu uma perturbadora constante, sem maiores alterações, para espanto do insondável grupo de entusiastas de rádios de ondas curtas, que sintonizaram e vem documentando quase todos os sinais que são transmitidos. Embora a campainha (como eles apelidaram) sempre foi uma incógnita, foi também uma constante reconfortante, zumbindo com um obscuro, metrônomo através das décadas.

Foi assim até o fatídico dia  5 de junho de 2010, quando subitamente, o zumbido cessou. Não houve informes, nem explicações. Só o silêncio.

No dia seguinte, a transmissão voltou como se nada tivesse acontecido. Ao longo dos meses de junho e julho, a  rádio UVB-76 se comportou mais ou menos como sempre. Houve algumas perturbações-incluindo breves fragmentos de que soava como código Morse, mas nada dramático. Em meados de agosto, o zumbido parou novamente. Ele voltou, parou de novo, e então recomeçou.

Em seguida, no dia 25 de agosto, às 10:13, a UVB-76 parecia bichada. Primeiro houve silêncio, depois de uma série de golpes e ruídos estranhos, que espantou os ouvintes, pois o som vinha de uma sala. Só então eles perceberam que a campainha não era um som automático transmitido, mas um dispositivo que gerava o ruído “ao vivo” numa sala de transmissão. E nesse dia era como se alguém estivesse naquela sala.

Muitos acharam que o mistério estava prestes a se revelar. Quem seria o misterioso operador da radio russa?

Mas não foi o que aconteceu. Na primeira semana de setembro, a transmissão foi interrompida com freqüência, geralmente com o que parecia ser trechos gravados da “Dança dos Pequenos Cisnes” da peça musical de  Tchaikovsky “O lago dos cisnes”.

Na noite de 7 de setembro, algo mais dramático:  Às 08:48, horário de Moscou, uma voz masculina emitido um novo sinal disse:

-“Mikhail Dmitri Zhenya Boris”

Isso pareceu indicar que agora a estação estava mudando de nome para MDZhB. Isto foi seguido por uma sequencia de mensagens nebulosas típicas da UVB-76:

– “04 DRENDOUT 979”-  seguido por um período de  séries de números, e então – “TRENERSKIY” e ainda mais números.

Aquilo quase causou uma comoção aos que seguiam a rádio misteriosa através de noite após noite. E não eram poucos!

Sabe-se que a versão captada em ondas curtas e retransmitida em tempo real para a internet tinha, em agosto de 2010, mais de 41 mil pessoas ouvindo. Hoje são dezenas de milhares deles.

Conforme o tempo passa, o mistério só aumenta. E entre os diversos mistérios envolvidos nessa radio, um dos que eu acho talvez o maior é: por que? As pessoas se concentram no “pra que?” mas o “por que” também não se explica. Se são mensagens cifradas, qual a razão de usar um método tão arcaico quanto ondas curtas, que viajam pela ionosfera e precisam de quantidades BRUTAIS de energia? Fica caríssimo manter isso, ainda mais por mais de três décadas! Uma transmissão via satélite militar geoestacionário seria mais barata e mais fácil.

Cerca de 30 anos atrás, diz-se, os soviéticos construíram uma estação de rádio de ondas curtas, perto Povarovo, um lugarejo que fica a 40 minutos de carro segundo para o noroeste de Moscou. Na época, Leonid Brezhnev ainda estava vivo, o Kremlin presidia um império intercontinental, e as tropas soviéticas estavam lutando contra o mujahideen. Após o colapso da União Soviética em 1991, foi revelado que toda Povarovo era controlada pelos militares, e que tudo o que acontecia lá era top-secret.

O fato de ser top secret talvez explique porque até hoje o governo se nega a reconhecer a existência da Radio e afirma que “não tem nada a ver com essa transmissão”.

Claro que os aficionados pelos mistérios das transmissões de ondas curtas levantaram várias hipóteses sobre o papel da estação na vasta rede militar de comunicações da Rússia:

  • Era um nó esquecido, criado para servir alguma função agora perdida nas profundezas da burocracia.
  • Era um sinal  ultra-secreto, que transmitia mensagens para espiões russos em países estrangeiros.
  • A UVB-76 serviu de nada menos do que o epicentro da “máquina do Juízo Final”, também chamada de ” arma do soldado morto” ou “arma  da mão morta” da ex-União Soviética, que tinha sido programado para lançar uma onda automática de mísseis nucleares para os EUA no caso de o Kremlin ser arrasado por um ataque furtivo dos EUA. Se isso ocorresse a estação sairia do ar, e os mísseis seriam disparados decretando o fim do mundo.
  • A teoria mais curiosa diz que a UVB-76 pode ser uma radio “fantasma”. Isso é: Uma transmissão do outro mundo. Num dos raríssimos momentos em que ela ficou fora do ar, um homem  em russo transmitiu coordenadas. As coordenadas levaram a uma estação de transmissão abandonada – veja fotos no fim do post. Mas essa teoria embora bem alegórica, caiu por terra com novas descobertas posteriores.
  • A teoria menos sexy, e também das menos prováveis, é a que postulava que a campainha estava testando a espessura da ionosfera. (ela é a menos provável porque especialistas em radiofrequência dizem que a faixa de radio e a potência são insuficientes para qualquer medição)

 

Ainda hoje, ouvir a UVB-76 é como ouvir um mundo que já não existe há décadas. Tem sabor de Guerra Fria.

A maioria dos observadores acredita que UVB-76 é um exemplo idiossincrático do que é chamado de uma estação de números, usado para comunicar mensagens criptografadas para espiões ou outros agentes. Normalmente, estas estações transmitem números em grupos de cinco, o que torna impossível detectar partições entre palavras e frases. Os números podem ser descodificados utilizando uma chave de posse do ouvinte pretendido (o espião) .

Sabe-se que as estações de números existem por aí desde a Segunda Guerra Mundial, como documentado pelo Projeto Conet, uma compilação de gravações que foi lançada pela primeira vez em 1997. Existem algumas russas,  norte-coreanas, norte-americanas, as cubanas, e as britânicas.

Os amadores de ondas curtas suspeitam que o  MI6 estava por trás da mais famosa estação de números no planeta, a tão reverenciada Lincolnshire Hunter.

Um grupo online que se autodenomina Enigma 2000 coleta dados sobre números de estações de todo o mundo. Jochen Schäfer, que dirige a filial alemã do grupo, acredita que a UVB-76, não é nenhuma estação de números típica, mas certamente é uma delas.

Normalmente, diz ele, as estações começam suas transmissões com um sinal de chamada, em seguida, passar para uma introdução própria. A Lincolnshire Hunter,  por exemplo, tem o seu apelido, porque cada transmissão começava com os dois primeiros compassos da canção popular Inglesa com o mesmo nome, antes de começar a transmitir os números. Já a UVB-76  é diferente por causa de sua estrutura. Na maioria das vezes, não é apenas o a campainha irritante e repetitiva.  As mensagens vêm em horários irregulares, e isso é muito estranho.

Aliás, foi este formato anômalo que levou alguns pesquisadores da UVB-76 a sugerir que ela não é só uma estação de números, mas algo mais.

Um ex-funcionário europeu de alto escalão e investigador de longa data do bloqueio soviético às estações de rádio ocidentais, conhecido por seu nickname “JM”, afirma que o propósito da campainha é transmitir ordens codificadas para as unidades militares na Rússia, não para espiões fora das suas fronteiras.

JM observa que a maioria do que foi reunido sobre a estação indica que a sua frequência é de 4625 kHz, e seu principal transmissor é de 20 quilowatts. O transmissor de backup é de 5 quilowatts, e sua antena horizontal-dipolo aponta para uso convencional, militar.

Bryan Tabares, um engenheiro de produção de 21 anos de idade, de Jacksonville, na Flórida, concorda e propõe uma teoria ainda mais inócua para explicar as perturbações de 2010: Ele acredita que foi apenas “ruído rosa”, fabricado por engenheiros de som para calibrar os equipamentos de áudio.

Boender, um pesquisador da radio e  consultor financeiro perto de Roterdã, diz que agora está confiante de que a UVB-76 é 100% controlada pelos militares russos.

Ele baseia esta conclusão da sua análise dos conhecidos postos militares russos:

“Descobrimos uma rede russa no início dos anos 90, mas levou dois anos de pesquisa para realmente descobrimos quem eles eram. Parecia ser uma rede de embaixadas soviéticas, consulados, ministérios, e provavelmente também a KGB e GRU. Um número de pessoas em todo o mundo escutava, e trocamos mensagens, gravações e analisamos o material até que finalmente descobrimos quem eles eram. Isso é o que torna tudo mais divertido. “

 

Uma nova intriga sobre a  UVB-76 ou MDZhB é a questão da sua localização. Logo após os levantes de agosto e setembro de 2010, com toda a parada e partida e as batidas e sussurros na “sala”, os  ouvintes relataram outra mudança notável: a posição da estação parecia ter movido no dial.

JM, o ex-funcionário europeu, desde então, ajudou a traçar a sua localização aproximada para perto da cidade de Pskov, perto da fronteira da Rússia com a Estónia. Mas ninguém foi capaz de triangular exatamente onde a transmissão está vindo.

Ary Boender teoriza que a mudança estava relacionada a uma reorganização militar russa, que rolou em setembro daquele ano, quando os distritos militares de Moscou e Leningrado foram fundidos para formar um novo centro de comando em São Petersburgo. Supostamente, isso explicaria porque a  UVB-76, também mudou seu sinal para centenas de quilômetros a noroeste.

Hoje, a pequena cidade militar em Povarovo, local de origem das transmissões da UVB-76 durante décadas está praticamente abandonada.

A área circundante é uma tapeçaria cinza-marrom de edifícios comunistas apartamentos, algumas obras construídas recentemente, e plantações de pepinos. Perto de voyenni gorodok, há portas lacradas e as paredes ostentam sinais militares, mas não há guardas ou cercas eletrificadas, e a maioria das portas não estão trancadas.

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

A única atividade ali está perto dos blocos habitacionais preenchidos com as esposas e filhos e netos de veteranos soviéticos, vivos e mortos.

– “Este era o paraíso”, diz uma moradora, Natalia, cujo falecido marido, Sergey Nikolayevich, serviu como motorista para o comandante da voyenni gorodok . Quando perguntada sobre a imponente cerca de ferro forjado a cerca  de uma centena de metros da entrada de seu prédio, ela diz que nunca se desvia através de seus portões. É lá que fica a  torre de rádio, e – veja que estranho – “ninguém nunca vai lá”.

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

 

A estrada de uma pista que segue para a torre se estende por cerca de um quarto de milha, passando um punhado de edifícios vazios e uma espessa floresta de pinheiros. Uma cerca de arame, apoiada por pilares de pedra cobertas de musgo, rodeia a torre.

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

Ela tem entre 100 e 150 metros de altura, é vermelho e branco e está enferrujada, mas ainda mantém três ou quatro antenas ligadas a ela.

Ao lado da torre está um galpão azul, uma cabana de metal verde recheada com fios e equipamentos elétricos bem detonados, e uma estrutura de pedra antiga, que também está coberta de musgo. A parte interessante vem agora:

Ali parece haver uma grande instalação subterrânea: O relvado em que a torre fica é cheio de cilindros metálicos saindo do chão (presumivelmente dutos de ventilação), e há um pequeno prédio rosa que se parece com a entrada de uma escada que desce para os níveis abaixo do solo.

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

Além disso, há uma porta que está parcialmente aberta no lado da estrutura de pedra. Se você abri-la e olhar para dentro, você vai ver um buraco escuro e úmido onde certamente  deveria ter uma escada no passado.  Se você deixar cair uma pedra nesse buraco, vai demorar cerca de um segundo para chegar ao fundo, o que é lá em baixo é de pelo menos dez metros de profundidade.

A próxima construção do complexo, na superfície, surge  além da cerca de arame e a torre de rádio. É outro edifício também pintado de rosa. Há uma grande antena externa, uma árvore, e um vira-lata latindo ferozmente preso a árvore por uma corda. A configuração é tal que, se você pretende se aproximar da porta da frente, você precisa ser amigo do cachorro bravo, ou “o bicho pode pegar pro seu lado”.

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

A porta da frente parece estar bloqueada. Não há luz no interior, ninguém entra ou sai. Mas certamente alguém esteve aqui, já que o cão parece ser devidamente alimentado.

Mas a radio ainda está funcionando e você pode ouví-la aqui:

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

Um arquivo pode ser baixado neste link que permite aos seguidores ouvir a  UVB-76 no iTunes.

Há várias razões para especular que mais de um “buzzer” existe e que isso indica que há mais de um local de transmissão.
A recente aparição curta do segundo sinal de alarme em 4622kHz em 12 de outubro 2012 não deixa dúvidas de que há mais de uma estação operando o sinal.

 

Uma neblina misteriosa antes da estação inteira sumir

Dois grupos de exploradores urbanos pesquisadores da UVB-76 viajaram para a remota cidade russa na tentativa de visitar o tal bunker militar subterrâneo onde o sinal tinha se originado por mais de trinta anos. Quando chegaram à cidade, um morador local disse-lhes sobre a tempestade de 2010.

Uma noite, um denso nevoeiro rolou, e o posto militar foi evacuado dentro de 90 minutos.

Opa! Isso estranho ou não é?

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

Este é um dos registros do Bunker da radio, que operou ali até 2010.

Bens e equipamentos estavam espalhados em toda a base. Água gelada encheu o bunker nas partes mais profundas, mas ainda havia pistas a ser encontradas ali dentro.

O grupo descreveu o bunker militar de Povarov como “um lugar escuro, silencioso e solitário, algo como um labirinto com muitos corredores e quartos.”

Um livro foi encontrada que continha, veja só! Um log de mensagens enviadas pela UVB-76. O sinal etéreo que fascina o mundo há trinta anos tem agora uma presença física, juntamente com a confirmação de que estavam certos os caras que apostaram que a radio era tocada pelos militares russos.

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

Mas se foi como a testemunha local afirmou, uma mudança da base de transmissão às pressas, quase que uma “fuga”, pra onde a rádio foi?
Ao que parece, hoje a UVB-76 é proveniente de múltiplos transmissores em toda a Rússia. A triangulação deu origem a três localizações possíveis.
A pequena aldeia russa de Kirsino, um buraco perdido com uma ridícula população registrada de apenas 39 pessoas. Um dos sinais foi traçado aqui.

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números
Kirsino parece até cenário de filme de zumbi.

Perto da fronteira com a Estônia está a Oblast de Pskov. Esta é atualmente a fonte mais provável de UVB-76, devido ao fato de que várias tentativas de triangulação apontaram para este lugar.
%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

Até agora ninguém sabe a real função da transmissão. Já sabemos que ela é militar, mas o que está dizendo ainda permanece envolto em mistério. Cada nova descoberta leva a novas levas de perguntas sem resposta. Por que unidades militares iriam usar logo as ondas curtas, que poderiam ser recebidas em outros países para se comunicar quando eles tem satélites e redes mais seguras de comunicação criptografadas? (vamos lembrar que eles foram os caras que primeiro colocaram um satélite no espaço)

Ao que parece, a transmissora esta instalada num lugar remoto, no meio de uma floresta, e uma única estrada estreita conduz ao local. Olha que VIAGEM visto do satélite!

 

Expedição ao bunker

As fotos abaixo são da “expedição” ao bunker realizada por dois grupos anônimos de investigadores amadores. Veja como o lugar foi rapidamente detonado antes da mudança às pressas dali para o novo lugar desconhecido. Note o risco de vida FERRADO desses doidos ao entrarem no lugar escuro, cheio de cabos de alta tensão e inundado em muitas partes!

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

 

 

 

Eu não tenho certeza que esteja relacionado com a UVB-76, mas num forum russo encontrei um cara falando que adentrou um dos complexos abandonados e entre algumas coisas desinteressantes que ele encontrou como “calendários do ano de 2009”, havia uma maquete! E essa maquete está aqui:

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

Ela mostra uma PUTA ESTRUTURA GIGANTESCA de antena, que se espalha por uma vastíssima área. Curiosamente, essa área parece muito com a foto do satélite da área da antena abandonada. Não sei se fizeram isso, ou a maquete mostra o que poderia ser o projeto original da transmissora. Nunca vi um complexo de antena tão monstro, que acho que só perde para o HAARP. Talvez esse complexo tivesse como objetivo criar um escudo de interferência, impedindo transmissões ocidentais de rádio na época dos soviéticos (especulação minha).

%name UVB 76   A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

Na sequencia de videos abaixo, que achei no youtube você pode sentir na pele a “excursão” até o local misterioso.

Se você acredita nas teorias que tentam explicar a radio misteriosa ou não, pouco importa. O fato é que a radio ainda está no ar, enchendo a ionosfera com seu mistério permanente, transmitindo para o mundo seus segredos ocultos e inacessíveis.  Não há como negar a emoção que vem com a audição das mensagens da UVB-76 e suas vozes distorcidas, que podem surgir quando você menos espera.

fonte fonte fonte fonte fonte fonte

 

 

 

Artigos relacionados

Comments

comments

468 comentários em “UVB-76 – A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números”

  1. É muito sinistro mesmo. Eu to ouvindo aqui ao vivo e lendo sobre. PUTZ, não é que meio viciante mesmo aos ouvidos. É viajante a bagaça. Mas o som que to ouvindo tá um chiado estranho e não a sequência de bips do primeiro vídeo. É até legal fazer investigações, e tal, sobre a misteriosa estação. Mas ficar ouvindo isso sempre é coisa de maluco. Tem coisa que só acontece na Russia mesmo. Não me vi com explicação coerente em relação a isso.

    • Eu sei o que é isso, é uma pesquisa que existe desde 1959, bem parecido com a HARP, porém existe um detalhe mais pavoroso. Logo após a explosão da bomba de Hiroshima e Nagasaki, a União Soviética entendeu que uma nova ordem mundial se formava com a explosão de um aparato de destruição em massa, eles então desenvolveram a pesquisa atômica, porém sabiam que a busca por bombas maiores, não iam parar. Já havia estudos sobre paranormalidade, porém em 1959, um submarino americano abaixo de uma calota polar relataram contatos extra sensoriais, o que foi negado. Foi o suficiente para União Soviética entendesse que a nova ordem mundial estava batendo na porta. Interessante que neste mesmo ano, ocorria a crise dos mísseis em Cuba. A União Soviética então desenvolveu “geradores” de PES (percepção extra sensorial) que ampliava “externamente a capacidade de sugestão”. Existe especialistas no assunto que essa crise foi deflagrada por culpa de um desses geradores. Agora ouvindo essa rádio, a estrutura, alguns equipamentos médicos que dá pra ver na galeria de fotos, trata-se da área 51 russa de pesquisas de PES. Acredito ser impossível algo do tipo paranormal, sou cético demais, porém a pesquisa sendo ultra secreta ainda existe. Por diversas vezes a PES foi desmentida, até mesmo pela Rússia tratando-se desse assunto, vendo algo como a harp mas em uma estrutura mais elaborada acho que em algum ponto eles chegaram, senão não duraria tanto tempo.

      • Pelo que me parece isso provavelmente é um “gerador” de PES, só não me pergunte como funciona e como isso vai no código fonte do cérebro humano.

  2. Já tinha lido sobre numbers stations e sobre a estação russa, mas você destrinchou o assunto, como sempre. Muito bom!

    Tem uma nos EUA também, bem misteriosa. Aliás na série Lost tinha uma numbers station com aqueles famosos número amaldiçoados do Hurley.

  3. Muito maneiro o post Philipe!!!! Adoro ler sobre esses mistérios que já duram anos e anos e milhares de pessoas pesquisam e nada, ou quase nada, de concreto conseguem obter! Muita coragem dos caras de fazerem a expedição até o local, deve ter sido muito emocionante, imagina?!?!? Fale mais sobre esses mistérios, é sempre muito bom, vivo sempre uma experiência de imersão no que vc conta, pq vc sabe contar de uma maneira especial, rsrsr! Parabéns!
    Bjos, Juju

  4. Programa SETI nos EUA e na Rússia tem-se a UVB 76… hahahaha.
    De qualquer maneira é estranho, muito estranho. Tanta gente já sabe da existencia dela e ainda está funcionando. E ainda “ganhou” um novo local…

  5. Esse assunto é o que mais me fascina atualmente.

    Descobri naquele post que você fez sobre o jogo Fallout e pesquisei. Infelizmente os sites brasileiros tratão o assunto como algo fantasmagórico.

  6. Eu já tinha visto falar dessa estação uma vez nesse blog em outra postagem e assim como o outro amigo falou, fui pesquisar sobre e é algo bem interessante.. pena que as materias em portugues sao apenas copias de outros blogs, mas esse post em si é o mais completo em portugues que eu já li, com muito mais informacao, videos, fontes, etc! Parabéns!..

    aliás, como sou um cinéfilo incondicional dia desses baixei um filme que me chamou a atencao pelo titulo: NUMBERS STATION (OU EM PORTUGUES, CÓDIGOS DE DEFESA), lancamento deste ano inclusive.. pelo titulo e sinopse, já baixei de cara e assistindo eu lembrei automaticamente dessa estaçao uvb-76 e da provavel funcao dela q seria manter espioes informados sobre missoes ao redor do mundo. O filme retrata inclusive uma situacao atual, ou seja, algo que pode ser muito mais corriqueiro do que imaginamos mesmo com todo o aparato tecnologico e a “ausencia de logica” de se adotar sistemas “tao vulneraveis” visto aos que temos ao alcance hj em dia para transferir informacoes..

    e acontece justamente isso.. pessoas que trabalham em estacoes, geralmente duplas e que com informacoes repassadas tem a missao de colocar isso numa maquina criptográfica pelo q pude perceber e essa maquina gera sequencias numericas que somente podem ser decifradas pelos espioes e tal, numeros estes que são transmitidos dessa mesma forma.. o filme é bom, recomendo!! inclusive nesse filme um grupo interessado em enviar outras mensagens com outras finalidades meio q invade a mesma, mata os operadores, apesar do aparato de seguranca e comeca a transmitir codigos suspeitos e tal..

  7. Sou muito fascinado nesse assunto. Não é a primeira vez que você fala disso por aqui philipe e como sempre uma matéria mais do que completa para o deleite dos seus leitores.
    Eu nao tenho nem ideia da real função da uvb76, mas seu comentário humoristico acima “na russia as radios escutam vc” me deram uma idéia. E se na verdade eles estão é ouvindo… ou tentando ouvir alguma coisa que talvez se manifeste em resposta ao sinal transmitido.

  8. Pramim isso tudo está relacionado em contato com vida extra-terrestre, claro que muitos nao acreditam mais dps de tudo que li sobre isso acho muito possivel!

  9. Que história incrível! Parabéns pelo artigo, muito completo e detalhado. Na época que saiu o Conet Project, fiquei muito interessado pelas numbers stations. Não sei se você sabe, mas esse ano foi relançada a compilação, numa edição expandida, agora com 5 CDs. Coisa de maluco 🙂
    Um lance maneiro também de se escutar são as EVPs (electronic voice phenomena). Procura só pela compilação “The Ghost Orchid: an introduction to EVP”. É outra coisa, mas acho que as duas, spy stations e EVP, são igualmente arrepiantes.
    Abraços!

  10. Parabéns, o post mais completo em Português sobre esse mistério fascinante! Sou meio viciado nesta radio, escuto pelo menos uma vez por dia viajando no Google Earth pela Mother Russia! 😀 Mundo Gump como sempre muito a frente!

  11. Philipe,

    Parabéns pela matéria, conheci o seu site através de um compartilhamento de uma amiga no facebook sobre a matéria.
    Estou navegando no site e gostei muito.
    Forte abraço.

  12. Bom Muito interessante esta radio! Bom a questão dos números esta mais para coordenadas de alguma coisa, agora os sons esta mais para sons de uma máquina de reçonância magnética. Muito semelhante!

  13. Acho simples desvendar a existência da UVB-76, por exemplo hoje temos armas para destruir satélites, vamos dizer que em uma guerra destroem todos os satélites, como ficaria para passar informações? Transmissão por rádio. agora coitado do decodificador, tem que ter saco para ficar escutando os zunindos esperando pelo código.

    Excelente Post.

    • Concordo com você. Em caso de guerra nuclear, os satélites geoestacionários não duram 5 minutos, e ter um sistema de comunicação por ondas curtas funcional é bastante útil. O problema, claro, é que se você não testar periodicamente, esse sistema vai acabar falhando. Essa rádio possivelmente deve servir como um sinal de teste para os equipamentos: se você consegue receber os chiados dela, quer dizer que, se necessário, você conseguirá uma comunicação em ondas curtas.

    • Os decodificadores certamente sabem o horario certo que vao ocorrer as irformacoes, caso o sinal nao eh transmitido no horario exato eles saberao que algo esta errado(minha opiniao)

  14. Eu tenho impressão que o locutor começa a falar “UZB” (???) e não “UVB”. Alguns amigos russkiye tambem concordam… Não que isso faça diferença né, mas… Talvez buscando UZB-76 apareçam mais coisas por aí. ))

  15. Gente, que bizarro isso! O_o

    Estou aqui ouvindo o ruído dela, me lembrei da dra. Arroway, do filme e livro Contato, tentando captar os sinais extraterrestres com seus fones de ouvido. rsrs

    As teorias são bastante interessantes. Essa rádio é para os russos o que a Área 51 é para os americanos. rs Não admitem que ela exista, mas ela está lá.

    Ou melhor, era para os americanos, afinal eles ENFIM admitiram que a Área 51 existe. =D

  16. Meu amigo…
    Faz tempo que eu não lia um post tão envolvente como esse. Chega parecer um conto de suspense!
    Fiquei bastante curioso com este assunto, me trazendo uma sensação ao estilo Lost / Portal 2!

    Obrigado pelo ótimo trabalho.

    Marcus Valerio XR

  17. Aquelas antenas em formato de losango na maquete são chamadas “Antenas Rômbicas”. Elas apontam para diversas direções e tem tamanhos diferentes. Qualquer radioamador sabe que elas são usadas para transmissão e recepção de ondas curtas. Essa maquete parece indicar que se trata de um centro de comunicações por ondas curtas com alcance global.

    No link abaixo você encontra uma instalação de um radioamador americano com diversas antenas rômbicas:

    http://www.qsl.net/ne6i/w6am/

  18. Conheço a história dessa rádio e cada vez que eu leio algo sobre, fico mais entusiasmada em pesquisar relatos na net! É realmente um mistério que prende a nossa atenção e nos deixa curiosos! Muito bom o seu artigo!

  19. Philipe, vendo as fotos da maquete… Você já ouviu falar sobre uma rádio que tem no Alaska que seria usada pra manipular elementos na ionosfera? Cara, a maquete é a “versão russa” pra central de rádio estadunidense.
    Agora, veja bem, foi especulado que essa tal super rádio no Alaska teria abalado a ionosfera de modo a causar vários furacões, a seca na Europa, etc, e na defesa, os norte americanos deixaram escapar que a Rússia já possuiria essa tecnologia que, num primeiro “trabalho”, teria causado a grande seca da Califórnia, há algumas décadas.
    Bom isso são apenas especulações que eu ouvi falar, estou apenas instigando a investigação, não estou afirmando nada. Mas como não acredito em coincidências…
    O que eu diria é que a UVB76 seria um meio de comunicação entre esses militares que estariam relacionados (ou não) à operação dessa rádio que manipula a ionosfera. O complexo de antenas sim, acho que é o que interfere na ionosfera, a uma frequência ainda mais baixa, com uma potência incrível, enquanto a rádio numérica, “dita” o que deve e vai ser feito.
    E o que ganham com a manipulação da ionosfera? Manipulando a ionosfera, pode-se criar chuvas, secas, furacões, aumentar, diminuir temperaturas, tudo baseado em onde concentrar as frequências certas, e o resto é com sua criatividade.

  20. Detalhe o”Lago dos cisnes” na era sovietica era tocada quando uma trasmissão de radio ou tv era tirada fora do ar,geralmente quando dava alguma “grande merda” no pats tipo Chernobily

  21. Nunca tinha ouvido falar dessa radio, mas fiquei IMPRESSIONADA o.o trinta anos se passaram, e ninguem descobre de onde, pra que, porque essa transmissao existe. Adoro misterios, piro demais em investigacoes amadoras e graças ao seu post, vou ficar mais ligada no assunto! Paaarabens, esse post ta demais 😀

  22. Eu penso num sistema de alerta, qualquer mudança do sinal pode indicar uma condição. Seria destinado a silos, lançadores móveis e/ou submarinos nucleares. Tipo o sistema que existe nos EUA via internet, que assegura destruição mútua garantida. Ter mais de um ponto de transmissão é estratégico em caso de desativação de uma dessas bases.

  23. Parabéns pela reportagem, muito completa e bem escrita! É raro ver essa qualidade nos textos publicados na internet hoje em dia. O assunto é interessante e realmente bizarro, parece que a Rússia, mais uma vez, conseguiu impressionar o mundo com suas peculiaridades.

  24. Estive usando o google tradutor para experimentar anagramas dos nomes postados acima. com os nomes Mikhail Dmitri Zhenya Boris achei Mal Dita Figura Feminina e também Correio Lutas Feminina e coisas do tipo. Já nos primeiros nomes, Anna, Nikolai, Ivan, Tatyana, Roman, achei: Uma coca-cola e um ladrão de rum. Não sei o que significam essas coisas, mas os nomes com os números certamente formam alguma mensagem codificada.

  25. Muito bom esse post!! è bem viciante. Mas nao vou negar que prestando atenção nos videos eu estava vendo a hora de aparecer algum vulto e me assustar!!! É intrigante e fascinador.

  26. Minha teoria é que esse sinal é mecânico, produzido ao vivo, como se uma máquina de criptografia estivesse sempre funcionando para codificar e decodificar mensagens. A existência da rádio dá a certeza que a máquina está operante para a rede de emissores e destinatários; a interrupção do sinal, significaria alguma anomalia na rede.

  27. É muito interessante, chega a dar medo em alguns momentos, já que até hoje ninguém consegue explicar de fato o por que dessa radio transmitir isso. Show de bola Philipe. 😀

  28. Demais!! a série Fringe também fez um episódio sobre as number stations, e na série elas eram uma das chaves para o “mundo alternativo” rsrs… mais uma teoria “sexy” para a rádio!

  29. Pode ser alguma linguagem militar.
    Mas essa ideia parte da própria ideia mostrada no game COD: Black Ops. Um sinal (Russo) de sequencias numéricas que ativam células adormecidas (espiões) por exemplo. Pode ser uma das melhores teorias.

  30. Realmente é intrigante.
    Existe duas teorias pessoais, uma é que é uma rádio comandada por militares para guiar e dar avisos criptografados as tropas around the fucking world.

    Rádio usado por militares russos na guerra fria que acabaram por morrer, porém suas “Almas” ainda vivem na guerra, sendo assim eles ainda estão a guiar suas tropas no mundo espiritual…

    ultima mais emocionante, mais menos improvável.

  31. Hey, bem legal o post eu Moro em Kursk central-sul da russia,
    Aqui eles tem em lugares bastante estranhos umas entradinhas seladas que acredito serem passagem para bunkers, dentro da floresta vi uma assim,
    Há vários lugares estranhos aqui, simplesmente abandonados no nada, prédios no meio do nada, há um hospital de infectologia, abandonado em moscou o complexo forma o símbolo de tóxico visto de cima,
    Ah, e estão proibindo visitas as supostas estações de ondas curtas, nem mesmo eles sabem quem opera isso,
    Os russos não sabem o que é,
    As vezes na madrugada soam sirenes que aparentam serem códigos, mas ninguém sabe de onde vem.
    Bom como dizem por aqui, ??? ?????? ! Ahahah abraço e vlw pela matéria.

  32. Eu acho q eles fazem isso para manter a atenção voltada pra essa rádio como meio de distração..
    Pq obvio q eles tem métodos muito mais sofisticados para transmissão de dados confidenciais…
    Infelizmente estamos falando dos Russos..

  33. MANO! Que coisa loca, já tinha visto sobre essa rádio em um site, mas aqui o negócio foi mais afundo sobre o tema, vish, fiquei me imaginando desvendando esse mistério hehhehe, acho que até vou aprender russo agora. Não sei se mais alguém notou (talvez o óbvio), mas os nomes Nikolai, Anna, Ivan, Michail, Ivan, Nikolai, Anna, formam NAIMINA, com as primeiras letras de cada nome, é a palavra que ele fala antes de anunciar os números e depois os nomes, e os número que ele fala depois de NAIMINA, como 74, 14… depois que ele diz os nomes ele fala a mesma sequência, mas agora unidade, por unidade, como 7, 4, 1, 4. Muito estranho mesmo.

  34. Parabens pelo Artigo, é enorme, porem valeu a pena a leitura.

    Acredito que você deve estar tendo milhares de visualizações nessa matéria, pois recebi ela pelo facebook por 3 amigos, fora nas listas de e-mail sobre DX e Rádio Escuta.

    Aliás, não consegui captar ela pelo meu recptor, mas quem sabe um dia eu capto ela aqui.

    • Eu consegui captar ela uma vez em petrópolis quando estava com tempo bom, num radio de ondas curtas do antigo Del Rey do meu pai. Fiquei ouvindo os beeps mas não sabia, naquela época do que se tratava.

  35. Engraçado como fragmenta a informação

    Naimina seria

    N – ikolai
    A – nna
    I – van
    M – ichail
    I – van
    N – ikolai
    A – nna

    74 – 14 – 35 – 74
    7,4,1,4,3,5,7,4

    93 – 882
    9,3,8,8,2

  36. Isso me parece meio que coisa da Dharma ein, uma estação, que transmite ruídos, por vezes números. Um banker subterrâneo. Só falta um cachorro fdp e um monstro de fumaça!

  37. estive notando nas fotos que em uma delas a uma impressora atual sinal de que ela esteve em uso até pouco tempo ou como diz no post portas fechadas e trancadas pode aver uma instalação subterranea mais ai fica a uma investigação muito aprofundada

    • A radio operou no lugar abandonado até recentemente, quando, segundo testemunhas que vivem perto dela, deu uma nebrina estranha e naquele mesmo dia a equipe da radio abandonou o lugar sem explicações. Hoje a radio opera sendo emitida de diferentes pontos da russia, mas ninguém sabe com certeza onde é cada um.

      • no segundo video deste post, dá pra ver que quando se diz NAIMINA 74 14 35 74 – 9 3 8 8 2 é repetido a mesma coisa, só que com nomes. NAIMINA(Nikolai, Anna, Ivan, Michail, Ivan, Nokolai, Anna e os mesmos números Um a um e não em grupos: 7,4,1,4,3,5,7,4 e sem o 9 3 8)

    • Provavelmente o autor da foto achou que era uma pessoa. Eu achei esta foto num servidor de imagens e o site que linkava ela originalmente ta fora do ar, de modo que não saberemos o que o cara achou que havia ali. Provavelmente ele pensou em alguem escondido, mas dada as condições da foto, pode ser apenas uma pareidolia.

  38. Cara, isso me lembrou muito da Iniciativa Dharma de Lost, mesmo que não tenha tantas relações, coisas em comum e tal. Mas com as fotos e alguns fatos sobre o mistério me fizeram fazer essa comparação haha.

    Gostei muito, e quero continuar informado sobre o mistério!

  39. Eu nunca tinha ouvido falar dessa rádio, cai aqui de paraquedas porque vi um amigo curtindo uma publicação sobre o seu texto e mano, que foda isso! Um dos textos mais bem explicados que eu já li, rico em informações, videos, genial cara! Cheguei aqui sem saber absolutamente nada e já me sinto um especialista! Parabés.

    Eu fiquei com medo lendo isso, é de arrepiar e eu meio que concordo com um comentário de um leitor dizendo que eles podem estar usando a radio pra “ouvir algo”, aliais, estamos falando da Russia! É muito mistério pra uma historia só , fascinante!

    • Valeu Kauê. Fico feliz que tenha gostado. Querendo aprofundar mais sua pesquisa, recomendo os textos que usei para montar este artigo, principalmente uma materia da Wired. As fontes estão no fim do post.

  40. Fiquei sabendo dessa notícia e blog através de um compartilhamento no Facebook de um amigo. Achei fantástico, sou apaixonado por esses tipos de histórias ligada à Segunda Guerra Mundial, Guerra Fria, etc. e o post é muito bom, vou começar a ler com mais frequência este blog. Parabéns!
    À propósito, o que significa aquela janela com o destaque em vermelho?

  41. Ora…essa rádio na verdade serve para orientar aeronaves em voo ……..o fato dela emitir sons estranhos e contínuos nada tem de mais ….com certeza ela apenas serve de orientação para os aparelhos ADF que normalmente estão instalados nos paineis das aeronaves e os pilotos no momento que inserem a frequencia desta radio no seu ADF tem então uma orientação para chegar a este local….ou simplesmente se orientar atraves deste sinal para sua navegação. Pronto misterio desvendado!

  42. Realmente é muito interessante, sem dúvida!
    Para mim é apenas transmissão de instruções para agentes espalhados pelo mundo.
    Meio como a BBC fazia para mandar mensagens para a Resistência francesa na II Guerra.
    Eles especulam sobre a alta tecnologia existente para isso, que o sistema é arcaico etc e tal. Mas quem conhece a alma russa sabe que eles são, acima de tudo, práticos. Enquanto a NASA gastou 5 milhões de dólares para desenvolver uma caneta que funcionasse na ausência de gravidade, os astronautas russos usaram… lápis!
    Um eventual agente perdido lá no meio da PQP não precisa de um sofisticado (e frágil) equipamento para receber sinais de ondas curtas. Afinal, se a bagaça funciona, pra quê inventar?
    O sinal intermitente deve funcionar como uma espécie de relógio, para o interessado saber quando a mensagem é para ele – e deve estar codificada no ruído de fundo.
    Acabou a Guerra Fria, mas todos os países continuam a espionagem de rotina – vide o Obama xeretando a Petrobrás.
    Todo mundo deve ter coisa semelhante, e o aparente anacronismo me parece ser a maior causa de todo o “mistério”. Mas no dia em que uma tempestade solar tirar do ar os satélites ultra-sofisticados dos países “avançados”, o agente russo lá no meio do Seilaondestão vai continuar recebendo seu “correio” direitinho… 🙂
    Parabéns pelo site!

  43. Ok, esse é oficialmente um dos melhores, mais completos e maneiros artigos que lí este ano! Parabéns ao autor, deixou G1 no chinelo 😛

    Achei estranho nao ter comentários/referências ao LOST,pois eles tinham também lá um sinal de radio que nunca parava. Pode ter sido inspirado nesse 🙂

    Abraços

  44. Cara, absolutamente sinistro!!! Eu estava lendo o post ontem a noite, quando estava para chover aqui na minha cidade, o que reforçou ainda mais o medo! ehehehehhe. Interessantíssima essa matéria. Também a descobri por um compartilhamento do Facebook. Parabéns pela postagem! Abraços

  45. Os códigos transmitidos são informações secretas para destinatários do governo russo. A rádio permanece funcionando como backup da transmissão via satélite (que pode ser destruído por uma tempestade solar ou por ataque militar direto). O sinal intermitente serve como sinal auditivo de localização por parte dos destinatários dos códigos. O sinal contínuo a cada hora serve para sincronização da hora cheia entre a origem e o destino das transmissões.

