Os melhores filmes de dança

Compartilhe

Hoje resolvi dar uma parada para ouvir musica. Estava de boa, tomando uma cervejinha gelada na sala ouvindo a playlist do meu Playstation, quando tocou a trilha de “Nos embalos de Sábado a noite”. Daí começou a me dar vontade de dança… Hahaha não, não. Começou a me dar vontade foi de fazer um post com os melhores filmes de dança. Já tinha um tempão que eu não fazia um daqueles posts de listas de filmes que costumo fazer sempre, e se você não conhece as listas aqui do blog, está perdendo. Já fiz a lista dos melhores filmes de terror, dos melhores filmes com aliens, dos melhores filmes com robôs, dos melhores filmes de amor, dos melhores filmes da segunda guerra mundial, dos melhores filmes dos anos 80, dos melhores filmes de fantasia, dos melhores filmes de ficção científica e de cowboys…  Então, uma lista com os melhores filmes de dança poderia estar junto nesta boleira aqui.

É curioso que os filmes de dança gradualmente perderam mercado. Eles eram bem famosos no inicio da era de ouro do cinema, e depois ganharam um grande status com os musicais dançados, como Dançando na Chuva e até “A noviça Rebelde” (se bem que este último não sei se dá para considerar como um filme de dança ou musical puro), e o cinema americano, que formava quase 99,9% do que a gente via nos anos 80 era uma maquina de vender seus bailarinos. Lembro bem de algumas danças do Fred Astaire que eu via quando moleque e ficava igual um retardado tentando imitar. Logico que tentar imitar o Fred Astaire é uma receita para a depressão. Os anos 80 valorizaram a dança num nível mais pop e menos clássica do que os filmes dos anos 60 que foram passar na Tv nos 70.  Os embalos de Sábado a noite era um filme de discoteca dos anos 70, mas brilhou nas telas nos anos 80, marcando uma geração inteira que ficava bolada com o Tony Manero humilhando na pista que brilhava. John Travolta cunhou seu nome no cinema com este filme e outros parecidos que vieram depois. Depois veio flashdance, com uma protagonista bonitinha que era soldadora de dia, dançarina de boate de noite  e que queria dançar ballet numa companhia cujo processo seletivo era foda.

Enfim, foram muitos filmes de dança que marcaram a galera. Eu confesso que me divertia mais com filmes dos trapalhões ou filmes com monstros, como o Krull, Fantasia  e até o  Robocop, sem falar em Guerra nas Estrelas. Mas nunca deixei de ver um filme de dança, porque apesar de não ser minha temática preferida, eu acabava curtindo.  Bom, chega de lero-lero  e vamos à lista. Se faltar algum que vc lembra aí indique no comentário. É sempre bom lembrar que como todas as demais listas de filmes aqui do Mundo Gump, ESTA LISTA NÃO ESTÁ EM ORDEM QUALITATIVA! Eu coloco o filme quando me lembro.

1- Saturday Night Fever, ou Nos embalos de sábado à noite

Este é o clássico filme de dança. Sem a dança este filme não só não existira como se existisse ele seria um SACO. Porque fala sério, o filme é chato pra caralho, e só se salva pela cena do baile na boate, quando Tony Manero, um sujeito de vida medíocre que trabalhava como vendedor de loja de tintas e vive de briguinha com a namorada concorre por um prêmio de melhor dançarino na Boate. O que é foda mesmo neste filme é a musica do grupo Bee Gees, que virou hino dos caras que se revelam na pista. Pode ver, basta ir ao final de uma festa de casamento quando o DJ aproveita do teor sanguíneo na corrente etílica dos convidados e solta o Stai´n alive… Os Tiozão baixa tudo o Tony Manero e aí só veremos performances mais fodas quando toca Gloria Gaynor com I will survive ou pior, quando rola o Freak Le bumbum da Gretchen.  É um crime postar sobre Satuday Night Fever e não mostrar um clipinho, né? Então bora lá matar a saudade desse tempo que já não nos pertence mais.

Eu vou te falar uma coisa, vendo este clipinho aí me batei até uma percepção de que todo esse monte de flashmobs que rolam de dança hoje, são descendentes diretos desse filme. Você concorda ou discorda?
Uma pequena curiosidade que talvez você nem imagine. Embalos de sábado a noite teve duas continuações. Os dois filmes seguintes foram solenes fracassos e muita gente nem sabe que eles existiram. Vamos ver:

Embalos a dois

Os embalos de sábado continuam

nesta continuação, Tony Manero trabalha agora em uma academia de ginástica e anseia ser o dançarino principal de um grande show da Broadway. Em sua vida particular ele se vê dividido entre duas mulheres: Jackie (Cynthia Rhodes), uma professora de dança que trabalha no mesmo lugar de Tony, e Laura (Finola Hughes), a dançarina principal do show da Broadway. Enquanto Tony se apaixona por Laura ela só o vê como alguém atraente que serve para fazer sexo, o que gera uma rivalidade entre eles na vida profissional.
Neste filme, Tony Manero está seis anos mais velho e, tendo deixado o Brooklyn, onde morava, vive agora em Manhattan, ministrando aulas de dança, enquanto aguarda uma oportunidade para mostrar todo seu talento numa das produções da Broadway. Acredite ou não, quem dirigiu este foi o Sylvester Stallone que também foi um dos roteiristas (o Sylvester Stallone é um bom roteirista e seu grande sucesso como roteirista foi Rocky, um Lutador)!

2- Grease – Nos tempos da brilhantina

Eu não tenho certeza se foi Grease que veio primeiro ou foi o Satuday nigtht fever. Acho que foi esta ordem aqui mesmo, com a Paramout aproveitando o sucesso de Saturday Night, e o apelo que as musicas dançadas pelo Travolta faziam na galera. Em ternos de filme, acho Grease melhor, mas em termos de dança já não sei. Este é mais um musical inspirado em um livro de Bronte Woodard, que se passa na Califórnia no final da década de 50 e começo da década de 60. O filme se centra no romance de um casal de estudantes, Danny (John Travolta) e Sandy (Olivia Newton-John), que trocam juras de amor no verão mas se separam, pois ela voltará para a Austrália. Entretanto, os planos mudam e Sandy por acaso se matricula na escola de Danny. Para fazer gênero, ele infantilmente a esnoba, mas os dois continuam apaixonados, apesar do relacionamento ter ficado em crise. Esta trama serve como pano de fundo para retratar o comportamento dos jovens da época.
Eu sei que quando vi isso eu devia ter uns nove anos e fiquei apaixonado pela Olivia Newton John.

3-Flashdance

Pior que eu já falei tudo que devia sobre flashdance na abertura do post. Flashdance foi um dos recordistas de bilheteria da década de 80 e isso não é pouca merda não! Veja a quantidade monstra de filme foda daqueles dez anos e você verá a força desse filme, que é basicamente um romance água com açúcar na linha de “Uma linda mulher”. De longe, o que segura o filme é a protagonista atamente pegável, a trilha sonora irretocavelmente foda, e a dança em si, pois o filme culmina numa das cenas de dança mais memoráveis de toda a história do cinema. O filme tornou-se uma referência para artistas como Jennifer Lopez e Geri Halliwell onde, nos clipes I’m glad e It’s raining men, elas representam a protagonista da história em cenas recriadas para os vídeos .A cena foi tão marcante que foi usada em paródias de humor, clipes e até em propagandas. Esse é crime não mostrar a cena final aqui no post.

4- O sol da meia noite

Aqui é um filme de dança mais sério, que surgiu em 1985, e que eu confesso, gostei pra caralho. Eu babei vendo a habilidade do protagonista. A história também, é foda. Nela, Nikolay Rodchenko (Mikhail Baryshnikov), é um famoso bailarino soviético, que havia desertado para viver nos Estados Unidos, tendo então adquirido a cidadania estadunidense. A caminho do Japão, onde faria o último espetáculo da turnê de sucesso que vinha fazendo pelo mundo, a aeronave onde está sofre uma pane e a única saída é pousar numa base militar …. Fuuuuuuuuu! Da URSS!
Desesperado (pois por ter desertado ele é agora considerado um criminoso em seu país, já tendo sido até condenado a prisão por traição), Rodchenko procura rasgar seu passaporte para não ser descoberto. No pouso de emergência, acaba se ferindo e ficando inconsciente, sendo posteriormente reconhecido por um militar (Jerzy Skolimowski) na enfermaria.
Apesar dos apelos de sua empresária (Geraldine Page), Rodchenko é obrigado a ficar na União Soviética. Para vigiá-lo, o militar usa, além de agentes da KGB, Raymond Greenwood (Gregory Hines – que é mega-foda num nivel jedi e inclusive, foi o cara que REALMENTE inventou o moonwalker), um dançarino estadunidense amador, que, quando soldado na Guerra do Vietnã, fez o caminho inverso ao de Rodchenko: chocado com as atrocidades do conflito e desiludido com as intenções por trás da guerra, fora viver voluntariamente na URSS, onde casou-se com uma russa (Isabella Rossellini). Os dois artistas iniciam um convívio conturbado, que posteriormente tornar-se-á uma grande amizade. Transferido com o casal da Sibéria para Leningrado, onde forçosamente iniciaria a temporada de espetáculos como forma de propaganda do governo, Rodchenko contará com a ajuda deles para enganar os oficiais soviéticos e fugir para o consulado estadunidense, de onde poderia voltar aos EUA. Filmaço-aço-aço! Talvez um dos melhores filmes de dança de todos os tempos.

5- Footloose – Ritmo louco

Este filme virou um clássico dos anos 80, chegando aos cinemas em 1984. No filme temos uma cidade que vive oprimida até que um forasteiro chega lá. Este cara é Ren McCormick, um rapaz criado na cidade grande. Disposto a organizar um épico baile de formatura, Ren acaba descobrindo que dançar não é permitido na cidade. Apaixonado por música, Ren decide lutar pela restauração da dança na cidade e, em meio a isso, acaba conquistando o coração de Ariel Moore. Entretanto, Ariel é a filha do conservador reverendo Shaw Moore, responsável pelo banimento da dança na cidade, em virtude da morte de seu filho. Aí já viu: Está armado o conflito. Como todos os bons filmes de dança o bicho pega no final, com a cidade vivendo uma catarse coletiva. Destaque para a dança do robô.

6- Dirty Dancing

Note como a onda de filmes de dança parecia avassaladora nos anos 80. Praticamente cada ano daquela década teve um grande hit de filme de dança, com Dirty Dancing marcando para sempre o título na memória da galera (sobretudo das meninas que amavam o Patrick Swayze) em 1987. No filme, Frances Houseman, conhecida como “Baby”, está passando férias com a família num resort nos Catskills. Um dia, ajudando Bob a carregar melancias, ela descobre onde os funcionários do hotel se divertem e dançam. Lá conhece Johnny Castle, o instrutor de dança, e acaba se apaixonando por ele. Quando Penny, a parceira de dança de Johnny, fica grávida ao se envolver com um dos garçons, ela pede a Baby que dance em seu lugar. Mas o pai de Baby não aprova, pois considera Johnny um irresponsável por, supostamente, ter engravidado Penny e pedido que fizesse um aborto. (note como os roteiros ficaram cada vez mais complexos em seus conflitos à medida em que a década caminhava para o fim)

7- Vem dançar comigo

Esse filme me parece querer pegar uma carona no Dirty Dancing, não sei porque. Em “Vem dançar comigo” Scott Hastings é um ótimo dançarino e também um campeão da dança de salão. Porém, para total desagrado da comunidade da dança de salão na Austrália, que é controlada por Barry Fife, o presidente da federação, Scott decidiu sair do convencional e criar os seus próprios passos, ao invés de dançar uma coreografia que foi criada por outra pessoa. Já Fran é uma dançarina iniciante, que tem a audácia de pedir para ser a parceira de Scott, pois ele perdeu a sua parceira, Liz Holt, que ficou irritada com ele quando Scott, no meio de um concurso, executou passos considerados “espalhafatosos”. No início ele recusa, mas acaba por aceitar Fran como sua parceira para disputar o Pan Pacific, o mais importante torneio de dança de salão. Ambos sabem que provavelmente não irão vencer, mas o mais importante é eles criarem novos passos.

8- Perfume de mulher

Se você disser pra mim que este filme não deveria estar nesta lista eu até acho que concordaria, afinal, este filme é mais um drama do que um filme de dança propriamente dito. Neste filme, que é um remake de um outro de 74, na busca de realizar um antigo sonho antes de morrer, um militar cego (Al Pacino) contrata um jovem e inexperiente estudante (Chris O’Donnell) para ajudá-lo a passar um fim de semana inesquecível em Nova Iorque. O militar parece ter sérios problemas das ideias, mas essa premissa tão simples de roteiro dá origem a um filmaço, que culmina numa dança entre o protagonista cego e uma bela mulher. (Al Pacino dá um show) Confere só e veja se não mereceu aparecer aqui:

9- Dança comigo?/ Shall we dance?

Aproveitando que estamos na farra do tango, essa dança belíssima, é impossível não falar de “Dança comigo?”. Um filme com Richard Gere e a Popozuda Jennifer Lopez. Neste filme típico de dança, Richard Gere interpreta John Clark, um homem com um emprego maravilhoso, uma esposa charmosa (Susan Sarandon) e uma família amável, mas que sente que algo lhe falta a cada dia.
Toda noite em sua volta do trabalho, John vê uma linda mulher (Jennifer Lopez) com uma expressão perdida através da janela de um estúdio de dança. Numa noite, John desce do trem, e encantado com a moça impulsivamente se matricula para aulas de dança, na esperança de encontrá-la. Ele prova não tem muita afinidade com a coisa, mas apesar de tudo, se apaixona pela dança. Se esforça para que sua família e colegas de trabalho não saibam de sua nova obsessão. John treina arduamente para a maior competição de dança de Chicago. Sua amizade com Paulina (Jennifer Lopez) cresce e seu entusiasmo reascende a paixão perdida pela dança. Com sua esposa ficando desconfiada e seu segredo prestes a ser revelado, John tem que fazer algo para continuar o seu sonho e realizar aquilo que ele realmente busca.

10- Vem dançar

Neste filme, Antonio Banderas dá show num tango com uma gatona. Ele vive Pierre Dulaine, um professor de dança que decidiu dar aulas em uma sociedade tida como problemática e perdida. Usando a dança de salão, o professor consegue o que nenhum outro já conseguiu: resgatar jovens do submundo e dar-lhes uma nova perspectiva de vida. Pierre ajuda no romance de Rock e de LaRhette.
Os dois jovens são os mais “problemáticos”. Rock “esmagou” o carro da diretora de sua escola, Augustine e é irmão de um ladrão que já foi morto. Vendo essa cena, Pierre descobre que o carro é de Augustine e que ela é a diretora de um colégio na periferia e então decide se dispor a fazer um trabalho comunitário, dando aulas de dança de salão na detenção. Os alunos começam a se interessar pela dança de salão apresentada por Pierre, principalmente com a aparição de Caitlin, uma garota rica que queria aprender a dançar valsa para seu baile de debutantes e acaba indo ter aulas junto com os alunos da periferia. No final os alunos da periferia participam de um concurso de dança. Eles descobriram um novo caminho para seguirem a vida. Esse filme é praticamente uma mistura de “Ao meste com carinho” com “embalos de sábado à noite”.

11-Girls Just Wanna Have Fun

Este filme mostra uma jovem Sarah Jessica Parker e uma jovem Helen Hunt! Todo mundo é moleque neste filme, e claro, os movimentos não são exatamente profissionais, mas tem bons momentos de dança.

12- Tudo ou nada

Seis desempregados, desesperados, homens sexualmente pouco interessantes, dançarinos pouco experientes, fazem show de striptease e mostram tudo para ganhar dinheiro. Tudo isto na cidade onde residem.O mais estranho deste filme é que ele ganhou uma porrada de prêmios é é bem bizarro.

13-Step up/ Ela dança, eu danço

Neste romance musical, Tyler Gage é um esperto jovem que consegue problemas após destruir, ao lado de seus amigos, um auditório pertencente a uma escola de artes. Condenado a prestar serviços públicos na escola que depredou, ele tenta ao máximo afastar-se dos estudantes. Entretanto, acaba envolvendo-se pelo mundo das artes e descobre a dança além do hip-hop. Acaba se apaixonando por Nora,e vive seu romance com ela. Mas quando o companheiro de Nora,Andrew, volta, Tyler se sente enganado e resolve deixar Nora, quando na apresentação final volta para ajudar sua amada e com isso consegue uma vaga na escola de artes.

14-Step Up 2: The Streets

Esta é a continuação do “Ela dança, eu danço”. Neste filme a vida da rebelde Andie (Briana Evigan) vira do avesso quando ela se vê obrigada a entrar para a “Escola de Artes Maryland”, (Maryland School of the Arts), frequentada por jovens de alta sociedade e alguns bolsistas. Andie trava uma batalha diária para se adaptar ao novo ambiente, sem esquecer de suas origens. Ao lado de Chase (Robert Hoffman), irmão do diretor da escola, ela reúne um grupo de dançarinos para competir em um concurso de dança de rua, mas o que eles não sabem é que unir estes dois diferentes mundos não será nada fácil, e que a batalha está apenas no começo.

15-Step up: Revolution/ Ela dança,eu danço 4

Com o sucesso da franquia veio mais um filme. Dessa vez, Emily (Kathryn McCormick) é a filha de uma ocupada empresária que chega a Miami com o sonho de se tornar dançarina profissional. Logo ela se apaixona por Sean (Ryan Guzman), o responsável por criar elaboradas danças para a realização de flash mobs, aglomerações instantâneas de pessoas em um lugar público para realizar uma ação previamente combinada. Líder de um grupo chamado MOB, Sean resolve participar de uma disputa que pode render uma oportunidade de patrocínio. Tem uma clara inspiração (ou homenagem) da dança final de Dirty Dancing aqui, principalmente nos primeiros movimentos.

16- Billy Elliot

Este é o tipo de filme de dança que consegue até te fazer chorar. O filme é ambientado na cidade fictícia de Everington durante a greve dos mineiros britânicos entre os anos de 1984-1985, e centra-se na personagem de 11 anos de idade, Billy Elliot (Jamie Bell), o seu amor pela dança e sua esperança de se tornar um bailarino profissional. Billy vive com seu pai viúvo, Jackie (Gary Lewis), e irmão mais velho, Tony (Jamie Draven ), ambos os mineiros de carvão em greve e também a sua avó inválida Nan (Jean Heywood ).

O pai de Billy o envia para a academia para aprender boxe, mas Billy não gosta do esporte. Certo dia, vê por acidente uma aula de balé que estava acontecendo no ginásio, enquanto seu estúdio estava temporariamente sendo usado como uma cozinha de sopa para os mineiros em greve. Sem o conhecimento de Jackie, Billy inicia a aula de balé. Quando Jackie descobre isso, ele proíbe Billy de retornar para o ballet. Mas , apaixonado pela dança, Billy continua secretamente a participar das aulas, contando com a ajuda de sua professora de dança Sandra Wilkinson (Julie Walters).

Sra. Wilkinson acredita Billy é talentoso o suficiente para estudar na Royal Ballet School, em Londres, mas, devido à prisão de Tony durante um confronto entre a polícia e mineiros em greve , Billy perde o teste para a escola Royal Ballet Scool. Sra. Wilkinson diz a Jackie sobre a oportunidade perdida , mas temendo que Billy será considerado um ” puf “, ambos Jackie e Tony estão indignados com a perspectiva de Billy se tornar um bailarino profissional.

Durante o Natal, Billy descobre que seu melhor amigo, Michael, é homossexual. Apesar de Billy não ser, ele apoia seu amigo. Mais tarde, Jackie pega Billy dançando na academia e percebe que seu filho é realmente talentoso, e decide fazer o que for preciso para ajudar Billy alcançar seu sonho. Sra. Wilkinson tenta convencer Jackie deixá-la pagar para Billy viajar para Londres, mas ele responde que Billy é seu filho. Jackie tenta cruzar a linha de piquete para pagar a viagem a Londres, mas Tony o impede. Em vez disso, seus colegas mineiros e vizinhos levantam algum dinheiro e jóias da mãe de Billy para cobrir o custo e Jackie leva Billy a Londres para uma audição para o Royal Ballet School. Embora altamente nervoso, Billy executa bem, mas ele dá um soco em outro menino em razão de sua frustração com a audição e o medo de ter arruinado a sua chance de alcançar o seu sonho. Ele é severamente repreendido pelo conselho de revisão, mas quando é questionado sobre o que se sente quando se está dançando, ele descreve é como eletricidade. Aparentemente rejeitado, Billy retorna para casa com seu pai. Algum tempo depois, ele recebe uma carta aceitando -o para o Royal Ballet School, e ele sai de casa para comemorar.
A cena final do filme se passa 14 anos depois (cerca de 1999) : o maduro Billy ( bailarino / ator Adam Cooper) sobe ao palco para realizar a apresentação em O Lago dos Cisnes de Matthew Bourne, com Jackie, Tony e Michael o assiste na platéia.

17-Vamos todos dançar/Mad Hot Ballroom

Em 1994, duas escolas públicas de Nova York começaram a oferecer aulas de dança de salão. Em 2004 já eram 60 instituições de ensino com essa matéria no currículo. Ao final do curso, as escolas escolhem cinco pares de alunos para uma grande competição de dança de salão. O documentário acompanha, do início das aulas até o fim do campeonato, a trajetória dos alunos de três dessas instituições.

18-Cisne Negro

Natalie Portman interpreta a bailarina Nina Sayers, que faz parte de uma companhia novaiorquina de balé. Sua vida, como a de todos nessa profissão, é inteiramente consumida pela dança. Ela mora com a mãe, Erica (Barbara Hershey), bailarina aposentada que incentiva a ambição profissional da filha. O diretor artístico da companhia, Thomas Leroy (Vincent Cassel), decide substituir a bailarina principal, Beth MacIntyre (Winona Ryder), na apresentação de abertura da temporada, O Lago dos Cisnes, e Nina é sua primeira escolha. Mas surge uma concorrente: a nova bailarina, Lily (Mila Kunis), que deixa Thomas impressionado. O Lago dos Cisnes requer uma bailarina capaz de interpretar tanto o Cisne Branco com inocência e graça, quanto o Cisne Negro, que representa malícia e sensualidade. Lily se encaixa perfeitamente no papel do Cisne Negro, porém Nina é a própria personificação do Cisne Branco. As duas desenvolvem uma amizade conflituosa, repleta de rivalidade, e Nina começa a entrar em contato com seu lado mais sombrio, prejudicando seu equilíbrio psicológico. Em sua busca pelo seu lado obsceno, Nina acaba causando um conflito dentro de sua conturbada mente, e nessa obsessão em criar um cisne negro, ela pode acabar destruindo sua sanidade.

19-Sob a luz da fama / Center stage

Talentosos, um grupo de jovens se dedica exaustivamente arte da dança, sacrificando até mesmo seus simples prazeres pessoais para treinar com o vigor de atletas olímpicos. Enquanto vivem alegrias e tristezas relacionados ao amor e juventude, eles sonham com um lugar em uma famosa e seletiva academia de dança.

20- No balanço do amor

Sara Johnson (Julia Stiles) é uma garota de 17 anos que sempre sonhou em ser uma bailarina profissional. Porém, seus planos vão por água abaixo quando sua mãe morre em um acidente de carro e ela é obrigada a viver com seu pai em Chicago. Intimidada pela sua nova vida, ela busca refúgio nos clubes locais, onde conhece um jovem (Sean Patrick Thomas) que compartilha com ela o mesmo amor pela dança. Porém, eles logo descobrem que a pressão existente entre os dois irá se tornar uma barreira maior do que a diferença de cor ou de classe para que eles possam iniciar um romance.

21- Honey, no ritmo dos seus sonhos

Nova York. Honey Daniels (Jessica Alba) é uma sexy dançarina de hip-hop que sonha se tornar uma coreógrafa de videoclips. Ela ensina hip-hop para jovens da sua localidade e os encoraja a ficarem longe das ruas, para evitarem problemas. Um diretor de clipes, Michael Ellis (David Moscow), a vê dançando numa discoteca e a convida para participar de um clip. Ela é encorajada a deixar de ser dançarina e se tornar coreógrafa, mas o sucesso repentino de Honey tem um preço quando Michael se recusa a aceitar um não como resposta para sua tentativa de tentar seduzi-la. Assim ele tenta sabotar a carreira de Honey, para tirá-la do ramo definitivamente.

22-Fama

Marco (Asher Book) é um carismático cantor. Rosie Martinez (Kristy Flores), Kevin Barrett (Paul McGill) e Alice Ellerton (Kherington Payne) são dançarinos. Neil Baczynsky (Paul Iacono) é um aspirante a diretor de cinema. Denise Dupree (Naturi Naughton) é uma pianista clássica que possui outros dons ainda desconhecidos. Jenny Garrison (Kay Panabaker) é uma jovem atriz. Victor Taveras (Walter Perez) é um músico. Todos são jovens artistas em busca do sucesso. Para tanto eles se inscrevem na conceituada academia de artes New York City High School of Performing Arts, onde ao longo de quatro anos enfrentam uma série de desafios e testes para que possam mostrar seu talento.

23-You got surved

Este é um filme sobre grupos de dança de rua. Eu não sei muito sobre ele porque este eu nunca vi, só sei que existe.

24-Dirty Dancing – Noites de havana

Em 1958, logo após a mudança para Cuba com seus pais, Katey Mille (Romola Garai), uma garota 18 anos, desafia seu círculo social ao encontrar-se com Javier (Diego Luna), um garçom cubano apaixonado pela dança.

25-Dançando na chuva

Um musical clássico e talvez o filme mais famoso do Gene Kelly.Dispensa apresentações.

26-Hair

Hair é um musical cheio de boas cenas de dança que remete à guerra do vietnã, o lisérgico momento do fim dos anos 60, onde os hippies lutaram pela paz, um filme que de certa fornma é uma crítica que continua a cortar fundo na alma americana, apesar de todo este tempo.

Neste filme que é uma obra de referência sobre musicais filmados, Claude (John Savage), um jovem do Oklahoma que foi recrutado para a guerra do Vietnã, é “adotado” em Nova York por um grupo de hippies comandados por Berger (Treat Williams), que como seus amigos tem conceitos nada convencionais sobre o comportamento social e tenta convencê-lo dos absurdos da atual sociedade. Lá Claude também se apaixona por Sheila (Beverly D’Angelo), uma jovem proveniente de uma rica família. Este é de longe meu musical preferido de todos os tempos.

27-Dancers

Dancers foi um filme estrelando Mikhail Baryshnikov que retrata os bastidores de uma companhia de dança prestes a estrear um grande espetáculo (o belé Giselle)

28- De corpo e alma

Ry (Neve Campbell) é uma bailarina de grande talento, que se dedica como poucas ao balé. Porém ela entra em conflito com sua própria carreira logo após se tornar a principal estrela de uma conceituada companhia.

29-Bunheads

Bunheads foi uma série (já cancelada) com Michelle Simms (Sutton Foster) que é uma bailarina que foi para Las Vegas trabalhar como showgirl. Sentindo que sua vida e sua carreira estão em um ciclo maliciosos, ela aceita se casar com um doce admirador, e muda para uma pequena cidade, onde começa a trabalhar na escola de dança de sua madrasta. Mas as coisas nem sempre são tão doces como ela imaginava.

30-Mao´s Last dancer

Parece ser um filme de muito boa qualidade. EU não vi ainda, mas a sinopse diz que ele se passa durante a Revolução Cultural na China, implementada por Mao Tsé Tung. Aos 11 anos Lin Cunxin (Wen Bing Huang/Chengwu Guo/Chi Cao) foi escolhido para deixar sua família de camponeses e estudar balé em Pequim. Em 1979, durante uma visita ao Texas, nos Estados Unidos, ele se apaixona por uma mulher local. Dois anos depois, ele se torna o principal dançarino do Houston Ballet e também o principal artista do Australian Ballet.

31-Momento de decisão/ The turning point

Duas amigas bailarinas, Emma Jacklin (Anne Bancroft) e Deedee Rodgers (Shirley MacLaine), tomaram rumos opostos na vida. Enquanto Emma investiu na carreira e alcançou o estrelato, Deedee optou por se casar e constituir família. Sua filha mais velha, Emilia (Leslie Browne), tem a oportunidade de dançar na companhia que Deedee e Emma participavam, assim vai para Nova York acompanhada pela mãe. Lá renasce uma antiga rivalidade quando as amigas se encontram. Enquanto isto Emilia se envolve e se decepciona com o bailarino russo Yuri Kopeikine (Mikhail Baryshnikov), mas prepara sua estréia enquanto Deedee e Emma, agora sua mentora, continuam com a amizade estremecida, mas ambas torcendo pelo sucesso dela.

32-No ritmo da dança

O jovem cubano Rafael Infante (Chayanne) acaba de perder a mãe e resolve fazer uma viagem para Houston, nos Estados Unidos, para conhecer seu pai. John (Kris Kristofferson) gerencia um estúdio de dança e não tem idéia de que é pai do rapaz. Rafael começa a demonstrar muito talento para dança e conhece Ruby Sinclair (Vanessa Williams), a grande esperança do estúdio para ganhar o Campeonato Mundial de Dança.

33-Lambada – a dança proibida

Este é o filme mais mambembe de dança que eu já vi na vida. Até hoje nada barrou. A produção parece até de Hermes e Renato. A única coisa que presta neste filme é a musica do Kaoma que colou que nem chiclete com super bonder.

34-How she move

Forçada a deixar a escola particular onde estava e a regressar ao seu antigo bairro marcado pelo crime, Raya Green (Rutina Wesley), é uma jovem estudante que acaba de perder a irmã devido às drogas. Agora ela reacende sua antiga paixão pela dança e volta a alimentar o sonho de se tornar uma estrela, para assim escapar das drogas e violência que estão a sua volta

35- Breakdance

Eu não tenho certeza se este filme aqui foi o Breaking, ou é um outro filme.

36- Beat street

Este é um dos classicos de filmes breakdancing, e é considerado um dos melhores filmes de breakdance de todos os tempos.

37- Wild Style

Este filme foi um marco por se tratar de uma obra centrado na cultura hip hop.

38-Street dance 3d

Em busca de vencer um concurso de street dance, uma equipe começa a ensaiar com bailarinos do corpo real de ballet, em troca de utilização do espaço para treinarem. As diferenças não vão ser só de estilo.

39- Uma lição de tango/ The tango lesson

Não vi este, mas a sinopse diz que em uma viagem a Paris Sally encontra Pablo, um dançarino de tango. Ele começa a ensiná-la a dançar, em seguida, ela retorna a Londres para trabalhar em alguns “projetos”. Ela visita Buenos Aires e aprende mais com os amigos de Pablo. Sally e Pablo encontrar novamente, mas desta vez as suas mudanças de relacionamento, ela percebe que eles querem coisas diferentes umas das outras. Em uma viagem a Buenos Aires que irá afetar a sua amizade.

40-Tango

Mario Suarez é um artista de tango de quarenta e poucos anos, cuja esposa Laura o deixou. Ele sai de seu apartamento e começa a preparar um filme sobre tango.

41-Flamenco, flamenco

Um olhar sobre a história e as tradições da música flamenca e dança.

42-O rei e eu

Em 1862 a jovem viúva Anna Leonowens (Deborah Kerr), acompanhada do filho Louis (Rex Thompson), chega em Bangcoc, no Sião, onde foi contratada como professora dos filhos do monarca (Yul Brynner). Entretanto, o comportamento dos súditos e os métodos que o rei Mongkut usa para impôr sua autoridade criam um imenso choque cultural, no qual se ambos os lados não cederem a convivência será impraticável.

43- Chicago

Velma Kelly (Catherine Zeta-Jones) é uma famosa dançarina que é também a principal atração da boate onde trabalha. Após matar seu marido, Velma entra em uma seleta lista de assassinas de Chicago, a qual é controlada por Billy Flynn (Richard Gere), um advogado que busca sempre se aproveitar ao máximo da situação. Ao contrário do se esperava, o assassinato faz com que a fama de Velma cresça ainda mais, tornando-a uma verdadeira celebridade do showbizz. Enquanto isso a aspirante a cantora Roxie Hart (Renée Zellweger) sonha com um mundo de glamour e fama, até que mata seu namorado após uma briga. Billy fica sabendo do crime e decide adiar ao máximo o julgamento de Velma, de forma a poder explorar os dois assassinatos ao máximo nos jornais. Assim como ocorreu com Velma, Roxie também se torna uma estrela por causa de seu crime cometido, iniciando uma disputa entre as duas pelo posto de maior celebridade do meio artístico.

44-Showgirls

Uma jovem mulher, decidida a fugir de seu tumultuado passado, vai para Las Vegas com o objetivo de tornar-se dançarina, mas logo tem toda a sua bagagem roubada. No entanto, ela faz amizade com uma costureira, que trabalha no showbiz, e as duas passam a dividir um modesto local. Para sobreviver, começa a trabalhar como stripper em uma casa noturna de reputação duvidosa e, em virtude do seu belo rosto e de um corpo escultural, também atrai clientes, que desejam fazer com ela a “dança do colo”, na qual ela pode fazer tudo com um homem mas ele não pode tocá-la. Com o tempo, ela passa a ser corista no show de um grande cassino, mas surge uma rivalidade indisfarçável entre ela e a estrela do show. Até que, quando ela começa a se envolver com o responsável pelos espetáculos, fica claro que o cassino é pequeno demais para ela e sua rival.

45-O Picolino

Este é considerado o melhor filme de fred Astaire. Não é pouco, já que TODOS os filmes com o Astaire eram fodas.

46-Marujos do amor

Este filme foi épico, absolutamente acachapante para mim quando eu era criança e acreditava que dava para dançar de verdade com um desenho animado. Foda. Nele gene kelly dança com um cartoon do Jerry mouse. Curte aí que vale à pena:

Artigos relacionados

27 comentários em “Os melhores filmes de dança”

  1. Cara, assisti quase todos. MUITO LEGAL!
    Ontem mesmo estava assistindo um filme com o Jhon Travolta no papel de gangster, alias, demorei para me ligar no fato de que ele se tornou conhecido pelos filmes de danças, daí porque pareceu um peixe-forad’agua!

    • ótima lista mesmo, me orientou para assistir alguns que ainda não assisti. e posso dar uma dica de um filme muito bom, Italiano sobre flamenco.
      Il ciclone amor e paixão, um filme muito bonito, contagiante.

  2. Philipe, muito legal sua lista, mas faltou Baila Comigo (Marilyn Hotchkiss’ Ballroom Dancing & Charm School). Um dos filmes mais legais que já assisti – mesmo que tenha sido por acidente, um feliz acidente!!!

  3. Belíssimo post, ótimas lembranças.
    Sou grande fã do site e por venho na verdade fazer uma pequena crítica quanto ao layout novo do site: acredito que algumas pessoas, assim como eu, devem se confundir um pouco em relação a qual foto é referente a tal post. Sei que a foto vem primeiro, o título embaixo, e que tem um espaço depois de cada post antes da próxima foto, porém tudo fica um pouco confuso numa zapeada rápida pelo site para ver o novo conteúdo e etc.
    Digo tudo isso com o olhar de designer que sou e também como grande admirador do seu trabalho.

    Um grande abraço!

  4. Fred Astaire e Gene kelly faziam parecer que dançar era tão fácil.
    Existe também uma cena de dança antológica do Fred Astaire em que ele dança com um cabideiro.

  5. Swing Kids – Os Últimos Rebelds

    http://m.youtube.com/#/watch?v=uQIHx0qgc0Q

    Assista isso e ficará co Sing Sing Sing uma semana tocando na cabeça…

  6. Muito show esse seu post Philip. Tinha uns filmes aí que já nem lembrava mais… Bem, acompanho o Mundo Gump há muito tempo, desde que descobri que vce era o responsável pela animação do ET Juquinha, que enganou não somente a mim, mas como meio mundo também, rsrsrs!!! Seguinte amigo… Tempos atrás eu vi uma matéria aqui no Mundo Gump sobre tipos de “Arcadas Dentária”!!! Você narrou diversos casos, cada um mais impactante que o outro. Dentre os casos que eu vi vce publicar, talvez o de um Chinês, de longe, era o mais assustador daquele seu post, lembra!? Pois então, enquanto eu navegava pela vasta web me deparei com uma matéria sensacional dizendo que tal Chinês irá receber uma cirurgia corretiva após 54 anos de sofrimento!!! Esse é o link, confere – http://www.jornalciencia.com/saude/mente/4170-homem-que-teve-sua-vida-destruida-apos-ter-sido-atacado-por-um-lobo-na-infancia-recebe-cirurgia-corretiva-apos-54-anos-de-sofrimento

    Não duvido que irão conseguir, mas se corrigirem isso com sucesso será um verdadeiro milagre, não concorda!? Ahh, quero aproveitar para saber como faço para compartilhar seus incríveis Posts no Face!? Desde as últimas vezes que seu site passou por mudanças eu acabei não encontrando mais esse recurso… O que houve, ainda posso compartilhar, como faço!?

    Abraços amigo, sucesso hoje e sempre com o MundoGump!!! Sempre estou por aqui, as vezes fico triste quando venho aqui e não há post novos, mas eu compreendo, já que fora desse espaço vce tem uma vida social com deveres e responsabilidade como qualquer outra cidadão… Então, sendo assim, certas vezes é melhor esperar, chegar aqui e ser surpreendido por uma matéria hyper deliciosa de se ler, do que ler uma dessas Ctrl C + Ctrl V como fazem “N” sites por aí!!! Té mais, fuiii…

  7. Acho que podemos colocar o Mamma Mia (ou será que ele é mais musical) e no Moulin Rouge (musical eu sei) a dança da Roxanne deveria entrar. Só sugestão rsss

  8. Uma curiosidade: as antológicas cenas de dança de Flashdance não foram feitas pela atriz, Jennifer Beals, e sim por nada menos do que três dublês:
    nas cenas de dança – a bailarina Marine Jahan;
    nas cenas de salto – a ginasta Sharon Shapiro;
    e na cena do break-dancing – o dançarinO Crazy Legs – sim, um homem! 😉

    Abraço!

  9. Se eu não me engano Sylvester Stallone faz uma participação à moda Hitch Cock nos Embalos de Sábado continuam, se passando como um transeunte que esbarra no John Travolta.

  10. Salve Philipe! Como sempre, arrasando nos posts!
    Tenho mais uma sugestão para esse post. O Film Taps, com o fantástico Gregory Hines e com uma participação super mais que especial de Sammy Davis Jr. Vale a pena conferir.
    Segue o link do vídeo de abertura do filme.
    http://youtu.be/oGtmWAcs4cw
    Abraços.
    Fernando.

  11. Gostaria de saber o nome de um filme que tem dança, a história é de uma moça que tem uma doença, foi criada pelo pai ela não tem mãe, se apaixona pelo mocinho do filme e no final tem o baile de formatura e tem uma dança fantástica mas não sei o nome do filme, gostaria muito de saber o nome se alguém souber seria legal

  12. Eu gostava muito de "All that jazz", que tinha cenas de dança muito boas. Só para lembrar, este Fama que mostra o clipl no post, é uma refilmagem de um outro filme mais antigo, que eu acho muito melhor. Também fizeram uma refilmagem de footloose, mas não ficou nem perto.

  13. houve um filme que assisti e gostaria de saber o nome. Que é sobre um rapaz que é condenado por cometer delitos e sua sentença é trabalho comunitário, ele é enviado para morar com um padre, trabalhar na igreja e ensinar dança a um grupo de idosos, no começo ele ñ gosta, mas depois ele começa a gostar de dançar e quando ele esta bem descobre que o padre (ou pastor ñ me lembro bem) tem uma doença grave…. se alguém souber. Por favor me diga. desde já Obrigado!!! 🙂

  14. Super curti a lista. Sou louca por musicais, principalmente quando contém muita dança. Não assisti todos aqui citados e pude atualizar minha lista. #grata rsrs. Farei algumas observações.. e ao final citarei alguns filmes que não foram listados aqui, mas que vale à pena conferir.

    As observações:
    Primeiro veio Os embalos de sabado a moite (1977); Segundo, Grease (1978); e em 1983 os embalos de sabado a noite continuam e embalos a dois. Este último não é continuação de embalos de sabado a noite, como citado no site.
    À nível de dança, Os embalos de sabado a noite dá um show no primeiro filme… infelizmente, poucos sabem da sua existência. Para quem não assistiu #FicaADica. John Travolta está simplesmente magnífico. Quanto à Grease, é na minha opnião o melhor musical de todos os tempos. Atravessa décadas contagiando a todos que o assistem, independente da faixa etária (é o meu preferido,diga-se de passagem).

    Quanto ao filme 23, o título em português é Entre Nessa Dança Hip Hop no pedaço, muito bom por sinal. Excelentes danças!

    O filme 25 é na verdade “Cantando na chuva” (é perfeito)

    Maos last dancet (30), é um filme belíssimo e é baseado em fatos reais. Também tem um livro que conta a mesma história, o título é “Adeus,China”. Vale à pena conferir os dois. Indico começar pelo livro.

    Existe um filme de lambada, que assisti há muitos anos atrás, passou na globo. Mas não é o citado no item 33. O nome seria, Lambada, o filme (1990), esse sim é bom. http://www.youtube.com/watch?v=3E7TrlucmqM Quero muito encontrar esse filme completo para assistir.. quem souber compartilha. #Please

    Breakdance (35)tem continuação e deve ser tão bom quanto.

    Uma listinha básica de filmes de dança..
    A última dança ( com o falecido Patrick Swayze e sua esposa);
    Moulin Rouge
    Salsa, o ritimo quente
    O poder do ritimo (esse tem continuação, mas não é lá essas coisas)
    Nine
    Funny Girl e De-lovely são musicais que assisti há muito tempo, não recordo se tem muita dança. Mas são bons filmes e fica a dica para assistirem… conheço outros filmes de dança que ainda não vi… então citei apenas alguns que já vi e que considero muito bons, mas não estão na lista.

  15. Ao Philipe.
    Diante mão deixo claro que super curti o post, como já citei anteriormente. Mas acredito que você errou no título desse post. Primeiro pq você não assistiu todos os filmes aqui citados. Logo, não posso considerar algo bom, se eu nunca vi; Segundo, pq ao citar alguns filmes, você entra em contradição com o título “Melhores filmes de dança”. Ex.: Lambada… Deveria ser algo mais simples, como, “Filmes de dança…

    • Tem razão, mas eu explico o motivo do post ter este título. Ele rankeia melhor no google. As pessoas tendem a procurar os melhores filmes de… E é por isso que esses posts de listas de filmes são sempre “os melhores filmes de…”

  16. TV O PRAZER DE CONHECER ALGUNS DESSES BAILARINOS E TRABALHAR COM ELES 1984
    EM LOS ANGELES , FOI MUITO BOM …TEM ATE UM FILME Q PASSEI NA AUDIÇAO MAIS NAO PUDE FAZER PQ NAO TINHA O VISTO DE TRABALHO!!!!!!!!
    MEU FACE KIKO GUARABYRA

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.