Photobucket e o sequestro dos dados: O mundo é dos malandros

Compartilhe

Talvez você ja tenha dado de cara com essa imagem por aqui (e certamente viu no Mercado Livre) :
bwe Photobucket e o sequestro dos dados: O mundo é dos malandros

O que ela significa? Ela significa que antes, uma imagem que estava hospedada no Photobucket, em um plano PAGO ou em um plano gratuito deles agora é essa imagem aí, que te manda entrar nesse link P500 para descobrir que eles resolveram sequestrar os seus dados.

Mas vamos entender melhor o que se passa e por que isso afeta o Mundo Gump:

Durante os primeiros anos do blog, logo que saí do Blogspot (coisa que RECOMENDO se você tem dados lá e nesse post explico a razão) para uma hospedagem própria, eu não tinha grana e nem sabia direito os paranauê da trabalheira lazarenta que é hospedar o próprio blog. Assim, peguei uma hospedagem genérica, que claro, não funcionou. E vou te falar, migrei por mais de oito empresas diferentes, e até de favor este blog morou no servidor de um amigo meu. Na real, de todos os meus erros de blog, aquele foi o pior. O blog funcionava, os acessos estavam subindo, e tudo parecia bem, mas meu amigo me exigia apenas uma coisa: Que eu nunca hospedasse imagens la no server dele, porque imagens trafegam muito dado. Rapidamente um blog crescente iria estourar a banda de dados. E como cavalo dado não se olha os dentes, entubei. Ele me ensinou a hospedar as imagens num servidor externo e fazer  que se chama de “hotlink”. Existem servidores, que são computadores onde você faz uma conta gratuita e pode colocar suas imagens lá. Em seguida ao upload, eles te dão um link que aponta para sua imagem. Assim, no seu post você coloca o link e quando publicar, ela aparece. O macete aí é que os dados referentes à imagem não vem da sua máquina mas sim da máquina grátis lá do servidor de imagem.

Obviamente que cai nessa que não sabe a máxima das máximas. A verdade absoluta que é tão cristalina que devia vir numa atualização de firmware dos dez mandamentos:

NÃO EXISTE ALMOÇO GRÁTIS

Eu caí porque reuni uma conjunção astral de circunstâncias que envolviam: Ser burro pra caralho, ser newba em blogging, e ser duro.

Então, veja o drama. Comecei a hospedar imagens do Mundo Gump num servidor “grátis e ótimo” que meu amigo me recomendou, chamado Xs.to

Eu fiquei ANOS colocando todas as imagens lá. E um belo dia… Puf. Alguém formatou o servidor Xs.to sem aviso. E isso fez com que 100% dos hotlinks de imagens do Mundo Gump fossem para a terra do pé junto irremediavelmente.

Mas eu sou brasileiro e não desisto nunca (de ser burro) e comecei então a hospedar as imagens num outro servidor de imagens gratis que o mesmo amigo recomendou que era muito bom e rápido e grande: “e por isso jamais sacaneará”… HAHAHAHA

Era um tal de imageshack. Não obstante a todas as imagens dali em diante irem com um url com a palavra maldita “hack” no nome o que fez os robôs precários do mecanismo de busca associarem Mundo Gump a keyword “Hack” e terem “medo do meu site”, possivelmente me prejudicando de alguma maneira no algoritmo secreto de ranking,  essa merda fez a MESMA coisa. Alegaram depois que foi um ataque, um defeito, não lembro qual foi o caô escroto que meteram, mas está claro que o “jamais sacaneará” entrou para frases que eu devia tatuar no braço para nunca mais acreditar, como “faça esse trabalho grátis e divulgaremos o seu nome” ou o eterno “faz esse preço melhor pra dar uma força aí e pagamos mais caro no próximo pedido”.  Outra vez uma porrada de imagem do mundo gump encontraram seu destino ingrato no desaparecimento eterno.

O fato é que tomei duas vezes na tarraqueta, mas sabe como é… Sou brasileiro e tomar na tarraqueta é o esporte nacional por aqui. E por isso, juntei meus paninhos de bunda, sai do servidor provisório e resolvi que ia finalmente tomar vergonha na porra da cara e PAGAR pra hospedar meu blog. E aí caí de novo no mar de cocô. Ele era chamado “dreamhost”.  EU novamente acreditei numa propaganda que oferecia bem barato uma:

HOSPEDAGEM ILIMITADA

E tem gente que me sacaneia porque eu acredito em extraterrenos… Porra eu já acreditei em “hospedagem ilimitada”, véio. Eu tenho direito a troféu e placa de burro.

Não me leve a mal, mas tem pouca coisa no mundo mais desgraçada que a tal da Dreamhost. E eu fiquei lá um tempão(eu pago aquilo até hoje por outras razões!), até eles me expulsarem, poque eu estava consumindo banda demais, processamento demais. Daí descobri que “ilimitada era só pra algumas coisas” e não para o que realmente era o importante.  Rá! Tomei na tarraqueta mais uma vez. Mas sabe como é… Eu sou Brasileiro e não desisto nunca.

Então, para evitar ter que me ferrar com mais uma hospedagem ilimitada, mudei para uma que era limitada e cara. Agora sim, agora vai. Mas como eu sou “esperto”, não vou dar o mole e ja que aprendi que hotlink reduz a banda, agora eu ia fazer um hotlink direito. Então (aqui a tarraqueta já até tava ardendo preventivamente) eu contratei um plano PAGO. Pera, vou botar com letras garrafais:

PLANO PAGOOOO

Anual, naquela porra de site chamada Photobucket. Eu pensei que a merda era com sites que você estava grátis. Ali eu tinha aprendido essa dura lição: Não existe almoço grátis, e então, pagando, era o jeito de garantir a integridade dos meus dados, né?

Então, confiante e ainda pobre, comecei a gastar tudo que eu ganhava no adsense na hospedagem “premium”, no photobucket e na Deamhost que hoje é quase como o passivo de ter uma segunda família.

Olha, não vou te enganar. O plano deu certo alguns anos. Até que um dia cagou. Cagou bonito. Tudo subiu, o dólar caiu. O real se valorizava. E começou a afundar o barquim novamente.  Comecei a migrar, troquei pra outros datacenters. Cada um oferecendo mundos e fundos, estabilidades, uptime eterna, central à prova do Godzilla… Mas no fim, a coisa estourava sempre na minha tarraqueta. E com o photobucket não deu outra, mas ali ainda foi pior, porque como eu pagava, funcionou por ANOS. Até que acho que o site mudou de dono e o novo dono digamos que queria dindim num nível “acidez mental”. E por isso ele superlotou aquela porra de propagandas intrusivas de todo tipo imaginável. Mas ok, ainda funcionava.
Entrei num período de dureza suprema, e parei de pagar o Photobucket. Tudo que eu fiz o upload enquanto era cliente pagante funcionava, e depois minha conta passou a ter uma parada assim: A cota grátis era de tantos mega por mês. Se estourasse a cota, ele trocava as imagens por um aviso:

bandwidth exceed 1 Photobucket e o sequestro dos dados: O mundo é dos malandros
Lembra? Tinha isso pela internet inteira

Virava o mês e elas voltavam até estourar a banda novamente. Voltei novamente a ser pagante, e novamente quando o dolar subiu muito, eu jã não conseguia pagar. As imagens voltaram ao sistema do “upgrade to pro today” no final do mês. Mas gradativamente eu ia colocando mais e mais imagem no meu próprio servidor. Ja estava deixando de usar a hospedagem externa.

Então… Chegamos no ponto do post: O sequestro de dados institucionalizado.

 

Se você já fez compras on-line durante a última semana, talvez você tenha visto anúncios que não incluam uma imagem do produto, mas que incluam uma imagem de mensagem de erro da Photobucket.

bwe Photobucket e o sequestro dos dados: O mundo é dos malandros

Isso ocorre porque a empresa silenciosamente acabou com a incorporação de imagens gratuitas em sites de terceiros. É um movimento que está sendo comparado ao sequestro, pelo Photobucket, que cobra para devolver as fotos dos clientes.

Ao longo dos últimos 14 anos, a Photobucket alega ter hospedado mais de 15 bilhões de imagens para 100 milhões de usuários cadastrados, servindo mais de “120 bilhões de fotos e vídeos para mais de três milhões de sites”. A diferença no número de fotos hospedadas em oposição aos clientes se explica porque um usuário pode incorporar a mesma imagem em vários sites de compras, como eBay, Amazon e Etsy, bem como em fóruns e outros sites. Mas ao eliminar sem aviso o hotlinking gratuito, o Photobucket efetivamente quebrou bilhões de imagens na internet.

p398sM4 Photobucket e o sequestro dos dados: O mundo é dos malandros

Claro, a largura de banda é cara, mas a empresa já ganhou dinheiro ao oferecer anúncios aos usuários, (e LOGICO, vender seus dados como eles SEMPRE fazem no esquema do almoço gratis) pois eles usaram o site. Embora não seja um crime tentar ganhar mais lucro sem depender de anúncios, a Photobucket parece ter entrado numa de  suicídio corporativo , depois de substituir inúmeras imagens embutidas com uma imagem antiestética dizendo: “Atualize sua conta para habilitar a hospedagem em terceiros “.

Aí você vai ver quanto que é a extorsão: 400 dólares por ano!

Em 26 de junho, o blog da Photobucket observou brevemente que teria os Termos de Serviço atualizados , que entraram em vigor em 20 de junho. Na publicação, de três frases, não há menção ao final do hotlinking, a menos que os usuários paguem uma taxa anual de $ 399. Depois de clicar para ver os novos termos, há uma lista de três planos de contas pagas, mas apenas o Plano $ 400 Plus 500 permite a hospedagem de imagens de terceiros.

Os usuários leigos da Photobucket estão furiosos ; Muitos descrevendo o movimento com termos como sequestro e extorsão.

Mas a coisa é ainda pior: Como o serviço funcionou por décadas, muita gente guardava bakup e imagens de fóruns e sites lá. Hoje, toda essa galera se ferrou, porque o Photobuket supostamente permite que você baixe suas fotos para hospedar onde bem entender, só que isso é MENTIRA.
Ele não permite. O site dá erro quando você tenta baixar o seu material que está lá.
171 Photobucket e o sequestro dos dados: O mundo é dos malandros
Por que dá esse erro? Porque é claro, diante da manobra desleal, ninguém confia na empresa e já começou a debandada. E diante disso, eles querem segurar e forçar o pagamento do “resgate”.
Claro que em vez de pagar a taxa anual de resgate , muitos usuários do Photobucket estão se voltando para outros sites que ainda permitem o hotlinking.

O Stampboards afirmou que os usuários “não têm garantia que o Photobucket ainda estará no mercado, mesmo daqui a um mês pela forma como este desastre está se desenrolando”. Em vez de pagar para remover o “Gangster” WannaCry “, com U$ 400, muitos esperam apenas que “alguém no Photobucket com um cérebro verá o desastre que eles desencadearam, e voltar totalmente, ou em grande parte na próxima semana”.

Até agora nada.

Alguns outros usuários trouxeram soluções alternativas, como uma extensão do Chrome que deveria exibir a imagem incorporada real em vez da mensagem de erro e uma correção que deveria converter imagens do Photobucket bloqueadas em uma URL da mesma .

Talvez você não tenha 14 anos de imagens e obras de arte armazenadas no Photobucket, ou você pode não usar o Photobucket e, portanto, acredita que essa alteração na política não afetará você de forma alguma. No entanto, como um usuário do Reddit sugeriu :

Independentemente dos seus sentimentos sobre o Photobucket, sim eles são foda, e sim, você deveria ter visto isso, sim, existem outros hosts de imagens, tudo é irrelevante. Você procurará o Google para um processo de bricolagem e as imagens de 2006 estarão bloqueadas. Você vai procurar um fórum da Honda para reparar o ruído da direção hidráulica do carro e as imagens estarão bloqueadas. Você vai procurar uma idéia de abóbora de Halloween de um blog e só vai achar texto apenas com um monte de links de imagens do photobucket.com/ P500 .

Existem outras opções, mas se você estiver pensando em Imgur, então você pode estar interessado em saber que pelo menos um usuário da Imgur afirmou : “Os links do arquivo Direct Imgur agora seqüestram seu navegador com scripts personalizados que o acompanham ao duplicar o tempo de carregamento. Pior ainda, ele derrota seu próprio propósito reduzindo as imagens para metade do tamanho “.

De tudo isso o aspecto mais preocupante, é que as pessoas ainda estão acreditando piamente no almoço grátis. Não tem, nunca teve e não vai ter, meu filho. Sabe aquela sua página que bomba no facebook? Sabe sua comunidade lucrativa lá no Whatsapp? Sabe seu canal no site de videos? Sabe seus textões do Medium? Suas fotos do Instagram? São castelos de areia. Qualquer mudança da maré pode converter todo seu trabalho e empenho em NADA. O Facebook pode apagar sua pagina ou seu grupo o comunidade quando ele ( o dono legal do que você pensa ser seu) bem entender. Estamos na era onde pessoas estão fazendo castelo no terreno dos outros e achando muito esperto isso. Mas um dia a maré muda. Pode não ser hoje, pode não ser amanhã. Mas se há uma coisa certa na vida, é que empresários amam dinheiro e que as marés, um dia, mudam.

Se você for esperto, terá um bakup de garantia disso e um plano B de hospedagem própria para guardar o que te pertence, caso este dia chegue. 2017 e tem muita gente ainda creditando na terra prometida.

Artigos relacionados

2 comentários em “Photobucket e o sequestro dos dados: O mundo é dos malandros”

  1. Nossa muita sacanagem pegar todo mundo de surpresa assim, mas infelizmente essa é a consequência do monopólio, o youtube é outro exemplo cortando a monetização dos videos.
    Sobre a hospedagem eu uso o Knownsrv para meus sites e na minha opnião é a melhor empresa de hospedagem para sites com grandes números de páginas e o suporte nunca deixa seu site cair mesmo excedendo o limite de banda.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.