Top 5 casas bagunçadas

Lembra como era a casa do Pateta? Era um pandemônio, uma coisa louca. Parecia que tinha passado um furacão dentro da casa. Pois acredite em mim quando eu digo que existe pessoa que GOSTA de viver em verdadeiros chiqueiros.

%name Top 5 casas bagunçadas

Eu dei uma busca pela internet para mostrar pra você algumas residências que fariam uma faxineira cometer harakiri. (SE PREPARA PRA FICAR BOLADO!)

1- Pandemônio do fumante porcalhão

Esta é a casa de um sujeito que pelo visto não deve ser muito asseado. Dá só uma olhada no tanto de guimba de cigarro que tem espalhado pela casa. Olha só o “posto de trabalho” do maluco:

%name Top 5 casas bagunçadas

Este é o BANHEIRO do maluquinho. Detalhe para a “coisa” marrom na estopa ali pelo chão. Deus queira que não seja o que eu penso que é.

%name Top 5 casas bagunçadas

%name Top 5 casas bagunçadas

Este é (PQP!!!!) o quarto do cara. É lixo mesmo isso tudo aí em volta. E o cara MORA aí. No meio do lixo.

%name Top 5 casas bagunçadas

%name Top 5 casas bagunçadas

%name Top 5 casas bagunçadas

E dá pra ver que ele gosta mesmo de refrigerante…

2- O pandemônio intelectual

%name Top 5 casas bagunçadas

Existe um senso comum que diz que grandes gênios são sempre rodeados de uma confusão dos diabos. No caso do meu pai esta máxima se aplica. O pior é que se você arrumar o escritório dele, ele fica puto. Muitos grandes escritores gostam de criar no centro de um caos. Esses caras são como estrelas, que começam a concentrar matéria de todo tipo e forma ao redor deles. Essa matéria, no caso dos escritores e intelectuais no melhor estilo “pateta” de morar, é um composto de 99% de papel. São papéis de todos os tipos, jornais usados de eras atrás, recortes amarelados, revistas velhas, livros antigos, dados de formulários contínuos, fotografias, milhares de documentos impressos da internet e livros, centenas deles. Talvez milhares.  Aqui estão alguns exemplos garimpados por aí dos ambientes de trabalho de alguns intelectuais.

Este é o quarto-escritório do escritor Russel Hoban.

%name Top 5 casas bagunçadas

Esta é a sala do físico Alan Guth

%name Top 5 casas bagunçadas

%name Top 5 casas bagunçadas

Esta é a sala do astrônomo George Reike

%name Top 5 casas bagunçadas

3- O pandemônio do anti-social

%name Top 5 casas bagunçadas

Pessoas anti-sociais são portadores de distúrbios que os impedem de viver em sociedade. geralmente essas pessoas demonstram tendências de agressividade e isolamento. Algumas pessoas assim tornam-se verdadeiros eremitas, reclusos em suas casas, pedindo comida pelo telefone e nunca saindo na rua. Como resultado, podemos imaginar que a casa vai só enchendo de lixo.

%name Top 5 casas bagunçadas

Muitas vezes, os carros -extensões da residência – viram verdadeiras lixeiras ambulantes.

4- O pandemônio compulsivo

Existem pessoas que sofrem de doenças mentais que a princípio podem passar desapercebidos. Mas eles vão só crescendo e piorando cada vez mais, chegando a um ponto tão grotesco que eu estou certo que talvez alguns de vocês não vão acreditar no que verão aqui. Esta é a casa de um obsessivo compulsivo. A mania do dono desta casa é comprar. Comprador compulsivo, esta pessoa vai além dos limites toleráveis para adquirir TODA E QUALQUER BUGIGANGA QUE VÊ PELA FRENTE. O resultado é este:

%name Top 5 casas bagunçadas

Note as caixas empilhadas no meio da sala. Isso é tudo coisa que o cara comprou no Ebay. Elas estão nas caixas para poder caber na casa. Em alguns lugares as caixas são empilhadas até o teto.

%name Top 5 casas bagunçadas

%name Top 5 casas bagunçadas

%name Top 5 casas bagunçadas

%name Top 5 casas bagunçadas

%name Top 5 casas bagunçadas

%name Top 5 casas bagunçadas

A confusão se estende pelo banheiro adentro, e o box do chuveiro tornou-se um depósito para caixas e mais caixas de badulaques.

%name Top 5 casas bagunçadas

Esta é a vista da garagem

%name Top 5 casas bagunçadas

Pelos ímãs de geladeira dá pra ter uma idéia da personalidade deste sujeito.

%name Top 5 casas bagunçadas

Esta é a cozinha.

%name Top 5 casas bagunçadas

Este é o único lugar que tem pra sentar na cozinha.

%name Top 5 casas bagunçadas

Fonte (tem muito mais lá)

6- O pandemônio da loucura

24 caminhões de lixo. Foi isso que a polícia retirou da casa de uma idosa aqui mesmo no Brasil. A senhora Violeta de Carvalho Martinez, de 70 anos começou a acumular lixo em seu sobrado de 350 metros quadrados numa zona nobre de São Paulo. Ela acumulou lixo e restos de comida por cerca de 20 anos! A quantidade de lixo é tamanha, que Violeta foi gradualmente ficando impossibilitada de acessar algumas área da casa -cheia de ratos. Desaparecida por 4 dias, os vizinhos suspeitaram que ela teria morrido e chamaram a polícia. A polícia encontrou dona Violeta dentro de uma carcaça de Fiat 147 na garagem. O resto inteiro da casa, era lixo do chão ao teto.

Acredite se quiser, este é um retrato da casa:

%name Top 5 casas bagunçadas

Este é o carro em que ela “morou” por 4 dias

%name Top 5 casas bagunçadas

Fonte
Geralmente, o ato de acumular lixo em casa é atribuído a um transtorno mental conhecido como Síndrome de Diógenes.

%name Top 5 casas bagunçadas

As pessoas acometidas por esta doença tendem a gerar montanhas de lixo ou objetos inúteis em casa, sempre esperando que haja uma eventual utilidade futura para os bagulhos. Esta é uma doença que afeta principalmente pessoas idosas que vivem sozinhos e não raro em situação de miséria.

%name Top 5 casas bagunçadas

É bem fácil reconhecer um mendigo portador da síndrome. Geralmente eles andam por aí com centenas de sacos e quinquilharias pendurados neles ou em carrinhos de mercado. O traço mais comuns são os sacos de supermercado cheios de jornais velhos, bonecas sem cabeça, barbantes, etc.

A doença da acumulação de lixo foi batizada com o nome do filósofo grego do século IV a.C. Diógenes de Sinope, que embora fosse um gênio a altura de Sócrates e Platão, vivia como um mendigo e dormia num barril. Seu único bem era uma tijela que usava para beber. Um dia, viu um menino beber água usando as mãos em forma de concha e jogou fora seu único bem.

Conta-se que Diógenes era sábio e muitas vezes aconselhou reis. Um dia, ninguém menos que Alexandre, o Grande, que era seu fã, lhe reconheceu sentado numa escadaria. Parou na frente dele e disse:

Diógenes, peça qualquer coisa que quiser e te darei!

E Diógenes rapidamente respondeu: “Não me tires o que não podes me dar!” -Ele se referia a sombra que o nobre fazia, o impedindo de tomar sol. Diógenes viveu e morreu na pobreza absoluta.

%name Top 5 casas bagunçadas

Pintura de Nicolas-André Monsiau (1755 – 1837)

A  Síndrome de Diógenes caracteriza-se pela acumulação de objetos, muitos deles ou sua totalidade, sem valor. Ela é caracterizada como um sintoma do isolamento social, falta de pudor e de cuidados com a higiene pessoal, além da recusa em receber ajuda.

%name Top 5 casas bagunçadas

Embora a doença possa até afetar pessoas mais novas, a maior parte são idosos que vivem uma vida quase de eremitas.

%name Top 5 casas bagunçadas

Entretanto, nem sempre a acumulação de bagulhos e confusão é resultado desta síndrome. Muitas vezes, a bagunça generalizada pode ser um mero caso de falta de vergonha na cara.

%name Top 5 casas bagunçadas

Os casos piores ocorrem nos EUA, em função da grande quantidade de ofertas, caixas, embalagens, produtos em grande quantidade, porções cada vez maiores e forte pressão social para ampliação do consumo. Junte a isso um alto poder aquisitivo mais a oferta de crédito e está formada a equação que desencadeia nestes surtos de bagunça.

fonte, fonte

Artigos relacionados

Comments

comments

77 comentários em “Top 5 casas bagunçadas”

  1. pooo
    minha mae e Dionatan vivem brigando comgo pq eu guardo qlquer coisa.. tipo garrafa q eu bebi, ou caixinhas ou plasticos.. e de verdade, eu sempre acho q um dia vou usar! nao é a toa q eu tenho mta tralha hehe, mas nao me desfaço delas 😀

  2. [quote comment="37149"]mas entao a véia nao morreu?[/quote]

    A velha foi encontrada com vida dentro do Fiat. Se não me engano, ela foi internada numa clinica. E pelo que sei, ela era rica!

    • Moro na casa do estudante universitário da Universidade Federal de Santa Maria. Olha, convivi e ainda convivo com duas pessoas que demosntram ter o mesmo comportamento dessas criaturas citadas acima. Morei alguns meses com um cara que fazia pos graduação, ele acumulava inumeras garafas peti, colchoes velhos, aparelhos estragados (radios, televisores etc). Ocupava 70% do AP com os entulhos dele. Era arredio, intolerante, achava que sempre tinha razao. Fazia muito barulho que acabou perturbando todos os moradores vizinhos. Com muito custo conseguimos se livrar dele. Impressionante foi o dia da mudança. Ele construiu uma cama de casal com camas da universidade e dentro do AP. Agora convivemos com uma guria ironicamente da mesma cidade que este cara. Também é maluca, acumula garafas peti (a diferença é que sao as pequenas), potes de doces, toca flauta (o outro tocava gaita), e vive isolada no quarto chaveada (assim como o cara que falei anteriormente). Acho que é mal do lugar, só pode. Ou tem alguma explicação genética, congènita.

  3. Cara, o primeiro caso parece que a pessoa não saia de casa, eu acho, a pessoa, no caso uma mulher, ficou um tempasso sumida, na casa em que vivia tinha dois gatos, quando foi receber uma notificação, parece que terceira tentativa, nego entrou na casa e estava aquele estado, a sujeira, além do cigarro, era na maioria de fast food, que pôde ser entregue em casa! Os 2 gatos, pelo que foi dito, não foram encontrados, até chamaram uma sociedade protetora para ver se os animais não estão mortos embaixo da sujeira, embora tenha uma foto das fezes no carpete, os bichos devem ter fugido daquela imundíce!

  4. Hikikomoris!

    Pra variar, as pessoas que se confinam em casa receberam um termo próprio no Japão – hikikomori (= se confinar, fugir da vida social). De acordo com um pesquisador, o número de hikikomoris no Japão pode chegar a 1 milhão!

    A maioria são pessoas que sofreram algum revés na vida social e se recusam a sair de casa. Numa sociedade tão modular e “certinha” como a japonesa, esses jovens (a maioria terminou o segundo grau ou deveria estar na faculdade) não conseguem encarar algum fracasso em suas vidas, e decidem fugir do mundo.

    Existem até dois animes sobre o tema: Welcome to NHK, que tem um hikikomori como personagem principal, e Sayonara Zetsubou Sensei (Adeus Professor Desespero) que tem uma hikikomori como um dos personagens secundários.

    Fontes:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Hikikomori

    Um vídeo do Zetsubou Sensei com a mocinha hikikomori (veja por volta do quarto minuto): http://www.youtube.com/watch?v=D5Yg5VkJarM&feature=related

  5. Muito legal esse post, assim como muitos outros do Mundo Gump, sempre entro aqui no MG, mas nunca havia comentado, sou seu fã cara, tenho que dar uma passada aqui pelo menos uma vez por dia…
    Vc ta de parabens, gosto muito do Melhor do Mundo Gump, do Relato de um Mib e dos posts sobre novas tecnologias, fico impressionado quando vc fala sobre o Magley Cobra( acho que é assim q escreve, projeto do seu pai), e principalmente de alguns esclarecimentos sobre o que rola no mundo, pois vc é um cara muito inteligente e tem uma visão diferenciada de maioria das pessoas, muito legal…
    Estou comentando tambem, pois vc foi um que inspirou meu irmão a criar um blog, vi ali em baixo que não é permitido fazer propaganda por isso coloquei aqui como website o endereço do blog dele, se vc quiser apagar o meu comentario, tranquilo, não vou ficar chateado, mas se possivel da uma ajudinha pra ele, isto é, se vc gostar do blog claro…
    Um abraço e vou estar sempre por aqui agora que desvirginei, no sentido de comentar é claro, hahhaha, valeu

  6. Muito bom

    Será que é por isso que eu tenho mania de guardar CDs arranhados, cartuchos de impressora vazios e não reutilizáveis (tenho uma caixa cheia disso), peças velhas de PC, provas, apostilas, livros e cadernos da época em que eu ainda estudava (incluindo o primário) e etc.?

    =(

  7. mas que nem, o caso do cara do cigarro, você viu que ele nem fuma todo o cigarro? isso deve ser pra aparecer. ou não?

    e sobre pessoas que se isolam e só pedem as coisas por telefone, internet etc., dá no mesmo, nada as impede de jogar o lixo. mesmo porque você não tem que andar quilômetros pra ir jogá-lo. agora, claro, sendo a pessoa portadora dessa síndrome… outros quinhentos.

  8. [quote comment="37268"]Muito legal esse post, assim como muitos outros do Mundo Gump, sempre entro aqui no MG, mas nunca havia comentado, sou seu fã cara, tenho que dar uma passada aqui pelo menos uma vez por dia…
    Vc ta de parabens, gosto muito do Melhor do Mundo Gump, do Relato de um Mib e dos posts sobre novas tecnologias, fico impressionado quando vc fala sobre o Magley Cobra( acho que é assim q escreve, projeto do seu pai), e principalmente de alguns esclarecimentos sobre o que rola no mundo, pois vc é um cara muito inteligente e tem uma visão diferenciada de maioria das pessoas, muito legal…
    Estou comentando tambem, pois vc foi um que inspirou meu irmão a criar um blog, vi ali em baixo que não é permitido fazer propaganda por isso coloquei aqui como website o endereço do blog dele, se vc quiser apagar o meu comentario, tranquilo, não vou ficar chateado, mas se possivel da uma ajudinha pra ele, isto é, se vc gostar do blog claro…
    Um abraço e vou estar sempre por aqui agora que desvirginei, no sentido de comentar é claro, hahhaha, valeu[/quote]

    Muito obrigado por suas palavras gentis Andre. Já fui lá.
    Grande abraço

  9. O que me surpreende: como esses caras, ou mulheres (deve ser homem..) ganham dinheiro? Vendendo fotos bizarras de suas casas-modelo?

    Imagina o cara das guimbas, morando numa daquelas casas de isopor… qui nojo!!! O_o

    Não consigo nem imaginar ser VIZINHA desse maluco…. 🙁

  10. Nossa, que nojo!! Não sei como alguém pode viver nessa bagunça e com todo esse lixo!
    Perto disso meu quarto é admirável!

    Posts cada vez melhores e mais interessantes! Parabéns!

  11. Opa, só uma pequena correção, eremita até onde eu sei é sem H.

    Pô, eu também sou do tipo de pessoa que gosta de ter as coisas sempre “à mão” e de vez em quando até uso a desculpa de que “não sou bagunceiro, apenas gosto de guardar as coisas no chão”, mas eu sempre acabo arrumando as coisas (com uma ajuda da faxineira, claro 😛 ). Mas esses casos que você mostrou aí são REALMENTE extremos… Não imagino como alguém possa realisticamente viver nisso.

    Será que tem algum caso de uma pessoa dessas que tem namorado(a)? O que acontece se DUAS pessoas bagunceiras desse tipo namorarem ou casarem? Será que acumulam tanta porcaria e fazem o que o LHC não conseguiu – criam um buraco negro por causa da densidade excessiva e este engole a Terra?

  12. aí…to atrasado em relaçoes aos comentarios..mas se lá….acho q vou virar um troo desses no futuro..pq meu guarda roupas..armarios…tao cheio de troços..ate copos de guaravitas de danoninhos tem la dentro!
    bem é isso….abraço ao povo do mundo gump

  13. [quote]Entretanto, nem sempre a acumulação de bagulhos e confusão é resultado desta síndrome. Muitas vezes, a bagunça generalizada pode ser um mero caso de falta de vergonha na cara.[/quote]

    Quase me matei de rir com isso, fechou o post com excelência.

  14. :omg: Affff, cada coisa…

    Parece q isso só acontece longe da gente e olha só o caso da velhinha de São Paulo…

    :shocked: Tô booobaaa com o q eu vi!!!

    Adorei o post…

  15. alguma dessas casas é daquele casal que nunca toma banho (já postado aqui), pq se não for, acho que eles se adaptariam com uma rapidez tremenda!!!!
    nunca mais minha mulher vai reclamar da bagunça na sala ou na mesa do pc (que tá até arrumadinha) :] 😛

  16. ME ENGANO OU O CARA TEM UM EXTINTOR DE INCENDIO NA MESA DA SALA junto com o lixo?SE FOR O SUJEITO E PRECAVIDO HAUAHAUAHAU ,e notei q ele ta parando de fumar tb,nunca ri tanto!

  17. cara, é inacreditável isso, eu não sou maniaca por limpeza não, mas eu gosto de um ambiente limpinho, cheiroso, confortável, e acho q todas as pessoas deveriam gostar disso tb, pois é o normal, viver bem não vive só quem tem dinheiro não, vc pode ser humilde mas ser limpinho tb, eu acho q isso é caso de internação, gente doente assim coloca a propria vida em risco.

  18. :omg: manuuuu eu morreria em entra numa casa dessa

    Kra se fossi minha casa nem que eu morreia depois de termina mais eu limpava tudinnnnnn e dexava tudo limpo, manu u cara e um vddro porko que noju :shocked:

    Grotesco mto gortesco 🙁

  19. Valeu pelo post! Vou imprimir essas fotos e pregar aqui no escritório para quando minha mulher vier encher o saco dizendo que está tudo uma bagunça heheheh

  20. nossa… q casas bagunçadas!!!
    claro as vezes não sou muito organizada mais pô… TAMBÉM NÃO DA PARA UMA CASA OU UM CARRO COMO APARECE ALI.. OU QUE SEJA QUALQUER OUTRA COISA FICAR NAQUELE ESTADO… :/
    É REALMENTE INCRIVEL… SIMPLISMENTE IMPRECIONANTE… D:

  21. nao e fácil conviver com uma pessoa assim,é muito triste
    vc ver uma pessoa que vc gosta,sofrendo dessa
    doença, pq isso é uma doença ,e, é muito grave
    e leva-se muitos anos o tratamento. :meh:

  22. Achei legal quando tu fala que os genios precisam se rodear de caos.

    Nietzsche: “Eh preciso haver caos dentro de si para dar à luz a uma estrela dançante;”

    Abraco!

  23. Porra, tive que postar. A merda da minha mãe tem a mesma doença. Para ela as quinquilharias são mais importantes que os filhos. Eu moro com ela e fico confinado no quarto. Chegou um tempo que tinham 10 gatos e eles cagavam tudo e ela só limpava 1 semana depois. Só esse ano peguei duas infecções intestinais e adoeci 3 vezes, alergia, já que sou alérgico a tudo. Eu joguei metade das coisas fora num dia que ela saiu e a mesma chorou como se tivesse perdido um parente. Agora quem tá saíndo sou eu!!

    • Puts, que barra hein?
      … Mas o melhor que vc tem a fazer é isso, evitar o conflito ao máximo, pois isso só trará desgaste ao seu relacionamento com ela. Sabendo que é uma doença e não uma mania tola, é mais fácil entender o que se passa, né?
      Boa sorte aí;

  24. Ola pessoal!
    Vi e não acreditei nessas fotos, devem ser armação, pensei.
    Só mesmo sendo bicho para morar desse jeito.
    O que ocorre com essa gente é que quando eram pequenos seus pais não lhe deram educação necessária quanto a serem limpos e organizados, e por esse motivo hoje eles são bem desleixados.
    O “lixinho” de hoje, em alguns quartos de nosssos filhos, poderá vir a ser o grande “LIXÃO” de amanhã, se não tomarmos providência.
    Pensem nisso.

  25. jenti do ceu 😯 o qe qe e isso..ta parecendo ate a casa do 😈 .mas eu fiqei con meu estomagado 😳 ..minha casa e lina chao de madeira 19 omados..e linpinha quando volto da faculdade.thauinho vou almoçar 😛

    • O photobucket é fogo. Isso acontece todo fim de mês. É o jeito deles pedirem meu dinheiro. Como só posts velhos usam imagens hospedadas no photobucket, não compensa mais o custo-benefício de pagar 60 dolares para as imagens aparecerem no fim do mês.

  26. Eu tenho alguns problemas como: acumular papéis e revistas e livros.Não é brincadeira a pessoa tem que ficar vigilante.De vez em quando jogo vários sacos fora.Eu pelo menos tenho consciência e busco me informar.Minha casa é limpa,jamais quero que chegue a esse ponto de sujeira.

  27. Nossa me sentia triste por ter aberto minha casa pra uma colega que nao tinha onde dormir e ela saiu falando que sentiu nojo da minha casa.Mesmo eu sabendo que era mentira pois mantenho tudo limpo eu fiquei triste mas depois de ver essas imagens tenho a certeza que minha casa SEGUE OS PADROES DE LIMPEZA e que esta colega quiz me magoar .Obrigada pelo texto ,me ajudou muito .

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.