A arte da caça РParte 2

Antes de começar a ler este texto, sugiro que você leia a parte 1.

Um √īnibus¬†corta a estrada no entardecer…

Leia maisA arte da caça РParte 2

A arte da caça РParte 1

-Nome?
-Laerte Soares Giancarlo Motta
-Idade?
-46
-Estado Civil?
-Casado.

Leia maisA arte da caça РParte 1

Eles vivem na beira do abismo

Eles vivem na beira do abismo

Existem pessoas que tem medo de altura. Certos lugares do mundo n√£o s√£o, digamos, apropriados para estas pessoas. Isso porque corajosos moradores habitam faixas paralelas a verdadeiros penhascos. Tem que ter uma boa dose de coragem para morar nesses rochedos. Confira:

Monges na beira da montanha

Eles vivem na beira do abismo

Constru√≠do h√° mais de 1400 anos nas montanhas Jinlong, na prov√≠ncia de Shanxi, o monast√©rio √© √ļnico! N√£o somente por sua complexidade arquitet√īnica, erguido na beira de um precip√≠cio , mas tamb√©m por sua riqueza de elementos, misturando detalhes tao√≠stas, confucionistas e budistas.
O monast√©rio √© composto de diversos pavilh√Ķes que se fundem nas forma√ß√Ķes rochosas naturais e que s√£o interligados por passarelas, corredores e escadas.

Eles vivem na beira do abismo
Favorecido pela altura que lhe protege das inunda√ß√Ķes, da chuva e da neve pelas escava√ß√Ķes nas rochas, e do calor pelas montanhas ao redor, o monast√©rio continua erguido por todo esse tempo. fonte

Parece até matte painting!

Eles vivem na beira do abismo

√Č inacredit√°vel, mas isso √© uma foto. Este monast√©rio fica na beira de um precip√≠cio, numa altura de 1000 metros das pontiagudas rochas l√° em baixo. O Monast√©rio da foto fica no But√£o. Segundo a lenda o segundo Buda, Guru Rinpoche foi quem o construiu em 1692. O monast√©rio budista, admite um limitado n√ļmero de turistas para per√≠odos de medita√ß√£o. Pra quem tem sangue frio. Haja medita√ß√£o!

N√£o deixe de conferir o resto do post! Tem muita coisa louca aqui!

Leia maisEles vivem na beira do abismo

Viajando sem drogas

√Č impressionante o poder da mente humana. N√≥s temos a fant√°stica capacidade de viajar, de sair por a√≠ em devaneios semi-delirantes, indo onde nenhum outro pensamento jamais esteve. Muitas pessoas precisam de drogas e instrumentos artificiais que libertem sua mente das garras cruas do real. Mas eu preciso confessar que bastam duas coisas para que …

Leia maisViajando sem drogas

As poças de água em Marte

Uma re-an√°lise de fotos tiradas em Marte aponta para uma fort√≠ssima possibilidade de √°gua em estado l√≠quido na superf√≠cie do planeta. As fotos foram feitas pela sonda Opportunity em 2005 do interior de uma cratera chamada Endurance.O assunto da √°gua em estado l√≠quido em Marte √© controverso porque alguns cientistas argumentam que com a falta …

Leia maisAs poças de água em Marte

O rosto sorridente de Marte

Engra√ßado como em algumas situa√ß√Ķes, ao comentar que gosto do assunto Ufologia, sou imediatamente rotulado como um cr√©dulo.√Č intrigante como certos assuntos acabam se atrelando. Voc√™ comenta de casos envolvendo discos voadores e logo algu√©m saca um caso de uma amiga que viu gnomos. O tio que v√™ esp√≠ritos, e ent√£o acaba numa profus√£o de …

Leia maisO rosto sorridente de Marte