Sinistro: Britânico escapa da morte com ajuda de fantasma

O Paulo Fernando deu a dica deste post. É uma história bem esquisita realmente e foi publicada lá no Terra:

Britânico é salvo da morte após ser fotografado com fantasma

Bob Large aparece acompanhado de uma mulher de cabelos longos e loiros no que teria sido sua última fotografia tirada em vida

 

reinounidofantasmahospitalreprmirror

Um idoso à beira da morte foi curado após ter sido fotografado ao lado do suposto fantasma de uma mulher, informou o Daily Mirror.

Os médicos haviam dito que Bob Large, de 76 anos, morreria, em decorrência de um câncer na bexiga, em questão de dias, mas o britânico acabou se recuperando de forma surpreendente.

Large teva alta após receber a visita do neto Chris Leadbetter, que aproveitou a ocasião para tirar o que acreditava ser a última foto do avô ainda em vida. Semanas depois de Leadbetter ter feito o registro, no hospital Countess of Chester, construído em Cheshire – sobre o local que um dia foi ocupado por um hospício da era Vitoriana – ele notou que a fotografia mostrava algo um tanto assustador: o fantasma de uma mulher de cabelos longos e loiros.

A equipe médica contou ao neto do paciente que não estava surpresa com a sua descoberta. Pelo contrário. “Muitos pacientes costumam vê-la sentada sobre as suas camas”, disseram sobre a jovem de véu branco. Não é a primeira vez que o fantasma é visto. Certa noite, um paciente acordou todos aos gritos após se deparar com a mulher sentada em sua cama.

“Meu avô acha a foto muito reconfortante. Ele acha que alguém está cuidando dele”, conta Leadbetter. “O estranho é que não há nada entre meu avô e a mulher sentada na cabeceira da cama, nenhum vidro ou janela. Algumas pessoas sugeriram que a imagem parecia um reflexo, mas não há nada a ser refletido”.

A equipe que trabalha no prédio, construído em 1829, já relatou inúmeros casos de aparições fantasmagóricas ao longo dos anos. O asilo é até hoje lembrado pela morte de muitos pacientes, que eram mantidos presos em camisas de força ou em suas próprias camas com cintos.

Bob costuma dizer que a mulher de cabelos longos e loiros é o seu anjo da guarda. “Essa foi a primeira vez que eu a vi, mas eu sentia que ela estava ali há algum tempo. O rosto dela é muito familiar, mas eu não acredito que ela seja alguém que eu conheça. Eu acho que só reconheço a presença. Não sei como podemos capturá-la com a câmera, mas tenho certeza de que ela continuará cuidando de mim. Tenho certeza disso.”

 

É claro que apesar do meu título super sensacionalista, isso pode ser somente um caso de recuperação espontânea. Há um numero grande de casos onde o câncer entra em um processo de remissão espontânea. A grande maioria desses casos, acaba sendo atribuída a um fator externo de natureza mística, como a intervenção divina, milagres, ação de espíritos e etc. A imagem que aparece na foto olhando para o velho realmente é bem interessante e curiosa. Poderia ser algum tipo de reflexo que gerou uma pareidolia? Difícil dizer sem uma análise da fotografia original.  Há muitas pessoas que alegam ter conseguido obter fotografias de fantasmas. Será esta uma delas?

Enquanto muitas fotografias atribuídas a fantasmas são produtos de enganos, problemas de natureza fotográfica (como a dupla exposição, longa exposição, reflexos e etc) e outras de natureza eminentemente psicológica, como a pareidolia, que é a capacidade do cérebro de encontrar um padrão familiar num conjunto de ruídos aleatórios, há algumas fotografias que dão calafrios.

Há inclusive pessoas que realmente BUSCAM esse tipo de fotografia, indo a lugares ermos e sinistros, como bosques onde pessoas cometem suicídio, prédios que pegaram fogo, hospitais abandonados, cemitérios clandestinos, em busca de obter um registro.

Rosto de criança aparece em cemitério
Rosto de criança aparece em cemitério

 

Essa foto do “fantasma” é realmente intrigante. Trata-se da suposta imagem do soldado morto Freddy Jackson, que em 1919 posou com sua turma:

freddy-jackson

Esta foto  foi publicado pela primeira vez em 1975 por Sir Victor Goddard, um oficial reformado da RAF. A foto é um retrato de grupo do esquadrão de Goddard, que serviu na Primeira Guerra Mundial no centro de treinamento do HMS Daedalus. Ela era uma foto simples, até que alguém notou que um rosto fantasmagórica aparecia na foto. Na parte de trás do aviador posicionado na linha superior, o quarto da esquerda, pode ser claramente visto o rosto de outro homem. Diz-se ser o rosto de Freddy Jackson, um mecânico de ar que tinha sido morto acidentalmente por uma hélice de avião dois dias antes. O seu funeral teve lugar justamente no dia em esta fotografia foi tirada. Os membros do esquadrão reconheceram facilmente o rosto como Jackson. Tem sido sugerido que Jackson, sem saber de sua morte, decidiu mostrar-se junto com seu grupo.

Essa foto é especialmente estranha, porque o quepe (que está no homem da frente e não no “fantasma”) nos diz que o fantasma não é o mesmo cara da frente, e essa foto não foi uma longa exposição acidental.

O fantasma assustador do corrimão

 

Veja a foto abaixo e imagine o calafrio que algo assim poderia causar em você se numa noite sombria você se deparasse com essa coisa se agarrando à escada.

tulip1
Essa foto foi obtida por um padre. O Rev. Ralph Hardy, sacerdote aposentado de White Rock, British Columbia, fez o registro em 1966. Ele pretendia apenas fotografar a bela escada em espiral conhecida como o “Tulip Staircase”, que fica na “Casa da Rainha” uma seção do Museu Marítimo de Greenwich, na Inglaterra. Na hora da foto ele não viu nada estranho, mas após a revelação, todos ficaram cocados ao ver essa figura sombria se agarrando ao corrimão com ambas as mãos. Especialistas, incluindo alguns da Kodak, examinaram o negativo original e concluíram não identificar qualquer indício de adulteração. O problema é que a história da foto do fantasma não acaba aí!
Formas inexplicáveis ??têm sido vistas de vez em quando nas proximidades dessa escada, onde passos surgidos do nada ??também já foram ouvidos.

Curiosamente, a foto do fantasma não é a única evidência de atividade fantasmagórica na Casa da Rainha. Ao longo dos 400 anos de idade deste edifício, histórias sobre outras aparições e fantasmas surgiram e ainda eclodem até hoje.

Recentemente, um assistente da galeria estava discutindo com dois colegas quando viu uma das portas que levavam de um cômodo ao outro se mover sozinha. A princípio, ele pensou que era um dos palestrantes. Mas então…
“Eu vi uma mulher deslizar através da varanda, e passar através da parede na varanda oeste”, disse ele. “Eu não podia acreditar no que vi. Senti um calafrio e os pelos da minha nuca se arrepiaram. Nós todos corremos até a o cômodo e olhamos para baixo em direção Quarto da Rainha. Algo passou pela ante-sala e atravessou a parede. Então meus colegas também congelaram. A senhora estava vestida com um vestido de cor tipo crinolina branco-cinza”.

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Outros casos macabros do lugar incluem um canto de coral infantil, que começou e parou inexplicavelmente, além da figura de uma mulher pálida que esfregava freneticamente sua mão sangrenta na parte inferior da Tulip Staircase.
Acredita-se que essa aparição seja relacionada a uma empregada doméstica que foi empurrada do alto da escada, de onde desceu rolando e bateu morta lá em baixo, há 300 anos atrás.

Talvez seja o fantasma dela que atormente os visitantes, batendo violantamente as portas e janelas mesmo quando não há vento, e até beliscando as pessoas (diz-se que há 300 anos uma empregada doméstica foi jogada do alto corrimão, mergulhando 50 pés para ela morte), batendo portas, e até mesmo turistas que é beliscado pelos dedos invisíveis.

A foto do fantasma no hotel

Essa é cabulosa! Uma das mais estranhas fotos de fantasma no mundo, essas duas simples fotos de amigos reunidos num hotel se revelou um desafio para peritos ao longo de décadas.

lunch-ghost-anim

A foto em questão foi tirada em 1988 no Hotel Vierjahreszeiten em Maurach, Áustria. Naquele dia, vários turistas se reuniram para uma festa de despedida no hotel e decidiram tirar uma foto do grupo.Um dos turistas, Mr. Todd, configurou sua câmera para tirar uma foto automática. Aquele clássico momento precedido de uma corridinha deselegante para sair na foto com a galera.

A câmera estava estável e bateu a foto com o timer. Pode-se ver a mesa onde a câmera fora montada aparecendo na base da foto. Na primeira tentativa de registro do grupo, o obturador bateu e o filme, se moveu, mas a maquina não bateu o flash. Então, Todd foi ate a maquina e reativou o timer para uma nova foto. Dessa vez, o flash funcionou. Então, são duas fotos, meu amigo.

Estava tudo bem até que alguém apontou para uma das mulheres na foto e disse: Ei, quem é essa?

Sim! Saiu uma porra duma pessoa que NÃO estava no grupo. Saiu sorrindo, meio enfiada pelo centro da mesa. Veja só:

0a436b7b2f9baf0ab4c38d8c62b61538

Ninguém reconheceu a mulher fantasmagórica vestida de branco, e eles não puderam sequer imaginar como a imagem dela apareceu ali, entre duas pessoas na foto. Além de estar um pouco fora de foco, a cabeça da mulher também é muito grande em comparação com os outros turistas, a menos que ela estivesse sentada mais perto da câmera, o que obrigatoriamente a colocaria atravessando a mesa! O mais assustador: Ela está coerentemente aparecendo atrás dos copos!

Com um pouco de conhecimento fotográfico, dá pra saber que o “fantasma” apareceu justamente na primeira foto, a sem flash. A história parece ter invertido a ordem das fotos. Numa foto sem flash, em ambiente mal iluminado, é preciso captar mais luz e por isso as pessoas parecem borradas (incluindo o fantasma). A segunda foto com o flash, feita poucos segundos depois não mostra a “dona”.  Note que o espaço de tempo entre as duas fotos é tão curto que as pessoas permanecem segurando os copos como estavam em ambas as imagens.
[wp_ad_camp_2]

A foto foi examinada pela Royal Photographic Society, pelo departamento fotográfico da Universidade de Leicester, e também pela Sociedade de Pesquisas Psíquicas. Todos descartaram uma dupla exposição como a causa dessa tenebrosa aparição. Será um fantasma?

Pode parecer uma bobagem acreditar em almas penadas e fantasmas, uma vez que crescemos ouvindo de nossos pais que “fantasmas não existem” para nos tranquilizar. Mas será mesmo?

Editado: Segundo o E-farsas, com relação ao fantasma do vovozinho, era mesmo uma fraude. Trata-se de um fantasma gerado por um app chamado “ghost cam”, não sei se a história do cancer tb é fake, mas tudo é possível.

Veja a comparação da foto com o fantasma do aplicativo feita pelo E-farsas
Veja a comparação da foto com o fantasma do aplicativo feita pelo E-farsas

 Pior que nem é a primeira vez que o Daily Mail “cai” nesse truque. O jornal The Sun também já “caiu” (tá entre aspas porque é claro que eles só se aproveitam do assunto e da “malandragem do carinha lá” para faturar em cima).

Related Post

5 comentários em “Sinistro: Britânico escapa da morte com ajuda de fantasma”

  1. esses assuntos são bem, beeeem intrigantes as vezes a gente chega a acreditar, as veze não. afinal noz não sabemos si existi realmente vida apos a morte né só morrendo pra saber rsrs: auguem si candidata a isso kkkkk … acho q não

  2. desculpa comentar aqui . mas quando se abre o link da pagina principal do mundo gump, estou sendo redirecionado pra uma pagina de um fansub de animes, alguem mais esta com o mesmo problema?

  3. Felipe, em 2006 eu tirei uma foto bem nítida de um fantasma durante o velório de um tio meu, aqui em São Luís/MA. Foi na capela do cemitério, tirei com meu motorola razr V3. Depois lhe envio.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares