Sujeito revela: “Meu pai matou o pé grande e tenho a cabeça decepada dele pra provar!” Veja o video!

Compartilhe

Caramba, volta e meia o Pé Grande vira assunto por aqui.

Muita gente acha graça quando eu falo que não duvido do famoso macaco gigante, mas o fato é que até hoje, as evidências desses encontros furtivos com um símio de dimensões colossais na America do Norte (e em outros países) deixou poucas evidências estudáveis. A melhor de todas (na minha opinião) é uma pegada deixada na lama semi rígida que foi capaz de registrar cristas dérmicas capazes de ser examinadas por um especialista forense, do tipo que tem credibilidade suficiente para dar um laudo que pode gerar a pena de morte de um bandido.

Isso realmente já aconteceu e o especialista que ate então achava que era tudo bullshit, passou a um ferrenho defensor da existência de algum tipo de “elo perdido” vagando pelas florestas geladas e pântanos da America do Norte desde que o mundo é mundo, se alimentando de plantas, raízes, cervos, e se bobear, até ursos.

HohRainForest Sujeito revela: Meu pai matou o pé grande e tenho a cabeça decepada dele pra provar! Veja o video!
Esta é uma concepção de como o Pé grande se parece, baseado pelo registros de centenas de testemunhas em todos os dois países.

Esse caso ocorreu em 1982, quando um guarda florestal viu um Sasquatch em uma trilha na floresta. Geralmente testemunhas de baixa credibilidade costumam colocar duvidas em qualquer um. Mas o fato de ser um caso testemunhado de maneira ocular por um guarda florestal, habituado a andar na floresta, deixou tudo mais interessante.
As pegadas foram encontradas e uma inspeção mais próxima dos modelos pegada, produziu uma descoberta notável. Elas continham o que é conhecido como cristas dérmicas, ou impressões digitais.

Vários especialistas, incluindo peritos do Instituto Smithsonian, Scotland Yard e até mesmo o chefe do dept. de papiloscopia da Polícia Texas analisaram os moldes e a maioria deles concluiu que as impressões não eram produto de uma farsa.

Infelizmente, um grande número de cientistas ortodoxos se recusou a dar qualquer atenção séria à evidência. Como Grover Krantz comentou que quando ele mostrou o positivo da pegada  para seus colegas cientistas “, eles estavam muito ansiosos para devolver aquilo, como se a evidência estivesse  infectado com alguma doença contagiosa.”

O perito em impressões digitais mencionado acima é Jimmy Chilcutt, um examinador de impressões digitais latentes do Departamento de Polícia de Conroe. Ele observou Jeff Muldrum na televisão discutindo a evidência da pegada que ele tinha e que parecia conter sulcos dérmicos. Jimmy Chilcutt era um cético do  Bigfoot e sentiu que a sua experiência de impressão digital forense poderia  ser utilizada para desmascarar uma falsa pegada.

Ele contatou Meldrum que devidamente  concordou em ir para Chilcutt afim de permitir ao especialista que  analisasse a evidência. O positivo do suposto pé em questão foi feito por James P. de Akin do escritório do Cherife de  Pike County, Georgia, em 1997, a partir das marcas deixadas na lama consistente, deixada por uma inundação em Elkins.

Chilcott examinou a pegada exaustivamente por vários meses e, em particular, nas áreas onde cristas dérmicas apareciam.

Ele concluiu seu exame dizendo que que as cristas dérmicas são compatíveis com as de um primata não humano. Esta conclusão baseia-se no fato de que os seres humanos possuem dobras perpendiculares às arestas laterais da primeira falange dos dedos do pé em que o dedo se encontra com o pé. Na pegada de  Elkin Creek, o fluxo das cristas dérmicas surgem longitudinalmente ao longo da lateral do pé. Este detalhe  não ocorre no ser humano ou em qualquer primata conhecido.

Chilcutt rapidamente se transformou. Deixou de ser um um cético sobre o Pé grande para acreditar na criatura. Posteriormente, ele conseguiu identificar o mesmo padrão de digitais em casts diferentes. Um deles obtido na estrada para Blue Creek Mountain , de 1967 e em uma outra,  obtida em 1984 em Walla Walla, Tale Spring.

Com evidências tão interessantes, é de se esperar que cedo ou tarde, evidências analisáveis via DNA pudessem aparecer. E foi o que aconteceu. Uma dezena ou mais de evidências de pelos com tonalidades entre o preto e o castanho avermelhado já foram localizadas, mas até o momento, nenhum exame conseguiu apontar uma origem de “macaco” para o material, sendo os casos um misto de pelo de urso preto, pelo de crina de cavalo e alguns inconclusivos. Recentemente uma equipe de cientistas se reuniu novamente para efetuar testes de dna em evidências de um macaco gigante .

A coisa talvez finalmente possa mudar de figura agora, quando após a morte do pai, Peter Caine postou um vídeo no canal YouTube informando ao mundo duas coisas:

  1.  Que o pai dele matou um pé grande adulto tamanho GG plus quando ele era só uma criança.
  2.  Que ele está de posse até hoje do corpo inteiro da criatura que esteve congelada por todos esses anos!

E após fazer essas afirmações sensaionais, o cara simplesmente mostrou a cabeça do Bigfoot. Um colosso que mais parece a de um monstro de Dungeons&Dragons!

 

Segundo conta, ele está disposto a exibir finalmente a cabeça congelada de 120 libras (54 kg!) que foi mantida em segredo por seu pai por 65 anos. Esse animal monstruoso foi abatido a tiros por Mike Caine e Morty Lucas em uma viagem de caça em 1953.  Muito louco, hein? Dá uma olhada no video aí:

 

 

Você acredita nisso? Eu não boto minha mão no fogo, porque fazer uma cabeça assim é possível. Me atrai o fato de que essa cabeça mostra uma deformidade grotesca na anatomia facial do bicho, que é um nariz com uma narina tão épica que quase encosta no olho. Além disso, os dentes parecem estranhos. Mas a descoloração pelo congelamento é perfeita, as cores de um cadáver congelado parecem muito com o esbranquiçado desse troço, de modo que é bem curioso mesmo que seja uma fraude, alguém se empenhou aí.

Pontos a se questionar: Como dois caras levaram um bicho inteiro cuja apenas a cabeça pesa 54kg, para casa?
E qual será o grau de idoneidade desse maluco? Veja, desde o homem de Piltdown, que volta e meia surgem cabeças fakes, elos perdidos duvidosos e corpos bizarros por aí. A ampla maioria se prova como fraudes deliberadas.

Nesse caso, se for uma fraude, me impressiona o maluco ter a cara de pau de botar a fuça na net com nome e ate citar o pai falecido numa merda dessa. Muita gente torceu o nariz, até porque esse sujeito já aprontou antes. Caine no passado lançou vídeos de pegadinhas em seu canal, incluindo uma onde ele afirmou ter sido “estuprado por um Bigfoot”, mas aqui ele insiste em sua sinceridade.

cabecarra Sujeito revela: Meu pai matou o pé grande e tenho a cabeça decepada dele pra provar! Veja o video!

“Eu ja fiz muita merda no meu canal do YouTube. Estou  dizendo que eu sempre estou fazendo piadas, e elas não são reais, mas isso aqui é real.” – Ele diz.

Caine também disse que planeja exibir a cabeça em um museu dedicado ao  Bigfoot e Sasquatch, que planeja abrir em 2020, com um parque de diversões de temática semelhante a seguir. Ele também afirma categoricamente que não vai vender a cabeça.

Nesse vido abaixo ele mostra outras partes do corpo:

Fica então a alegação espetacular e a eventual evidência que pode comprovar a alegação igualmente especular e botar um fim definitivo à existência do “Pé Grande”. Será que o DNA poderá colocar o ponto final que todos os criptozoologistas sempre desejaram? Esse deve ser o próximo passo.

Pode ser fake? Muito! Qualquer um pode fazer uma cabeça de pé grande. Uns podem melhor que os outros, inclusive. Mas vamos esperar um pouco o desenrolar dos fatos antes de chamar de fake. Vai que, né? Sei lá. As chances são baixas, mas o cara tem o benefício da duvida, e se o DNA der positivo vai ser cabuloso.

Mas a julgar por este video onde ele faz um penis do pé grande ejacular com um choque de carregador de bateria, acho que é mais bullshit.

Seja como for, o fato de existirem pessoas cometendo fakes toscos assim, na minha cabeça não invalida todo o aspecto misterioso dessa criatura ou de outros seres aparentados, como o Sasquatch, e o skunk ape.

A América do Norte parece sofrer de um frenesi quando se trata do famoso Sasquatch, um macaco peludo enorme, com quase três metros que um monte de gente jura ter visto, e entre eles policiais, bombeiros, médicos, militares e pessoas respeitáveis de todas as profissões imagináveis. Claro, pessoas podem se enganar facilmente e ursos pretos podem ser confundidos com macacos gigantes, mas quando a coisa deixa pegadas tudo fica mais estranho. O Bigfoot, como ele é chamado nos Estados Unidos é uma mania nacional, e centenas de pegadas já foram recuperadas.

Um dos videos mais intrigantes é este registrado pela câmera de bordo de um carro de polícia, que mostra uma coisa enorme e preta que atravessa correndo diante do carro. (é bem rapido de 038 a 042) O policial grita “Whats that crap?”  ou algo assim e para o carro no meio da estrada para investigar.

Os rumores sobre essas criaturas vem de muito, muito tempo. Inclusive, O governo de Nepal declarou oficialmente, em 1961, que o Yeti existe mesmo em seu território. Segundo os relatos, a maioria quase total dessas criaturas compartilham características, entre elas suas grandes dimensões e suas pegadas profundas. Os Yetis teriam algo em torno de  2 metros de altura, assim como seu parente, o bigfoot, e também é relatado que possua o mesmo odor fétido, característicos das criaturas citadas em varias civilizações, como o mapinguari, na Amazônia, o sasquach, no Canadá, o bigfoot nos Estados Unidos, Skunk Ape na Flórida e Orang Pendek, na Indonésia. Apesar do numero monumental de supostas testemunhas oculares desses seres, nenhum deles até o momento possui a existência cientificamente  confirmada.

sightings Sujeito revela: Meu pai matou o pé grande e tenho a cabeça decepada dele pra provar! Veja o video!
Ocorrências de testemunhas oculares do pé grande nos EUA
 

Há alguns anos atrás um sujeito apareceu alegando que havia feito uma “armadilha” com carne de porco e finalmente matado um pé gande de porte médio. Ele também mostrou a cabeçorra do bicho, mas ao que parece tudo se revelou mais uma fraude.

o BIGFOOTFACE facebook Sujeito revela: Meu pai matou o pé grande e tenho a cabeça decepada dele pra provar! Veja o video!

 fonte

Artigos relacionados

2 comentários em “Sujeito revela: “Meu pai matou o pé grande e tenho a cabeça decepada dele pra provar!” Veja o video!”

  1. História muito legal, um post gostoso de ler, obrigado Philipe.
    Mas na real acho que o fato dele não chamar especialistas, principalmente da area médica pra dar uma olhada, ou pelo menos fornecer uma parte do que ele tem pra testes de DNA já denuncia a fraude.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.