  46. É bem provável que a estação, além de enviar mensagens, seja utilizada como radar de Ondas Curtas, pois é o melhor método para vigiar além do horizonte, seja navio, aeronave ou míssil. O EUA tem um sistema assim em operação, vigiando todos os 360°. Em termos de custo, uma estação de Ondas Curtas também tem um custo de instalação e operação inferior a um sistema via satélite. Funciona, já está instalado, e é recebido por qualquer receptor com um sistema de antenas muito simples, acessível e que não chama a atenção (basta um fio estendido…) Enfim, não teria porque desativar somente para substituir só por que é mais moderno. Abraço a todos.

    • É, provavelmente você não leu todo o texto. Não está mantida por estar lá. Em 2010 (pouco tempo atrás) houve uma grande operação para mudar a localização do transmissor na surdina.

  47. Confesso que fiquei “com medo”….rsrsrsr adoro misterios!! Nunca havia ouvido falar sobre isso, hoje minha prima postou esse link no face e curiosa que sou vim olhar… Muito estranho, muito mesmo… como dizem por ai, “ha mais misterios entre os ceus e a terra do que diz nossa van filosofia” …. bora bora pesquisar mais sobre o assunto! Adorei!!

  48. Os russos sempre foram mais inteligente e mais resistentes (vide 2ª GGM), a rádio se comunica com o futuro, aquele que ainda não chegou, no qual todos se comunicarão por número.

  49. Creio eu que o objetivo da rádio é simplesmente causar pressão psicológica. Em atividade outros atores da guerra vai ainda observar e fazer especulações sobre a mesma emitindo relatórios e de certa forma em alerta. Nada é mais temeroso para um gênio do que saber que outro gênio pode ter percebido algo que ele não. É uma guerra de orgulhos próprios. Sobre a gigantesca audiência é muito simples também, as pessoas gostam de serem os primeiros em suas áreas, para os aficionados em desvendar mistérios ficar a postos para ter uma informação para servir ao seu país é um mérito muito grande. Eu mesmo quando criança tinha a mania de decorar todas as placas de carro de fora que vinham a pequena cidade que eu moro com o objetivo de que alguém aprontasse alguma e se evadisse bastaria dizer o tipo de carro que eu diria a placa. Outra coisa que parece ser meio sem lógica mas que faz sentido, uma vez assisti a família dinossauro e então um cara da TV pegou dino que era o representante da audiência para fazer um focus group e após passar a programação da TV nada lhe interessava foi quando o analista colocou o padrão de testes( aquelas faixas coloridas que ficam na tela quando se faz manutenção) e então Dino ficou vibrado. Questionado por que preferiria ver uma coisa estática do que filmes ele disse que poderia ir no banheiro e vlotar e estaria a mesma coisa. Risos. Creio que muitos se alimentam da expectativa deste mistério mas no íntimo desejam que nunca seja solucionado pois a energia gasta é que preenche a satisfação psicológica de muitos. Saudações. Rômulo de Baixa Grande. Bahia.

    • Bom ponto de vista, Rômulo. No entanto eu penso que as pessoas buscam uma resposta e se tornam obcecadas pelo fato dela não aparecer. Se ela eventualmente aparece, isso atende ao desejo, a compulsão se reduz a zero e um novo estado de compulsão é buscado, e o que não falta neste mundo é mistérios a desvendar. O cara que tem obsessão por misterios simplesmente migrará para a investigação de algum outro mistério, tão logo este se resolva.

  50. PORTAL – GNA – Quando Somos observadores do imaginário, elevamos os pensamentos e as frequências ao alvo de Nossas buscas, pois Nós não aceitamos PODEROSOS E ARTICULADORES, pois diante dos que caminham nesse Mundo, muitos haverão de ser dotados de poderosas emanações do saber … eles não são os únicos, e mistérios haverá por existir como pessoas prontas a resolvê-los, pois do outro lado os poderes sobre a vida sabem a razão de tudo existir neste Planeta de momentos provisórios. Quando o Mistério aparece, a causa termina quando é descoberto ou quando houver a morte do personagem que o estabelece.
    Ao falar sobre Sistemas e Códigos, embora pouco conhecimento me permite a racionalizar sobre o mesmo, arisco comentários que podem ser continuado sobre os abrangentes e seguidores desta técnica tão antiga e desafiadora. Sei que os números são conhecidos e valem para todos os UNIVERSOS … a Matemática é a ciência que explica o Universo – O TODO. Poderíamos dizer que o Universo é Deus – principio da Suprema Fonte – Pai e Mãe … conhecido como a UNIDADE DE TUDO EM TODOS. Seguir a unidade É SER DEUS,pois realmente Nós Somos deuses e não sabemos.
    Os números existentes nos 7 Super – Universos DEFINE – 1-2-3-4-5-6-7-8-9-0 – Tudo começa no 1 e vai ao 9 e inicia-se no 1. Na Terra, tudo caminha apenas no Sistema – 369, e é muito fácil contabilizar essa realidade na prática e na observância. Jesus diante do Espiritual, sempre trabalhou com o Sistema – 369, e facilmente vemos em Sua Gloriosa caminhada, desde o início do que conhecemos na data de Seu nascimento, entre o dia 24 e o dia 25. Veremos que a soma é 49, a mesma codificada na palavra DEUS = 49. Jesus, codificado é 74. Quando somamos os dois maiores poderes sobre a Terra, DEUS + JESUS = 123. O CÓDIGO 369, é abrangente e precisaria de no mínimo duas horas para mostrar a sua equivalência no destino da Terra e Humanidades.
    O que aqui pelo espaço não pode ser dito, devemos pensar em objetivar Nossos pensamentos em saber que FORÇAS PODEROSAS CÓSMICAS ESTÃO AQUI, E ELES SABEM … OUTRAS ESTÃO AQUI E MANTEM O EQUILÍBRIO NESTE PROCESSO. Existe comunicação entre as partes, e a possibilidade de SINAIS estarem sendo convertidos em números é muito grande, pois transcende a objetivar linearidade ao processo. Digamos que o alfabeto Extraterrestre é conhecido, e facilmente pode os números substitui letras como fazemos com o Nosso, exemplificando podemos dar um exemplo – a palavra – DEUS – PELA ORDEM NUMÉRICA DO ALFABETO PORTUGUÊS É 49. Sabemos também que outras palavras podem ter o mesmo indicativo, o mesmo número, mais no contexto é fácil entender o que seria a palavra certa, pois existem uma lista de palavras que possui a prioridade na lista. O que falamos é matemática pura, tudo é número … Som – é número. O Pensamento é número, pois tudo que gera frequência é número. Um sinal pode ser enviado ao outro lado da Galáxia diante de Códigos numéricos. A Luz e as matizes luminosas podem também ser transformadas em sequências numéricas … um feixe de luz – lazer ao ser enviado dentro de um padrão para cada letra, cria-se um alfabeto constante que seria inteligente, pois poderia ser enviado como pulsos de energia em tempo definido para cada letra. A cor branca seria uma letra, e sempre ao ser enviada teria a mesma intensidade e velocidade. As outras cores seguiriam os seus padrões próprios.
    Devemos entender que nada é igual, tudo possui sua identidade própria … e quando falo tudo e tudo mesmo, pode parecer igual, más ao rigor da investigação saberemos que não.
    Temos a sensação que um poder Nos controla, e isto é bom. pois devemos saber que evolução é tempo e limite do caminhar neste tempo. Forças maiores sabem sobre as LEIS DA HARMONIA, e sabemos que o CAOS existe para que em determinado momento a harmonização viesse a acontecer … isto é EVOLUÇÃO MINHA GENTE.

    Vamos observar … talvez sonhar …. pois ali descobrimos muita coisa, pois nos mistérios da vida o invvisível sempre Nos acompanham …

  51. Provavelmente tem a ver com os sistemas de disparo automático de mísseis com tecnologia dos anos 60 e 70 (Perimetr). As crises passaram e os russos não automatizaram os sistemas que ainda deve estar baseados em tecnologias analógicas. Isso, se for verdade, prova que a Rússia continua com seus ICBMs em prontidão e armados. Se o sinal for interrompido por um determinado período de tempo… bye bye mundo! (isso também seria estranho porque este sistema de gatilho automático só seria acionado para funcionar durante crises e não a todo momento)

    Códigos de confirmação são passados periodicamente para poder manter os diversos sítios atualizados, deve ser como Tokens.

    Uma antena como essas poderia ser um Haarp russo, mas isso não explica o porquê de ele ficar ligado sem parar (experiências com antenas de baixíssima frequência incluiriam a parada para observação e controle, não haveria motivo em uma transmissão ininterrupta) e alem disso a Russia tem sua versão de Haarp em Vasilsurk que é o Sura.

    Não acredito, pessoalmente, na manutenção de espiões informados, alem de poucas mensagens serem registradas (diante da atuação enorme de espiões soviéticos) a KGB tinha métodos muito melhores pra isso e esse requereria que o espião tivesse sempre um receptor de rádio para tanto, o que nem sempre seria possível.

    Chegaram a cogitar que os Russos fizeram isso para manter o canal ocupado e assim evitar o seu uso por parte de outras rádios, mas seria muito dinheiro jogado fora, ainda mais entre os anos 90 e 2010 quando o orçamento militar russo fez com que eles abrissem mão inclusive de seus submarinos (mas a antena lá funcionando).

    Sds.

  52. Muito Bom A Russia Possui Muitos Mistérios Que O Mundo Desconhece Principalmente Sobre O Assunto ETS ..Conheço O Sinal Da UBV76 Desde Os Anos 80′ Parabéns Pelo Seu Excelente Trabalho

  53. Que interessante o.O Eu REALMENTE li TUDO. tiquei mesmo pasma. Parabéns pela matéria!
    a um temão atrás devo ter ouvido falar disso também, porque lembro de ter escutado essa radio pela internet e tentar entender alguma coisa… mas deixei pra lá pkspask agora leio essa matéria gigante xD Meio que assustador até…
    Parabéns 🙂

  54. o mais engraçado que os nomes citados significa que um Clã de origem romana é um povo vitorioso e um Deus glorioso e cheio de graça.

    Os significado dos nomes. Sera q já pensaram nisso.

  55. O motivo de se usar ondas curtas e não um satélite ou algo mais sofisticado é simples, ondas curtas podem ser recebidas com um rádio que se compra em qualquer loja e que não desperta suspeitas, não é necessário nenhum equipamento especial cuja aquisição, operação ou posse possa despertar suspeitas..

  56. O que torna tudo mais interessante é isso… procure por esta coordenada no Google Earth ou outros provedores de imagens de satélite: (66 16 0 N 179 15 E 0). Está no Extremo Oriente da Rússia e não é encontrada nenhuma página onde este local não esteja borrado.
    Não há absolutamente nenhuma infraestrutura lá.
    Mesmo locais como Tiksi no Mar Laptev, que é um “campo de pouso e salto” para bombardeiros estratégicos russos no meio do espantoso nada, tem infraestrutura enorme.
    A atividade aumentou, a estação de números russa UVB-76 distribuiu uma nova transmissão de voz. A transmissão, distribuída no dia 23 de Agosto de 2010 em 9:35AM PST, recitou o seguinte em russo: ‘UVB-76, UVB-76 — 93882 naimina 74 14 35 74 — 9 3 8 8 2 nikolai, anna, ivan, mikail, ivan, nikolai, anna, 7, 4, 1, 4, 3, 5, 7, 4? a estação, que se acredita ser uma parte do sistema do comutador do homem morto da antiga União Soviética, estaria transmitindo constantemente durante mais de vinte anos, e o seu objetivo nunca foi totalmente explicado.

    Posição: o transmissor da estação é localizado em Povarovo, na Rússia (56458N 37522E / 56.08278N 37.08944E / 56.08278;)
    Código usado segundo meus estudos para indicar ataque inimigo, com tiros de um navio militar de guerra, o código do navio era 76 e como o VHF ou o UHF que são frequências alta e baixa mais nada comparado com o que eles mandaram na época, segundo meus estudos, UV significa frequência de raios Ultravioletas que são 300.000km/s 300.000km/s = 300.000.000m/s ou 3.10^8m/s ou seja a mesma velocidade da luz, e o B do 76 Significa coordenadas de mapa náutico assim como esse a diferença e que antigamente eles usavam compassos : http://www.marinetraffic.com/ais/pt/, as buzinas são apenas um aviso para que o navio e os aviões bombardeiros saibam que quem esta passando o código e a rádio, e sobre ainda estar passando as vezes nas rádios russas não e apenas um mistério e apenas para atrair turistas.
    Espero ter meio que ajudado nos anos de pesquisas que tive, tenho fotos e documentos secretos ate mais…

  57. Intrigante, fascinante, sei que não é um áudio editado, também percebemos que é transmitido de um equipamento antigo trabalho com edição de som e percebo que pela qualidade do som é realmente de um equipamento antigo, embora seja tão intrigante acredito que esse equipamento ainda esta ligado em algum lugar do bunker.

  58. Não sei se viram isso também, mas com as coordenadas postadas ali pra cima, se colocar no queria a visão “google street view” e posicioná-lo nos pontos azuis corretos, é possivel ver fotos do complexo.. além da estradinha unica.. o curioso é que as fotos mais próximas , só é possivel ver miniaturas.. não exibe na tela do street view (que na realidade nem é street view ,são fotos mandadas por usuarios)

  59. Ótimo texto, Philipe! Sou um entusiasta de SW Stations e Numbers Stations por consequência, e confesso que, em nossa língua, é a melhor matéria que ví até hoje!

    Gostaria de sugerir uma correção, pois o nome da estação inglesa mantida pela MI6 no Chipre chamava-se Lincolnshire Poacher, e não Hunter. Apenas uma vez consegui capturá-la no dial, com sinal super fraco.

    A última informação que se tem sobre a UVB76 é de ontem:

    “Reception of the UVB-76 signal on 4625kHz has been disturbed for last two weeks or so by an unknown noise source. I have had no luck figuring out what it is so far, but it does look like a network-over-powerline thing someone could be using at the neighborhood.”

    Ou seja, há uma interferência de uma fonte de ruído desconhecida que já vem ocorrendo por duas semanas… Mais mistério do que isso, impossível!

    Grande abraço, e mais uma vez, parabéns pela matéria!

  60. Estou ouvindo a UVB-76 hoje (24/09) e perto das 13h16m (horário de brasilia) foi possivel ouvir uma conversação na sala da rádio. As vozes ficavam mais altas quando a buzina apitava.

    Pena não entender russo, hahaha.

  61. Ótimo artigo Philipe,
    este sinal intermitente me lembra um “watchdog” usado em eletrônica. O sinal serve para “zerar” algum alarme.
    Se o sinal for interrompido, significa algo fora da normalidade e é sinalizado algum aviso ou alerta.
    Até faz sentido operar assim. Se funcionasse “ao contrário” ou seja, o transmissor ficasse desligado mas ligado para sinalizar alerta, então em caso de algum ataque (destruindo o transmissor) não seria possível gerar um alerta.

  62. não deu para ler todos os comentários… Mas, ate parece que os sinais da uvb-76 tem um quê misterioso tanto quanto a darma em lost. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…. estranho!

  63. Muito interessante! Além do mistério todo por cima da rádio, só fiquei com uma curiosidade que seria bem simples de se resolver: nas instalações que foram encontradas, uma delas não da pra entrar porque tem um cachorro bravo lá. Ninguém nunca ficou pra ver quem alimenta o cachorro?

  64. Lendo o texto me lembrei de um experimento comum onde pessoas transmitem sinal de TV de frequência ultra-baixa, onde cada quadro (P&B) leva muitos minutos para se formar. Poderia ser uma das hipóteses do conteúdo desta transmissão.

    Se alguém puder/souber como testar, gostaria de ser comunicado.

    Paulo

  65. Não sei repararam o eu que não entendi direito… mas na matéria do jornal (esses últimos vídeos da matéria), aparece um senhor que eles apresentam como um morador que TRABALHOU na estação e esse senhor diz que eles tiveram que sair de lá em 2010.
    Bom, se ele trabalhou lá, e sabe que eles foram forçados a fechar, pq não perguntaram pra ele do que se trata tudo isso???
    Alguém entendeu??

  66. Nossa, to processando ainda todo o fato hehehe…Muito foda sua matéria, tá de parabéns e acho que em grande parte a graça do mistério é ser contínuo e indesvendável, como alguns disseram a busca pelo mistério é o que nos consola e nos faz mais curiosos ainda, a cada pista nova é como o auge da história e esclarecer o fato nem sempre é o mais satisfatório…Ás vezes vale mais um pássaro voando que todos os outros em mãos… Acho que tem a ver com a insaciável necessidade humana de encontrar respostas para todas as perguntas…eu prefiro as perguntas 🙂

  67. o mais intrigante é:
    NAIMINA — N – ikolai, A – nna, I – van, M – ichail, I – van, N – ikolai, A – nna
    como vemos em filmes… em todas as vezes que policiais falam ao rádio é usado nomes para distinguir letras…
    como por exemplo (T)Tango (A)Alpha (C)Capa…
    74 – 14 – 35 – 74 (7,4,1,4,3,5,7,4)
    93 – 882 (9,3,8,8,2)
    esse dito naimina que em bulgaro se escreve assim (??????) significado “venha” e seguido das coordenadas de latitude e longitude possíveis… poderia ser um chamado de retorno de tropas ou espiões para um local de encontro seguro

      • Pablo, vc percebeu que as coordenadas +74° 14? 35.74?, +93° 8? 8.2? se dão exatamente na Rússia? na Península de Taimir? faz muito sentido que isso sejam exatamente as coordenadas e que NAIMINA seja venha venha.
        Assim se formaria Venha até +74° 14? 35.74?, +93° 8? 8.2? que é exatamente nessa península.
        Toda vez que números aparecerem na rádio, pode significar coordenadas sendo enviadas.
        Muito curioso.
        Parabéns pela matéria Philipe

  68. Philipe, seu texto está magnifico, impossível de ser deixado pela metade. A gente sente necessidade de ler até o fim. E nem é porque o assunto é extremante interessante, isso ajuda, é claro, mas sua maneira de contar fatos sem sensacionalismo foi brilhante.
    Uma interessante escrita para um interessante assunto. Parabéns.

      • Essa semana a radio ta sofrendo varias interferências. ta todo mundo comendando isso. Os caras falaram em russo na sala essa semana. Mas ninguém sabe o que foi que eles disseram. Não sei se tem alguma relação, mas um amigo me alertou que a FEMA ta frenetica nso EUA essa semana. Os caminhões dela estão saindo e entrando direto nos campos de concentração. Uma movimentação bem acima do normal. Nego ta achando que tá pra dar uma merda bizonha nesse mês ou no proximo. Espero que seja só histeria. Mas parece que ja tem forum de “preparadores” avisando a galera. Muita gente estocando comida e correndo pra finalizar abrigos. Nada na midia aponta o que pode ser.

  69. Cara estranho e curti pra caramba, em radio amador e PX rola muito essas interferências q “cobrem” as conversas do nada, soh quem jah operou sabe do que estou falando… so pode ser algo subterrâneo o negocio é que a russia ou seja lah quem esta operando( pq nessas alturas vai saber né) estão mantendo essa forma alternativa de comunicação, pq digamos que não se sabe o que vai acontecer amanhã, a internet praticamente ja é controlada pelos yakees, acho que é mais ou menos isso, forma alternativa de comunicação e a~e vai longe a coisa

  70. Desculpa ferrar a brincadeira de vocês,mas isso é um bip padrão para a orientação de aviões,aqui também tem um desses,pega o seu radinho velho,põe no am,e sintonize a frequência mais baixa possível (530 am) daí vc vai ouvir o bip. Em receptores de ondas curtas,também é muito comum encontrá-las.

    • A banda utilizada para navegação pelo sistema ADF fica entre 190Khz a 535Khz, apesar de que é separado para esta finalidade as faixas de 190Khz a 1750Khz, moduladas a 400 ou 1020Hz. Repare que é um Khz, o da UVB-76, Mhz.

      Tambem deve-se notar que o NDB, como é chamado o transmissor, transmite sua identificação em codigo morse constantemente, identificação esta que consistem geralmente em três letras.

      Devido ao sistema ser altamente influenciado por descargas eletricas e outros fenomenos meteorologicos e atmosfericos, dificilmente um sinal para navegação consistiria em apenas uma “buzina” intermitente.

  71. Philippe, sou de acordo com o post do Sergio acima!! Mas olha so, são minhas “pesquisas” e opiniões, nada mais!
    Nikolai
    Anna
    Ivan
    Michail
    Ivan
    Nikolai
    Anna

    Tudo isso significa NAIMINIA. Eu traduzi pelo google translator mesmo (não sei nada de russo ou línguas dos bálcãs), e do BULGARO saiu PASSAR POR.

    TRENERSKYI aqui, apareceu como TREINAMENTO (tive de traduzir direto do russo pro inglês, não apareceu nada em português…)

    Pela coordenada 93882, saiu a cidade de KIROVS’K (UCRÂNIA), e pela coordenada 74.1435,74 saiu uma localização no mar de KARA, norte da Russia, próxima a fronteira marítima com a Suécia.

    Assim, pode-se supor que mandaram “alguém” PASSAR POR KIROVS’K E MAR DE KARA.

    Mas não esqueça, são apenas minhas conclusões por que achei demais o post e a história! Vamos investigar mais, tens meu email! MAs eu não consegui ouvir a rádio em lugar algum. Será que dei azar e peguei ela no silêncio?

  72. Olá Philipe! Bastante interessante o post. Procurei outras referências e percebi que o conteúdo publicado neste blog é uma compilação de posts publicados em outros blogs/sites. Seria interessante (e ético) que as fontes fossem citadas. Abraços!

    • As fontes estão citadas no fim do post. Sempre. O que acontece de vez em quando é eu citar material que tenho nos arquivos de email, a maioria proveniente de listas de discussão. Não raro, muitas vezes esses textos sem autoria também são base para outros sites criarem seus artigos. Também acontece MUITO de outros sites copiarem o meu.

  73. GENIAL…..talvez eu não tivesse me interessado tanto pelo assunto se tivesse sido dado em sala de aula(colégio)..mas a forma como você construiu o texto é cativante..para todos os publicos..eu por exempo tenho 16 anos…achei realmente incrivel, li e gostei muito dos comentarios, não são como os de muitos sites por ai que as pessoas só falam coisas inuteis e sem conteudo, parabéns..voltarei por aqui sempre! 🙂

    • Se digitarmos esses números que vc passou em coordenadas = a +48°15’16.23, +42° , saímos próximo a cidade de Donskoy, também na Russia, acho que toda vez que números que são enviados, sejam coordenadas.
      Prestem atenção nisso.

  74. Não podemos esquecer do efeito psicológico que isto causa, desde 1982, sobre nós ocidentais (povo e governo). Lembro dos desfiles soviéticos onde era exibidos mísseis gigantescos. Logo após a desintegração da URSS rolaram boatos de que os tais mísseis eram falsos como nossas alegorias carnavalescas.

    Uma coisa é certa, se os soviéticos queriam impressionar… conseguiram

    • É verdade que a guerra fria envolvia muito de psicologia de massas. Mas eu não creio que seja o caso da UVB76, porque mesmo depois da reformulação da União soviética, a radio permaneceu funcionando. O complexo usado, e o alto custo energético para mantê-la operacional tanto tempo também vão contra a ideia de algo criado apenas para inspirar o medo e desconfiança. Além do mais, o russos tinham metodos de impressionar mais eficientes, como a Bomba Tsar, que eu citei num post recente.

  75. Essa pode ser um tipo rádio Goniômetro. Para navegação e localização. O russos que não são nada bobos devem manter essa tecnologia para o caso dos satélites de GPS serem bloqueados ou danificados. Assim eles podem manter as tropas orientadas e informadas com o mesmo canal e em qualquer caso.

    • Essa é uma hipótese a se levar em consideração, mas por que usariam ondas curtas quando essa frequência é muito sujeita a interferências, é afetada pelo clima (e na Russia ele não é dos melhores)… E por que o governo negaria a existência de algo tão prosaico? E ainda, por que uma mudança do bunker às pressas para algo tão basico? Aliás, por que um bunker, né?

  76. Genial! Ia ler somente o final, e acabei lendo tudo! O que me intriga ‘e… se ‘e pra ser uma coisa secreta e n’os humildes mortais conseguimos ouvir e achar a r’adio… isso meio que tiraria o prop’osito da coisa, certo? Pq se ganhou aten’c’ao de civis, certamente o militar de outros pa’ises j’a devem ter tentado alguma coisa, nem que seja pelo simples fato de garantir que n’ao ‘e uma amea’ca… n’ao?

  77. Quando eu era mais jovem curtia ficar na cama altal horas ouvindo rádio, principalmente as estações com muitos chiados e pouco volume.
    Acreditava que estas estaçoes estavam muito longe e realmente algumas falavam linguas estranhas. Então , enquanto navegava pela ondas am, om, oc, etc encontrei muitas curiosidade. Uma ves sintonizei uma equipe de radioamadores, os quiais fiquei acompanhando pos algum tempo, sabendo até a hora em que se contactavam para conversar, e ficava só ouvindo “papo”.
    Também captei algumas rádios curiosas, coma aquela que só dava as horas, minutos e segundos o tempo todo, a que so falava o tamanho das “ondas” e a frequência. e também aquelas que só transmotiam em forma de “bips” como código morse. Alkgumas alternavan vozes com código morse. também capteis essas que só davam números. Realmente é muito curioso!

  78. GALERA!
    VCS NÃO VO ACREDITAR!
    PEGUEI A GRAVAÇÃO COM OS PULSOS ISOLANDO AS ONDAS, REDUZINDO FREQUÊNCIAS E FIQUEI DE CARA COM O QUE DESCOBRI…
    ESTES PULSOS ESTÃO OCULTANDO UMA TRANSMISSÃO DE RÁDIO!
    ESTOU TENDO TRABALHO PARA AUMENTAR O GANHO DA TRANSMISSÃO!
    MAS, DA PRA OUVIR NITIDAMENTE A HORA EM QUE COMEÇAM A FALAR AO FUNDO!
    ACHO Q O GRANDE MISTÉRIO EH SIMPLESMENTE UMA TENTATIVA DE OCULTAR COM PULSOS UMA TRANSMISSÃO DE RÁDIO!
    VOU TENTAR ISOLAR E VOU COLOCAR NO YOUTUBE!
    ABRAX GALERA

  79. Excelente post Philipe. Lembrei do filme Numbers Station e de um episódio de Fringe. Não vi porra nenhuma na janela circulada de vermelho, embora tenha dado um puta zoom aqui. E, na boa, aquele bunker certeza foi frequentado por uma mulher com sua caneca infantil e creme para as mãos, kkkkk

  80. Garantias americanas de o projeto HAARP ter o objetivo de estudar a aurora boreal não correspondem à realidade. Esta opinião foi emitida pelo presidente da Academia de Problemas Geopolíticos, coronel-general aposentado Leonid Ivashov.
    “Eu sei a ciência certa que os americanos criaram um sistema poderoso e exercem influência sobre o clima. Eles ensaiavam e têm conseguido muito. Nós tivemos as unidades que o estavam monitorando, mas depois elas foram eliminadas,” disse ele.
    Além disso, Ivashov acrescentou que o HAARP não pode ser um projeto pacífico.

    Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_09_25/EUA-t-m-tecnologias-para-influenciar-clima-da-R-ssia-7852/?from=menu

    http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_09_25/EUA-t-m-tecnologias-para-influenciar-clima-da-R-ssia-7852/?from=menu

  81. Nossa achei muito legal as imagens, toda a história, existem muitos mistérios que são difíceis de compreender, se não conseguimos desvendar mistérios da atualidade, imagina, os mistérios do Egito antigo e outros. Parabéns pela matéria!!

  82. Uma fonte é uma coisa né, Phillipe. Cópia é outra, e seu texto tem trechos inteiros (mal) traduzidos da reportagem da Wired. E os outros te copiarem não pode ser justificativa para você copiar os outros né. E vamos combinar que as fontes estão bem escondidinhas no fim do post.

    • Você e seus comentários sempre pentelhos e recalcados… Rogério, pare dois minutos e tente ler a matéria da wired e compare com meu post que você vai ver que meu post tem dados da matéria da Wired, e tem mais coisa. Eu passei horas e horas navegando em foruns de radioamador da Russia para fazer o post. Logo, não é cópia. Eu cito a matéria da wired no fim do texto como cito todas as fontes que uso em todos os posts como SEMPRE fiz desde 2006, e sempre com links dofollow. Se você acha que tá escondidinho, é um problema seu e não meu. As fontes no final são o padrão do blog. Vc tem direito a sua opinião, mas não venha me acusar de algo que não fiz, ok? E vamos combinar assim: Se você não tem nada de útil para acrescentar, vaza e não encha o saco.

  83. Estou ouvindo agora 25092013 – SP – 22:52 UTC, a partir do link de internet.
    Ouço o som de uma “buzina” marítima, acredito que uns códigos morse, interferências e algo parecido com gritos, vozes ou risadas.
    Interessante e muito intrigante…

  84. Dia 25 de Setembro, às 20:24 houve uma interrupção mas voltou. Agora houve outra, às 20:25. E depois dessa última não houve mais retorno. Não sei se é problema na minha internet ou se o mundo ta acabando mesmo. O som que eu houvi é o mesmo relatado nos comentários. To cagado de medo.

  85. Bah, parabéns e obrigado pela matéria mano…. eu sinceramente, gostei muito. Ela é grande mas nem percebi o tamanho na hora de ler. Muito instigante. Valeu mesmo^^

  86. Olá, trabalho com coordenadas por aqui,e pesquisando um pouco segue algumas coordenadas que para mim fazem algum sentido:

    https://www.google.com/maps/preview#!q=74.143574%2C+93.882&data=!1m4!1m3!1d63388!2d93.9108834!3d74.125771!2m1!1e3!4m10!1m9!4m8!1m3!1d127151!2d-32.7977089!3d74.0774174!3m2!1i1440!2i697!4f13.1&fid=7

    esta é a conversão em dados decimais das coordenadas enviadas ( outra opção é a de graus, minutos, segundos, mas os números estão passando de 60 então usei decimais)

    os números do bordington estão aqui:

    https://www.google.com/maps/preview#!q=48.1516%2C+23.42+&data=!1m4!1m3!1d19328!2d23.4193134!3d48.1469472!2m1!1e3!4m10!1m9!4m8!1m3!1d3424485!2d-48.6355141!3d-22.5460521!3m2!1i1440!2i697!4f13.1&fid=7

    Ambos estão nos territórios da antiga URSS e observando bem as fotos de satélite, pode-se ver que estão razoavelmente próximos a estradas que aparentemente levam nada a coisa nenhuma.

    Onde está a lógica? simples, instalações militares sempre estão em locais onde mais ninguém fica bisbilhotando – ou perderiam a parte secreta, mas, se “qualquer” um com acesso ao google earth pode descobrir as coordenadas, logo não estão transmitindo algum segredo.

    Eu considero mais um tipo de convite, convite para alguém que deve escutar, entender, e de certa forma não querer ser visto.

  87. A nossa tecnologia de informação não é segura, por mais que seja avançada e isso já sabemos. Mas, alguém já ouviu falar em Jhon Titor?
    Ele dizia ser um viajante do futuro (2036), e falava que a tecnologia de comunicação da época não é segura e outras coisas mais, disse também ter capturado um Computador da IBM modelo 5100, que era o único que poderia transmitir e capturar informações sigilosas. Quem sabe isso uma hora pode estar relacionado com a radio. Ah, pra completar a próxima mensagem da rádio deve ter uma combinação _8_3_9_ 2_ . Quem sabe eu possa acertar a forma das combinações.

  88. Eu acho que os sinais transmitidos pela UVB-76 são menos misteriosos do que os transmitidos pela “A Voz o Brasil”, que é a programação de um governo fictício, transmitida para um país que não existe.

    Brincadeiras à parte. Não acredito que essas transmissões estejam relacionadas à extra-terrestres. Mas o abandono às pressas me soou bem estranho.

  89. Eu acho que é uma ação diversiva. Enquanto um porrilhão de gente fica com a bunda colada na cadeira prestando atenção, outras coisas são feitas. Toma o tempo dos serviços secretos que tem que descolar um téco do seu contingente prá ficar quebrando a cabeça com as transmissões.

  90. O título da matéria é “A verdade sobre a misteriosa rádio, etc, etc…”, mas a postagem não ESCLARECEU NADA sobre a real função da Rádio.
    Mais simples, impossível….
    É uma ESTAÇÃO RÁDIO-BASE DE SINCRONIA, usada a décadas para conectar todas as unidades militares a um só tempo, ou seja, para fins de treinamento (ou uma provável guerra), eles estariam sincronizados, segundo a segundo, com todas as outras unidades militares do País, que era de tamanho continental, mesmo.
    A opção por ondas-curtas tinha maior alcance, mais eficiëncia e, em caso de guerra, não era fácil de ser desativada, como um satélite.
    A CCPA foi desmembrada, mas ainda existem unidades militares na ativa, como qualquer país…
    😉

  91. Show de bola!
    Tenho a impressão que se esse sinal parar por 24 horas, por exemplo, algo acontecerá.
    Tipo KABUM !!! 🙂

    PS: Qual o paradeiro do cachorrinho? Se o local era “abandonado”, pq ele tava amarrado?

    • Ou a radio está desligada (o que é bizarro) ou ela está sob interferência que acontece esporadicamente. nessas ultimas semanas a radio vem passando por coisas estranhas. Alterou o funcionamento, ficou fora do ar, caras falaram na sala e o som de gente batendo a maquina apareceu de fundo. Acho que eles podem estar fazendo algum conserto na antena ou nos equipamentos, mas é só uma suposição.

  92. Muito bom o post! Enqto eu estava lendo tbm me senti tentado a ouvir a #UVB76. São exatamente 01:19 da madrugada de 27/09/13 e a rádio não está fazendo ruído algum desde as 01:05 mais ou menos! Na boa, isso dá um medo do cacete, e eo mesmo tempo uma expectativa de pensar que logo vai voltar a transmissão com vozes e tudo mais.

  93. Bom, vou acabar com a festa de vocês a Radio tem 6 funcionários que se revesa entre si! A Radio tem esses mistério porque antigamente na Russia… Esse sinal sonoro que eles transmitem até hoje era para avisar sobre evacuação nuclear ou de uma guerra civil… Proto tá ai o mistério desvendado e até hoje eles transmitem em varias frequências dependendo da sua localização um forte abraço quem quiser mais explicação e só entrar em contato!

  94. EI, vcs chegaram a ver os registros mais recentes de uma mensagem veiculada em janeiro de 2013, remetendo a um “OBYaVLENIYA KOMANDA 135”? Acho que os russos nos trollam desde 1917, mas essa rádio é meio de arrepiar…

  95. Isso aí é sinistro mas ao mesmo tempo é simples… São sinais para sincronização base, vários países possuem este tipo de transmissão. Eu descobri isso quando era criança e ganhei meu primeiro walkman, existe no Brasil uma transmissão muito parecida com esta, poucas pessoas sabem. Fica próximo a frequência de 88 Mhz em FM. Caso tenha um rádio de boa qualidade pode procurar que vc vai achar um bip, é difícil de localizar ele, pois depende muito da qualidade de recepção do rádio, pra sintonizar ele tem que mexer o “tuning” do rádio de forma milimétrica bemmm devagar e de preferencia com um fone de ouvido para melhor percepção. A questão é que existe e está lá… Eu tinha uns 09 anos de idade quando descobri este bip em FM e ele está ali até hoje.

    • Cara eu tenho um radio de ondas curtas, mas ele é bem fraco. Ando pensando em usar os prédios do meu condominio e estender sobre eles uma antena grande para ampliar a recepção. Eu moro num lugar alto, então em dia bom deve dar pra pegar altas paradas. Eu já ouvi a UVB uma vez lá em Petrópolis.

  96. Queria saber se vc tem uma estação de radioescuta, ou alguém por aí consegue captar os sinais em 4625 KHZ, diretamente em ondas curtas, e como está atualmente a propagação

  97. Vc prendeu minha atenção do começo ao fim. Pouco entendo ou quase nada do assunto mas mistério é mistério e não é de se desprezar. Parabéns por colocar de uma forma fácil, didática e com humor. Virei fã!

  98. A mim parece-me uma transmissão de actualização de software, para computadores que servem algum tipo de instalações, máquinas ou veículos, uma vez que as combinações de sons soam a combinações de dados a serem descodificados do audio para alguma linguagem computorizada e lida imediatamente pelo receptor. e as mensagens por voz são códigos de confirmação ou substituição ou entrada no sistema para quem opera nos locais dessas instalações e/ou veículos.

    • No video, entre os lixos deixados para tras esta a caixa de uma placa de video de boa qualidade. Eles devem usar sim processamento de sinal em alguma coisa no audio e talvez usem GPU e CUDA para performance.

  99. Pode parecer um pouco surrealista, mas ao observar a maquete, se olhar com certa atenção, notará que mais parece, me refiro a todo o complexo, como uma antena gigante, recebendo sinais do espaço, como se fosse um receptor de longo ,mas longo alcance mesmo. Os números podem ser de alguma forma, localizações, ou mensagens recebidas sendo re-transmitidas.
    Esses sinais pode estar vindo de satélites (da maneira que não permitam ser interceptadas), da estação espacial, ou de alguma outra fonte conhecida apenas por eles, mas que o conjunto não foi montado ao acaso, isso não foi.

  100. Pelo menos faz só barulho. As rádios brasileiras já apelam para barulhos ainda mais bizarros como (olha o arrocha) ou o famoso funk com letras muito construtivas.. Coisas soviéticas pessoal, vai entender. Alguem entende Chernobyl existir ainda?

  101. Cara, excelente artigo sobre a UVB-76! Parabéns!
    Já li diversas reportagens sobre o mistério dessa rádio, mas em português, o seu texto é o mais amplo e completo que já tive o prazer de ler!
    Duca!!
    Abraço!

  102. Boa noite Philipe.
    Artigo muito bom, parabéns! Saberia informar se aqui no Brasil tem algo parecido? Me parece que li algo a respeito de uma frequência em FM e em AM.
    Abraço!

  103. Parabéns, Philipe! Informação bem organizada, bem escrita, no tom certo, sem especulações e delírios. Alguém já pesquisou na internet oculta (Deep Web)? Abraço.

  104. Hoje deu pra ouvir umas vozes no fundo, lá pelas 13:40. Mas o bip tava abafando muito. Agora, 14:25, parece que tem alguém digitando alguma coisa, mas o bip atrapalha 🙁

  105. Não sei, talvez seja só a minha imaginacão.. Mas naquela imagem que esta circulando um objeto xom uma linha vermelha, o tal objeto parece ser um rosto escuro,, Não sei se só eu reparei nisso ou consegui enxergar o tal rosto,, Por favor, se alguem tambem achou o mesmo responda

  106. Hoje as detarde ouvi vozes, e então, deixei no volume máximo, e deu para escutar muito longe mesmo, pessoas discutindo e do nada o “bip” de longe, e do nada parou, e tudo ficou mudo, como se alguém tivesse pegado e puxado o microfone , mas agora, já voltou ao normal, mas sem o “bip”

    Lembrando que quando eu entrei na radio era 23:43 na RUSSIA,

  107. Estou circunavegando a costa do Senegal na Africa a bordo de um navio de pesquisa ,captamos a radio e o mais misteriso é que atraves do nosso radio de potencia clara conseguimos captar no fundo dialogos em Russo….como uma gravacao!!!

  108. voltando a escutar a radio com o link novo passado, eu percebo agora nas transmissoes q o bip q tem um espacamento entre as repeticoes tem se diminuido e ficado mais rapido.. mas isso acontece e depois volta a normalidade, porem com frequencia agora..

  109. Opa hoje dia 01-09-2013 mais ou menos as 8 e 30 quando abri o link da radio pra ouvir tava tendo uma conversa estranha la ,claro que eu não entendi nada, dai depois voltou os bips

  110. Por que diabos ao conectar no site pra ouvir a radio o sinal muda de uma maquina pra outra? Estou com duas conectadas no site e o sinal ta meio diferente, teve uma hora que em uma delas começou um sinal tipo código morse enquanto na outra o padrão se manteve. Estranho isso pois as duas estão conectadas na mesma rede
    , as caixas de som tem a mesma potência e estão conectadas na mesma rádio.

  111. Philipe , primeiramente queria parabenizar o seu artigo é muito bacana mesmo , e a gente que fica tão longe dessas informações e ve as coisas e não sabem o que é …
    Eu quando criança tinhamos aqueles rádios que tinham aqueles botões de girar . os bem antigoss , na FM , eu conseguiaa com frequanciaa e um certo horario especifico ouvir , mais na epoca diziam ser vozes das pessoas do ALÉM , isso diziaa os espitritas pq saiu a informação de que o Allém “” onde vaii pessoas boas que morrem “” era localizado aqui na cidade (Franca-SP ) isso virou novidade e exposta a todos , mais agora seii , que pode ser a rádio , deu vontade de achar um radio antigo pra ver se ainda funciona , afinal os digitais não consigoo a interferenciaa ….. favoriteii seu site , muitoo legal , esperoo que quandoo tiver em casa eu possa ouvir algo !!

  112. Ja tinha ouvido falar, bem interessante….. Mas fiquei indignada com a pessoa que viu o cachorro amarrado na árvore na porta do estúdio e não denunciou o responsável por maus tratos!!! Dá cadeia!!!!

  113. Philipe, adorei o post. nunca tinha visto um tão completo e abrangente. digo que poderia formata-lo e substituir o atual da wikipeddia….eu e minha esposa adoramos.

  114. Acho q não há mistério algum, é bem provável que estas estações sejam uma forma alternativa de localização militar em caso de pane no sistema GPS. Com 3 ou 4 estações destas emitindo, um navio, submarino ou tropa de terra podem se orientar utilizando as marcações das transmissões e cruzando as linhas num mapa. Secundariamente elas podem ser utilizadas para passar mensagens em código para navios, tropas, submarinos ou agentes que estejam operando no modo passivo. Simples, não é ultra-secreto, mas tb não é do interesse dos russos que as outras nações saibam da localização destas estações, pois em caso de guerra, elas se tornariam um dos primeiros alvos do inimigo, simples assim.
    Provavelmente nos tempos mais antigos, este sistema de localização fosse o principal, antes do GPS, mas após a localização satélite, ele ficou só como back up e com as contingências econômicas, por não serem normalmente utilizados, ficaram em segundo plano e sucateados .

  115. Hoje por volta das 08h00 a S28 / UVB-76 estava silenciosa… sintonizei a S30 / The Pip e estava silenciosa também, aí sintonizei a S32 / Squeaky Wheel e consegui pegar algumas falas. Isso somado ao pronunciamento mencionado acima pelo Felipe Coelho e mais outros registrados pelos colegas aqui nos comentários indicam que eles devem estar aprontando alguma coisa…

  116. uma dica, como relatado no post, a tal mudanca da estacao de localidade, eu pelo menos escuto com um pouco mais de qualidade quando seleciono a frequencia 4626 e nao a 4625.. ambas funcionam mas me parece bem mais nitido na 4626

  117. assim, não dei sorte de encontrar um cara falando, mas preciso ressaltar que esta rádio e as outras que estão neste site http://websdr.ewi.utwente.nl:8901/ são bem estranhas, parece coisa do mundo dos mortos, sei lá…
    enfim, continuarei a escutar, achei muito interessante a matéria, muito curioso.. me sinto como uma investigadora militar 0.0
    parabéns, seu site é incrível, beijão 🙂

  118. Olá Philipe! Excelente o seu artigo! 🙂 Encontrei acidentalmente via google, enquanto buscava material em português sobre a rádio.
    Também escrevi um artigo sobre a MDZh76 para um portal que eu fiz parte durante algum tempo.
    Desde então, decidi pesquisar a fundo sobre a rádio em todos os seus aspectos, técnicos e objetivos, deixando de lado todas as lendas que rondam o assunto.
    No momento mantenho contato direto com a equipe responsável pelo site priyom.org, que antigamente fizeram parte da ENIGMA2000, e monitoram em tempo integral a transmissão contínua da ” Russian Buzzer”.
    Consegui acesso a uma grande quantidade de informação repassada por estes radioamadores que “perseguem” o sinal já a vários anos, e posso apenas confirmar algumas questões:

    – A MDZh76 serve a alguma rede de comunicação ligada a aeronáutica e sem nenhuma dúvida serve para fins de espionagem;
    – É apenas um “nó” em uma rede mais ampla. Há centenas de gravações onde outros nós de rede são mencionados, como a E25 (Suposamente localizada no Egito), a “Squeaking Wheel” e a “The Pip”;
    – A rádio não tem qualquer ligação com algo sobrenatural, alienígenas nem mesmo relacionada com o sistema russo “Dead Hand”;
    – Sua localização atual é desconhecida;
    – Transmissões de códigos não são assim tão raras como se imagina. Atualmente há registro de atividade quase que diariamente!
    – Os códigos dizem respeito a uma instrução específica, sendo que apenas o transmissor e o receptor sabem do que se trata. A chave para a decodificação está apenas com o receptor (agente) e não na mensagem em si.
    – Grande parte das vozes, códigos em morse e conversas ouvidas na frequência 4.625 kHz (AM/USB) são interferência e não partem da fonte geradora do sinal predominante naquela frequência. Essas interferências são o principal motivo de tanta especulação sobre as “vozes fantasmagóricas” na rádio.. 😛

    Enfim.. não me recordo de nada mais interessante pare agregar ao seu artigo Philipe, mas fico a disposição para eventuais contatos, caso deseje informações mais detalhadas sobre o estado atual da MDZhB-76 ^_^

    Parabéns pelo artigo!

  119. Gostaria de colaborar, deixando aqui o link para um artigo conhecido pela comunidade como “dossiê Buzzer”, que certamente é o maior e mais atualizado documento sobre o assunto.

    http://www.priyom.org/media/57653/the_buzzer_primer.pdf

    Insisto que existe muitas questões já esclarecidas sobre a natureza da MDZhB, mas seu artigo Philipe ainda é um dos mais completos que já encontrei em português. Parabéns!
    Gostaria de contatá-lo para repassar mais informações atualizadas.

  120. vai ver que o governo mantém só pelo Status, eu fazia uns auê no assunto pra puxar turista, poe uns falsos guias que contem um monte de lendas, a Rússia anda mal das pernas tb…

  121. Outro site com mais fotos e assuntos: http://dinamicaglobal.wordpress.com/historica/antigo-suposto-comutador-do-homem-morto-sovietico-uvb-76/
    Estão falando que por esses dias estão escutando muitas vozes por lá na estação…tem página no facebook em portugues da UVB 76
    Se alguem está interessado em estudar a historia comigo e ficar ligado se isso é realmente perigoso, me adicionem no facebook
    http://www.facebook.com/grazielaoficial

    (15/9/13)

  122. Graziela, estamos monitorando a frequência (como sempre) e registramos apenas as mesmas transmissões corriqueiras.
    Ela ficou Off por alguns instantes, mas isso também é normal, provavelmente manutenção.
    Lhe asseguro que não há nada de perigoso na MDZhB 😛

  123. Interessante também é a nova configuração local, envolvendo São Petesburgo, por exemplo… local de grande concentração inicialmente da revolução russa. Será que está sendo cuidadosamente preparada uma nova revolução? Será que é também operária unida ao militar?!

  124. Querio dar os parabén ao blogger pelo excelente trabalho, e numas das teorias sobre a rádio é sobre bombas nucleares, e então eu estava a fazer pesquisas na net quando descobri a mãe das bombas nucleares que tem 57 megatons ou seja tem a capacidade de 57 milhões de Kg de Dinamite, e agora vem a parte interessante o nome dela é Ivan, referido naquela mensagem da UVB-76, e então eu formulei a minha teoria, e se aqueles nome são os das bombas nucleares russas, e os números as coordenadas, seria estúpido revelar isto para o mundo, mas a melhor maneira de esconder alguma coisa é deixando-a à vista de todos portanto acredito que essa rádio seja usada para alguma coisa a haver com as bombas nucleares russas.

  125. por esses dias a uvb teve bem parada hein!.. já ha 2 dias seguidos q tentava ouvir ela e nada.. somente hj, dia 19/10 q to conseguindo ouvir novamente..

  126. Heisenberg – Ivan, Boris, Anna, Mikhail, Zhenya.. São apenas correspondentes fonéticos russos equivalentes a letras, assim como Alpha, Beta, Charlie no sistema adotado pela OTAN. http://en.wikipedia.org/wiki/Russian_spelling_alphabet
    Insisto que embora o propósito exato da rádio seja secreto, como qualquer coisa militar costuma ser, ela não está ligada a teorias da conspiração, guerra fria, nem nada disso..

    Rodrigo Vieira – A rádio opera normalmente na frequência de sempre. O que acontece é que alguns links disponibilizados para ouvir a rádio via streaming ou SDR acabam ficando fora do ar. Via SDR você só consegue ouvi-la em determinados horários devido ao fato do Brasil ficar extremamente longe da fonte..
    Em tese, apenas alguém que mora próximo a região de onde o sinal é emitido, poderia repetir o sinal via streaming para o mundo todo.

    • eu to por dentro desses detalhes, mas nos horarios q eu sempre estava acostumado a escutar fiquei sem ouvir msm, outras pessoas tb relataram a msm coisa em dias passados.. até troquei o endereco de streaming, mas parece mais que a radio para de vez em quando.. agora mesmo, dia 24-10, as 16:23, to escutando tranquilamente..

  127. Nas coordenadas do Google Maps numa das imagens do lugar referente existe uma porta com uma pessoa encostada aparentemente numa parede. O BAGULHO É SINISTRO! Pega o street view e sai jogando nos quadradinhos azuis até que num deles vai ter uma imagem de uma porta e essa figura humana bizarra. Olha lá!!!
    As coordenadas são: 56.082778,37.089444

    • a) A S28 nunca transmitiu coordenadas, mas sim códigos para um receptor que possui a chave de decodificação da mensagem;
      b) Sua localização atual é desconhecida, e como comentei anteriormente, sabe-se que está relacionada a espionagem e faz parte de uma rede ligada à aeronáutica, então não é tão sinistra assim;
      c) Fantasmas não transmitem em ondas curtas e nem aparecem no Google Street View 😛

  128. Creio que estão testando ou até mesmo já utilizam as ondas curtas para estimulo de crescimento de plantações o que seria bem provável devido ao clima loca,l assim como também pode ser algum tipo de interferência proposital na ionosfera para algum tipo de alteração do clima, enfim não entendo muito do assunto mas acredito que possa ser uma coisa desse tipo colocando em conta as dificuldades locais, e justificando a insistência do uso de tecnologia cara e obsoleta.

  129. Alguem chegou a ver mais uma pessoa na janela ao lado que parece um soldado mesmo ou so foi eu que vi? é a foto que tem um circulo vermelho… na janela ao lado… a janela esta branca e parece o rosto de um soldado nela…

  130. Olá Philipe,

    Parabéns pela pesquisa. Está historicamente bastante completa. Alguns radioamadores espalhados pelo mundo também se intrigaram sobre as Numbers Stations e como somos pesquisadores na área da emissão de radiofrequência, uns poucos mais especializados tem obtido bons resultados na decodificação da criptografia desses sinais. Passo aqui o link da página do colega Roland (PY4ZBZ) que trata com bastante autoridade uma investigação numa estação de números provavelmente de Cuba: http://www.qsl.net/py4zbz/en.htm. Como o artigo foi escrito para outros radioamadores, contém muitos termos técnicos da nossa área, mas não impede que o leigo adquira mais informações sobre o assunto. Abraços.

  131. Esse é um dos mistérios mais intrigantes que conheço!
    Não sei qual é a dos Russos ao emitir este sinal até hoje e qual o real objetivo.
    Pra que manter este sinal ativo!?

    Acho que algo mais pode surgir disto. Espero!

    • Mais uma coisa,hoje,as 09h16,no dia 04/01/2014,não tem absolutamente nenhum sinal além de chiado na frequência da UVB-76,não sei se é manutenção ou se mudaram a frequência.

      • O último registro de atividade aconteceu no dia 28 de Dezembro de 2013.
        A rádio opera normalmente na mesma frequência sem nenhum tipo de alteração.

        Tenho tentado repassar informações sólidas, mas pelo visto as pessoas preferem acreditar no sobrenatural.. =/

  132. Seguinte ,acabei de ouvir uma conversa, tenho CERTEZA que eram 3 vozes diferentes, não sei sobre o que, mas pareciam pelo menos pelo TOM, estarem exaltados,dps houve mais um ruído e então voltou a normalidade…

  133. Porra, muito boa a matéria, parabéns Philipe, com sempre tem grandes matérias por aqui, mais o mais interessante foi os videos, principalmente o primeiro, era pra ser algo meio que misterioso, mais ai os cara pegam os “puump” e misturam com musica eletronica, rachei demais viu! ;D

  134. CARALHO (desculpa o palavreado)

    10:44 da manhã, horário local, em brasília deveriam ser 11:44… 09/02/2014

    Eu conferindo a transmissão da radio pelo link que peguei aqui "radio forest" e consegui escutar alguma transmissão… mas o audio estava ruim e sequer deu pra identificar a língua em que estavam falando… foi repetida 2x a mensagem… alguém pegou essa transmissão tbm?

  135. Vai neste site e no campo escrito frequency coloca 4625 http://websdr.ewi.utwente.nl:8901/ tente as outras duas rádios existe outras duas rádios, conhecidas como "The Pip" ( ou S30, operando na frequência 5448 kHz durante o dia e 3756 kHz durante a noite23 24 ) e "The Squeaky Wheel" (ou S32, operando na frequência 5473 kHz durante o dia e 3828 kHz durante a noite25 ), que assim como a UVB-76, transmitem um som repetitivo que ocasionalmente é interrompido para a transmissão de mensagens de voz.

  136. Em uma de sua transmisão, a tal voz dis, NAIMININA, em seguida ele repete, mas como NAIMINA
    Será que ele se enganou na hora de ler ? huashuashuas

    Parece que aquele satélite Black Night também transmite um sinal creeepy!

    Alguém já ouviu?

  137. impressao minha ou nos ultimos dias os tons mudaram? tipo, o primeiro é sempre mais longo e o segundo notoriamente bem mais curto que anteriormente.. to ouvindo hj, dia 10-03-14 as 15:18 e notei isso

  138. Rapaz, sabe qual é o seu problema? Você escreve e a gente não consegue parar de ler. Ai eu leio até o final, fico me coçando pra ouvir a rádio, não ouço, e vou dormir me borrando de medo imaginando que porra é essa! Hahaha, brincadeiras a parte. Parabéns, passei os ultimos dias viajando nos seus posts. Lí vários seguidos e sem parar! Abraços!

  139. Esta rádio tem duas fontes: Ou tem mesmo objetivo militar/governamental russo cujo objetivo se desconhece, mas com algum objetivo. Ou de algum hobbista maluco, hoje idoso, que depois de 30 anos de atividade, ainda continua com a brincadeira a qual vai acabar só quando ele morrer.
    Imagino, também, quantas rádios a gente ouve e não ideia de onde exatamente vem e como é. Curti muito a matéria!

  140. Esta rádio tem duas fontes: Ou tem mesmo objetivo militar/governamental russo cujo objetivo se desconhece, mas com algum objetivo. Ou de algum hobbista militar maluco, hoje idoso, que depois de 30 anos de atividade, ainda continua com a brincadeira a qual vai acabar só quando ele morrer.
    Imagino, também, quantas rádios a gente ouve e não ideia de onde exatamente vem e como é. Curti muito a matéria!

  141. Quer ouvir a rádio ao vivo?! Acessem globaltuners.com, registre-se, em RECEIVERS acesse o receptor VIENNA 2 AUSTRIA, em TUNE IN! clique em CLASSIC. Isso abrirá a interface web do receptor, clique em ATT para ativar o atenuador de ruido, selecione a banda AM. Clique na box "Enter Frequency" e digite "4.625" – com o ponto mesmo. No topo do player clique em "Audio start" e selecione a qualidade do streaming "HIGH QUALITY". Aumente seu volume e pronto! A BUZZER em tempo real 24/7… Realmente é um sinal muito característico e a mente viaja longe imaginando as possibilidades. Será mesmo a UVB76 uma espécie de Gatilho de Homem Morto?

  142. Concordo com a opinião de alguns, que diz ser uma rádio de sincronização, ainda mantida pelos militares russos. No todo, acredito que a Rússia tem “mistérios” militares assim como qualquer país do mundo, sem coisas excepcionais ou cabeludas, apenas coisas “comuns de militares”. Essa rádio é uma delas, acredito que o governo manteve em operação porque precisa até hoje, se não, já teria desativado a muito tempo, porque quando a falta de recurso aperta, só fica operando, aquilo que é realmente necessário! Um abraço Philipe, bom post!

  143. Escutando a UVB-76, agora são 18:36h horario de Brasilia, dia 08/05/2014, nenhuma novidade, apenas o mesmo sinal de buzina de navio.

  144. A 10ºFoto de baixo p/ cima, me lembrou os tambores de produtos químicos do filme a “volta dos mortos vivos”, ô lugarzinho arrepiante!!! A foto do prédio com o círculo vermelho só pode ser um Zumbi ou uma alma penada!!!rsrsrsrsrsrsrsrs

  145. Ô lugarzinho tenebroso!!! ao ver a 10ºfoto de cima p/ baixo lembrei dos tambores químicos do filme a volta dos mortos vivos!!! A janela do prédio com o circulo vermelho só pode ser a alma penada de um ET que foi estudado(vivisection) neste local. Tem que ter muita coragem p/ fazer filmagens e fotos assim!!!

    • Não, não são raras.
      Na frequência correta você irá ouvir somente estática (no caso de uma recepção ruim) ou o buzz. Se você ouvir outra coisa, significa que não está sintonizando corretamente a frequência no SDR.

  146. Para mim, trata-se de uma estação rádio militar que transmite dados via link Y-B igual usados em navios de guerra. Este tipo de transmissão é bastante comum no meio militar do mundo todo, principalmente nas Marinhas e Armadas, com conexão em terra e mar. Por isso não acho tão misterioso assim. Como as transmissões são de caráter ultra-confidencial (tanto que nem todos os militares possuem credenciais para adentrar numa estação rádio) sua transmissão jamais devem ser ostensivas.

  147. Eu sei o que é isso, é uma pesquisa que existe desde 1959, bem parecido com a HARP, porém existe um detalhe mais pavoroso. Logo após a explosão da bomba de Hiroshima e Nagasaki, a União Soviética entendeu que uma nova ordem mundial se formava com a explosão de um aparato de destruição em massa, eles então desenvolveram a pesquisa atômica, porém sabiam que a busca por bombas maiores, não iam parar. Já havia estudos sobre paranormalidade, porém em 1959, um submarino americano abaixo de uma calota polar relataram contatos extra sensoriais, o que foi negado. Foi o suficiente para União Soviética entendesse que a nova ordem mundial estava batendo na porta. Interessante que neste mesmo ano, ocorria a crise dos mísseis em Cuba. A União Soviética então desenvolveu "geradores" de PES (percepção extra sensorial) que ampliava "externamente a capacidade de sugestão". Existe especialistas no assunto que essa crise foi deflagrada por culpa de um desses geradores. Agora ouvindo essa rádio, a estrutura, alguns equipamentos médicos que dá pra ver na galeria de fotos, trata-se da área 51 russa de pesquisas de PES. Acredito ser impossível algo do tipo paranormal, sou cético demais, porém a pesquisa sendo ultra secreta ainda existe. Por diversas vezes a PES foi desmentida, até mesmo pela Rússia tratando-se desse assunto, vendo algo como a harp mas em uma estrutura mais elaborada acho que em algum ponto eles chegaram, senão não duraria tanto tempo. Ao que indica, acredito que "tentaram construir" um grande gerador de PES.

    • Não pode ser o HAARP por vários motivos, dentre eles:
      a) O HAARP é muito bem conhecido dos entusiastas, e atuava em frequências entre 2,8 – 10 mHz;
      b) O sinal da MDZhB é claramente proveniente do norte de São Petersburgo (O HAARP localiza-se no Alasca);
      c) O HAARP está sendo aos poucos desativado, e nem é mais ouvido nessas frequências..
      A relação desta estação com o projeto HAARP é totalmente descabida, e pode ser descartada.
      Ignorando todas as suposições paranoicas do seu post, ainda podemos questionar porque uma estação de “pesquisa”, iria interromper sua programação normal para transmitir mensagens em um formato conhecidamente militar.

    • Conforme comentei em posts anteriores, a estação só pode ser ouvida durante a noite (no local onde ela está localizada e no local onde a antena receptora que você estiver utilizando também estiver localizada, seja via site, SDR, etc).
      Há relatos de que vez ou outra, em condições climáticas excepcionalmente favoráveis, é possível recebê-la em determinados pontos do Brasil.
      Sou meio cética quanto a questão da deep weeb, pois trata-se de uma estação com propósitos militares, operando em uma frequência aberta para quem quiser ouvir.. Então acho pouco provável.

    • Edivan, só se ouve chiado nessa época do ano, principalmente na parte da manhã, devido a interferência causada pelo Sol, que limita a propagação das ondas curtas, como em qualquer estação de rádio AM.

  148. Legal, Muito boa a materia, gostei muito!
    De fato poucos entendem porque transmitir em ondas curtas, usar equipamentos valvulares e usar codigos, como o morse ou este bip, ruidos etc. O caso é que quanto todos os sistemas entram em colapso devido a uma gerra ou uma bomba de elétrôns tudo que é moderno desaba fica fora do ar, emquanto os sistemas mais simples e arcaicos podem continuar a transmitir seus sinais.

  149. Do meu ponto de vista sobre esse fantástico assunto,sim é algo de grande especulação. Mas vocês ja param pra pensar que tudo isso podereia ser algo feito estrategicamente para chamar a atenção de “como vc mesmo disse” milhares de pessoas,a fim de esconder coisas que nao damos atenção, pois estamos preocupados com tal assunto.
    Mas se realmente a minha opinião meu ponto de vista esta correto, certamente essa estratégia de chamar a atenção pra esse assunto polêmico a fim de esconder outras coisas obviamente esta dando certo pois pelo que sabemos isso e algo estranho e desnecessário para noz pois sao codificados, mais se realmente tem algo de muito secreto por trás disso so nos resta esperar a 3º gerra acontecer para saber…
    Mais em fim eu sou fascinado por esses assuntos e vale a pena ficar por dentro sobre oq acontece em nosso mundo mistérioso

  150. Parabenizo o autor pela matéria! Talvez a única matéria decente sobre o assunto, em português.

    Gostaria de saber se você saberia me indicar quais grupos, fórums, blogs ou sites de discussão são especializados nesse tema, onde seria possível ler mais sobre o assunto?

  151. Philipe descobti uma coisa fui até o google tradutor e traduzi a fraze de uma das fotos e estava escrito assim
    Alarme COLLECTION. Eu jogui no google e apareceu um forno elétrico…
    foi estremamente bizaro … bem eu só queria te infomar e ver se você consegue desvendar o que é isso pois isso está sendo bizaro.OK.
    Beijos e abraços,
    Camilly

  152. Cara, to ouvindo agora as 14:45 horario de Brasilia – 20/03/15, na frequencia 5448kHz e dá pra ouvir uma conversa no fundo, mas os bips atrapalha demais , aí a conversa para e fica um chiado e depois volta a conversa de novo, voz masculina .. Sinistro man

  153. Philipe, segundo o seu comentário sobre a utilização de satélites para divulgação de sinais, ao invés de ondas curtas transmitidas à partir da terra, isto aparentemente seria a melhor solução, mas não é bem assim. É bastante incomum utilizar satélites para baixas frequências. Como satélites são dispositivos compactos, onde não é possivel o uso de antenas eficientes para frequencias baixas, os satélites (na grande maioria dos casos) utilizam sinais de alta frequencia, na faixa de microondas (acima de 1GHz).
    Quanto maior a frequencia, mais diretivo o sinal eletromagnetico tende a ser. Desta forma, um sinal satelital tem uma cobertura mais restrita. Ao passo que o uso de ondas curtas, na faixa de 4MHz, favorece uma cobertura geográfica extensa (4.000km é comum), porém com melhor desempenho durante a noite.
    Mesmo com um consumo de energia elevado para uma estação de rádio terrestre, o custo de manter-se um satélite é muito superior. Para a utilização de satélites geoestacionários, além do elevado custo de fabricação e lançamento (R$ 300 milhões para um satélite civil), há um alto custo de operação, com instalações (estações terrenas) e equipe altamente especializada.

  154. Lembro que a transmissão se dá em 4625 KHz no modo USB. Rádio comum não conseguirá escutar. Tem de ter o chamado BFO para batimento de frequência em SSB. Os rádios mais simples com este dispositivo está custando à partir de R$500,00 com o dólar de hoje à R$4,00. Tecsun PL-660 e o Degen DE1103 são os mais indicados.

  155. Vi a foto do satélite em 2013, quando publicado este artigo, com o que parece ser uma rede de antenas, e hoje – 2018 – este local é a planta da Mercedes Benz, apesar de ainda existir a estrada de terra e uma construção no local exato de onde estaria a rádio.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.