16 Comentários

  1. André Mendes

    Na realidade o problema dos dois foi que o pato nasceu sem as membranas entre os dedos e a galinha nasceu com elas.
    Provavelmente uma pequena mutação é a responsável por isso…

    Responder
  2. Fabiano de Souza

    CULTURA GUMP :lol2: :lol2: :lol2: :lol2: VOU ESPALHAR
    QUÁQUÁQUÁQUÁ

    Responder
  3. Ed

    “É nisso que dá essas surubas no galinheiro.”

    Essa frase ganho o post.

    Viva a terra dos mutantes! 😛

    Pois se não fosse ela, o Mungo Gump provavalemnte não teria tantos post Gump.

    :B

    Responder
  4. Luiza

    Minha tia de Campina Grande tem uma pata lésbica que fica atrás das galinhas.
    Gump.

    Responder

  5. Se a pata for mais nova que as galinhas pode ser que ela não seja lésbica. Ocorre que ao nascer, no cerebro do pato acontece um efeito chamado “inprinting”. Isso cristaliza numa programação na cabeça dele que ele deve seguir a primeira coisa que se mexer na frente dele. Geralmente, em 99% dos casos, é a mãe.
    Só que se um pato nascer e der de cara com uma galinha, vai seguir a galinha pensando que é a mãe dele. A mesma coisa com uma bola, com um cachorro, com uma pessoa.

    Responder
  6. savio francisco de oliveira

    pessoal isso é normal! meu leitao botou ovo! isso é de menos o abacate falou comigo!

    Responder
  7. steve rogers

    aconteceu uma pataquada e ai num ficaram satisfeitos e resolveram galinhar a parada!!!!!

    Responder
  8. KDJGKSDJGK

    “É nisso que dá essas surubas no galinheiro.” :lol2:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *