Os 10 mais maneiros notebooks conceituais



Os notebooks vieram para ficar. Eu sou das antigas e volta e meia chamo notebook de laptop. Mas existe alguma diferença?

Hoje não, mas antigamente havia uma clara distinção entre os dois equipamentos. Ambos eram computadores portáteis, mas os laptops eram mais potentes e pesados. Foram feitos para operar no colo dos executivos. Com o amadurecimento da tecnologia, eles encolheram no preço e crescera em tecnologia comprimida. E principalmente, ficaram abusrdamente mais leves. Assim, o que eram dois aparelhos distintos, acabou virando uma coisa só.

É a evolução. No andar da carruagem, pode ser que isso continue. Os celulares, palmtops e mini-computadores poderão em um futuro próximo se misturar novamente. Mas vamos deixar de papo e vamos ao que interessa. Com dez chances, pelo menos uma dessas aí deve vingar nos anos a porvir:

1- Compenion -

Este é o conceito de Felix Schmidberger para o notebook do ano 2015. Ele é feito de dois painéis touch screen super leves de OLED. Um para o teclado e outro para a tela. Eventualmente pode virar livro com a tela de oled do teclado virando um outro monitor. – Altas chances de virar realidade. Link

2- O Notebook conceito da HP

Ele foi apresentado em outubro de 2006. Um design limpo e moderno. Mas de inovação tecnológica mesmo, pouca coisa. – Boa chance de virar realidade, mas para um futuro próximo. Talvez mês que vem. Link

3- Thinkpad da Lenovo -

Esse eu queria. Uma bela obra de arte e versatilidade, este notebook da IBM , que alterou seu nome de divisão de notebooks para “Lenovo”. O novo conceito do Thinkpad mostra a leveza e potência aliada a um sistema de tablet pc. Ele permite separar o teclado e o mouse e torna-se um desktop apenas dobrando-se ao meio. Também pode dobrar-se ao avesso e funcionar como tablet. Pra quem é artista isso é bem legal. – Boa chance de virar realidade. Link
4- Note-viajante -

Nikita Golovlev surgiu com a idéia mirabolante de atacar nichos de mercado. E o nicho escolhido foi dos viajantes. Ela pensou neste curioso notebook para viajantes, onde um mapa ligado a um gps manda imagens em uma tela flexível panorâmica ao redor do notebook. ele vem com um sistema de dicionário e se conecta pela rede via wireless para baixar pacotes específicos de informações do local onde o usuário está. Tudo bem, tirando o fato de que até isso sair todo mundo já terá celulares e palms que fazem isso, os mapas estarão embutidos nos celulares com gps e informações via web para que se o cara está “in loco”? Então, apesar da inovação da tela flexível pelo lado de fora que dá a volta no equipamento, a parada me parece ser meio furada. – Mínima chance de virar realidade. Link

5- Intel metro notebook -

 

O que você faz quando seu notebook acaba a bateria? Você apenas o guarda na pasta e leva ára recarregar, certo? Pois com o notebook Metro da Intel, você tem uma tela permanente de informações do lado de fora do aparelho. Esta tela é feita de e-ink, um tipo de material que compõe o e-paper. Com isso é possível guardar os jornais e informações diversas para consultar sem consumir energia do aparelho. Assim, você usa o note mesmo quando acaba a bateria dele. A capa de couro que o reveste também é bonita e da um ar meio retrô. A intel só deu mole no fato de que as novas baterias do futuro vão durar 30anos entre cada recarga. Além disso, a telinha de e-paper é pequena. Os oleds consomem pouca energia e são estáveis. Com energia sobrando, a idéia vai por água abaixo. Fora a capa de couro, que faz o aparelho feder e parecer um enorme estojo de celular. – Baixas chances de emplacar. Link

6-Lg Fuel Cell -

Não é um notebook, mas é tão bizarro que entrou na lista. A Lg tenta inovar fazendo pirotecnias. Um sistema de combustível líquido permitiria que o notebook ficasse funcionando com uma lata de metanol que promete manter o aparelho funcionando por 4000 horas. Hummm… Sei lá. Pra mim isso é furada. O aparelho é um trambolho, o combustível é tóxico e sozinho pesa mais de 1kg. Além disso a tecnologia que permitirá baterias ‘eternas’ já foi inventado. – Altas chances de ser lançado. Zero chance de emplacar. Link

7- Notebook conceito do projeto “um notebook por criança”.

Bonitinho. Parece uma bíblia quando fechado. Nada mal para uma maquina pensada para custar vinte dólares por unidade. – Chances de emplacar nulas, já que o conceito foi abandonado em favor de outro. Link

8- GelFrog

GelFrog é o nome desta maquina. A idéia é alinhar forma e função numa experiência de usabilidade interessante e inteligente pra o usuário infantil, juvenil e até adulto. Encapsulado numa capa flexível o aparelho seria mais durável e nas palavras da companhia, “um jornal para os estudantes e uma janela para novos mundos”. Tirando o blablablá de vendedor, eu achei legal. Meio feio, mas nada que umas cores melhores não resolvam. A idéia do notebook flexível e resistente é ótima. Com os novos silicones que estão surgindo e as telas flexíveis sensíveis ao toque, isso realmente seria bem maneiro. – Chances de emplacar relativas. Link

9- Fujitsu Turntable laptop

A fujitsu pegou o conceito da rodinha de controle do Ipod e Joselitou em cima, criando este notebook para Djs (olha mais um notebook segmentado aí) onde dá para mixar e remixar usando a rodona sensivel ao toque embutida na tampa. – Chance de emplacar pequena, já que Dj tem que trabalhar duro e não tem tempo de ficar olhando o Mundo Gump em serviço. Link

10- Canova

O Canova dual screen é apenas mais um do mesmo. Duas telas sensíveis ao toque. Uma pode gerar o teclado e a outra a tela, ou vice-versa. a idéia está ficando batida e idéia batida em design não é repetição. É tendencia. – Altas chances de emplacar. Não o aparelho, mas o conceito. Link

9 Comentários

  1. Miguel 2 de dezembro de 2007
  2. Isa 2 de dezembro de 2007
  3. Marco Aurélio 4 de dezembro de 2007
  4. Philipe 4 de dezembro de 2007
  5. Carlos Lima 30 de dezembro de 2007
  6. Wesleycrow 25 de janeiro de 2008
  7. te comeu 13 de junho de 2008
  8. janderson 1 de setembro de 2009
  9. Izabel 12 de fevereiro de 2011


Deixe seu comnetário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *