TV pirata: Quando a saída para a desgraça é mentir

Tava vendo tv outro dia e apareceu o comercial da propaganda contra a “operadora pirata”. No comercial, os atores dizem deliberadamente, que ao usar uma “operadora pirata”, você abre sua senha para que hackers roubem suas senhas, e invadam seu banco, enfim, destruam sua vida. Só faltou dizer que você vai ficar careca e broxa.

E assim vamos nós. No combate à pirataria, nego apela deliberadamente pra mais pura e vergonhosa CASCATA.

Antes de explicar o que está acontecendo, vamos ao comercial:

Como podemos ver, a tática da ABTA (Associação Brasileira de TV por assinatura) criou um comercial que apela para o medo na tentativa de frear o crescimento do numero de pessoas usando sistemas alternativos de tv à cabo. Existem diversas maneiras de se obter tv paga sem pagar. As mais comuns são:

GATONET – A famosa “Tv grátis” que na verdade e paga e quase sempre você está financiando a milícia. É mais comum em áreas pobres como favelas e comunidades similares, onde tudo é forma de arrecadação ou pro trafico ou pra milicia, ou pra ambos. Nesse caso, os caras tem uma central que capta os canais todos e os distribuem via cabeamento de antena ilegal. Gatonet costuma ser paga em cash, pro maluquinho que instalou, direto no portão.

Decoder desbloqueado – Um sistema que vem caindo rapidamente em desuso. Originalmente o sinal da Tv à cabo distribuída pelo cabo vinha codificado. Assim, os usuários usavam um tv box chamado “tocom” que tinha a função dum filtro, desembaralhando o sinal codificado e liberando o mesmo para o cliente pagante. Se ele para de pagar, a empresa libera um sinal chamado “Bullet” que bloqueia aquele tocom e desliga o filtro dele. Assim a empresa consegue manter o cliente pagando caro para ver cada vez mais comercial (uma cada vez mais desavergonhada fonte de renda paralela das operadoras). O sistema de tocom desbloqueado vem perdendo espaço, porque ele era efetivo com distribuição analógica de sinal. à medida em que os sinais se tornam digitais, a coisa muda de figura.

Decoder paralelo – Acredite se puder, (a ABTA, claro, vai jurar de pé junto que é roubo) se você comprar um decoder paralelo, que não é um decoder da empresa, mas que consegue pegar o sinal que ela esta enviando em banda KU (satélite) e desbloquear, você está numa zona cinzenta quanto ao crime de captar tv pirata. A tv nao é pirata pq vc esta pegando o sinal da Sky, oi Tv ou similares que vem de satélite. Você comprou um aparelho, portanto ele é seu, legalmente. Seu aparelho decodifica o sinal deles e te dá todos os canais. Em tese, você não está diretamente consumindo o serviço deles de aluguel de aparelho e antena (sempre em comodato). Acho difícil ver isso como roubo. É errado? Talvez sim, mas se considerarmos que um cliente de Tv à cabo paga para receber a programação, e em vez disso é bombardeado com um volume colossal de propagandas do Trivago, perfumes, carros, e toda sorte de porcarias da polishop durante horas… Me parece que tá rolando aí uma sacanagem com o consumidor. Ele paga por conteúdo, mas recebe propagandas que não solicitou, em paralelo, essa gigantesca verba de grana não vai pra reduzir o preço do serviço, mas para o bolso das operadoras. Assim, alguns podem sugerir que dessa forma, esse monte de propaganda financia o usuário que por sua conta conseguiu um aparelho que desbloqueia o sinal e não paga para a operadora por esse serviço como a maioria faz.

Roubo do sinal – Nesse caso o cara coloca um divisor de sinal na saída do cabo da tv à cabo e mete na televisão. O mais tacanho. Curiosamente funcionava bem com a Net nos anos 90. Até o próprio instalador da net botou um assim pra mim porque eu dei uma coca-cola pra ele beber quando estava instalando no meu prédio. EU ão corrompi o cara. Ele ofereceu, e disse que estava com tudo aberto no sinal em modo degustação pro meu predio. De fato, seis meses depois codificaram tudo, pra minha infelicidade – que também durou dois meses pois comprei um tocom desbloqueador universal nos EUA. Mas isso deu ruim quando minha casa ficou mal assombrada.

IPTV – Aqui está o calcanhar de Aquiles, o câncer que deu metástase da ABTA e a razão para a mentira descarada em horário nobre até da tv aberta. No IPTV o que nós temos é o seguinte: Alguém seja lá onde for, capta o sinal da Tv à cabo que ele pagou para receber, e recodifica e transmite como um feed de video na internet! Com isso, qualquer pessoa que disponha do acesso ao servidor onde esse feed de video foi instalado pode ver Tv à cabo. Sem pagar. Isso mesmo, Free.
Enquanto o IPTV foi algo complicado, as coisas nem iam tão mal para as operadoras de Tv à cabo, mas conforme a coisa complicou, (quando as empresas de telefonia entraram disputando esse mercado de tv, forçando os preços para baixo) e conforme foi se popularizando a internet de banda larga pelo Brasil, mais e mais pessoas começaram a descobrir que com poucos cliques era possível ter no celular ou no PC 2000 canais de Tv, tudo de full Hd, tudo de filme, tudo de todas as operadoras, incluindo pay per view e os canais exclusivos, aconteceu como popularmente dizem: “A água bateu na bunda”.

As empresas de TV à cabo, como a Sky (lixo) e a NET (lixo) com seu serviço de qualidade duvidosa se viram diante duma situação cada vez pior. Mais e mais pessoas abandonam as empresas porque o serviço deles é patético, o atendimento um primor da vergonha alheia (a sky tentou me roubar deliberadamente, inventando produtos consumidos nas duas vezes que fui cliente) e a parte técnica nem se fala. Choveu sai do ar. Ventou, sai do ar. O vizinho tossiu… Isso mesmo, sai do ar.
Com serviços de má qualidade, e caros, repletos de propagandas indesejáveis interferindo na programação que por sua vez é responsabilidade dos canais, que também vem deixando a desejar, com reprise em cima de reprise, o que temos é uma gradual perda de clientes. Muitos tinham tv a cabo para ver filme. Com o netflix e popcorn time, isso se tornou uma commoditie facilmente conseguida sem pagar tv à cabo. Não precisa ser um gênio para saber que existem trocentos mil sites de filmes pra baixar, tem completo no youtube… Não tem presepada de comercial com Gisele Bunchen que dê jeito nessa situação.

O pior de tudo sem duvida alguma é que a Tv à cabo por aqui é uma vergonha de venda casada. Você às vezes quer ver Discovery, National Geographic e History Channel. Mas nego só te dá esses três num acote RE-PLE-TO de porcariadas que não te interessam, SIC, RAi, filmes inúteis, canal da fé, canal de musica gospel, canal de rap gringo, um mooonte de lixo, tvs abertas de encher linguiça, radio FM de osasco… E cobram uma fortuna por esse lixão que chamam de “pacote família”. Porra eu só quero Discovery, seus putos! Não pode, tem que levar o pacote de porcarias senão não te vendem acesso ao que você realmente quer. Acho uma pratica vergonhosa, com viés até mafioso nisso. Se as operadoras cobrassem um valor de R$19.90 por toda grade de canais, é certeza que eles teriam um volume gigante de assinantes, ganhando no volume, deixando de perder grana na inadimplência, mas isso implicaria em uma infraestrutura enorme, e é conveniente ter o produto como “premium” porque como eles consideram os Brasileiros como trouxas, é uma pratica corriqueira cobrar um absurdo por alguns canais, sendo o grosso em standard, ou seja, nem HD.

Na verdade, a coisa vai piorar, porque cada vez mais temos lojas vendendo TVbox. Vende isso ate na Americanas.

Ter e comercializar TV Box não é nenhum problema, relembrando que o sistema operacional do TV Box é o mesmo usado em smartphones Android e em tablets, isto significa que um TV Box comum pode ser considerado um celular sem tela o qual você pode ligar à sua televisão.

O TV box é basicamente um computadorzinho pequeno enfiado numa caixinha rodando uma versão do android. O que ele faz? Nada. Ele é só um android, plugado na sua internet, rodando apps de android, como o netflix, games… Tipo um celular. Ele é criado para ser uma central de midia, e é bem útil para quem não tem uma smartTv. Nele você instala um app de ver tv à cabo, como o “perfect” (existem dezenas) e de posse desse programa, você faz o envio de uma lista de IPTV. A lista é simplesmente um endereço de web. Não tem numero de cartão de credito, senha, porra nenhuma. É só um endereço e mais nada. Enviou a lista, rodou tudo! Os canais aparecem. É lindo. Funciona! (desde que sua internet esteja plugada via fio no roteador por causa da velocidade e seja acima de 5mega) É certo? Não sei. Minha sensação é que a resposta ideal é: Depende.
Eu digo que depende, porque existem diversas (centenas, milhares) de listas de iptv grátis. A maioria é uma merda. Não se engane. Mas a grande massa dessas listas são de canais abertos do mundo todo. Tem um porrilhão de tv da índia que é só aqueles malucos cantando “Rivaldo sai desse lago” e similares. Tem uns canais que são de dois caras que parecem turcos conversando aos berros numa mesa redonda… Tem de tudo, jogo de futebol da liga juniors sub 15 de Madagascar… Uns filme bosta pra caralho sem legenda, vc não entende nada. O grosso mesmo é canal que não funciona. Assim, a verdade é que lista grátis é quase sempre porcaria. Um ecossistema riquíssimo de troços estranhos como programas de auditório italianos e notícias do Chile. A menos que você queira saber o que aconteceu no Atacama essa manhã… è perda de tempo.

Desse modo para você ter a programação com um minimo de qualidade aceitável, é preciso entrar no mercado livre escolher um fornecedor de lista de iptv e comprar uma lista dele. Isso tem custo. Logo, a “tv gratis” é na verdade “tv paga”. Parece escroto? O mundo é escroto mesmo.
Mas aqui está a questão, se você pagou, pagou para o cara que tb está pagando pelos canais. Todo mundo esta pagando. O cara esta pegando o sinal dele e esta codificando e jogando num servidor que é só seu. (em tese a argumentação é que você está pagando por um servidor web onde a sua lista está. Cada lista é unica e intransferível) o que significa que você esta pagando um cara em algum lugar para jogar um feed de 2000 canais no seu servidor de onde sua Tvbox vai puxar.
Em resumo: É bom? É foda! Sempre? Negativo.

IPTV é uma solução democrática. Uma lista costuma custar cerca de 20 a 30 pratas no mês. Não funciona sempre de veze me quando trava, de vez em quando canal some, canal entra… É um bagunção do caralho. 90% dos dois mil canais, são inúteis. Só de filme tem uma porrada. Tem um monte de duplicatas. (o que é útil, pq às vezes o feed de algum canal fica lerdo da problema no codec…) muitas vezes, cada canal tem um volume. Em hora de pico o sinal pode ficar travando, e se sua internet for bosta (tipo da NET) nem pense em comprar isso pra não ter um derrame de ódio.

Mas se o seu uso é parecido com o meu: vê muita tv aberta muita tv fechada, vê um pouco de tudo mas muito eventualmente, talvez seja uma boa.
Eu não levava muito fé nessa parada de IPtv porque sempre achei meio conversa fiada as alegações, mas depois de um amigo meu me ensinar passo a passo o que eu tinha que fazer, experimentei. Eu estava há 3 anos sem pagar tv à cabo desde que a Sky tentou me roubar pela segunda fucking vez. Empresa canalha é foda. Fiquei sem. Só no Netflix. Mas eventualmente batia uma saudade de ver as abobrinhas do Tsoukalos no Alienígenas do Passado, e resolvi experimentar. Eu já tinha um TVbox parado aqui que comprei quando meu playstation 3 queimou (para não ficar sem netflix) aí pedi uma demonstração de uma lista num fornecedor do mercado livre. Me custou um real. Sim, R$1.
Essa lista funcionou três dias na minha maquina. Fiquei de queixo caído. Só de “canal Bíblico” eram mais de cinco. Filme, um montão, em 4K! Vários que eu tava querendo ver e ainda nem tinham ido pro netflix. Uma grande vantagem: Tv thundercats 24 horas, tv chaves 24 horas, cavaleiros do zodiaco 24 horas, Mr Bean 24 horas, caverna do dragão 24 horas. Isso que efetivamente me fez querer esse troço, porque eu podia ver caverna do dragão com meu filho até enjoar.
Vi que valia 25 merréis e paguei.
Depois de um tempo usando, começou a dar problemas de sinal e parei de usar a minha lista, pq o sinal tava muito ruim, e meu uso efetivo é pra jogar fliperama (sim, tenho todos os emuladores!) e netflix que pago com prazer.
Seja como for, é fato que os tvbox estão incomodando muito as operadoras ao ponto da ABTA mover um processo contra o fabricante do hardware da TVbox (uma ideia de retardado, pq ate um celular androide consegue pegar o sinal de iptv) sendo que existem CENTENAS de marcas de aparelhos que fazem isso no mercado.
Então a verdade é essa. Você pode querer testar, mas não é pra todo mundo. Não funciona sempre. Tem horas que o canal que você quer (atualmente abarrotado de propagandas) vai dar umas travadinhas. No final das contas você estará consumindo essas propagandas, e de uma certa fora, está remunerando o canal indiretamente, fato que a ABTA desonestamente, não comenta.

Vão botar virus no seu computador?

Essa talvez seja a grande questão deste post. Afinal é fácil usar uma paranoia dessas para causar o medo. Em tese, sim, é possível. A razão para isso é que a ampla maioria das pessoas usa um programa chamado Kodi, para rodar o decoder de iptv. O Kodi pode ser difícil de configurar para um novato e é por isto que há um mercado em expansão vendendo as TV Box pré-configuradas com o Kodi. Uma vez que você compra num camelô da uruguaiana uma porra duma caixa pre configurada… Sabe se la que merda veio de brinde.
É durante grandes eventos televisivos que a venda das TV Box piratas, ou Kodi Box, explodem na internet.
As caixas geralmente são executadas no Linux, no Android ou no sistema operacional Chrome; Amazon Fire Stick também está disponível, pronto para plug-and-play com sua TV. Na pratica isso significa que um hacker poderia invadir seu roteador e interferir na recepção de seus dados? Sim. Mas veja, essa é uma coisa assustadora, mas é basicamente a realidade de 9,9 em cada dez pessoas que usa a internet. Veja não precisa ir nem muito longe: Recentemente, saiu uma lista de 35 celulares chineses que vem com “brinde oculto”, que é nada menos que um cavalo de troia que fica minerando criptomoedas nas suas costas e mandando pro chinês espertão.
Roteadores chineses com peças e memórias chinesas, podem vir ja com apps invisíveis embutidos. Outro dia descobri que o controlador do meu canhão laser era um backdoor do chinês. Toda semana (não to zoando é toda semana MESMO. Só hoje foram 2 vezes), aparecem 171 tentando me convencer a ter um papo quente com uma gostosa no chat para depois o nigeriano que controla o avatar da francesinha gostosa e carente, tentar me chantagear em troca de dois mil dólares!
Assim, você precisa saber que o mundo não é cor de rosa ANTES de ter uma conexão com a internet. Tem que ser MUITO BURRO para colocar seus dados bancários ou senha do cartão de credito ou seu app do banco num TVbox.
Na pratica, ninguém faz isso. E pro hacker, é mais negócio tentar pegar o trouxa no equipamento que ele usa o app bancário, que é seu celular/pc.
Você deve ficar esperto quanto ao uso dos TV Box para tv pirata e também dos receptores de tv piratas conectados à internet? Sim, da mesma maneira que você deve ser preocupar com o seu smartphone e seu computador pois há uma grande chance de você instalar, sem querer, um vírus nestes aparelhos que vão te deixar tão em perigo quanto os TV Box e Receptores para a tv pirata. Mas aqui está a questão: Ser eventualmente possível que um sujeito programe um addon malicioso no Kodi e eventualmente você execute este addon, ativando o cavalo de troia não significa que vai acontecer. Mas a propaganda transmite a ideia falaciosa de que isso é uma certeza. Obviamente que isso é para colocar medo nos atuais usuários destes aparelhos e naqueles que estão pensando em comprar um aparelho do tipo.
Minha dica é: Nunca bote a porcaria dos seus dados bancários no computador/celular. Se precisar comprar alguma coisa use aquele esquema (hoje a grande maioria das operadoras de cartão oferecerem) de números de cartão variáveis one way.

Então, na real, você pode achar que isso é tv pirata. Pode mesmo, e nesse caso eu recomendo que você não tenha ou não use IPTV. Ou use apenas aquilo que tem no IPTV que não tem nas operadoras de Tv à cabo normais (como os canais de desenhos antigos 24h) ou o Al Jazeera, Vladvostock em debate…
Talvez o melhor mesmo seja esquecer a Tv e ir ler um livro.
Na pratica o que acontece é que em função do péssimo serviço, caro pra caceta, repleto de artimanhas canhestras e venda casada, lotadaço de propagandas irritantes e repetitivas no meio da programação, as Tvs à cabo estão vivendo um inferno, que me parece, só vai piorar. Diante disso, em vez de se empenhar em melhorar o serviço, elas formam uma associação e para tentar segurar a clientela que ainda insiste em pagar por seu serviço patético, e apelam para o medo e para a mentira. Na pratica, é um comercial enganoso, para manter a reserva de trouxas pagantes. O que mais poderíamos esperar?

fonte

Related Post

6 comentários em “TV pirata: Quando a saída para a desgraça é mentir”

  1. Philipe,
    Na minha visão, o fato de ser crime (ou não) é menos importante. O que deveríamos considerar, é se do ponto de vista ético, é correto usar subterfúgios para acessar de graça um conteúdo que quem produz cobra pelo acesso. Não é necessário uma lei para dizer o que é certo e o que é errado, quando já temos isso moldado ao nosso caráter.

    Um caso hipotético: Se um cinema cobra ingresso, mas não possui um sistema de controle de acesso confiando na honestidade do público, vc pagaria ou veria o filme de graça?

    As “justificativas” usadas por quem usa serviço pago “de graça” ( má qualidade do serviço, propagandas, etc) na verdade não justificam nada, a não ser que acredite que um erro justifica o outro. A psicologia explica isso de forma clara: quando alguém comete um “desvio ético” e pretende justifica-lo, o cérebro se agarra a uma explicação que parece plausível, pois isso é o mais confortável. Não significa que esteja certo, mas que apenas achou a desculpa que precisava.

    • Eu acho que você tem razão. Vai da consciência de cada um. Mas não vamos misturar dois assuntos num só. Uma coisa é a má qualidade do serviço prestado. Esse elemento não deve ser desculpa ou justificativa para usar um sinal pirata. A má qualidade e o excesso de propagandas, os 171, tudo isso faz com que as operadoras percam clientes. Já a popularização das Tvbox é um fator que vem à reboque da disseminação de banda larga e acontece em função do preço praticado pelas empresas do setor ser alto demais. Eles poderiam, reduzir o preço e aumentar a base de clientes – o que por tabela baixaria a inadimplência, por exemplo, mas não o fazem (como faz o netflix). Creio que seja o maior erro estratégico das empresas e toda a industria do sinal pirata deita e rola nesse vacilo.

      • Realmente, o NETFLIX é um case de sucesso. Eu chutaria que existe resistência a mudança no modelo de negócio existente, que deve partir também dos canais. Lembro que quando a Warner comprou o EI, houve um “briga” para incluir esses canais nas grandes operadoras, coisas de reserva de mercado e tal. E se uma operadora passasse a funcionar como o NETFLIX, suponho que haveria pressão dos concorrentes nas produtoras para não disponibilizar conteúdo para eles. É um mundo cão.

  2. Acho que por causa das IPTV da vida que as operadoras estão tão preocupadas em colocar limite de download (franquias) nos planos de internet banda larga.

  3. Vale lembrar também que a Steam com a sua proposta de plataforma e jogos originais a preços acessíveis, quebrou todo o mercado de pirataria em games. Fica a dica aí para as operadoras de canais pagos!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares